FIEPE

FIEPE

quarta-feira, 23 de julho de 2014

ARIANO SUASSUNA FOI PRA O CÉU

Ariano Suassuna encantou-se às 17h15 desta quarta-feira, dia 23 de julho, enquanto Garanhuns vive a 24ª edição do Festival de Inverno, onde o escritor já esteve mais de uma vez, com as suas fabulosas aulas-espetáculo.

O paraibano mais pernambucano de que se tem notícia vai ter seu corpo velado no Palácio das Princesas, perto do Santa Isabel, do Palácio da Justiça e às margens do Capibaribe.

Sua alma, acredito, já está no céu. Ele deve ter sido recebido por São Pedro e logo se juntou a seus personagens imortais, como Chico e João Grilo, também tirando logo uma prosa com outros grandes nordestinos como Chico Anísio, Patativa de Assaré, Luiz Gonzaga e Dominguinhos.

Com certeza o homem danou-se a cantar suas histórias e enquanto Recife, Pernambuco, Paraíba, Nordeste e Brasil estão banhados em lágrimas no céu tá todo mundo rindo graças ao alto astral do mais ilustre torcedor do Sport.

PERFIL - Advogado, professor, teatrólogo e romancista, Ariano Vilar Suassuna costumeiramente é considerado “o paraibano mais pernambucano” que se conhece.

Nasceu em Nossa Senhora das Neves, hoje João Pessoa, em 16 de junho de 1927.

Filho de João Suassuna e de Rita de Cássia Vilar, Ariano tinha pouco mais de três anos quando o seu pai foi assassinado na Paraíba, por conta das lutas políticas que antecederam a Revolução de 1930 no Brasil.

Depois da morte do marido, Rita resolveu se mudar com os nove filhos para Taperoá, cidadezinha do interior, onde o futuro escritor passou a ter contato com o universo mágico que iria fazer parte de suas obras.

Em 1942 a capital pernambucana entra na vida de Ariano Suassuna. O jovem paraibano está com a mãe e os irmãos morando no Recife e inicia seus estudos pré-universitários. Como muitos intelectuais da época, termina na Faculdade de Direito, onde faz amizade com escritores e artistas, como Hermilo Borba Filho, de quem se torna muito próximo.

Passa a escrever nos jornais recifenses e em 1943 publica sua primeira peça, “Uma Mulher Vestida de Sol”, conquistando o prêmio “Nicolau Carlos Magno”.

Formado em Direito,  a partir de 1950 passou a advogar e volta a morar em Taperoá por motivos de saúde. No interior paraibano escreve a peça “Torturas de um Coração. Dois anos depois está novamente no Recife, de onde praticamente não sairia mais. Em 1955 publica “O Auto da Compadecida”, sua obra mais popular até hoje.

O SUCESSO - A história engraçada protagonizada por João Grilo e Chico cairia no gosto do grande público e receberia duas versões para o cinema: uma em 1969, com direção de George Jonas, tendo Regina Duarte – a então namoradinha do Brasil - e Armando Bogus como estrelas principais: a outra de 2000, dirigida pelo pernambucano Guel Arraes (filho do ex-governador) e Shelton Melo vivendo um dos principais personagens.

Ainda em 1962, o crítico Sábato Magaldi faz sua avaliação pelos jornais: “O Auto da Compadecia é o texto mais popular do moderno teatro brasileiro”.

No dia 19 de janeiro de 1957, Ariano se casou com Zélia de Andrade Lima, com a qual teve seis filhos. Foi membro fundador do Conselho Federal de Cultura, do qual fez parte de 1967 a 1973 e do Conselho Estadual de Cultura de Pernambuco, no período de 1968 a 1972.

Em 1969 foi nomeado Diretor do Departamento de Extensão Cultural da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE, ficando no cargo até 1974.

Ariano estava sempre interessado no desenvolvimento e no conhecimento das formas de expressão populares tradicionais e, no dia 18 de outubro de 1970, lançou o Movimento Armorial, com o concerto "Três Séculos de Música Nordestina: do Barroco ao Armorial", na Igreja de São Pedro dos Clérigos e uma exposição de gravura, pintura e escultura.


O escritor também foi Secretário de Educação e Cultura do Recife e Secretário de Cultura do Estado, sempre ligado a Miguel Arraes e ao seu neto, Eduardo Campos.

