quarta-feira, 18 de setembro de 2013

ADVOGADO COMPARA OPOSICIONISTAS DE LAJEDO A URUBUS

O presidente do Partido Democrata em Lajedo,  advogado Willian Deyyson Galdino, escreveu um artigo batendo pesado nos que fazem oposição ao Governo de Rossine em Lajedo. Ele fala das dificuldades iniciais da gestão, da herança nefasta da administração anterior e das demissões dos contratados, por conta de denúncias dos oposicionistas. Elegante no texto, mas duro nas palavras, o dirigente do DEM insinua que o grupo da oposição  faz tudo para prejudicar o trabalho de Blesmany, questiona o caráter dos que estão do outro lado e os compara a urubus, por organizarem uma festa para comemorar o desemprego de quase 150 pais de família.

URUBUS: MASCOTE, ADJETIVO E CARÁTER

Não falo em nome da gestão pública municipal, uma vez que não faço parte da mesma, e tampouco me foi concedido procuração para defendê-la.

Falo como presidente de um dos partidos que compõe a aliança situacionista, no caso o DEM; e como um dos coordenadores da vitoriosa campanha da Coligação Por Uma Lajedo Melhor, e, principalmente, como cidadão lajedense.

Iniciamos a gestão 2013-2016, abatidos pela maior seca vista no Nordeste nos últimos 50 anos, com um passivo de aproximadamente R$ 11.500.000,00 (onze milhões e quinhentos mil reais), com uma máquina sucateada, com a memória fiscal criminosamente deletada dos computadores da Prefeitura, telefones e internet cortados, escolas em estado precário, verbas repassadas pelo Governo Federal reduzidas, e com mais de uma centena de funcionários licenciados da PML, licenças estas concedidas no apagar das luzes do ano de 2012.

Desta forma, o Prefeito Rossine não teve outra saída que senão a decretação de Estado de Emergência, para que se pudesse regularizar a situação financeira e administrativa de nosso município, e para tanto, foi necessária a contratação de funcionários em caráter temporário.

Indispensável a contratação de auxiliares administrativos, vigilantes, merendeiras, motoristas, auxiliares de serviços gerais, entre outros, pois só dessa forma a administração pública poderia ser tocada, reorganizando o aparelho estatal.

Nossa oposição, conhecida por toda população lajedense por seu radicalismo e em verdade, sua prepotência, à imagem e semelhança do antigo gestor municipal, inconformados ao verem que não mais podem se considerarem donos desta terra, desde o primeiro dia da nova gestão, vem tentando atrapalhar, isso mesmo, atrapalhar a atual gestão.

Queixam-se da violência em nossa cidade, mas quando a atual gestão instituiu a Guarda Municipal foram os primeiros a solicitar que a mesma fosse tirada de circulação.

E agora, esquecendo seu passado de desrespeito com as instituições, em que o Presidente da Câmara era professor fantasma e o Prefeito, que coleciona mais de uma dezena de ações de improbidade administrativa, se referia ao Ministério Público como se fosse excremento, se posicionam como defensores da lei, coisa que em verdade jamais foram, e nunca o serão, pois o dinheiro pode comprar tudo, menos a dignidade e o caráter.

A Prefeitura de Lajedo não cometeu qualquer espécie de infração a legislação de nosso país, uma vez que o Ministério Público promoveu Ação Civil Pública, após requerimento da oposição, fundamentado em jurisprudência, isto é posicionamento de algum tribunal, que por vezes é divergentes dentro de si próprio, como estamos observando agora com o julgamento do Mensalão no STF, em que cinco ministros votaram a favor da aceitação de embargos, cinco votaram contra, e que o destino da justiça nacional repousa sob a toga de um único magistrado.

