FIEPE

FIEPE

quinta-feira, 31 de julho de 2014

DILMA PASSA EDUARDO EM PERNAMBUCO

Na recente pesquisa realizada pelo Ibope em Pernambuco foram divulgados inicialmente os números para governador e senador. Hoje no Portal G1, das Organizações Globo, saiu o resultado para presidente da República. Dilma Roussef (PT) aparece com 41% e Eduardo Campos somou 37%. Aécio Neves obteve 6% e o Pastor Everaldo 1%.

Na avaliação do Portal há um empate técnico entre Eduardo e Dilma. Mas como antes o ex-governador tinha um pontinho na frente, eu entendo que o socialista já está perdendo em seu Estado.

Eduardo fez um bom governo em Pernambuco, mas tem alguma coisa errada na sua opção política em 2014, pois não faz sentido ele ficar atrás de Dilma em sua terra.

Acho que uma das razões é o fato dele ter participado dos governos do PT durante 11 anos e sete meses e hoje falar mal dos ex-aliados como se nunca tivesse compactuado com eles. Tem também o “efeito Marília”, o candidato mal escolhido ao Governo de Pernambuco (claro que Tadeu Alencar, João Lyra e Fernando Bezerra Coelho são melhores do que Paulo Câmara) e outras razões que o próprio leitor do blog pode apontar.

Quem votou em Arraes e Lula a vida toda não consegue entender Eduardo Campos junto de Jarbas, Mendoncinha, Roberto Magalhães e outros animais políticos mais indigestos. (Na foto da Revista Fórum Dilma e Eduardo quando o PT e o PSB eram quase irmãos).

DE GARANHUNS ATÉ LISBOA E PARIS


O garanhuense David Melo, do Jornal DAC, além de ser um fotógrafo presente em todos os eventos da cidade, organiza excursões pelo Brasil e exterior. Em outubro deste ano estão programadas viagens para Lisboa e Fátima, em Portugal, e Paris, a deslumbrante capital francesa. Muitos moradores da cidade e região já tiveram oportunidade de conhecer Gramado, no Rio Grande do Sul, e Buenos Aires, da vizinha Argentina, graças aos programas planejados pelo David.

Importante registrar que atualmente viajar para fora do País não está tão caro quanto no passado. (Nas fotos de David Melo os jardins do Palácio de Versalhes, na França, e o Santuário de Fátima, em Portugal).

MARINALDO - O HOMEM DOS MILHÕES EM CASA

Ex-prefeito de Timbaúba, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, e candidato a deputado federal pelo PSB, Marinaldo Rosendo hoje é destaque no Portal UOL, um dos principais sítios de notícias do Brasil. Tudo porque o político revelou que guarda em casa, quem sabe até debaixo do colchão, como antigamente, a importância de 3 milhões e 800 mil reais.

Imagina quanto ele tem no banco e em bens móveis e imóveis. Marinaldo é empresário e tem negócios inclusive aqui em Garanhuns. É dele a unidade local da Schincariol, que gera algumas dezenas de empregos no município.

Diante da informação de que o ex-prefeito guarda quase R$ 4 milhões em casa, a presidente Dilma, que outro dia revelou ter R$ 152 mil em espécie, em sua residência, é quase uma favelada.

O Marinaldo é o Tio Patinhas do interior de Pernambuco.

ARMANDO DEFENDE ATIVIDADE EMPRESARIAL E CLASSIFICA PAULO CÂMARA COMO BUROCRATA

Ao ser chamado mais de uma vez por Paulo Câmara (PSB) de patrão, o senador Armando Monteiro resolveu dar o troco num encontro esta semana, com empresários da capital pernambucana. O petebista estranhou os adversários deixarem de lado sua vida pública e centrarem as críticas nas atividades privadas. De sobra avaliou o seu adversário como um “burocrata”.

O registro do encontro foi feito pelo jornalista Jamildo Melo, do Jornal do Commercio. Confira.