Ariano é doutor em História pela Universidade Federal de Pernambuco e foi professor da UFPE por mais de 30 anos, ensinando Estética e Teoria do Teatro, Literatura Brasileira e História da Cultura Brasileira.

Seu "Romance da Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai e Volta" publicado originalmente em 1971 teve a primeira edição. Relançado somente em 2005 teve sua segunda edição esgotada em menos de um mês, o que é uma coisa rara para um volume de quase 800 páginas.
Alguns consideram “Romance da Pedra do Reino”, como a maior obra de Ariano.


O escritor construiu em São José do Belmonte, no Sertão pernambucano, um santuário ao ar livre, constituído de 16 esculturas de pedra, com 3,50 m de altura cada, dispostas em círculo, representando o sagrado e o profano. As três primeiras são imagens de Jesus Crito, Nossa Senhora e São José, este o padroeiro do município. No local ocorre todos os anos uma cavalgada inspirada no romance A Pedra do Reino

Recentemente, numa entrevista a TV Globo, Ariano Suassuna deve ter surpreendido alguns intelectualoides. Ele fez rasgados elogios à novela "Lado a Lado", que estava em seus últimos capítulos. Disse que há tempos não se escrevia história tão boa para a televisão e admitiu que o folhetim deixaria saudades.

Com a morte de Ariano Suassuna, hoje, a literatura brasileira entrou definitivamente de luto, pois perdeu há poucos dias João Ubaldo Ribeiro e Rubens Costa.

O “encantamento” do autor do Auto da Compadecida é que causou maior comoção, como comprova a repercussão nas emissoras de rádio e TV, nos sites, blogs e redes sociais.

O ex-governador Eduardo Campos, admirador e amigo do escritor, assim como seu avô, Miguel Arraes, disse que o que mais aprendeu com o Ariano foi ter fé no Brasil. Luiz Fernando Veríssimo, filho do grande Érico Veríssimo sintetizou ai importância do autor: “Ele era um tesouro”, afirmou.

Ariano, que este ano foi homenageado no desfile do Galo da Madrugada, parte desta vida para a eternidade. Mas será sempre lembrado deste lado de cá pelo seu nacionalismo, seu falar nordestino, os livros, o movimento armorial, a militância política, as histórias, tudo que ele foi e deixa pra nós, como exemplo de intelectual de verdade e ser humano de primeira.

Aqui, nós choramos. O que nos consola é que o céu está em festa.

ARMANDO MONTEIRO E PTB PEDEM INVESTIGAÇÃO DE PAGAMENTO DE PROPINA NA CAMPANHA POLÍTICA

A denúncia de pagamento de propina pelo PSB para a adesão do PROS ao candidato Paulo Câmara, feita pelo deputado federal José Augusto Maia ao jornal Folha de São Paulo, foi considerada de maior gravidade entre os petebistas e demais partidos de oposição no Estado.
O senador Armando Monteiro (PTB) pediu hoje mesmo que o caso seja investigado nas instâncias competentes. “É possível inferir a gravidade dos fatos que estão ali apontados. Por isso, nossa coligação vai propor uma medida, que seria absolutamente imprescindível, que é a de que o Ministério Público Eleitoral apure profundamente os fatos ali apontados”, disse Armando, numa entrevista ao Diário de Pernambuco.
ESCLARECIMENTO - O advogado Washington Cadete, candidato a deputado estadual pelo PTB, aprovou a atitude do líder do seu partido, ponderando que “não é possível mais que a sociedade pernambucana e brasileira conviva com esse tipo de coisa. “É necessário que as autoridades do Ministério Público e da Justiça Eleitoral intervenham rapidamente e esclareçam essas denúncias”, defendeu Washington.
POLÍCIA FEDERAL - Outro representante do PTB, Romário Dias, confessou indignação com a prática adotada pelos socialistas e acha que o caso requer a ação até da Polícia Federal. “Como o candidato do PSB não cresce de jeito nenhum nas pesquisas, porque o pernambucano não aceita imposição, eles tentam mudar a vontade popular com esse tipo de expediente ora denunciado”, lamentou o ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

