domingo, 19 de janeiro de 2020

RETRÔ É A SURPRESA NO CAMPEONATO PERNAMBUCANO

O Retrô Futebol Clube Brasil é a grande novidade do Campeonato Pernambucano da primeira divisão, em 2020. 

Time, que tem centro de treinamento e sede em Camaragibe, na Região Metropolitana do Recife, foi criado há apenas quatro anos, disputou pela primeira vez a série b do estadual o ano passado, ficando com o vice-campeonato.

Perdeu a competição nos último jogo para o Decisão de Bonito, nos pênaltis, após empatar no tempo normal em 2 x 2, em partida disputada na Arena Pernambuco.

Ao estrear na primeira divisão, neste sábado, contra o Central, em Caruaru, venceu a Patativa do Agreste, um clube centenário, por 2 x 0, deixando revoltados os torcedores da capital do agreste.

Presidente do Retrô é o empresário Laércio Guerra, que foi vice-presidente do Sport, brigou com o Leão da Ilha e resolveu formar seu próprio time de futebol.

Laércio é cheio da grana e tira dinheiro do próprio bolso ou dos seus negócios para investir no time de Camaragibe.

Sua fortuna ao que tudo indica vem da Unibra – Centro Universitário Brasileiro, que tem faculdades espalhadas pela Região Metropolitana do Recife.

Dirigentes do Retrô sonham alto. Depois de chegar à primeira divisão do pernambucano, time tem como meta futura participar da Copa do Nordeste e do Campeonato Brasileiro da série b.

Clube, que começou como uma associação sem fins lucrativos visando o desenvolvimento de crianças e adolescentes, se profissionalizou e tem atualmente uma estrutura de fazer inveja até aos grandes times da capital.

Folha salarial do Retrô para 2020 será de R$ 300 mil, só um pouco menor do que a do Náutico, que vai disputar a série b do Brasileirão.

Alvirrubros, rubro-negros e tricolores que se cuidem. O Retrô pode dar trabalho aos grandes no campeonato estadual deste ano.

RODOLFO É ATACADO POR QUEIROZ E DÁ RESPOSTA


Um artigo publicado pelo estudante Caio Queiroz, da Juventude Socialista do PDT, está dando o que falar na política de Caruaru e de Garanhuns. É que o texto, intitulado "Fernando Rodolfo enganou você", ataca duramente o deputado federal natural da Suíça Pernambucana. 
Depois da reprodução do artigo no blog Cenário, assessoria do deputado escreveu uma resposta, "Fernando Rodolfo falou a verdade pra você", publicada no referido sítio da internet.
Abaixo, o ataque do jovem estudante de direito e a resposta do assessor do parlamentar do PL:
Fernando Rodolfo mentiu pra você 
Poucas coisas no Brasil estão tão desmoralizadas quanto a política. A situação é tão séria que há parlamentares que perderam o senso do aceitável e enganam a população de todas as formas. Um desses exemplos é Fernando Rodolfo, deputado eleito com mais de 50 mil votos.

Rodolfo, quando era jornalista, adorava figurar na telinha do povo pernambucano falando obviedades e criticando todos os políticos possíveis. Não escapava ninguém. Soavam como música para os cidadãos- espectadores as falas do então âncora da TV Jornal.

Hoje, porém, já como deputado, parece que não perdeu a pinta de moralista. Mas, como dito, é só a pinta mesmo. A prática é outra.

Em folheto com divulgação do mandato, o parlamentar alega que tem “coragem para cortar na própria carne”. Adiante, diz que “não foi mordido pela mosca azul”. Cita, ainda, que não usa a cota parlamentar, o famoso “cotão”, e que abriu mão da aposentadoria especial. Piada de mau gosto.

Para começar, o deputado deveria nos explicar de onde veio o dinheiro que pagou os impressos distribuídos. Se foi dinheiro próprio ou do cotão. Aliás, nada ecológica e nada econômica essa forma atrasada de distribuir revistinhas para divulgar alguma coisa. Importante salientar que Fernando Rodolfo, segundo o site da própria Câmara dos Deputados, gastou em média, de agosto a dezembro de 2019, R$ 4.712,00 mensalmente com divulgação parlamentar. É aquela coisa: gastar dinheiro dos outros é bom demais da conta.