Chamado de mau patrão pelo concorrente Paulo Câmara, do PSB, o candidato ao governo do Estado pelo PTB Armando Monteiro Neto aproveitou o jantar-debate do Lide-Pernambuco, nesta semana, para desenvolver a tese de que os socialistas estão abonando sua vida pública com as críticas a atividade particular, empresarial.

“No meu caso, como falam da vida privada, significa que já abonaram a minha vida pública”, declarou.

“Com 60 anos, com a estrada que tenho, estou pronto para este debate. É um equívoco de quem vem da burocracia pensar que a atividade empresarial é fácil”, afirmou, em referência a Paulo Câmara, ex-secretário da Fazenda de Eduardo Campos antes de assumir a postulação ao governo do Estado.

“Como ninguém é bom ou ruim de repente, esse discurso (contra ele) não vai colar, não vai ser fácil, agora na véspera da eleição, pelo mesmo grupo ao qual eu me vinculava (Frente Popular e o PSB de quem recebeu apoio ao Senado)”

Além de ter dito que sonhava com a possibilidade de servir ao Executivo, depois da experiência no Legislativo, Armando Monteiro Neto apelou para o lado emocional dos empresários e disse que estava maduro parta servir a Pernambuco no Executivo.

“A atividade empresarial é uma atividade de risco. O nosso grupo ganhou e perdeu, superou revezes, teve um grande período de prosperidade, sempre com o compromisso de empreender, de abrir novas frentes. Meu avô trabalhou até os 90 anos. Meu pai tem 89 anos e trabalha. São conquistas e perdas, sucessos e fracassos, que são próprios da vida empresarial”, declarou, em dado momento. “Tudo isto (inclusive as vicissitudes da vida privada) me enriqueceram, aprendi com estas coisas”, concluiu.

As explicações sobre problemas na atividade empresarial podem funcionar como uma espécie de vacina preventiva contra eventuais desconstruções pelo lado socialista, no guia eleitoral.

Armando Monteiro Neto prometeu que ninguém o verá desconstruindo o governo Eduardo e cobrou participação no sucesso. “Eu apresentei a Eduardo Campos as ferramentas de gestão. Ele assimilou bem e valorizou. É mérito dele”.

Armando Monteiro Neto acabou recebendo aplausos quando disse que o Pernambucano está mais exigente em relação ao futuro. “Se já teve mais (referência a Eduardo Campos) não vamos nos contentar com menos (referência a Paulo Câmara).

Na única crítica pública que fez ao socialista, o petebista acusou Eduardo Campos de dissolver a Frente Popular quando lançou-se candidato a presidente. “Mas ele era da base, participava do governo, como de repente o governo Dilma passa a ser responsável por tudo de mal”.

VEREADOR PIO APOIA ZÉ HUMBERTO

O vereador Ailton Lino, do PSB de Capoeiras, foi o segundo mais votado na eleição de 2012. Filho do saudoso Luciano Pontes, que também foi vereador e presidente da Câmara, o socialista, conhecido carinhosamente por Pio - desde os tempos em que era um bom goleiro de futebol de campo - apoia para deputado estadual o petebista José Humberto, braço direito do senador Armando Monteiro. A ligação com o Zé é antiga, vem de antes de sua vitória na eleição de dois anos atrás.

Como é do grupo da prefeita Neide Reino (PSB), Pio ficará com o federal dela, Silvio Costa, do mesmo PTB de Armando.

Mesmo filiado ao PSB e da base da prefeita, Ailton acha que Armando Monteiro poderá vencer a eleição no seu município. (Na foto José Humberto, Pio e um morador de Capoeiras).

