FIEPE

FIEPE

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

MARINA COMEÇA A DESAGREGAR O PSB

Marina Silva é um tsunami. Xiita e radical, a candidata do PSB à presidência da República já conseguiu em uma semana destruir muito do que Eduardo Campos construiu na sua caminhada para chegar ao Planalto.

Eduardo tinha um acordo com os governadores do Paraná e São Paulo, Beto Richa e Geraldo Alckmin. Marina não vai cumprir e anunciou que quer distância dos dois.

O ex-governador de Pernambuco tinha em Carlos Siqueira um colaborador fiel do partido e ele iria desempenhar papel chave na campanha do socialista. Com a morte de Eduardo, o assessor se afastou do partido e desabafou para a imprensa: “Quero distância de Marina Silva”.

Hoje mais uma baixa. O presidente do Atlético Mineiro, Alexandre Kalil, que era candidato a deputado federal e prometia fortalecer a candidatura de Eduardo em Minas, desistiu da disputa. “Este partido estou pouco me lixando pra ele. O que me interessava caiu no avião”, desabafou Kalil, irritado com a substituta do ex-governador pernambucano.

Alguém aí tem dúvida de que Marina é uma desagregadora? Vamos ver se ela se eleger como vai governar um país tão complexo.

ZÉ DA LUZ DEFENDE QUE O PSB TEM MAIS É DE USAR A IMAGEM DE EDUARDO CAMPOS NA CAMPANHA

José Luiz Sampaio, o Zé da Luz, prefeito de Caetés em três oportunidades e duas vezes candidato à prefeitura de Garanhuns, acha natural o uso da imagem de Eduardo Campos pelo Partido Socialista Brasileiro na campanha de Paulo Câmara e na propaganda eleitoral. “Eduardo é um patrimônio do PSB, tem mais é de usar mesmo a imagem dele”, defendeu o político, hoje filiado ao PHS.

Ele lembrou que Aécio Neves ainda hoje usa o nome de Tancredo Neves em suas pregações políticas e que Eduardo Campos, em 2006, se elegeu governador pela primeira vez fazendo forte uso da imagem do seu avô Miguel Arraes. É o mesmo que está acontecendo nesta campanha, na concepção de José Luiz Sampaio.

Confiante, Zé da Luz acredita que Paulo Câmara venceria a eleição em qualquer circunstância, pois a virada viria no momento certo. Com a emoção por conta da morte de Eduardo, ele acha que as chances do PSB aumentaram uma vez que o candidato do partido foi uma escolha do ex-governador. “Ele preteriu Tadeu Alencar, João Lyra e Fernando Bezerra Coelho porque sabia o que fazia”, justificou o ex-prefeito para defender o nome de Paulo.

Quanto à eleição presidencial, o representante do PHS está certo de que a candidatura de Marina Silva é muito forte e ela pode ganhar a eleição como herdeira política de Eduardo. “Marina tem a cara do Bolsa Família, é uma lutadora”, disse, dando a entender que a nova candidata à presidência pelo PSB tem uma identificação muito forte com as camadas mais simples da população brasileira.

“Quem critica o uso da imagem de Eduardo pelos socialistas é porque está nervoso”, provocou Zé da Luz.

MARINA CHORA NA PROPAGANDA POLÍTICA DA TV

Marina Silva estreou hoje a propaganda eleitoral como candidata à presidência da República pelo PSB. Ao lado do vice, o deputado federal gaúcho Beto Albuquerque, do mesmo partido, ela falou em tom de pronunciamento, usando óculos e com a voz embargada. Em alguns momentos chorou mesmo, ao lembrar da perda de seu companheiro de chapa, o ex-governador Eduardo Campos.

AÉCIO - No horário do PSDB na televisão, o candidato Aécio Neves afirmou que o Brasil hoje está pior do que quatro anos atrás. Segundo ele o problema não é o país e sim a forma como o Brasil vem sendo governado. O tucano disse que a Nação precisa de uma liderança e de mudanças, procurando convencer o eleitor de que é a melhor alternativa para dirigir os nossos destinos.