TEREZINHA NUNES FICA COM PAULO CÂMARA

A deputada estadual Terezinha Nunes (PSDB) teve um encontro esta semana com o candidato da Frente Popular de Pernambuco ao Governo, Paulo Câmara (PSB), para declarar seu apoio, acompanhando a decisão de seu partido. A tucana afirmou não ter dúvidas de que o socialista é o mais qualificado para assumir o comando do Estado. "Estou convencida de que Paulo Câmara representa a renovação na política. As vozes na rua têm pedido mudanças não apenas dos métodos mas das pessoas que comandam as esferas de poder. É alguém que realizou, nas missões que assumiu no Governo, um trabalho profícuo e objetivo. Além do mais, as manifestações espontâneas têm mostrado que o povo quer ser ouvido, quer participar, e Paulo é uma pessoa aberta ao diálogo", explicou.
O socialista afirmou que o apoio da legisladora foi recebido com muita alegria por ele e seus companheiros de chapa: Raul Henry (PMDB), que disputa a vice, e Fernando Bezerra Coelho (PSB), para o Senado. "Terezinha Nunes sempre uma deputada atuante, que mesmo na oposição sempre contribuiu para a discussão política no Estado. Além disso, as sugestões que ela traz para o nosso Programa de Governo vêm ao encontro de muitas das nossas ideias para Pernambuco, e serão incorporadas por nós", comemorou o candidato, que apontou na chegada da tucana mais uma mostra do sentimento de unidade que reuniu em torno da Frente Popular a maior aliança partidária já vista no Estado.
Entre os pontos que Terezinha trouxe para contribuir com o programa da Frente Popular, nas reuniões que antecederam o anúncio, estão a universalização do acesso às escolas de tempo integral e a construção de um hospital especificamente voltado para o atendimento aos idosos (a tucana é presidente da Frente Parlamentar de Defesa e Proteção da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa). Paulo já havia assumido o compromisso de garantir vagas naqueles estabelecimentos de ensino a todos os alunos que queiram se matricular e de construir o Hospital do Idoso, no Recife.
Representante da Igreja Católica no Legislativo Estadual, a deputada também pediu a Paulo o estreitamento da relação do Governo com a instituição religiosa. "O excesso de laicismo no Brasil impede que se mantenham melhores relações com as igrejas e formar parcerias em ações importantes, como o auxílio aos dependentes químicos", explicou. Outro ponto apresentado por Terezinha foi o empenho para a regulamentação do Código Estadual de Proteção aos Animais, lei de sua autoria que já foi aprovada pela Assembleia e sancionada. O candidato garantiu que, se não houver tempo hábil para que a matéria seja regulamentada este ano, esta será uma de suas primeiras atitudes como governador.
A deputada disse não haver contradição entre a postura de oposição que manteve na Assembleia até o ano passado e seu engajamento de Paulo Câmara. "Estive durante sete anos na oposição porque foi essa a missão que os eleitores me atribuíram nas urnas, em 2006 e 2010, e eu cumpri essa obrigação. Nós entendemos que, agora, Pernambuco está partindo para um novo ciclo. Já apoiamos o atual governador João Lyra Neto (PSB). Não termos dificuldade em estar com Paulo Câmara", garantiu.
Terezinha Nunes está no seu segundo mandato como deputada estadual e disputará a reeleição. Antes de chegar ao Legislativo Estadual, ela ocupou duas secretarias (Imprensa e Desenvolvimento Urbano), no Governo do hoje senador Jarbas Vasconcelos (PMDB). Jornalista por formação, antes de ingressar na vida pública, ela passou por alguns dos principais órgãos de comunicação do País, como a Revista Veja, Jornal O Globo, Jornal do Brasil e Jornal do Commercio.

MENSAGEM DO PREFEITO ARMANDO DUARTE

O blog do jornalista Roberto Almeida nasceu forte e se credenciou de vez na eleição municipal de 2012 quando acertou as previsões das eleições no Agreste Meridional em mais de 20 cidades. Em Caetés os adversários cantavam vitória e Roberto com muita coragem publicou que a disputa era voto a voto, o que terminou se confirmando quando vencemos por uma pequena vantagem. Hoje estamos trabalhando e o município tem um prefeito e um vice-prefeito presentes.
Parabéns pelos 5 anos do blog e pela forma como notícia os fatos, abrindo espaço para todos os partidos e o contraditório! Deus lhe dê saúde e vida longa de forma que continue prestando serviços a Garanhuns, a Caetés onde tem tantos admiradores e a Pernambuco inteiro uma vez que você é respeitado em outras cidades e na capital.

