PALACE HOTEL

sábado, 28 de fevereiro de 2015

MULHERES VÍTIMAS DOS HOMES

Nos últimos dias de fevereiro de 2015, Elvira Freitas fez um protesto, no facebook. Ela clamou contra o machismo desenfreado, que assola o Brasil e as brasileiras. – Elvira é adolescente de 15 anos de idade. E é aluna do Colégio Dom, em Olinda. O grito de Elvira Freitas repercutiu e ela conseguiu a adesão de professores e alunos do seu colégio. Tanto as do sexo feminino, quanto os do masculino aderiram ao apelo de Elvira! – E um montão de gente daquele colégio empunhou o cartaz: “EU LUTO CONTRA O MACHISMO.”- 2. Aproveito o tema e redijo o artigo a seguir, relatando alguns crimes cruéis, contra mulheres. E trazendo um pouco da legislação pertinente: 

A Lei Maria da Penha (11.340/2006) consagra benefícios às mulheres que se veem sob as garras de elementos psicóticos ou psicopatas. Mas a nossa Justiça é lerda e ruim. E o Estado (nação) não dá garantias a ninguém. Por outro lado, é impossível ao Estado evitar que um celerado agrida, humilhe e mate sua companheira ou ex-companheira dentro de casa ou noutro lugar qualquer. Só com penas severas e garantindo o cumprimento destas, o Estado poderia dar certa proteção às mulheres, ainda que parcialmente. – O Estado tem o dever de proteger a vida humana, conforme determina a nossa Constituição Federal (CF), em seu art. 5º, incisos diversos. Ademais, o art. 226 dessa mesma CF, diz que o Estado “assegura especial proteção” à família.

Como o que está nos códigos, não está na prática, não há essa tão decantada proteção, em lugar algum. Por isso mesmo, as mulheres têm medo de denunciar os companheiros ou ex-namorados, temendo o pior. E esse pior, não raro acontece. A Justiça é mãe bastarda, por conta da inoperância do Estado no seu todo: Poder Legislativo, Executivo e Judiciário. A cada dia saem dezenas de leis. Emendam Códigos Penal e de Processo Penal. Criam mais centenas de direitos, deveres e obrigações etc., etc. – E o cumprimento das leis fica ao deus-dará. Não há seriedade para evitar a procrastinação dos julgamentos. E a progressão de penas é mais um estímulo aos assassinatos.

Prosseguindo: - No dia 12 de fevereiro deste mesmo ano de 2015, Matusalém Ferreira Júnior, de 48 anos de idade, mandou matar Izabella Márquez Gianvechio, uma jovem de 22 anos. O triplo homicídio, com todos os requintes de crueldade, foi executado em Uberaba (MG). Com Izabella foram mortos seus dois filhos, os gêmeos Ana Flávia e Lucas Alexandre, ambos com um mês e meio de nascidos. – Matusalém está detido num presídio de Uberaba. Ele já confessou que mandou matar Izabella. O motivo do triplo homicídio teria sido a recusa do próprio homicida para não reconhecer a paternidade das crianças. – A polícia já sabe quem é o executor do assassinato. Trata-se do outro bandido Antônio Moreira Pires (Pedrão), que estava foragido.
Na noite de 11.3.2013, em Itirapina, cidadezinha do interior de São Paulo, a professora Simone Lima, de 27 anos, foi esfaqueada e morta dentro de uma escola. – Ela lecionava Português naquele estabelecimento, pelo programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA). – O homicida, Thomas Hiroshi Haraguti, com 33 anos, era aluno da professora Simone. Irado por não ser correspondido no intento de namorá-la, ele entrou na sala dos professores e matou Simone com sete facadas. – É mais um psicótico que tentava ter um caso amoroso com a professora, face à beleza dela. Depois da barbárie, ele fugiu e ela faleceu a caminho do hospital. – A verdade é que esses indivíduos de índoles deformadas supõem que as mulheres sejam propriedades suas.

O ex-goleiro Bruno de Tal mandou matar Eliza Samudio, em Minas Gerais, em 2010, porque ela lhe cobrava uma pensão que ele podia pagar. Mas, não queria pagar. Seus comparsas, contratados para efetivação do homicídio, usaram de todos os meios cruéis e das torpezas mais vis que se possa imaginar. A crueldade e a perversidade foram a tônica. Além de a matarem covarde e friamente, ainda aproveitaram o corpo da jovem, pra servir de ração para cachorros. E, nos dias de julgamento, por mais que a promotoria se esforçasse com apresentação de provas robustas, assistimos a cenas teatrais, seguidas de insultos à acusação. As afrontas ao representante do Ministério Público partiram dos defensores daqueles delinquentes.