DILMA - O programa de Dilma Roussef (PT) foi centrado nas obras que foram realizadas nos últimos quatros anos e nos trabalhos que estão em andamento. Destacou várias ações no Nordeste, dentre elas a transposição do Rio São Francisco, considera a maior obra hídrica da história do Brasil. O horário petista informou ainda que o governo está construindo três grandes hidrelétricas, está investindo no setor de ferrovias e de portos e já está colhendo resultados do pré-sal, que irá garantir R$ 1 trilhão para os setores da saúde e educação.

O ex-presidente Lula teve uma pequena participação e acentuou que o brasileiro está tendo oportunidade de ver o que o governo tem feito, normalmente escondido pela grande imprensa que em sua opinião só mostra o lado negativo. “A esperança já venceu o medo e dessa vez a verdade vai vencer a mentira”, alfinetou o líder petista, se referindo a setores da mídia nacional.

Com pouco tempo para se pronunciar na televisão, os candidatos dos partidos pequenos - como Luciana Genro, do PSOL - se limitaram a criticar o governo atual, defender mudanças e pedir votos para si.

TIRIRICA FAZ PARÓDIA DO REI NO GUIA ELEITORAL

O deputado federal e candidato à reeleição Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca (PR), estreou no horário eleitoral gratuito na TV com as piadas que marcam o tom de sua campanha.
Na peça que foi ao ar nesta terça-feira (19), o parlamentar imitou o cantor Roberto Carlos e parodiou a música O Portão, sucesso na voz do cantor Capixaba. No vídeo, Tiririca aproveita para brincar com o fato do cantor ter voltado a comer carne.
A letra da música começa com "Eu votei/De novo eu vou votar", com a paródia reforçando os trejeitos de Roberto Carlos.
Na peça do deputado, que dura 1 min 25 s, a música passa duas vezes, a pedido do próprio parlamentar, que fica em um cenário de cinema, comendo pipoca, pedindo o reprise do vídeo.
O bordão da candidatura desse ano ficou por conta do "Tá de saco cheio da política? Vote no Tiririca!". No outro pleito, o parlamentar defendia "Vote Tiririca. Pior do que tá não fica!".
Em 2010, Tiririca foi eleito com mais de 1,3 milhão de votos, sendo o deputado federal mais votado do País. (Fonte: Portal R7)

IZAÍAS COBRA PERSONALIDADE PRÓPRIA DE PAULO

Na opinião do prefeito Izaías Régis (PTB) está faltando personalidade ao candidato do PSB ao Governo, Paulo Câmara, que está fazendo campanha usando de forma abusiva a imagem do ex-governador Eduardo Campos. “Ele precisava do padrinho para ter votos e não saiu do canto em mais de seis meses. Agora quer usar a comoção social do povo pernambucano para conseguir votos. Isso já está causando repulsa entre os eleitores”, disparou Izaías.

Para o prefeito de Garanhuns, essa estratégia de usar a imagem de outra pessoa para conseguir votos não vai dar certo, pois já foi tentado em 2006 e falhou. “Mendoncinha na sua campanha só falava em Jarbas e o resultado foi que perdeu a eleição. A mesma coisa vai acontecer nesta eleição com o nosso adversário que sem um perfil próprio tenta se apropriar da imagem de Eduardo”, frisou o petebista.

COMEÇA A BRIGA PELA IMAGEM DE EDUARDO

O jornalista Jânio de Freitas, um dos principais colunistas do jornal Folha de São Paulo, escreveu artigo condenando a exploração política da morte do ex-governador Eduardo Campos. “A política brasileira não precisa de mais indignidades e feiuras”, protestou.

Na avaliação do jornalista paulista,  Aécio Neves (PSDB) e Dilma Roussef (PT) não ultrapassaram, como candidatos, o que poderiam dizer como pessoas conhecidas e amigas do socialista, que morreu na tragédia de Santos.