IATI DESENVOLVE CAMPANHA ‘TRANSPORTE ESCOLAR – MAIS SEGURO E MELHOR PARA TODOS’

Visando proporcionar uma maior segurança aos alunos que utilizam o serviço de transporte escolar, a Prefeitura de Iati, por intermédio da Secretaria de Educação, lançou a campanha “TRANSPORTE ESCOLAR – Mais seguro e melhor para todos”.
A Iniciativa vem sendo colocada em prática através da produção de banners, cartazes, panfletos e publicações nas redes sociais, com o intuito exclusivo de levar a motoristas, alunos e pais de alunos, informações quanto a este importantes serviço. “São recomendações básicas, porém fundamentais para que o serviço continua sendo oferecido com qualidade e, sobretudo, com segurança”, pontua o secretário de Educação, Erlan Tenório, que volta a gestão da Pasta após uma rápida passagem a frente da secretaria de Administração.
“Vamos mobilizar a comunidade estudantil nesta ação, através da afixação de cartazes e distribuição de panfletos sobre o tema. Também abordaremos essa campanha nas escolas de uma forma bastante efetiva”, registra a diretora de Ensino do Município, Patrícia Barbosa, que deu inicio a Ação enquanto estava à frente da Secretaria de Educação.
Atualmente o município de Iati atende a comunidade escolar com o serviço de transporte escolar em 40 rotas. “Conseguimos atender a todas as comunidades, transportando com qualidade e segurança todos os nossos estudantes”, chama a atenção o Prefeito de Iati, Padre Jorge. (Reportagem: Jornalista Carlos Eugênio)

CAMPANHA DE CÂMARA TEM NOVO COORDENADOR

José Francisco Cavalcanti Neto, advogado, sobrinho do ex-governador Joaquim Francisco, é o novo coordenador da campanha de Paulo Câmara. Ele saiu da Secretaria de Administração de João Lyra com a difícil missão de fazer o PSB reagir nas pesquisas de intenção de voto e chegar no início de outubro em condições de disputar a eleição.

José Francisco Neto irá substituir Renato Thiébaut, que foi requisitado para trabalhar na campanha de Eduardo Campos à presidência da República.

A VANTAGEM DO JOÃO

O deputado federal João Paulo (PT) leva uma vantagem diante do ex-ministro Fernando Bezerra Coelho (PSB), na corrida pelo Senado. É que o ex-prefeito do Recife é muito forte na Região Metropolitana, que concentra perto de 50% do eleitorado do Estado. O socialista ganha no Sertão, é verdade, mas nesta região de Pernambuco o número de eleitores é bem menor.

Por aí se explica a vantagem do João nas pesquisas. Nesta última, divulgada ontem à noite pelo IBOPE, o petista cravou 37% contra apenas 16% de Fernando.

Outra vantagem de João Paulo é estar na chapa de Armando Monteiro, que lidera com ampla vantagem a corrida pelo Governo, enquanto Fernando Bezerra Coelho faz parte da coligação comandada por Paulo Coelho, ainda patinando nas pesquisas.

SOCIALISTAS ESPERAVAM MAIS DA PESQUISA

Inaldo Sampaio registra que a pesquisa Ibope, divulgada ontem à noite, pela TV Globo, foi uma ducha fria para a militância do PSB. O jornalista escreveu que os correligionários e eleitores de Paulo Câmara esperavam um resultado melhor. “Por ter sido lançado há cinco meses e ter o apoio do Governo do Estado, da prefeitura do Recife, de 151 prefeitos do interior, 130 ex-prefeitos, dois terços das bancadas federal e estadual e 21 dos 32 partidos com registro na Justiça Eleitoral, esperava-se que o ex-secretário da Fazenda já tivesse alcançado a casa dos dois dígitos, dado o monumental volume de sua campanha tanto na capital no interior”, comentou Inaldo Sampaio em seu blog.

Ele complementa que com apenas 11% das intenções de voto - enquanto Armando tem 43%-, Paulo Câmara vai obrigar Eduardo Campos a vir mais vezes a Pernambuco para socorrer seu candidato.

O grande trunfo do socialista para virar o jogo é a televisão, mas o chamado Guia Eleitoral só começa no final de agosto, o que significa pouco mais de um mês para alterar um quadro tão adverso. (Na foto Paulo Câmara de gibão, na Missa do Vaqueiro, em Serrita).

quarta-feira, 30 de julho de 2014

ARMANDO MANTÉM VANTAGEM DE 32 PONTOS

Pesquisa do IBOPE divulgada hoje à noite, na Globo Nordeste, mostra o senador Armando Monteiro, candidato ao Governo do Estado pelo PTB, com uma vantagem de 32 pontos percentuais em cima de Paulo Câmara, seu oponente do PSB.