Mizael Bispo matou Mércia Nakashima (São Paulo, 2010), também usando de meios cruéis. Foi condenado a 20 anos de reclusão. E diz que está fazendo um livro, pra mostrar que não é monstro. Possivelmente, vai comprar uma bíblia e fazer curso de “Teologia”, pra facilitar a enganação dentro e fora do presídio. E com seis ou sete anos de prisão, estará em liberdade condicional. Aí ele vai conquistar outras mulheres candidatas a vítimas de morte. E pode matá-las impunemente.

Pimenta Neves assassinou a doce Sandra Gomide (também em São Paulo, 20.8.2000), após atraí-la pra morte. – Pimenta Neves, covardemente, deu dois tiros em Sandra, pelas costas. – Sandra Gomide tombou sem vida. Neves saiu tranquilamente, deixando o corpo de Sandra estendido junto às baias. – Pimenta Neves está solto. Ainda se valeu do Estatuto do Idoso. – Como pode o Estatuto do Idoso proteger bandidos de tal periculosidade, jogando por terra as demais leis que foram feitas para proteger a vida e a família?

Em 4.4.1989, José Ramos Lopes Neto matou Maristela Just (em Jaboatão dos Guararapes – PE), na frente do casal de filhos de ambos. Ainda atirou no cunhado e, pior, atirou nos dois filhos dele e de Maristela. A filha, tinha quatro (4) anos de idade. O filho, tinha dois (2) anos! Estes ficaram com sequelas graves que perduram até hoje. Algum tempo preso, depois foragido; passaram-se 20 anos para o então réu José Ramos ser condenado. Ainda assim, à revelia e às véspera da prescrição do crime. E só foi julgado, em vista de movimentos da sociedade e de familiares de Maristela, antes que o crime prescrevesse. Foi sentenciado a 79 anos de reclusão, no dia 13.5.2010. Dois anos depois, foi capturado e está preso.

E a vida de Izabella, de Simone, Eliza, Mércia, Sandra e Maristela etc. quem devolve? Se houvesse seriedade por parte dos poderes da República, os criminosos temeriam a dureza do cárcere que teriam de suportar, como paga pelos seus sentimentos vis e repugnantes. E, assim, essas centenas de vítimas não existiriam. – Tais comportamentos homicidas, por parte de “homens” contra mulheres indefesas, são muito antigos.

Antes de falar sobre inúmeros outros crimes praticados contra mulheres, passo de raspão sobre o caso do ex-desembargador José Cândido Pontes Visgueiro, que matou Maria da Conceição (Mariquinhas), porque esta não lhe foi fiel. – Note-se que Pontes Visgueiro tinha 62 anos de idade, enquanto Maria da Conceição tinha 17 anos. – Esse horrendo crime se deu no dia 14 de agosto de 1873, em São Luís do Maranhão. – Pontes Visgueiro foi condenado à prisão perpétua, com trabalhos forçados, no dia 13 de março de 1874, no Rio de Janeiro. – O julgamento foi da competência do Supremo Tribunal de Justiça (denominação da época), em virtude de Visgueiro ser desembargador – integrante do Poder Judiciário. – Pelo que vemos, a Justiça em 1874 funcionava bem melhor. – Se fosse hoje, é possível que Pontes Visgueiro nunca se submetesse a julgamento. Muito menos que sofresse condenação.

(*) Farei outro artigo pra falar sobre esse tenebroso homicida José Pontes Visgueiro. – Assim, também, pretendo abordar alguns outros homicídios contra mulheres, ocorridos nos últimos 40 anos, que já caíram no esquecimento de muita gente. – Ou que nunca chegaram ao conhecimento de outras pessoas, que nasceram bem depois dessas tragédias. – Como exemplo, lembro a morte de Ângela Diniz, perpetrada pelo playboy Raul Fernandes do Amaral Street, conhecido por Doca Street. – É ISSO. /. 

José Fernandes Costa – jfc.costa15@gmail.com

DILMA TEM MOTIVOS PARA PREOCUPAÇÃO

O preço da gasolina e da energia elétrica, depois dos reajustes deste início de ano, passaram a pesar muito no bolso dos brasileiros. É tudo que os setores insatisfeitos com o governo queriam para “incendiar o país” e colocar o povo na rua. 
Dona Dilma tem tudo para se preocupar e ainda vai ter dia difíceis pela frente.

APOIO NA MOITA

O PSDB vai dar apenas apoio estratégico ao movimento pró-impeachment convocado para o dia 15 de março. A orientação do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é que os tucanos fiquem na “moita”, apoiando os manifestantes, mas sem precisar alguém se expor perante a opinião pública. A oposição não desiste de ganhar no tapetão uma eleição que perdeu nas urnas.

LAJEDO: ESCOLA DO POVOADO SANTA LUZIA TERÁ CRECHE E RÁDIO PARA OS ESTUDANTES


Com a verba de infraestrutura e material didático do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) a Secretária de Educação, à frente a professora Neide Félix, está encerrando os trabalhos em mais uma escola da rede pública de ensino em Lajedo.

A Escola Henrique Dias no Povoado Santa Luzia terá uma sala de rádio para os alunos e uma sala para creche.