Ainda sobre o uso do cotão, o parlamentar cita que não faz uso desse instrumento. Falta com a verdade. Basta, novamente, ir ao site da Câmara dos Deputados para ver que Fernando Rodolfo usa (e bastante!) a cota parlamentar. Gastou, mais precisamente, R$396.420,21 em 2019. Aliás, não é demais citar que foi o mais gastador de Pernambuco até julho de 2019, conforme consta no site Ranking dos Políticos. Segue link da matéria no fim do artigo.

Em relação à aposentadoria especial, temos um ponto controvertido. Diga-se de passagem que essa aposentadoria especial dá direito de, com apenas 6 anos de contribuição, o parlamentar sair aposentado com valores superiores ao teto do INSS. (E você aí sofrendo com a Reforma da Previdência.) O site Gazeta do Povo cita que Fernando Rodolfo é um dos 198 parlamentares que não abriram mão do privilégio. O deputado, por sua vez, diz que abriu mão. Quem está mentindo?

Já que falei na malfadada Reforma da Previdência, lembrem-se de que nas redes sociais do deputado, ele declarou-se contra a Reforma. Porém, na hora H votou A FAVOR! Enganou você, caro(a) eleitor(a).

Por fim, fica claro aqui que Fernando Rodolfo não passa de mais um que resolveu se aproveitar dos privilégios que a política dá. E ainda abrindo a boca para dizer que é contra tais privilégios. Fica a dica para os inteligentes leitores desse blog: desconfiem dos moralistas!

PS.: sugiro ao deputado que refaça os exames, pois acho que foi, sim, mordido pela mosca azul.

Um grande abraço.”

Caio Queiroz Alves é estudante de Direito, filiado ao PDT e militante do movimento estudantil

Fernando Rodolfo falou a verdade pra você

 “Apenas o medo de enfrentar Fernando Rodolfo nas urnas novamente pode justificar o desespero e o ataque covarde que os “poderosos” da política de Caruaru e seus asseclas estão praticando contra o deputado que foi forjado nas classes populares da sociedade.

Como se não bastasse o ano de 2019 inteiro atirando pedras em Fernando, os representantes da velha política mal esperaram passar o réveillon e já começaram a planejar o mal. Um artigo inusitado publicado por este blog, cujo título é: “Fernando Rodolfo enganou você”, é de uma estupidez gritante.

Quem assina o texto, é alguém que se apresenta como estudante universitário e filiado ao PDT de Zé e Wolney Queiroz. Primeiro, é importante registar que o autor do artigo precisa voltar às aulas de português e interpretação de texto. Sim, porque não teve a capacidade de entender que na revista publicada pelo gabinete de Fernando Rodolfo em momento algum está escrito que o deputado não usa a cota parlamentar (verba destinada ao custeio das atividades do mandato). O que está colocado e que Fernando Rodolfo não usa essa verba para bancar despesas com alimentação, como faz, por exemplo, o deputado Wolney que é presidente do PDT, o partido do tal estudante. Despesas praticadas por ele e custeadas pela Câmara, como por exemplo, diárias em hotéis de luxo em São Paulo e outras no interior de Pernambuco a preços exorbitantes, é que precisam ser questionadas, no entanto, desconheço qualquer crítica desse estudante contra essa conduta do deputado Wolney Queiroz, que a propósito, não perde a oportunidade de usar verba da Câmara pra pagar seus saborosos almoços e jantares. 

O jovem rapaz que escreveu o texto também disse que Fernando Rodolfo mentiu ao dizer que abriu mão da aposentadoria especial que tinha direito como deputado. Ao ler isso, me perguntei se foi infantilidade ou malícia mesmo. No mês de julho do ano passado, em ofício encaminhado à coordenação de registro de seguridade social parlamentar da Câmara, está clara a posição coerente e transparente de Fernando Rodolfo, novamente uma postura bem diferente da adotada pelo presidente do PDT, deputado Wolney Queiroz. Ele sim faz uso do privilégio da aposentadoria especial há muitos anos e nunca foi criticado por isso, sobretudo, pelo seu assecla e autor do texto publicado nesse blog.