De acordo com o respeitado Instituto Armando tem 43% das intenções de votos, contra 11% de Câmara.

Dos candidatos dos partidos menores o melhor posicionado é Zé Gomes, do PSOL, que aparece com 2% das intenções de votos.

Os números do IBOPE batem com o do Instituto Opinião, da Paraíba, que na pesquisa de duas semanas atrás mostrava Armando Monteiro com 40,5% e Paulo somando 8,4%.

Desde que o socialista foi lançado por Eduardo Campos, em fevereiro deste ano, não cresceu praticamente nada, se mantendo numa faixa de 10% da preferência do eleitor. Armando se mantém firme na liderança, sempre com uma vantagem superior a 30 pontos percentuais.

GARANHUNS VIRA A TERRA DOS FESTIVAIS


Garanhuns vira cada vez mais as terras dos festivais. Temos o de Jazz, da Jovem Guarda, de Literatura, o de Inverno e vem mais um por aí: também na área de letras, vai contemplar principalmente o público infantil.
Será o I Festival Internacional de Literatura Infantil, resultado de uma parceria da Prefeitura com a Empresa Proa Cultural e o Grupo Ferreira Costa.
É um evento de grande porte e com uma proposta ousada: a ideia é investir na formação de novos leitores.
Por isso o FILIG consta de palestras, feira de livros, exposições e oficinas de mediadores de leitura. Estas já acontecem a partir do dia quatro de agosto.
É uma iniciativa arrojada e que precisa ser apoiada por professores, comunicadores, colégios, estudantes, intelectuais e outros setores da sociedade local.
O Poder Público está fazendo sua parte e os diretores da Empresa Ferreira Costa estão de parabéns pelo investimento na educação e na cultura dos jovens da cidade.
O jornalista Cloves Teodorico, da Secretaria de Comunicação do Município produziu um texto detalhando como será o FILIG.
LANÇAMENTO - Foi lançado, oficialmente, na manhã desta quarta-feira (30), o I Festival Internacional de Literatura Infantil (Filig). O evento, que acontece entre os dias 09 e 12 de outubro, já promove ações especiais a partir de agosto, seguindo até o mês de dezembro deste ano. O Filig é uma realização da Proa Cultural, com patrocínio da Ferreira Costa, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Educação. A coletiva de imprensa foi realizada no Gabinete do Palácio Celso Galvão.
Na ocasião, o prefeito do município, Izaías Régis, assinou o termo de parceria entre a Prefeitura e a Proa Cultural para a realização do Festival, juntamente com diretora da Proa Cultural, Camila Bandeira, e a secretária de Educação de Garanhuns, Janecélia Marins Campos Branco. A indicação dos participantes das oficinas ficou a cargo da Secretaria de Educação de Garanhuns. Cada oficina capacitará até 24 profissionais, num total de 100 pessoas beneficiadas, que atuarão como agentes multiplicadores, atingindo indiretamente até três mil crianças.
A primeira oficina de mediadores de leitura acontece entre os dias 04 e 08 de agosto. Até dezembro, serão oferecidas mais quatro oficinas, sendo mais uma de mediadores de leitura e outras três de gestores de bibliotecas. “Garanhuns foi escolhida para receber o Filig porque é uma cidade que já vem desenvolvendo ações voltadas para a literatura infantil, como a implantação de salas de leitura e realização de bienais de livros. A semente já foi plantada e estamos aqui para contribuir com a formação de novos leitores”, explica o curador do Festival, Antonio Nunes Barbosa Filho, o Tonton, que também é coordenador da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ) e membro da União Hispanoamericana de Escritores.