De materiais como quadros, cadeiras e armários à pintura no prédio e em todas as salas, os mais de 300 alunos e os alunos do EJA desfrutarão de uma escola bem equipada e estruturada. Reforma de banheiros com chuveiro elétrico, cerâmica nas salas dos professores, troca dos registros, forro PVC, sala de rádio que será utilizada pelos alunos para divulgação e propagação das notícias da própria instituição entre os docentes, e refeitório exclusivo para os 50 alunos do programa Mais Educação.

As gestoras Elma Araújo dos Santos e Norma Lúcia Couto garantem manter-se como referência no ensino no município.

Ouvindo a necessidade latente através dos pedidos de diversas mães da comunidade, a Escola vai ceder um espaço em uma das salas para as crianças, que poderão ter conforto.

As matrículas desse setor podem ser feitas na creche Cecília Vilaça com a gestora.

COLÉGIO DIOCESANO DE GARANHUNS RECEBE HOMENAGEM NA CÂMARA DE VEREADORES

A Câmara Municipal de Garanhuns, por iniciativa do seu presidente, vereador Gersinho Filho, realizou sessão especial homenageando o Colégio Diocesano, que em outubro deste ano completa 100 anos de fundação.

Coube ao presidente da Associação dos Ex-Alunos, advogado Thompson Pedrosa, fazer os agradecimentos em pronunciamento no plenário da Casa Raimundo de Moraes.

Neste momento agradeço o convite do Exmo. Vereador Gerson Carvalho, presidente desta Casa Legislativa, para comparecer aqui hoje, onde iria solicitar votos de aplausos ao Colégio Diocesano de Garanhuns, pelos seus 100 anos de existência, o Exmo. Vereador é ex-aluno do Colégio Diocesano, e como ele mesmo diz: com muito orgulho. Oportunamente quero informar a todos que a Comissão responsável pelas festividades do centenário do Diocesano, acabou de formatar a sua programação. E, faço questão de citar nominalmente os componentes dessa Comissão, que já há algum tempo veem trabalhando incansavelmente para a realização dessas festividades. Comissão: Prof. Albérico Fernandes, como diretor do Colégio, eu, Thompson Pedrosa - presidente da Associação dos Ex Alunos; Prof. José de Souza Barros – presidente da Comissão; Prof. Eugênio Sobrinho - Tesoureiro; Prof. Aldemir Fernandes – Supervisor Geral; Prof. Carlos Janduy e Profa. Sandra Albino – Coordenadores Culturais; Profa. Antonilda Cabral – Coordenadora de Eventos; Prof. Claudio Cesar – Coordenador de Marketing; Prof. Adilson Barros – Coordenador de Esportes; Prof. Valdemir Almeida – Coordenador da Banda dos Ex-Alunos; Profa. Germaria Cybelle – Secretária da Comissão.

É interessante e fácil falar do Colégio Diocesano, pois, aqui mesmo nesta Casa Legislativa, a maioria dos vereadores, seus pais, filhos e funcionários não raro são alunos ou ex-alunos do Diocesano, quem foi aluno do Colégio Diocesano de Garanhuns, nos tempos áureos, lembra-se da banda marcial e do hino do Colégio Diocesano, que quando perfilados nos dias 07 de setembro e 12 de outubro desfilava pela Av. Santo Antônio, com a farda de gala e ao chegar defronte à Prefeitura, onde estava armado o palanque das autoridades, o corneteiro dava o tom, e todos cantávamos em alto e bom som, e com muito orgulho: “Alto padrão de civismo e de glória, templo sagrado de luz e saber...”,  e, aí, ouvíamos toda a cidade a  cantar.
Pois é, fazer aniversário, é aprender a valorizar o tempo, é contar com a presença dos ausentes, é tornar novo o que se fez velho, é fazer do novo o sempre.

O Colégio Diocesano de Garanhuns, sempre foi a base da educação de Garanhuns.

Garanhuns sempre foi uma cidade, abençoada: pelo clima maravilhoso, pelas 7 colinas que a circunda, pela garoa do seu amanhecer, pelas suas flores que à aconchega e mais pela presença divina, do maravilhoso homem de batina, enviado por Deus, para abraçar esta cidade como sua, e ensinar o respeito ao próximo, a cidadania, o amor as pessoas e o valor do conhecimento, nosso inesquecível Mons. Adelmar da Mota Valença, que aqui chegou e durante 44 anos nos honrou com a sua presença, impossível, falar de Garanhuns e do Colégio Diocesano sem falar no Mons. Adelmar. O Diocesano, dispunha de internato para alunos que vinham de toda a parte do Brasil, e era conhecido pela disciplina imposta pelo Mons. Adelmar, apenas com a sua presença.

O Colégio Diocesano de Garanhuns, que segue com o seu lema “Ciência e Fé”, educando a mente a pensar, o corpo a agir e o coração a sentir, tem à adolescência como prioridade absoluta, desenvolvendo a prática pedagógica caracterizada pela construção crítica, criativa, responsável e social do conhecimento.