O ataque sistemático contra Fernando Rodolfo é infelizmente, resquício de uma prática nefasta da velha política: a de atacar os adversários com mentiras. Num país que está aos poucos saindo de um mar de corrupção, infelizmente ainda vemos artimanhas como esses ataques e que fazem tão mal a democracia. A velha política é um câncer que precisa ser combatido.”

Augusto Netto é jornalista e assessor do deputado federal Fernando Rodolfo.

WELLINGTON SE FILIA AO REPUBLICANOS EM SALOÁ


Wellington Freitas , pré-candidato à prefeitura de Saloá pela oposição,  se filiou ao Republicanos, partido que tem como presidente do Diretório Estadual o deputado federal Silvio Costa Filho.
Ex-vereador do município, pertencente a tradicional família política de Saloá, Wellington é professor e edita um blog de grande audiência no Agreste Meridional.
É um político jovem, de ideias arejadas, que representaria uma mudança positiva na cidade.
Para Silvio Costa Filho, a chegada de Wellington Freitas ao Republicanos é importante para o fortalecimento da legenda. "Ele tem realizado um belo trabalho na luta pelo povo de Saloá. Tem o nosso apoio como pré-candidato e vamos juntos buscar melhorias para a população da cidade", destacou o deputado.
Segundo Wellington, sua filiação ao partido marca o início de um novo ciclo. "É a concretização de um projeto que coloca o povo de Saloá em primeiro plano. Um projeto que cuida dos cidadãos e cidadãs com respeito aos seus valores e crenças. Agradeço ao deputado Silvio Costa Filho pela confiança e aos companheiros pelo incentivo", frisou o pré-candidato.

LAJEDO REFORÇA ATENDIMENTO DO SAMU


Lajedo passou a contar, logo no início de 2020,  com mais uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, SAMU.
É uma conquista da Secretaria de Saúde do Município, feita com muito trabalho e dedicação, segundo garantiu a Assessoria de Imprensa do Governo Municipal).
O veículo, zero quilômetro, está todo equipado,  é moderno e foi entregue na última sexta-feira  dia 17.
A nova ambulância do SAMU vai reforçar o serviço que já é prestado na cidade desde o primeiro ano da gestão do prefeito Rossine Blesmany.  
O serviço funciona pelo telefone 192,  que deve ser utilizado via ligação  gratuita, de qualquer linha móvel ou fixa.
ÓCULOS – Ainda na área de saúde, a Prefeitura de Lajedo inaugurou recentemente a Clínica do Povo,  que de início garantiu um dia inteiro de atendimento com oftalmologistas.
Mais de 200 pessoas já foram atendidas. Dentre esses pacientes, os médicos contratados pela Secretaria de Saúde indicaram alguns para usar óculos. No dia 17 de janeiro os lajedenses começaram a receber os óculos totalmente gratuitos.
A entrega foi feita pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde na própria Clínica do Povo. Os pacientes foram chamados por ordem alfabética e cada um recebeu seus óculos  feitos de acordo com o Grupo Ótico seja para astigmatismo, seja para miopia ou a necessidade especificada pelo médico. Esse momento de entrega dos óculos será feita em dois momentos.
Em breve serão abertas novas vagas para atendimento com os oftalmologistas contratados pela prefeitura.