KITS DE LEITURA -
As escolas que tiverem profissionais capacitados nas oficinas e as seis bibliotecas existentes em Garanhuns vão receber “Kits de Leitura” formados por um acervo de livros infantis que serão entregues em um expositor com suporte para os livros. Ao todo, serão 58 kits. A seleção dos livros seguirá as recomendações da Fundação Nacional do Livro Infantil Juvenil (FNLIJ) e da curadoria do festival.
PALESTRANTES CONVIDADOS – O Festival, com a presença de escritores e ilustradores nacionais e internacionais, acontecerá de 9 a 12 de outubro. A escolha da data levou em consideração o início da Semana Nacional da Leitura, além das comemorações do Dia das Crianças. A expectativa é que cerca de 6 mil pessoas participem de diversas atividades programadas para os quatro dias de evento. A grade completa da programação será anunciada em setembro, mas dois importantes nomes da literatura infantil já estão confirmados: a escritora colombiana Irene Vasco e a ilustradora brasileira Nireuda Longobardi.
Fundadora do projeto Espantapájaros (Espantalho), especializado em literatura infantil e considerado um dos centros de iniciação para muitos escritores do gênero, a escritora Irene Vasco tem mais de vinte obras publicadas que já lhe renderam vários prêmios. Também desenvolve um trabalho na Colômbia para formação de novos leitores.
Graduada em Educação Artística e Habilitação em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo e, especialista em Educação Ambiental pela Universidade de Santo Amaro, Nireuda Longobardi (SP) é arte educadora, escritora e ilustradora de livros de literatura infantil. Seu livro “Mitos e lendas do Brasil em cordel” (Paulus) 2009 foi selecionado para o catálogo da Fundação Nacional do Livro Infantil Juvenil (FNLIJ) e representou o Brasil em Bologna.
FERREIRA COSTA – Com 130 anos de fundação, a Ferreira Costa vem patrocinando diversas ações voltadas para a valorização das expressões culturais. São vários projetos apoiados pela Ferreira Costa, sobretudo os que visam o incentivo à leitura e à literatura. Uma dessas iniciativas é o Projeto Sala de Leitura. Realizado desde 2005, tem como objetivo democratizar o acesso ao livro e incentivar o hábito de leitura entre alunos da rede municipal de ensino.
O acervo das salas engloba 1.000 títulos não­ didáticos, incluindo infantis, infanto­-juvenis, obras de ficção, psicologia, sociologia, literatura brasileira e estrangeira. As obras são doadas para escolas públicas e, inclusive, é feita uma capacitação para que a própria entidade possa administrar o espaço de leitura. Já foram implantadas 84 salas de leitura, distribuídas pelas cidades de Garanhuns, Lajedo, Bom Conselho, e nas capitais Recife e Salvador. A empresa também participou de duas edições da Bienal do Livro de Garanhuns, em 2012 e 2014, promovendo ações de contação de história e de doação de livros. Ao promover o Filig, a Ferreira Costa busca desenvolver uma série de ações artístico-educativas, com foco em Literatura Infantil, envolvendo escolas públicas, bibliotecas, salas de leitura das escolas, a Academia de Letras de Garanhuns, profissionais liberais, entre outros atores da comunidade literária.
PALESTRANTES CONFIRMADOS: IRENE VASCO - Nasceu em Bogotá, em 1952, mas já viveu na Venezuela e nos Estados Unidos. Voltou para a Colômbia em 1984. Há mais de 25 anos escreve livros para crianças, que já renderam vários prêmios como o de Melhor do Livro Infantil atribuído pela Fundalectura da Colômbia pela obra “Conjuros y Sortilegos” (Feitiços e magias), que também foi incluído na Lista de Honra dos melhores livros selecionados pelo Banco do Livro da Venezuela em 1991. Também recebeu menção Noma (Japão) pela obra “Cambio de voz, cuentos insospechados de la vida cotidiana” (Mudança de voz, histórias inesperadas da vida cotidiana).
É fundadora do projeto Espantapájaros (Espantalho), especializado em literatura infantil e considerado um dos centros de iniciação para muitos escritores do gênero. Também promove oficinas de incentivo à leitura junto a pais, professores, bibliotecários, promotores culturais, líderes comunitários, crianças e jovens de toda a Colômbia.
Licenciada em literatura pela Universidad del Valle, além de mais de 20 livros publicados, já traduziu obras de autores brasileiros e franceses como Lygia Bojunga, Ana Maria Machado, Marina Colasanti, Moacyr Sclair, Rubem Fonseca e Nathalie Léger-Clersson-Clarisa Ruiz.
NIREUDA LONGOBARDI - A arte-educadora, escritora e ilustradora de livros de literatura infantil Nireuda Longobardi nasceu no município de Touros, no Rio Grande do Norte, e hoje mora em São Paulo. Faz ilustrações em xilogravuras e através da técnica oriental kiriê, que consiste em formar figuras e desenhos em papéis com a ajuda do corte do estilete. Também já ilustrou livros em aquarela, colagem, Braille e à tinta para crianças com deficiência visual e com baixa visão.
Possui graduação em Educação Artística e Habilitação em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo e especialização em Educação Ambiental pela Universidade de Santo Amaro.
Seus livros “Mitos e lendas do Brasil em cordel” e “Escolha seu dragão”, elaborado em parceria com a autora Rosana Rios, foram selecionados para os catálogos de 2010 e 2012 da Fundação Nacional do Livro Infantil Juvenil (FNLIJ), além de representarem o Brasil em Bologna, nos respectivos anos. Também de sua autoria, a obra “O rouxinol e o imperador em cordel” (Mundo Mirim) foi selecionada em 2013 pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo para o projeto Livros na Sala de Aula 2013. 