O Colégio Diocesano, como instituição que cultua a tradição e a história, tem como foco desta celebração ao seu centenário a memória do Mons. Adelmar da Mota Valença, considerado por todos os seus ex-alunos, líder imortal desta instituição de ensino.

Quero agradecer, muito emocionado a lembrança do Exmo. Vereador Gerson Carvalho, presidente desta Casa Legislativa, em oferecer os votos de aplausos ao Colégio Diocesano de Garanhuns e o nosso querido Pe. Adelmar. Muito obrigado.


PROGRAMAÇÃO “PROVISÓRIA” DO CENTENÁRIO DO COLÉGIO DIOCESANO

 19/03 – ÀS 19h30min – Missa de 100 anos de fundação do Colégio Diocesano.
Local: Capela do Colégio, com participação de professores, funcionários, alunos e ex-alunos.


21/03 – PARTICIPAÇÃO NO ENCONTRO DOS AMIGOS DE GARANHUNS, EM RECIFE. Com venda do Livro, camisas do Centenário e brindes dos 100 anos.


28/03 – ÀS 20h - LANÇAMENTO DO LIVRO DE MANOEL NETO – 3ª Edição - Colégio Diocesano de Garanhuns -100 anos de Ciência e Fé.

31/03 – ABERTURA JOGOS INTERNOS DO CENTENÁRIO

24/04 – DIOPÁSCOA – 18h


25/04 – 12:00h - I ENCONTRO DOS EX-ALUNOS DO COLÉGIO DIOCESANO NO RECIFE. Local: Círculo Militar do Recife, com a participação de Gilberto e Banda e outras atrações.


08/05 –MÃES DO CENTENÁRIO – Café da manhã com todas as mães dos nossos alunos, no ginásio de esportes.


EM MAIO (COM DATA A DEFINIR) – INAUGURAÇÃO DO 2º GINÁSIO DE ESPORTES- Provavelmente no dia 08/05


29/05 – APRESENTAÇÃO DO PROJETO “VIDA SAUDÁVEL” -  NO COLUNATA


20 e 21/06 – FESTAS JUNINAS DO CENTENÁRIO- 16 h.

1 a 4/07 – XIX JOGOS INTERDIOCESANOS DO NORDESTE –Com a participação de 17 Colégios Diocesanos do Nordeste e a presença de mais de mil jovens.

14/08 – PAIS DO CENTENÁRIO - Café da manhã com todos os pais dos nossos alunos, no ginásio de esportes.


27/08 – INAUGURAÇÃO DA GALERIA FOTOGRAFIA DO CENTENÁRIO – Uma galeria com 10 fotografias representando cada uma década de história dessa casa de Educação.

28/08 – CHÁ COM AVÓS DO CENTENÁRIO – 05 A 12/10 – VISITA DO EX-ALUNO - com todos os avós dos nossos alunos da Educação Infantil, no ginásio de esportes.

04 A 30/09 – CICLO DE PALESTRA DOS EX-ALUNOS – Uma série de Palestras com ex-alunos, que abordarão os mais diversos temas de interesse social. Como: Educação, Saúde, Politica, Meio Ambiente e outros assuntos de interesses da atualidade. Aberto para todos.

25/09 – SARAU DO CENTENÁRIO – Baile no estilo dos antigos Saraus realizado pelos alunos de Literatura do Ensino Médio, revivendo os antigos salões de dança e homenageando o centenário dessa casa de Ciência e Fé.

02/10 – DIOSHOW- FUND I 9:00h- QUADRA NOVA

02/10 – 20:00h – LANÇAMENTO DO LIVRO DO EX-ALUNO THOMPSON PEDROSA – Colégio Diocesano de Garanhuns – “100 ANOS DE LUZ E SABER.”

03/10/ –DIOCESANO INCONCERT

09/10 – DIOSHOW – FUND II E MÉDIO – 19:00h

10/10 – TARDE DAS HOMENAGENS- 15:00h

11/10 – DESFILE DO CENTENÁRIO

12/10 – MISSA DO ANIVERSÁRIO E FEIJOADA

04 a 12 OUTUBRO – NOVENA DE NOSSA SENHORA APARECIDA – A novena será um agradecimento especial pelo centenário do Diocesano. Com a participação das comunidades que fazem parte da Capela do Diocesano, alunos e ex-alunos. Sendo celebrada por padres da nossa Diocese e por padres que são ex-alunos do Colégio.

08/10 – DIOSHOW – Às 19:00 horas acontecerá o VI Dioshow, evento que será em homenagem ao Centenário do Diocesano, com a apresentação dos talentos e artistas do Colégio. Evento aberto para participação de toda a sociedade do Agreste Meridional.