A DEMISSÃO DO NAZISTA PELO GOVERNO


Por Ricardo Kotscho
De onde surgiu esse Roberto Alvim, nomeado por Jair Bolsonaro para a secretaria especial de Cultura, que virou uma subpasta do Ministério do Turismo, aquele do laranjal?
Ele não saiu do nada, não foi colocado lá pelos “comunistas”, não houve um engano de pessoa.
Era a pessoa certa, no lugar certo, para implantar os sinistros planos do governo para destruir a cultura nacional e acabar com a liberdade de expressão.
Não adianta nada demitir sumariamente esse sujeito travestido de Joseph Goebbels, o teórico do nazismo, se os outros todos, a começar pelo presidente e seus generais, pensam como ele.
Alvim apenas cometeu o crime de anunciar publicamente, com todas as letras, o ideário do governo para a cultura, gestado no laboratório de Olavo de Carvalho, o guru no neonazismo brasileiro que chegou ao poder.
Bolsonaro nem deve saber quem foi Goebbels, plagiado literalmente por Alvim, mas sabia exatamente o que o seu secretário pretendia fazer no cargo para o qual foi nomeado.
Em setembro, ele já tinha avisado o presidente que pretendia apresentar um “projeto gigantesco que vai gerar a partir de janeiro um bombardeio de arte conservadora no país”.
Foi exatamente isso que Alvim anunciou na noite de quinta-feira pelas redes sociais e Bolsonaro foi acordado hoje cedo com a violenta reação de toda a sociedade contra o atentado à democracia cometido pelo seu subordinado.
Vestido como Goebbels, falando como Goebbels, com o cabelo gomalinado igual ao de Goebbels, com uma ópera de Wagner ao fundo, o idiota repetiu literalmente as mesmas palavras do ministro da Propaganda do nazismo, e achava que ninguém iria perceber.
Goebbels: “A arte alemã da próxima década será heróica (…) ou então não será nada”.
Alvim: “A arte brasileira da próxima década será heróica e será nacional (…) ou então não será nada”.
Engraçado que ele fala sobre a “próxima década” como se o mandato de Bolsonaro fosse de dez anos. Hitler queria um Reich para dominar o mundo por mil anos.
Pego com a mão na botija, o agora ex-secretário botou a culpa nos assessores, que teriam feito “uma pesquisa no Google e deixaram umas frases para o discurso sobre a minha mesa”.
Vai ficar tudo por isso mesmo?
Se depender do deputado federal Alexandre Padilha (PT-SP), não vai.
“Pediremos o indiciamento deste senhor no crime de apologia ao nazismo. Roberto Alvim escancara o perfil neonazista do atual desgoverno que persegue quem pensa diferente e usa a cultura como ferramenta de difusão de uma ideologia racista, misógina, homofóbica e violenta”.
Pois foi exatamente para fazer isso que Bolsonaro nomeou Roberto Alvim, uma figura subalterna, praticamente desconhecida no meio cultural, um pistoleiro que chamou Fernanda Montenegro de “sórdida” antes assumir o cargo.
Deveria ter sido demitido ali mesmo, antes de preparar seu “projeto gigantesco”.
Para acalmar o Congresso, que se rebelou contra o “pronunciamento” de Alvim, o ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Ramos, avisou que o secretário seria demitido, antes mesmo que Bolsonaro se manifestasse.
“Alvim talvez não esteja bem da cabeça”, reagiu Olavo de Carvalho, depois que o estrago estava feito.
Até ele acha que seu discípulo exagerou…
E quem é que está bem de cabeça nesse governo de dementes e ignaros, recrutados no submundo das milícias virtuais, econômicas, clericais, jurídicas, culturais,  policiais e econômicas, tudo o que o país tem de pior?
Esse neonazismo enrustido que perdeu a modéstia, agora está mostrando as caras.
*Fonte: Balaio do Kotscho
*Ilustração: Anarquista.Net

sábado, 18 de janeiro de 2020

THIAGO NAZAKONE, PERNAMBUCANO QUE TIROU NOTA MIL NA REDAÇÃO DO ENEM, GOSTA DE FILMES E FILOSOFIA


O resultado do Enem foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta sexta-feira (17). Dos 3,9 milhões de participantes do Enem 2019, apenas 53 participantes a nota máxima. A maioria dos estudantes com mil na redação é de Minas Gerais, que teve 13 textos com a maior nota. Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro tiveram seis candidatos com nota mil, cada. Na região Sul do país, nenhum candidato conquistou a pontuação mais alta. Por outro lado, o Enem 2019 teve 4% dos participantes com nota zero na redação. Ao todo, 143.736 candidatos zeraram a prova. Os principais motivos para nota zero foram redações em branco (56.945), fuga ao tema (40.624) e cópia do texto motivador (23.265). A média ficou em 592,9, superior à registrada em 2018, que foi 522,8.