Outro ponto a esclarecer é que todos esses contratos foram celebrados na vigência de Estado de Emergência, quando nossa cidade encontrava-se dentro do caos administrativo deixado por nossos adversários, e sem a realização dos contratos para suprir as lacunas decorrentes das licenças concedidas nos últimos dias da antiga gestão, não teria sido possível governar e administrar essa cidade.

E como se não bastasse o desserviço prestado ao povo desta terra, organizam agora uma festa em comemoração a demissão dos contratados. Uma festa para comemorar o desemprego de algo em torno de 150 pais de família. Uma comemoração no chamado “Pau do Urubu”. 

Aliás, nada melhor, para esta oposição do que ter um mascote como o urubu, animal que vive sorrateiramente, esperando a desgraça de outrem para poder se alimentar, se nutrindo do sofrimento alheio.

Willian Deyvson Galdino
Presidente do DEM – Lajedo/PE 

8 comentários:

  1. QUE SIRVA DE LIÇÃO PARA OS QUE AINDA INSISTIRAM EM VOTAR NESTA CORJA DE ABUTRES. QUANDO ESTÃO DE CIMA HUMILHAM,QUANDO PERDEM O PODER ,TORCEM CONTRA O DESENVOLVIMENTO DA CIDADE E O SUCESSO POPULAÇÃO.AVES DE RAPINA!

    ResponderExcluir
  2. Resolvam, há pouco tempo era formiga, agora é urubu? Sou morador de Lajedo e até agora não ví nem uma comemoração, estou esquecido ou a política num já passou? Não se questiona decisão judicial, não é culpa de situação ou de oposição, o que não pode é tentar fazer disso um ato político, que coisa brega!

    ResponderExcluir
  3. Pelo que me consta a internet da prefeitura era móvel, todo e qualquer contrato, Sr. advogado, termina no final do mandato do prefeito, que ganhe situação ou oposição. Mas pelo visto, vocês ainda não aprenderam isso e nem que qualquer outra coisa ainda. Por que até agora ainda não disseram prá que ganharam!

    ResponderExcluir
  4. NÃO! COMO LAJEDO ESTÁ ATRASADO!!!!!!!!!!!!!!!!! AINDA FAZEM ESSE TIPO DE POLÍTICA AÍ É? Ô BABÃO TU NUM CONHECE LEI NÃO É? E ESSA OPOSIÇÃO AÍ DEVE SER ARRETADA PORQUE VOCÊS AINDA NÃO CONSEGUIRAM SOBREVIVER A ELES, COMO É ISSO HEIM ZÉ?

    ResponderExcluir
  5. ts ts ts que complexo de inferioridade, até o que eles fazem de errado a culpa é da oposição......

    ResponderExcluir
  6. Não há dúvida de que o brilhante artigo do eminente advogado Willin Deyvson incomoda os urubus de Lajedo eles batem as asas sem rumo e alguns se estraçalharam no monstrengo da entrada da cidade

    ResponderExcluir
  7. isso da cadeia eu já salvei esse comentario desse tal advogado chamando o povo de urubu. isso e racismo e preconceito

    ResponderExcluir
  8. o dito advogado só nao fala que ele assumiu cargo logo no inicio da atual gestao passando pouco tempo já que por motivo desconhecido nao está mais. chama de urubu a oposiçao mas oposiçao seria só partidariamente falando? ou seria de todos que nao simpatizam com a atual gestao? o sr rossini que quando precisou do voto do povo fez o seu teatro politico logo apos ganhar se fechou-se em seu gabinete e as pessoas humildes iam a sua procura e o mesmo mandavam os funcionarios dizer que ele nao estava é essa gestao que o advogado diz que nao defende imaginem se fosse o contrario entao e só puxa saquismo mesmo já que nao ganha nada com isso ou rotulando as pessoas de urubu coisa que nao vai ficar por isso mesmo será passado ao ministerio publico e a OAB A ATUAL ADMINISTRAÇAO SR ADVOGADO É TAO BOA QUANTO A ANTERIOR.

    ResponderExcluir