09/10 – DIOCESANO IN CONCERT – Apresentação de um Concerto realizado pela Banda do Colégio Diocesano de Garanhuns na Praça Monsenhor Adelmar. Ocasião em que o Colégio abrirá suas portas para que a sociedade conheça as novas tecnologias educacionais e as mudanças pedagógicas e físicas do Colégio.



10/10 – 18:00 horas: NOITE DE HOMENGENS - Homenagem a Mons. Adelmar, os demais diretores e a 100 pessoas, empresas e instituições que marcaram o centenário do Diocesano.

10/10 – 22 HORAS: BAILE DO CENTENÁRIO – Local AGA

11/10 – 15:00 horas: DESFILE DO CENTENÁRIO – Evento pelas principais ruas da cidade, com a participação de alunos, ex-alunos, clubes de serviços, instituições educacionais e convidados, comemorando os 100 anos de Ciência e Fé do Diocesano.

12/10 – 9:00 horas: Missa de encerramento das comemorações do centenário do Colégio Diocesano de Garanhuns. Realizada no Ginásio Poliesportivo do Colégio.


12/10 – 12:00 horas: FEIJOADA DE CONFRATERNIZAÇÃO – Evento que marcará o encerramento das festividades do centenário. Acontecerá no refeitório do Colégio.


Obs.: Durante todo o ano acontecerão vários outros eventos comemorativos ao centenário. As datas poderão sofrer modificações em função de algumas agendas que precisam ser fechadas. Durante todo ano também acontecerão outras palestras, apresentações de Bandas, Shows, Peças Teatrais e Eventos Esportivos que serão amplamente divulgados.

COMISSÃO DO CENTENÁRIO:
Diretor – Prof. Albérico Fernandes
Presidente da Associação dos Ex-alunos – Thompson Pedrosa
Presidente da Comissão – Prof. Souza Barros
Tesoureiro da Comissão – Prof. Eugênio Sobrinho
Supervisor Geral – Prof. Aldemir Fernandes
Secretária da comissão – Prof. Germária Cybelle
Coordenadores Culturais – Profs. Carlos Janduy e Sandra Albino
Coordenação de Esportes – Prof. Adilsom Barros
Coordenação de Eventos – Profa. Antonilda Cabral
Coordenador da Banda dos ex-alunos – Prof. Valdemir Almeida
Coordenador de Marketing – Prof. Cláudio Cesar



“Compromisso de todos que amam essa casa de Ciência e Fé.”

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

FREI CHICO DENUNCIA REPÓRTER NA DELEGACIA

Por Conceição Lemes, Blog Viomundo

Nessa quarta-feira 25, a família de Frei Chico, irmão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, registrou um boletim de ocorrência contra o repórter Ulisses Campbell, da revista Veja, que durante três dias assediou-os.
“Foi um horror”, afirma Ivenis, esposa de José Ferreira da Silva, o Frei Chico, como é conhecido desde os tempos de metalúrgico em São Caetano do Sul, no ABC Paulista, há quarenta anos.
Ulisses Campbell veio de Brasília para São Paulo especialmente para isso.
Primeiro, o jornalista foi atrás do próprio Frei:
– Na segunda-feira (23 de fevereiro), ele ligou para a minha casa, dizendo que era Pedro, do Instituto Lula. Quando a minha neta me levou o telefone, ele, de repente, começou a especular sobre a família, nomes de sobrinhos e netos de Lula, a fazer perguntas sobre o meu neto Thiago…
– Cara, o que você querendo mesmo?
– Eu estou fazendo um mapa da família do Lula, um histórico…
– Mas para que instituto você está fazendo isso?
– Pro Instituto da USP…
– Na hora, pensei: “Acabou de mentir pela segunda vez”.
Aí, ele acabou se identificando como Ulisses, da revista Veja. Disse que estava em busca de informações da festa de aniversário. Eu disse que não tinha festa nenhuma.
– Depois, esse cara me aparece em São Caetano… Tentou fazer com que um jornalista antigo, conhecido meu há mais de 40 anos, me convencesse a dar entrevista a ele.  O que eu vou falar para esse rapaz depois do que ele fez? Não dei entrevista, claro!
Na terça-feira, Ulisses foi atrás de Denis, um dos filhos do Frei Chico, que mora em Sorocaba:
–  Ele ligou para o celular da minha nora, se fazendo passar por Pedro, de Brasília, representante do Buffet Aeropark… Queria saber onde deveria fazer a entrega dos presentes. Minha nora disse que não tinha nada de festa, de aniversário…
Na quarta-feira, usando identidade falsa na portaria do condomínio, foi até a casa do filho do Frei Chico, dizendo que iria entregar um livro.
– Como ele não entregou livro nenhum e começou a fazer perguntas sobre a família, a babá fechou a porta e chamou a polícia. Aí, ele fugiu.
– O Denis conversou com ele por telefone. Ele disse duas vezes : “Se você não me der as informações que eu quero, vou publicar o eu que quiser”.
– Para intimidar ainda mais, mandou uma mensagem para o celular do meu filho com a foto da minha nora e do meu neto… Disse que iria publicar na próxima edição da revista Veja
Lá atrás Frei Chico foi do Partido Comunista Brasileiro (PCB), o Partidão. É  sangue bom. Tranquilo. Sempre rindo. Conciliador. Só que essa história deixou-o preocupado.
Viomundo –  O que acha do comportamento  desse jornalista?
Frei Chico — A pessoa que age dessa forma é tão  baixa… Ele agiu como um bandido. A ética jornalística está indo para o ralo. Isso é caso de polícia. Ele cometeu vários crimes ao mesmo tempo.
Viomundo – Na época da ditadura, você foi preso, torturado, teve companheiros  mortos. Você lembra de  ter tido contato com um jornalista que teve a postura do Ulisses Campbell?
Frei Chico – Não, porque quem fazia isso era a polícia. Esse momento político que nós estamos passando me lembra muito a perseguição aos comunistas, à esquerda em geral na época da ditadura.
Sinceramente estou muito angustiado.  A grande mídia julga e condena a pessoa ao mesmo tempo.  Ela estampa a tua foto no jornal, na revista, na TV, como se você fosse bandido, [como se] tivesse culpa por algum malfeito. Depois, vai se investigar e não aconteceu nada daquilo.  Só que com aquela matéria a pessoa já foi condenada.
Viomundo – O que a sociedade tem de fazer?
Frei Chico – Um grande esforço para manter a dignidade humana. Como eu já disse antes, eu estou muito angustiado. Parece que piorou o tratamento da mídia às causas nacionais. A gente não vê a grande imprensa defender as empresas nacionais, mesmo que sejam grupos privados.
Em outros países, até onde sei, se acontece algo errado numa empresa, você pune os responsáveis e salva a empresa. Aqui é o contrário. A gente vai destruindo tudo o que é nacional como se fosse algo banal, beneficiando as empresas estrangeiras, o capital internacional.
Viomundo – Entreguismo?