Na prova, que tinha como tema “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”, Thiago Nakazone, aluno do Colégio Boa Viagem (CBV), denunciou a elitização do cinema no país. “Argumentei que os ingressos são caros e que a maioria das salas de cinema está nos centros urbanos”, disse. Para iniciar o texto, o estudante mencionou o Cinema marginal, um movimento cinematográfico brasileiro que se propagou pelo país entre meados de 1968 e 1973. “Não costumo ler muitos livros, apesar de gostar de obras de suspense, mas consumo muita notícia e gosto muito de ver filmes”, contou.

Professora de redação de Thiago no cursinho, Fernanda Bérgamo ressaltou que o interesse do estudante por diversas artes e pela filosofia foram determinantes. “A nota mil para um candidato de 18 anos, que conseguiu esse resultado ainda no terceiro ano do ensino médio, mostra que a dedicação leva ao êxito. O que sempre chamava a minha atenção era que, nas aulas, ele sempre corrigia na redação seguinte as falhas que havia cometido na anterior”, afirmou. 

*Fonte: Diário de Pernambuco.

O NAZI-FASCISMO É UMA PATOLOGIA POLÍTICA

Por Michel Zaidan Filho

Como os indivíduos, as sociedades também adoecem. Relembro aqui o famoso livro do psicanalista social Erich Fromm sobre a patologia da normalidade da sociedade americana nos anos  40, do  século passado. Mais   sombrio foi o diagnóstico de Sigmund Freud, em "Um mal estar na civilização", destacando o  papel da renuncia e repressão aos instintos  como causa da violência e o impulso à guerra. É necessário que surja um filósofo que dê conta desse sentimento nazi-fascista que parece se apossar de várias pessoas no Brasil. 

Na época de Hitler e Mussolini, era comum relacionar o catolicismo austríaco com o surgimento do nazismo na Alemanha. Entre nós, não há dúvida de que essa onda ultra conserva dora está associada à pregação  religiosa das igrejas pentecostais e neopentecostais.  Elas têm ajudado a forjar esse imaginário autoritário,intolerante, individualista e anticomunista  desses tempos. Curiosamente, imaginário associado a um fundamentalismo de mercado, que rejeita toda e qualquer política social ou de combate à desigualdade. Enquanto o "Chicago-boy" travestido  de ministro    da Fazenda cumpre o ditado   das  empresas estrangeiras   no Brasil,  criticando  as  políticas socialistas de igualdade social, e elegendo como modelo de inclusão e justiça a China, A Coréia, a India e o Japão, esquece que esses países têm um planejamento centralizado,que não permite o mercado fazer o que quiser.

Diante do desafio  de incluir social e economicamente 200.milhões de chineses, o   governo daquele país não pode se dar ao luxo de deixar a política econômica ao sabor das conveniências das  empresas americanas que para lá migraram.   Estas investem na China, segundo um plano rigidamente elaborado pelas autoridades chineses, segundo as necessidades econômicas e industriais do país. Muito ao contrário do que vem ocorrendo no Brasil. Que transformou-se num paraíso das multinacionais, com a desregulamentação da economia, do mercado de trabalho, do meio-ambiente etc. 

Um país  que não cuida - e não elegeu como prioridade - da sua população pobre, negra, amerídia ou idosa. Apenas, daquela minoria que controla 30% da riqueza nacional. Certamente, os que compram, vendem,  tomam grandes empréstimos e têm o "american way life" como modelo. Há muito tempo, sofreremos com  a vocação cosmopolita e cínica da nossa elite política e social. Vivem de costas para o país e sonham em ser cidadãos de segunda categoria dos EE.UUs. Políticos e gestores que jamais desconfiaram  que o principal ativo de uma nação são seus concidadãos e concidadãs. E que países que se tornam em meras plataformas de exportacao de empresas multinacionais, não tem futuro  e fazem pouco caso da   sua identidade. 