Para Jânio de Freitas, a candidata Marina Silva (PSB) apesar de condenar a exploração está apelando e o presidente do Partido Socialista, Roberto Amaral extrapolou quando disse que depois de Arraes e Eduardo a grande liderança do partido passa a ser Renata Campos. “Não por graça de talento político que a viúva tenha, mas por induzir, para efeitos políticos, a lembrança comovida do morto”, interpretou o jornalista.

O colunista da Folha bateu ainda mais duro no candidato do PSB ao Governo de Pernambuco, Paulo Câmara. Freitas considerou a exploração da morte de Eduardo feita pelo socialista como imoral. “Em dificuldade nos seus magros 13% nas pesquisas o ex-secretário disse agora quem está com Eduardo está com Paulo Câmara e quem não está com Paulo Câmara não está com Eduardo”, escreveu, se referindo a uma fala do candidato no programa eleitoral de televisão.

Aqui em Pernambuco o uso da imagem de Eduardo Campos no Guia Eleitoral da TV já foi parar no Tribunal Regional Eleitoral. No primeiro dia de propaganda, no horário da tarde, todos os partidos fizeram homenagem a Campos e usaram imagens do ex-governador. Os representantes da Frente Popular não gostaram e foram à Justiça pedindo a proibição das imagens do líder socialista pela oposição.

Liderada pelo senador Armando Monteiro, a coligação Pernambuco Vai Mais Longe soltou uma nota para a imprensa estadual condenando a “decisão monocrática” do juiz do TRE e denunciando censura logo no início da propaganda eleitoral. Os oposicionistas recorreram ao pleno do Tribunal e esperam que a decisão seja revertida.

“A Coligação Pernambuco Vai Mais Longe tem a certeza de que o Tribunal Regional Eleitoral, dentro de sua tradição consolidada de assegurar os princípios norteadores do regime democrático, seguramente corrigirá esse equívoco, quando do julgamento do agravo regimental, permitindo que o povo pernambucano possa livremente se manifestar, sem sofrer qualquer tipo de censura em suas convicções”, assina a nota da coligação comandada por Armando Monteiro.

Para os oposicionistas, a Frente Popular não pode se apropriar da imagem pública de Eduardo Campos, que tem uma trajetória pertencente a toda a sociedade. “Com as iniciativas que tomou,  a coligação adversária tenta assegurar a apropriação meramente partidária ou de facção política de uma figura pública”, acentua a nota dos petebistas e aliados.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

WILLIAM BONNER PASSA RECIBO

Jornalista, apresentador e editor do Jornal Nacional, principal noticiário de televisão do Brasil, William Bonner passou recibo, hoje, aos que criticaram a forma como ele conduziu a entrevista com a presidente Dilma Roussef (PT). Pelo twitter, o profissional escreveu sobre o assunto, respondeu perguntas e justificou a sua postura.

Bonner disse que foi incisivo com todos os candidatos e que esse comportamento vem sendo adotado desde a eleição de 2012. “Ser incisivo é um imperativo do jornalismo”, salientou o apresentador da TV Globo.

Ao ironizar seus críticos, William Bonner tuitou que é “tão bonitinho ver robozinho partidário replicar mimi porque fizeram pergunta difícil pra candidato”. E completou como se alguém tivesse se dirigido a ele: “Uown! Jornalista malcriado e feio”.

Numa prova de que as muitas críticas pelas redes sociais e blogs incomodaram, o jornalista atribuiu a insatisfação aos corruptos e aos blogueiros sujos insatisfeitos.

Muito positivo que Bonner tenha saído de seu pedestal para vir discutir o seu “jornalismo imperativo” nas redes sociais. Significa que nós brasileiros comuns existimos e não somente quem tem um canal de TV à disposição.

Quanto à sujeira e corrupção, o empregado da família Marinho deve entender mais disso do que um blogueiro de Bom Conselho, de Capoeiras ou de Garanhuns, por exemplo. Afinal de contas ele trabalha numa empresa que se fez na ditadura militar e apoiou os governos mais corruptos do Brasil.

Os blogueiros, espalhados pelos quatro cantos do país, em sua absoluta maioria trabalham apenas para sobreviver, botar o pão na mesa. Diferente dos medalhões da TV Globo que ganham salários milionários à custa da exploração da boa fé do povo, da sonegação de impostos, da manipulação da notícia, de novelas idiotas e de programas de baixíssimo nível como um tal de Big Brother Brasil.