Frei Chico — Entreguismo, sim. Faz parte de um projeto geopolítico muito mais amplo. O que eu vejo é uma política de desgaste das indústrias e dos projetos nacionais. Nós temos de reagir a isso.

A DESINTEGRAÇÃO DO PACTO


Do jornalista Inaldo Sampaio:
A Polícia Civil contabilizou, só este ano, 199 assassinatos na área metropolitana do Recife. É uma guerra civil não declarada que o “Pacto pela Vida” não consegue mais conter. Aliás, o “Pacto” só deu certo durante o governo Eduardo Campos porque o governador tinha coragem e paciência para passar 10 horas numa sala de monitoramento, a cada 30 dias, pedindo explicações a coronéis e a delegados de polícia sobre a execução da sua política antiviolência.

SECRETARIAS FAZEM MUTIRÃO EM LAJEDO


Esta semana os moradores e comerciantes da Avenida 19 de maio viram os serviços dos programas “Meu Bairro mais Limpo” e “Saúde no seu Bairro” vigorarem. As equipes da Secretaria de Obras e da Secretaria de Saúde em mutirão pelas ruas e casas lajedenses.

Os garis e margaridas fizeram toda a limpeza das ruas, executando a capinação das calçadas e pintando o meio fio de forma a deixar o ambiente mais limpo e bonito. Além disso, os buracos da entrada que dá acesso à rodoviária foram todos tapados provisoriamente enquanto a pavimentação não é efetivada.

Os agentes de saúde visitaram casas e estabelecimentos comerciais para orientar as pessoas e também verificar se há criadouros do mosquito, enquanto que os agentes de endemias fazem a aplicação para abater o transmissor da dengue e da febre chikungunya.

Os programas que agora acontecem conjuntamente serão todas as quartas e quintas em ruas distintas.

ASSEMBLEIA DISCUTE VIOLÊNCIA EM PERNAMBUCO

Janeiro teve 321 assassinatos, 65 homicídios a mais do que em 2014. Expectativa é de crescimento de índice também em fevereiro. Audiência pública discutiu assunto

Com uma galeria lotada por representantes de categorias da área de segurança pública, a exemplo dos agentes penitenciários, e de entidades como o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), a Assembleia Legislativa de Pernambuco realizou nesta quinta-feira (26) um amplo debate sobre o Pacto pela Vida e a crise no sistema prisional de Pernambuco. Além dos deputados estaduais, participaram do encontro o secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico, membros de entidades sociais e de organizações populares.

A bancada de oposição de Pernambuco alertou para o aumento da violência no Estado, comprovado por números oficiais divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Em janeiro de 2015, Pernambuco registrou 321 assassinatos, 65 homicídios a mais do que os contabilizados em 2014.