*Na foto da Wikipédia, Mussolini e Hitler.

EMPRESÁRIOS BRIGAM PARA AUMENTAR TARIFAS DE ÔNIBUS


Um dia depois de o governo do estado estabelecer aumento zero no valor das passagens dos ônibus que integram o Sistema de Transporte Público de Passageiros da Região Metropolitana do Recife, o Sindicato das Empresas de Transporte (Urbana-PE) que havia pedido um aumento de 14,13% nas tarifas encaminhou uma pontuando que “recebeu com surpresa e indignação a notícia de que o governo do estado decidiu não promover a recomposição tarifária do serviço de transporte público por ônibus na Região Metropolitana do Recife em 2020”.

Nota do Sindicato das Empresas ressalta que “o equilíbrio econômico-financeiro do sistema de transporte público deve ser tratado com a sensatez e seriedade que merecem os serviços essenciais à sociedade. Uma política de custeio adequada é fundamental para que sejam alcançados os avanços concretos desejados na qualidade do serviço e entendemos que a tarifa não pode limitar a melhoria do sistema de transporte público. Porém, alertamos que no formato atual de financiamento do STPP/RMR, desconsiderar os reais custos da operação implicará no sucateamento, ou até colapso, do serviço”.

A Urbana-PE finaliza alertando que “o setor aguarda o plano de investimentos mencionado pelo Governo do Estado com a expectativa de que sejam implementadas medidas concretas para solucionar os problemas estruturais do Sistema de Transportes de Passageiros da Região Metropolitana do Recife

Logo em seguida o Governo do Estado reagiu com a seguinte nota:

Não causou estranheza ao Governo de Pernambuco a nota divulgada pela Urbana-PE. O foco em aumento de tarifa e a ausência de priorização na melhoria do transporte vêm se repetindo há anos por parte do setor empresarial.

Não há qualquer dúvida de que o Sistema de Transporte Público da Região Metropolitana do Recife precisa de um conjunto de medidas para atender com dignidade seus usuários. O Governo do Estado vai fazer a sua parte e vai cobrar dos empresários também.

Na perseguição dessa meta, a gestão estadual irá mobilizar todos os recursos materiais, humanos e legais de suas secretarias e demais órgãos. Esse é um compromisso do Governo com os quase dois milhões de pessoas que utilizam diariamente o sistema.

Não aceitaremos ameaças nem intimidações de qualquer grupo ou segmento, principalmente daqueles que recebem subsídios públicos sem contrapartidas na qualidade do serviço. A caminhada rumo a um novo momento no transporte público em Pernambuco começou e avançará.

O GOVERNO É TOSCO, MAS TEM GENTE QUE APROVA


Roberto Alvim, Secretário Nacional de Cultura, foi demitido pelo presidente Bolsonaro por ter gravado um vídeo em que fez apologia ao nazismo de Josef Goebbels e Adolf Hitler.

Cobertura da imprensa deixa claro que o presidente brasileiro, no primeiro momento, quis manter no cargo o Secretário de Cultura.

Talvez nem pense tão diferente do seu ex-colaborador, já que diariamente expressa ideias fascistas.

O fascismo, como todo mundo sabe, é primo-irmão do nazismo.

As declarações de Roberto Alvim, no entanto, desagradaram a Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal; a David Alcolumbre, presidente do Senado, à Israel e Alemanha, que criticaram o secretário de Bolsonaro através de suas embaixadas.

Repercussão interna e externa foi o que levou à queda do simpatizante do nazismo.

(Para quem não sabe, Josef Goebbels foi ministro da propaganda de Hitler. Era um dos ideólogos do regime que matou milhões de judeus, ciganos, homossexuais, comunistas, deficientes, idosos, crianças e muito mais. O ditador da Alemanha provocou a II Guerra Mundial, que tirou a vida de 50 milhões de pessoas).

Governo de Bolsonaro é tosco, de viés autoritário, direcionado aos ricos e privilegiados de sempre, penaliza os trabalhadores, os aposentados, os índios, os negros, os homossexuais, os humilhados e ofendidos.