ARMANDO DUARTE – Prefeito de Caetés

A SEXTA NOITE DO FESTIVAL DE INVERNO

Banda Luz Time
Luiz Caldas
A banda garanhuense Lux Time abriu a sexta noite no palco principal do Festival de Inverno. A surpresa do show foi a participação da pequena Milena Braz, de 10 anos de idade, filha de um dos músicos da banda. Milena já é acostumada a fazer participações especiais com a banda. O hit "De Janeiro a Janeiro" foi uma das canções que marcou a participação da pequena.
A segunda banda a subir ao palco foi a The Rossi, a banda oficial do Reginaldo Rossi, formada em janeiro deste ano com o objetivo de homenagear o rei do brega. Em sua primeira apresentação na cidade de Garanhuns, relembraram sucessos de Reginaldo. Um dos destaques do show foi quando o grupo tocou a música “Garçom”, momento em que todos os músicos colocaram uma peruca em homenagem à Rossi, arrancando aplausos do público.
Passava das 23 horas quando o cantor Luiz Caldas iniciou seu show. Conhecido como o “Pai da Axé Music”, o baiano trouxe para o FIG a energia positiva e ritmada da sua terra natal. A música “O Que Essa Nega Quer?” foi uma das primeiras de sua apresentação. O compositor mostrou muita animação e sacodiu a praça ao som de hits como “Haja Amor”, “Tarraxinha” e “Tieta”.
A Academia da Berlinda fechou a noite de ontem, com um show dançante. O grupo, vindo de Olinda (PE), mostrou ao público um trabalho musical com influências em vários ritmos brasileiros. Hoje (23), a expectativa é para o show de Josildo Sá, de Marciel Melo e Xangai.
Hoje na Guadalajara tem a apresentação do garanhuense Alexandre Revoredo, depois Irah Caldeira, Josildo Sá e fechando a noite o Projeto Cantoria, com Xangai e Maciel Melo. Vale à pena conferir.
Texto: Wiliane Maurício
Revisão: Cloves Teodorico
Fotos: Renand Zovka/Secretaria de Comunicação

DILMA MANTÉM CHANCE DE VENCER NO 1º TURNO

Na segunda pesquisa eleitoral divulgada depois da Copa, o IBOPE mostra que pouca coisa mudou após a eliminação da Seleção Brasileira no Mundial. Os números são bastante semelhantes aos do Datafolha.

Eis os números do IBOPE com a inclusão de todos os candidatos registrados perante TSE:

- Dilma Rousseff (PT): 38%

- Aécio Neves
 (PSDB): 22%

- Eduardo Campos (PSB): 8%

- Pastor Everaldo (PSC): 3%

- Luciana Genro (PSOL): 1%

- Zé Maria (PSTU): 1%

- Eduardo Jorge (PV): 1%

- Eymael (PSDC): 0%

- Levy Fidelix (PRTB): 0%

- Mauro Iasi (PCB): 0%

- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%

- Branco/nulo: 16%

- Não sabe/não respondeu: 9%

Em relação à pesquisa anterior do mesmo Instituto, Dilma perdeu um ponto, Aécio ganhou um e Eduardo Campos perdeu dois pontos.

A soma de todos os candidatos dá 37%, um ponto a menos do que o obtido pela petista. Continua indefinido se haverá ou não um segundo turno.

Na simulação de um segundo turno entre Dilma e Aécio Neves, a presidente teria 41%, contra 33% do tucano. Se houver um segundo turno envolvendo a petista e o socialista a primeira teria 41% e o segundo 29%.

Apesar da liderança, Dilma tem a maior rejeição entre os candidatos: 36%, um pouco menor em relação à pesquisa anterior do IBOPE. Eduardo Campos é o candidato menos rejeitado: apenas 8% dos eleitores disseram que não votam nele de jeito nenhum.

A pesquisa foi divulgada na TV Globo e pode ser conferida também no Portal G1.

DEPOIMENTO DE RAIMUNDO LOURENÇO

O amigo e jornalista Roberto Almeida comemora esta semana cinco anos da criação do seu blog. Com informação e prestação de serviço a população de Garanhuns e da região, o Blog Roberto Almeida tornou-se referencia para os que buscam se inteirar diariamente das notícias desse recanto de Pernambuco. Com inteligência, Roberto também brinda seus leitores com bons textos sobre arte, cultura, entre outros assuntos.