(Na foto que ilustra a matéria Camila Bandeira, da Proa Cultural, secretária Janecélia, Prefeito Izaías e Anselmo, gerente da loja de Ferreira Costa em Garanhuns).

CAETÉS RECEBE DOIS NOVOS VEÍCULOS PARA A SAÚDE

Reunião com agricultores e representantes 
do Banco do Nordeste
As duas S-10 serão utilizadas 
na Secretaria da Saúde

O Secretário de Agricultura de Caetés, Lucivalter Santana Bernardo (Galego), promoveu uma reunião com representantes do Banco do Nordeste e agricultores do município. Na oportunidade foi discutida a renegociação do débito dos produtores rurais com a instituição financeira.

Com base na lei 12.844 os agricultores poderão obter desconto de até 85% para pagar as dívidas.

Depois dessa reunião o prefeito Armando Duarte, o vice Severino Gordo e vereadores do município fizeram a entrega simbólica à população de duas camionetes S-10, 0 km, que chegaram a Caetés e irão servir à Secretaria de Saúde. Os veículos foram adquiridos numa parceria com o Governo Federal.

E em Caetés, na próxima quinta-feira, acontece uma solenidade, com a presença do Secretário de Assistência Social do Estado, Bernardo D´Almeida, para anúncio de recursos na ordem de R$ 300 mil, que serão utilizados na compra de 25 máquinas de costura industrial, dentro do programa “Pernambuco no Batente”. O encontro será na Câmara Municipal, a partir das 14h.

ZÉ DA LUZ ACONSELHA NOVA POSTURA A SIVALDO

Zé da Luz (PHS) já decidiu os candidatos que vai apoiar na eleição deste ano. Em Garanhuns ficará com Sivaldo Albino (PPS) para estadual e Fernando Monteiro (PP) na disputa por uma vaga na Câmara Federal. Os dois fazem parte da Frente Popular e apoiam Paulo Câmara ao Governo do Estado e Fernando Bezerra Coelho ao Senado.

Em Caetés, onde foi prefeito três vezes, José Luiz Sampaio e seu grupo vão pedir votos para Marcantônio Dourado (PSB) e Fernando Monteiro. Ele explicou que os vereadores, suplentes e seus correligionários no município têm uma ligação antiga com o socialista, daí o estadual ser diferente do que será apoiado em Garanhuns.

Fechado com Sivaldo, Zé da Luz defende por parte do vereador uma oposição equilibrada ao prefeito Izaías Régis (PTB), evitando o denuncismo a qualquer custo e as picuinhas. “O povo não gosta disso”, pontuou o representante do Partido Humanista.