Mesmo assim, se brincar em 2022 o capitão será reeleito. A grande mídia faz vista grossa aos muitos erros do governo, a imprensa alternativa e as esquerdas estão desnorteadas, sem saber como combater a administração de extrema direita.

Saiu Alvim, talvez entre Regina Duarte (está indecisa), que já foi a namoradinha do Brasil, mas hoje é apenas uma artista mais envelhecida na cabeça do que na idade. Reacionária, dona de terras, simpatizante de tudo que tem de ruim no Brasil,  e está dando as cartas, talvez agrade à TV Globo e aos idiotas que acreditam em Papai Noel e Paulo Guedes.

Ficará do mesmo jeito. Até a próxima trapalhada.

*Na foto o nazista Josef Goebbels, de triste memória. 

RECIFE NÃO TERÁ REAJUSTE NA TARIFA DE ÔNIBUS ESTE ANO. PASSAGEM EM GARANHUNS FICA MAIS CARA


As tarifas de ônibus em toda Região Metropolitana do Recife não serão reajustadas em 2020.

Decisão foi tomada pelo governador Paulo Câmara (PSB) e anunciada esta semana. Assim o preço das passagens dos coletivos que circulam no Recife, Olinda, Jaboatão, Camaragibe, Paulista e outras cidades da área metropolitana ficarão por R$ 3,45 no anel A, R$ 4,70 no anel B e R$ 2, 25 no anel G.

Assim, na capital e seu entorno no principal anel viário a passagem de ônibus será apenas 10 centavos a mais, em relação a Garanhuns e para alguns percursos (anel G) será mais barata 1 real e 10 centavos.

"O que vamos discutir este ano são as melhorias do sistema e não reajuste. Enquanto não tivermos avanços concretos no transporte público, não falaremos em aumento da tarifa", disse o governador. Pode ter desagradado os empresários, mas com certeza agradou em cheio aos que se deslocam de ônibus no Recife e cidades próximas.

Passagem de ônibus na capital ficou mais barata do que em Garanhuns. Em algumas linhas, proporcionalmente, em outras literalmente.

Situação absurda e surreal. Talvez as autoridades pensem que a população da Suíça Pernambucana tenha realmente as condições econômicas de quem  vive na Europa.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

JUCIARA, FILHA DO EX-PREFEITO JOSA BEZERRA, É A NOVA SECRETÁRIA DE TURISMO E MEIO AMBIENTE DE PARANATAMA


Juciara, filha do ex-prefeito Josa Bezerra, foi escolhida por Valmir do Leite para assumir a Secretaria de Turismo e Meio Ambiente de Paranatama.
Josa governou o município de 1993 a 1988, cumprindo um mandato de seis anos.  Realizou um bom trabalho e ainda hoje é lembrado com muita saudade.
Ao nomear Juciara Bezerra, Valmir não apenas prestigiou a competência, valorizou alguém com raízes na cidade, mas prestou homenagem à memória do ex-prefeito e inúmeras famílias da Paranatama.
Segundo o Secretário de Governo, Costa, a gestão atual do município tem se comprometido com a ética e a moralidade, se preocupando em valorizar a pluralidade de ideias. “Com esta ação Valmir do Leite consegue consolidar-se politicamente e fortalecer ainda mais o grupo para lutar por sua reeleição, uma vez que une as principais famílias de Paranatama”, destacou.
Aliados de Valmir do Leite entendem que o prefeito está  “ampliando os espaços para o diálogo com toda população, governando com humildade, sem distinção,  sem perseguição, implantando políticas que melhoram a qualidade de vida dos moradores da cidade e zona rural.
*Na foto a nova secretária e o prefeito

O FUSCÃO PRETO NA POLÍTICA DE LAJEDO


Numa campanha política em Lajedo, a disputa foi entre os Dourado e Adelmo Duarte, então um rapaz simples egresso da zona rural.

Por conta da cor escura de Adelmo, um dos Dourado apelidou o político adversário de “Fuscão Preto”.
 