Em fevereiro, este índice também deve crescer em relação ao mesmo período do ano passado. Só no Carnaval de 2015, por exemplo, houve um aumento nos assassinatos de 29,7% em relação à festividade de 2014. Foram 83 casos, contra 64 do ano passado. “A sensação de insegurança da população pernambucana é uma realidade que não se pode negar. É preciso enfrentar este problema”, constatou o líder da bancada de oposição na Assembleia, Silvio Costa Filho (PTB).

Silvio afirmou que a audiência pública foi o primeiro passo para que deputados e a sociedade civil organizada possam cobrar do Governo do Estado soluções efetivas para a segurança pública e o sistema prisional de nosso Estado, que ele classificou de medieval. “A partir daí, iniciaremos uma série de debates através da Comissão de Direitos Humanos para discutir temas específicos, a exemplo da situação do presídio de Itaquitinga, a violência contra a mulher, jovens e negros, além das políticas públicas para o enfrentamento ao consumo e tráfico de drogas”, detalhou.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado estadual Edilson Silva (PSOL), afirmou que o Pacto pela Vida teve aspectos que deram certos e “aspectos que deram muito errado, e que precisam ser revistos”. Em sua intervenção na audiência pública, Edilson voltou a cobrar uma maior articulação de todo o sistema de justiça criminal. “A gente construiu uma máquina de prender gente, mas não foi capaz de construir uma máquina para tratar do direito de quem está sendo preso”.  

Representante do Ministério Público de Pernambuco, o promotor de Execuções Penais Marcellus Ugiette também apontou como problema do Pacto pela Vida o fato do Estado se preocupar em apenas encarcerar, sem dar a devida atenção às políticas sociais básicas. O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, por sua vez, reconheceu problemas no sistema penitenciário de Pernambuco que, segundo lembrou, possui a maior população carcerária do Nordeste, com 31,7 mil presos, quando a capacidade é de 11 mil vagas. Quase metade dos detentos pernambucanos está atrás das grades sem ter julgamento e condenação.

Avaliando como positiva a primeira audiência pública solicitada pela bancada de oposição, o deputado estadual Silvio Costa Filho lamentou, contudo, a falta de apresentação de medidas concretas por parte do secretário Pedro Eurico. “O secretário não apresentou nenhuma proposta convincente, com ações concretas, para resolver o grande desafio do sistema prisional”, concluiu.

SECRETARIA VAI AJUDAR CIDADÃO A PARAR DE FUMAR

Profissionais de Saúde de Iati estarão participando, entre os dias 9 a 10 de março, de uma capacitação sobre Tabagismo. A Ação, que acontecerá na sede da CODEAM, em Garanhuns, será desenvolvida pela Secretaria de Saúde do Estado e abrangerá representantes de todos os municípios do Agreste Meridional.

“Serão oito profissionais que trabalham em diferentes pontos do Município. Após essa capacitação, Eles atuarão como multiplicadores junto aos nossos demais servidores da saúde, repassando os conhecimentos vivenciados”, registra Lucinalva Freitas, coordenadora da Atenção Básica de Iati.


A meta da Prefeitura é criar grupos de incentivo a redução ao fumo no Município. “Temos dados que grande parte dos fumantes identificados pelas equipes das Unidades Básicas de Saúde deseja parar de fumar. Então, criaremos grupos e utilizaremos medicações enviadas pelo Ministério da Saúde, como adesivos a base de nicotina e comprimidos, para auxiliar esse tratamento”, pontua a Coordenadora. A expectativa é que os Grupos de Incentivo a redução do Tabagismo em Iati sejam formados ainda neste semestre. 

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

GUGU BATE AUDIÊNCIA DA GLOBO

Gugu  Liberato estreou programa que leva seu nome, na TV Record , nesta quarta-feira, 25, e bateu a audiência da Globo durante mais de uma hora.
O programa começou às 21h45, quando o apresentador recebeu Leonardo, o filho do cantor, Zé Felipe, e o filho do humorista Shaolin, Lucas Veloso.
Mas o ponto alto ficou com a entrevista de Suzane Von Richtofen, condenada a 39 anos de prisão em 2006 após assassinar os pais com a ajuda do então namorado Daniel Cravinhos, e o cunhado Christian Cravinhos.
Dividida em dois blocos, Gugu sentou frente a frente com Suzane falou sobre a vida atual dela na cadeia, a relação com o irmão Andreas von Richthofen, a herança da família que ela abriu mão, as ameaças que sofreu em outras prisões antes de chegar no presídio feminino de Tremembé. Gugu levou uma foto dela com sua família tirada em seu aniversário de 18 anos e perguntou o que ela sentia ao olhar a imagem.
"Saudades, muitas saudades. Se tivesse volta... É uma parte que faz muita falta. Eles me alertaram, me disseram que eu estava indo por um caminho errado", contou.
O ponto alto da conversa foi quando o apresentador questionou Suzane sobre a noite do crime em 31 de outubro de 2002.
"Esse é um tema que até hoje eu não consigo falar direito, falei isso para a Justiça, para imprensa nenhuma eu nunca falei. Mas por ser você, por ser uma pessoa do bem, por eu sentir essa confiança, eu vou contar para você. É um dia que eu nunca vou esquecer na minha vida, aquela Suzane não existe mais. Eu estraguei não só a minha vida, como a vida do meu irmão, dos meus pais, da minha família, se tivesse, eu queria fazer diferente".
O apresentador ainda começou a explorar a homossexualidade de Suzane dentro da prisão e chamou a namorada dela, Sandra Regina Ruiz Gomes, para participar da entrevista, mas deixou o suspense e o assunto para o programa de amanhã.
A Record liderou na audiência o tempo todo da entrevista com Suzane, variando entre 16 e 14 pontos no ibope, segundo dados preliminares. A Globo, que era a primeira colocada  com a partida da segunda rodada da Taça Libertadores entre São Paulo e Danúbio com 22 pontos, foi perdendo a audiência a partir do momento em que Gugu entrou ao vivo.
Com uma hora no ar, o apresentador conseguiu a liderança e atingiu picos de 17.3, quando a emissora carioca já marcava 15.5. Nos momentos em que Suzane falou sobre o crime e mostrou sua namorada, a Record registrava 14.5, o dobro da segunda colocada, Globo, com 7.7 no ibope. (Com dados do Portal UOL).