Generosidade é mais uma das suas virtudes. Obrigado pela força!

Roberto, parabéns! Saúde e força na sua caminhada na vida e na globosfera!

Publicado no Blog Capoeiras - por Raimundo Lourenço

MENSAGEM DE MARIA ALMEIDA

Com credibilidade e respeito, há 5 anos no mercado virtual, prestando um serviço de qualidade com responsabilidade e seriedade são marcas do jornalista e blogueiro Roberto Almeida.

Parabéns, que Deus abençoe o jornalista e seus leitores.

Professora Maria Almeida Rocha

DEPUTADO REVELA ESQUEMA DE PROPINA NO PSB

O deputado federal José Augusto Maia, do PROS de Pernambuco, denunciou na Folha de São Paulo que recebeu (e recusou) uma proposta de vantagem financeira para seu partido apoiar a candidatura de Paulo Câmara (PSB).

Segundo José Augusto, a proposta foi feita pelo presidente nacional do PROS, Eurípedes Jr. e pelo líder da bancada do PP na Câmara, o deputado federal pernambucano Eduardo da Fonte. Procurados pelo jornal paulista, os envolvidos no esquema de propina negaram a acusação.

Augusto defendia o apoio do seu partido à candidatura do senador Armando Monteiro e como não aceitou a propina nem apoiar Paulo Câmara, foi destituído da direção do PROS em Pernambuco e impedido de se candidatar à reeleição.

Foi aí que o parlamentar resolveu levar a denúncia a público. Não quis revelar à Folha de São Paulo quando lhe ofereceram, mas garantiu que os valores serão revelados na Justiça.

O jornalista Jamildo Melo, ligado ao Sistema Jornal do Commercio, informa em seu blog que o valor oferecido a José Augusto Maia pode ter chegado a R$ 100 milhões, segundo lhe repassou uma fonte.

Outros dois deputados federais foram ouvidos pelo jornal paulista, em off, e confirmaram as denúncias de Maia. “Foi uma proposta indecorosa, vergonhosa, impublicável e não republicana”, desabafou um dos parlamentares quando ouvido pela Folha de São Paulo.
Abaixo o link com a matéria da Folha e também do Blog do Jamildo


PALAVRA DE IVO AMARAL

“Ser revisor no Diario de Pernambuco, repórter e editor na Rádio Clube, repórter no Jornal do Commercio, editor na Folha de Pernambuco e Chefe de Reportagem na TV Pernambuco, Subsecretário de Imprensa de Estado e Secretário Municipal, Diretor de O Monitor, fundador do Correio Sete Colinas, do Jornal da Sete e do Jornal Marano, além de escritor e autor de diversos livros, trouxe a você a experiência tanto para escrever sobre os fatos mais comezinhos quanto realizar grandes matérias jornalísticas. Contudo, acredito que sua raiz interiorana é que norteia e pauta sua respeitabilidade e seriedade em todo o seu trabalho. O Agreste pernambucano não deve a nenhuma rede de mídia do país, pois somos berço de grandes nomes da mídia impressa, falada e televisiva e, dentre eles, Roberto Almeida tem o seu nome elevado em posição de destaque. 
Parabéns a Garanhuns e ao Agreste, por ter esse jornalista editando o Blog há 5 anos. Que venham muitos outros anos!”
Ivo Amaral - Ex-prefeito de Garanhuns e diretor-presidente da FM Sete Colinas. (Foto: David Melo)

RECONHECIMENTO DA BLOGOSFERA

Focado nos acontecimentos de Garanhuns e Agreste Meridional, o Blog do Roberto Almeida completa cinco anos de existência. De forma transparente e espontânea, o Jornalista tem sido peça importante em disseminar a informação pela região.

Roberto Almeida está entre os blogueiros pioneiros do Estado de Pernambuco. São postagens diárias que retratam esportes, política, vida social e os acontecimentos específicos de Garanhuns. Essa característica lhe rende inúmeros acessos e o reconhecimento da blogosfera.

A AblogPE tem imenso prazer em tê-lo como um de nossos associados e vem parabenizá-lo por mais um ano de sucesso e dedicação. Parabéns!