Existem realmente jornalistas malcriados e feios. Não é o caso de William Bonner. Ele é “bonitinho, mas ordinário”.

MARINA SE RECUSA A SUBIR NO PALANQUE DO PSDB

Marina Silva é dona de suas próprias ideias e não tem quem a faça abrir mão de suas convicções. Embora ainda não tenha nem sido oficializada ainda como candidata já desfez dois acordos costurados por Eduardo Campos, em São Paulo e no Paraná.

A nova candidata do PSB à presidência já avisou que não subirá nos palanques de Geraldo Alckmin (PSDB/SP) e Beto Richa (PSDB/PR).

Do outro lado, o candidato tucano a presidente, Aécio Neves afagou Marina e disse que o adversário comum nesta eleição é o PT.

EUDSON ELOGIA PROCESSO POLÍTICO NO PSB

O ex-prefeito de Palmeirina Eudson Catão participou no Recife, no início da semana, da reunião do PSB para discutir os rumos da Frente Popular de agora por diante, sem a liderança de Eduardo Campos. Estavam presentes Renata Campos, Paulo Câmara, Raul Henry, Fernando Bezerra Coelho, Jarbas Vasconcelos e a prefeita de Jupi e presidente da Codeam, Celina Brito, dentre outras liderança.
Eudson acredita que o modelo adotado no encontro devia ser seguido em Garanhuns e em todas as regiões do Estado. Segundo o ex-prefeito esta é uma decisão unânime dos participantes.

DEPUTADO GAÚCHO É O VICE DE MARINA

Nem Renata, nem Antônio Campos. Muito menos Fernando Bezerra Coelho, que continuará como candidato ao senado por Pernambuco. O vice de Marina Silva será o deputado federal gaúcho Beto Albuquerque (PSB).

Filiado ao Partido Socialista desde 1980, Beto Albuquerque tem 51 anos e é afinado com as ideias de Eduardo Campos. Quando aliado dos petistas, o deputado gaúcho foi vice-líder do Governo Lula e esteve na linha de frente na defesa da gestão, quando explodiu a crise do mensalão.

Renata Campos não disputará nenhum cargo na eleição deste ano, preferindo se empenhar na campanha de Paulo Câmara, candidato ao Governo do Estado pelo PSB.

A chapa Marina-Beto Albuquerque será fechada hoje, numa reunião da Executiva Nacional , em Brasília.

O DEDO EM RISTE DA POETA

Patrícia esqueceu que era Poeta e colocou o dedo em riste voltado para a presidente da República. A jornalista de voz e rosto bonitos não se ligou que estava na bancada do Jornal Nacional e imaginou estar no parlamento. Como boa oposicionista, enfrentou com ira a dirigente do país e agradou a seus patrões, que morrem de medo do governo. É que num eventual segundo mandato pode ser cobrada a dívida milionária que a Globo tem com a Receita Federal.

O CASO DO FALSO MÉDICO

NOTA DE ESCLARECIMENTO
A Secretaria de Saúde de Garanhuns esclarece que o falso médico, identificado como Geraldo José da Silva, de 32 anos de idade, esteve, no município, durante um período de 10 dias, dos quais, apenas cinco dias teve contato direto com a população. No processo de análise de documentação para posterior contratação [que não foi efetivada], foram verificadas várias divergências na documentação e no registro profissional de Geraldo. Após essa minuciosa análise, o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) e a Polícia Civil foram acionados. O suspeito foi preso em flagrante, nesta terça-feira (19), pela Polícia Federal de Caruaru. Agora, o caso será investigado pelos órgãos competentes, já que existe a suspeita de que Geraldo José tenha atuado como médico em outros municípios do Agreste Meridional do estado.
Nota à imprensa: Cloves Teodorico – Gerente de Relações com a Imprensa - Secretaria de Comunicação Social de Garanhuns

MISSA EM SÃO JOÃO

Nesta quarta-feira, dia 20, às 20h, será celebrada uma missa, na Igreja Matriz da cidade de São João, pela alma do ex-governador Eduardo Campos. A celebração é uma iniciativa dos que fazem a Frente Popular no município, que convoca toda a população para participar deste momento de oração e homenagem ao líder socialista que precocemente e de forma trágica deixou o nosso convívio.