Foi um “tiro no pé”. A alcunha pegou, Fuscão Preto virou uma espécie de símbolo, Adelmo Duarte venceu a eleição com folga e se tornou uma liderança importante no município.

Adelmo foi prefeito de Lajedo duas vezes e cumpriu também um mandato de deputado estadual.

Em 2020, aos 68 anos, com apoio do prefeito Rossine Blesmany (PSD) Duarte pode voltar à política e é considerado um nome forte, lembrado pelo trabalho que fez no passado e sempre muito popular.

Como antes, Fuscão Preto é o “grito de guerra” e já está sendo usado espontaneamente nas ruas de Lajedo.

GOVERNADOR FAZ NOMEAÇÕES PARA O DOM MOURA


Atendendo uma reivindicação do deputado Sivaldo Albino (PSB), o governador Paulo Câmara fez a nomeação, nesta quinta (16),  de mais 25 profissionais de saúde para o Hospital Regional Dom Moura.

Com a portaria assinada pelo chefe do Executivo Estadual, ingressarão no DM mais dois cirurgiões gerais, cinco clínicos, um intensivista adulto, dois toconecologistas e 15 técnicos de enfermagem.

Médicos e outros profissionais convocados para Garanhuns foram aprovados em concurso público realizado pelo Estado.

Sivaldo fez questão de agradecer ao Secretário de Saúde, André Longo e ao governador Paulo Câmara pelo reforço no Dom Moura, permitindo que o hospital tenha mais médicos que atendem à população.

“Como Garanhuns não tem um hospital municipal, a demanda no Dom Moura é muito grande, o que ocasiona problemas no atendimento. Mas o governador mais uma vez atende aos anseios da cidade e com esse reforço possibilita melhorias no serviço de saúde do município e toda região”, comemorou o deputado do PSB.

Os convocados iniciam processo de entrega de documentações para assumirem suas funções em breve. 

*Foto: G1/PE

REFORMA DA AVENIDA SANTO ANTÔNIO NOVAMENTE ADIADA


Prefeitura de Garanhuns rescindiu esta semana o contrato com a empresa que iria realizar a reforma da Avenida Santo Antônio. O motivo alegado é que a firma descumpriu o prazo de início das obras.

Reforma da principal avenida do centro já foi anunciada três vezes, com projetos diferentes e não consegue sair do papel.

Com esse problema que surgiu junto à empresa contratada, é possível que o início dos trabalhos demore. Governo Municipal ainda tem o problema de algumas obras importantes inacabadas, como o campo do Parque Euclides Dourado, creches e a UPA da Cohab II.

Assessoria da Prefeitura não informou quando uma nova empresa será contratada para a reforma da Santo Antônio.

O calendário eleitoral também pode atrapalhar algumas metas traçadas pelo governo municipal.

DENÚNCIA CONTRA PREFEITURA É ARQUIVADA


A Prefeitura de Garanhuns recebeu a informação, nesta quinta-feira (16),  do arquivamento da representação formulada perante o Ministério Público Federal, pela então presidente do Conselho de Fiscalização do Fundeb, Ana Paula Oliveira Soares, por não vislumbrar qualquer ilegalidade cometida pela gestão municipal, quando do desbloqueio de valores do Fundo de Valorização do Magistério, Pelo Supremo Tribunal Federal, Pela Procuradoria Regional da República na cidade de Garanhuns. 

A decisão apenas confirma tudo aquilo que a gestão sempre se pautou em relação aos gastos públicos, notadamente com os recursos da educação. 

A gestão tem o maior respeito pelos atos dos conselhos sociais, e enaltece a sua importância no controle social da Administração Pública, onde sempre contou com total apoio e logística para exercer as suas funções,bem como, toda a documentação e esclarecimentos já tinham sido devidamente prestados no âmbito deste. 

A gestão, por fim, repudia que qualquer pessoa se utilize dos conselhos e suas atribuições, com o fito de atacar pessoalmente gestores ou entidades a quem fiscalizam de maneira açodada, quando demonstrado que os atos estavam cobertos pelo manto da legalidade.

*Da Assessoria de Imprensa