Associação dos Blogueiros de Pernambuco

MENSAGEM DE DR. ALEXANDRE

São cinco anos de Sucesso.
Parabéns Roberto Almeida.
O seu blog informa com responsabilidade e adquiriu na região credibilidade pelo respeito que você tem ao seu leitor.
Promotor Alexandre Bezerra

ALCEU VEM COM NOVIDADES PARA O FESTIVAL

ALCEU VALENÇA se apresenta no Palco Mestre Dominguinhos, no FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS, nesta quinta, dia 24 de julho, a partir de meia-noite.No momento em que prepara a estreia de seu filme, “A Luneta do Tempo”, no Festival de Cinema de Gramado e apronta o lançamento do DVD com arranjos de sua obra para concerto (“Valencianas”) Alceu volta ao lugar onde sua criação está mais integrada: o palco.
No show, o cantor interpreta composições recentes, redescobre preciosidades escondidas e recria grandes sucessos. Temas mais recentes, como o petardo rítmico e poético da “Embolada do Tempo” e a novena blues “No Tempo em que me Querias” mostram um criador em inquieto movimento. A alquimia valenciana condensa os gêneros ancestrais da cultura nordestina em um caldeirão musical sofisticado e contemporâneo.
Alceu Valença sobe ao palco ao lado de Paulo Rafael (guitarra e violão), Tovinho (teclados), Nando Barreto (baixo) e Cássio Cunha (bateria).

Júlio Moura

terça-feira, 22 de julho de 2014

ESCRAVOS DA NOTÍCIA

Caro amigo Roberto,
Não sei se devo parabenizá-lo pelos cinco anos do seu blog, ferramenta de comunicação mais dinâmica na informação em tempo real no mundo, porque como blogueiro pioneiro no Nordeste virei, há oito anos, escravo e refém da notícia. E sei que você, dedicado à esta dura e espinhosa, mas ao mesmo tempo gratificante missão de informar – e informar bem – deve ter a mesma sensação.
És, como eu, um escravo, refém da notícia, sem hora para nada, ligado às 24 horas do dia iluminado em busca dos fatos mais importantes que rolam nos bastidores da política. Por certo, não é Garanhuns que tem orgulho e vaidade do seu talento, mas Pernambuco, porque você é um jornalista que honra a nossa profissão.
Com um grande abraço,
Magno Martins 

OTTO E NAÇÃO ZUMBI BOTAM O POVO PRA DANÇAR EM NOITE DE FRIO NO FESTIVAL DE INVERNO

Iniciando mais uma noite de shows, do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), na Praça Mestre Dominguinhos, subiu ao palco, Still Living, banda de Garanhuns, nascida em 2004. Dando sequência, foi a vez de BNegão e Seletores da Frequência tomarem conta do palco, com hap e hip hop. Fizeram parte do seu repertório, músicas que fizeram o público sair do chão, como “A dança do patinho”.  Bnegão falou sobre a pluralidade cultural do FIG. “O Festival de Inverno de Garanhuns é uma coisa nacional, não se manteve no regional. Acho fundamental essa questão de ter vários palcos e vários ritmos, realmente um festival multicultural”, comentou.

Influências do sound system, baladas românticas, sambas e batidas afro. Essas são marcas registradas do cantor Otto, que subiu ao palco às 23h15. O cantor, compositor e percussionista, natural do município de Belo Jardim, dançou, pulou, foi de um lado a outro do palco, e fez com que essa energia fosse transmitida ao público, que também não ficou parado. Trouxe, no repertório, músicas como “Crua” e “Fahrenheit”. Cantou também uma música de Ronnie Von e a dedicou aos casais presentes. Expôs ao público seu sentimento pelo show. “É uma honra está em Garanhuns, é uma honra participar do FIG, e que honra, juntar eu, BNegão e Nação Zumbi em uma noite só, de segunda-feira”, afirmou.

Logo após, encerrando a noite, Nação Zumbi, banda brasileira de rock, dominou o palco. Uma das atrações de maior destaque da noite cantou músicas como “Foi de Amor” e “Bossa Nostra”, fazendo o público esquecer o frio e a chuva e serem envolvidos pelos ritmos. Os shows desta terça-feira (22), serão da Banda Lux Time, The Rossi e Victor Camarote, Luiz Caldas e Academia da Berlinda.

Hoje na Praça Guadalajara shows com Banda Lux Time,  The Rossi e Victor Camarote, Luiz Caldas e Academia da Berlinda.

Texto: Ruthe Santana

Foto: Renand Zovka

Edição de texto: Cloves Teodorico