CARRO 1.000

Um médico especialista da cidade requisitou uma ressonância magnética para o paciente e o aconselhou a fazer o exame, que custa mais de mil reais, em Caruaru ou Recife. Segundo o profissional as máquinas de Garanhuns não dão uma boa resolução, o que prejudica o diagnóstico. “É como um carro 1.000. Não tem a mesma potência dos outros”, exemplificou.

Quando for fazer uma tomografia ou ressonância em Garanhuns, portanto, cuidado. A viagem num carro mil pode não levar você a seu destino.

LAJEDO REFORÇA OS CUIDADOS COM A SAÚDE

O programa criado pela Secretaria de Obras e Infraestrutura que visita um bairro por semana com a função de executar a limpeza necessária do local, agora será acompanhado por equipes de agentes de saúde e de endemias. Os dois programas começaram a funcionar simultaneamente nesta quarta (25) na Rua Dom Pedro II, bairro Socorro, através de parceria com o secretário de saúde Eduardo Medeiros.

Os serviços de capinação, limpeza, pintura de meio fio e demais trabalhos permanecem, e agora os moradores receberão visitas dos agentes comunitários de saúde e agentes de endemias responsáveis pela conscientização da sociedade acerca da febre chikungunya e dengue. O momento também é oportuno para realizar o tratamento da água de cisternas, poços e reservatórios.

Além do tratamento dos reservatórios e água de consumo, a vigilância epidemiológica está de porta a porta entregando panfletos explicativos sobre as doenças em questão e entregando os frasquinhos de hipoclorito de sódio que é muito útil para correta higienização de alimentos como frutas e verduras através de um recipiente com água, prevenindo doenças como leptospirose e hepatite.

O programa Meu Bairro Mais Limpo estará de volta na próxima quarta-feira. E amanhã os moradores da Avenida 19 de Maio no centro, receberão as visitas dos agentes de saúde e endemias.

GERSINHO BUSCA PARCERIA COM IZAÍAS

Aliado do prefeito Izaías Régis (PTB), o novo presidente da Câmara, Gersinho Filho (Solidariedade) está no comando do Legislativo preocupado sobretudo com a gestão. Desde que assumiu, no início do ano, tomou medidas de austeridade e vem conseguindo economizar gastos. Alguns vícios antigos foram proibidos e a intenção mesmo é sanear a Casa. Hoje a Câmara não deve mais a ninguém e já tem dinheiro em caixa para pagar o 13º salário do ano.


Trabalhando assim, Gersinho é um ótimo parceiro do Poder Executivo.

IZAÍA ESTÁ ATRÁS DE RECURSOS EM BRASÍLIA

O prefeito Izaías Régis viajou para Brasília (DF) no início da semana). Ontem (24) o prefeito cumpriu agenda administrativa em visitas ao Ministério do Turismo e a alguns gabinetes de parlamentares que compõem a bancada de Pernambuco.
No Ministério do Turismo o gestor teve uma audiência com o Coordenador Geral de Monitoramento e Fiscalização, Helito Nunes. O objetivo da reunião foi a viabilização de contratos de repasses de obras estruturadoras para o município de Garanhuns nas áreas de Turismo. Entre essas obras está a Revitalização do Parque Euclides Dourado e Reforma do Centro Cultural.

Hoje (25) a agenda do Prefeito Izaías Régis em Brasília contempla uma nova visita ao Ministério do Turismo, uma visita ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e finalizando o dia, o gestor segue para o Gabinete do Ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro.
O prefeito Izaías Régis volta da Capital Federal nesta quinta-feira (26). 

Texto e foto: Luanny Porto