“Devemos cobrar o que foi prometido em campanha e fiscalizar, fazendo uma oposição civilizada ao ponto de reconhecer pontos positivos da gestão”, defendeu o ex-prefeito que elogia, por exemplo, a modernização da iluminação pública de Garanhuns por parte do atual Governo Municipal.

Zé da Luz acredita que tem condições de reforçar a votação de Sivaldo em Garanhuns e conseguir apoios em diversas outras cidades do Agreste, a exemplo de Capoeiras. “Tive perto de 800 votos lá em 2010 e acredito que posso conseguir parte disso para Sivaldo este ano”, salientou. 

Ele anunciou também que irá montar comitês de Sivaldo e Fernando Monteiro no Recife e pretende dar uma boa votação a seus candidatos na capital.

O ex-prefeito de Caetés pretende passar os meses de agosto e setembro morando em Garanhuns e se deslocando por toda região, para ajudar na eleição de Sivaldo e Fernando Monteiro. Pelas suas contas o vereador do município pode chegar à Assembleia até com 25 mil votos. “Mas vamos trabalhar para ter mais de 30 mil e garantir o mandato”, frisou José Luiz Sampaio.

MARÍLIA ENTRA DE VEZ NA CAMPANHA DE ARMANDO

Paulo Rubem, Marília e Armando

A vereadora Marília Arraes (PSB) entrou de vez na campanha do senador Armando Monteiro ao Governo do Estado. Vestida de vermelho, a cor preferida do PT, a parlamentar esteve em Palmares acompanhando o petebista e seu vice, o deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT).

No município da Zona da Mata, Marília não se limitou a caminhar ao lado de Armando e Paulo Rubem. Ela articulou um encontro do candidato a governador com o ex-prefeito Chiquinho (PSB) e com o presidente da Câmara Municipal, Luciano Júnior (PC do B), neto do ex-dirigente do município.

A vereadora confessou aos jornalistas do Recife de ter ficado feliz com sua passagem por Palmares, município em que já foi quando mais jovem, acompanhando seu avô Miguel Arraes.

“Estou completamente engajada na campanha de Armando no Recife e no que eu puder vou ajudar no interior”, disse Marília Arraes, dissidente da direção do PSB pernambucano.

CÂMARA GANHA DIREITO DE RESPOSTA NA FOLHA

A pedido da campanha do socialista Paulo Câmara, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu que o jornal Folha de São Paulo terá 48 horas para dar direito de resposta solicitado pelo PSB. 

Na quarta-feira da semana passada, a publicação paulista publicou denuncias feitas pelo deputado federal José Augusto Maia, do Pros, aliado de Armando Monteiro Neto, acusando suposta oferta de vantagens financeiras para que o partido aderisse à Frente Popular.

O deputado já havia feito a mesma denuncia na semana retrasada, na Câmara dos Deputados, mas sem apresentar provas. A decisão do Pleno do TRE ocorreu por unanimidade, com oito votos. Os desembargadores seguiram todos o voto do relator José Ivo de Paula Guimarães.

O juiz, ao julgar o mérito, até mesmo por uma questão de coerência, manteve a decisão liminar concedida na sexta-feira da semana passada, onde afirma que o jornal ajudou José Augusto Maia a ser calunioso, difamatório e injurioso contra Paulo Câmara.

Pela decisão, o jornal deverá fazer a retratação nos mesmos locais da publicação inicial. Ou seja, na manchete da capa e na página quatro. 
O advogado Carlos Neves Filho, da coordenação jurídica da campanha socialista, apelou aos desembargadores com uma argumentação pessoal. Ele pediu que eles se colocassem no lugar de Paulo Câmara e decidissem se gostariam de ter um direito de resposta.

“Paulo Câmara tem 22 anos de vida pública e não tem uma mácula”, observou. Na sua argumentação, o PSB reclamou ainda que Paulo Câmara foi citada em sete linhas, contra uma página inteira. (Fonte: Blog do Magno).