PREFEITURA INSTALA MIL COLETORES NA CIDADE

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Serviços Públicos e Obras, vem desenvolvendo ações de consciência ambiental com o objetivo de melhorar o processo de limpeza urbana e a coleta de lixo na cidade. No mês de julho, 150 containers foram instalados nas principais vias. Esta semana, mais 200 estão sendo colocados. Nos próximos meses outros 650 devem estar em vários pontos da cidade.
A iniciativa vem sendo elogiada pelos garanhuenses. Para a aposentada Maria de Lourdes Diniz, de 68 anos de idade, afirma que agora as ruas estão sempre limpas e as pessoas passaram a colaborar mais. “Às vezes não tinha onde colocar o lixo e com esse equipamento fica mais fácil de manter as calçadas limpas. Estão de parabéns por terem essa ideia”, comenta.
Parte da mão de obra de pessoal, que atuava somente na coleta, conseguiu ser relocada para trabalhar, também, em outras atividades básicas de limpeza urbana, como capinagem e reparos. “È que com os containers, o processo de pegar as sacolas de lixo é facilitado. O lixo não fica mais escapalhado e toda a cidade ganha, ficando mais higiênica, evitando a proliferação de insetos e entupimentos de bueiros, por exemplo. Nossa meta é continuar cuidando da operacionalização dessa coleta consciente”, ressalta o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis.
Texto: Cloves Teodorico
Foto: Ruthe Santana

MAIS UMA EMPRESA VAI SE INSTALAR EM GARANHUNS

O Prefeito Izaías Régis recebeu, nesta terça, dia 19, em seu gabinete, o gerente regional João Carlos Marzuca e o gerente operacional Uverlan Garcia, do Grupo Thomaz Cruz, detentor da empresa Redimix 100% Brasileira. Os gerentes trouxeram a notícia de que o Grupo pretende instalar uma unidade concreteira em Garanhuns.
De acordo com os executivos, o Grupo demonstrou interesse na instalação em Garanhuns, devido ao aquecimento do mercado imobiliário e à chegada dos parques eólicos na região para geração de energia.
“Nós ficamos muito satisfeitos pelo interesse das empresas em se instalarem em Garanhuns. Isso é resultado do desenvolvimento pelo qual a nossa cidade vem passando. O que sempre peço a esses empresários é que após a instalação, aproveitem a mão de obra local. Se precisar de qualificação, identificamos a demanda e promovemos os cursos, mas queremos que a nossa população esteja empregada, porque todos saem ganhando com isso”, disse satisfeito o prefeito Izaías Régis.
Após a visita ao gabinete do prefeito, os gerentes seguiram com o secretário de desenvolvimento econômico, Geandré Nogueira, para a identificação de áreas que possam receber a unidade. De acordo com João Carlos Marzuca, gerente regional a unidade precisa de uma área de cerca de 3 mil metros quadrados para a operacionalização. Caso a empresa venha a se instalar em Garanhuns o período de instalação deve ser de cerca de 4 meses. Quando em funcionamento a unidade deve gerar 30 empregos diretos e 30 indiretos.
Grupo Thomaz Cruz*
O grupo paulista, sediado atualmente no Rio de Janeiro e filiais em São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Alagoas, Sergipe, Ceará. Piauí, Maranhão, Paraíba, Goiás e Pernambuco.
Dentre as principais obras executadas, desde o início da Redimix, estão a Rodovia Anhaguera e o Estádio do Morumbi (São Paulo), ponte Rio Niterói e Edifício Central (Rio de Janeiro), Shopping Center e Complexo Portuário de Suape (PE).
*Fonte: Site da empresa
Texto: Jacqueline Menezes
Foto: Luanny Porto