Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

PREFEITO ELEITO ANUNCIA CONTROLADOR E SECRETÁRIO DE SAÚDE DE GARANHUNS

Um dias após anunciar 15 ocupantes do 1º escalão do Governo, o prefeito eleito, Izaías Régis (PTB), confirmou mais dois nomes que vão ocupar cargos com status de secretário. Um deles é administrador e técnico contábil Glauco Brasileiro (foto), que será o Controlador Geral do Município.
Glauco já foi chefe do departamento de administração da Câmara Municipal de Garanhuns e Secretário de Finanças em Jucati, além de gerente do processo administrativo da Câmara de Vereadores local.
Para a Secretaria de Saúde, após os problemas de saúde que levaram ao impedimento do ex-prefeito Silvino Andrade, Izaías se definiu pelo nome de Harley Davidson Rocha de Lima, graduado em enfermagem pela Fundação de Ensino Superior de Olinda. É especialista em Saúde Pública e Gestão de Saúde pela UPE, foi gerente regional na V Dires e atualmente é Secretário de Saúde em Correntes.

37 comentários:

  1. IZAÍAS IMPORTOU UM SECRETÁRIO DE SAÚDE DE CORRENTES QUE NÃO É MÉDICO E TEM NOME DE MOTO DEVE CORRER MAIS DO QUE O TREM BALA.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns!Isaías,sua escolha não poderia ter sido melhor para a secretaria de saúde,conheço Harley trabalhamos juntos na atnção básica,noHRDM,como Gestor na V regiaõ de saúde não deixou a desejar.Não precisa ter titulo de médico para ser secretário de saúde.,Bom conhecedor do SUS,É do municipio, é jovem!SEJA BEM VINDO!!!!!! e DEUS TE ABENÇOE.

    ResponderExcluir
  3. Numa palavra para a SAÚDE PÚBLICA de Garanhuns: DECEPCIONANTE!!! Depois de Silvino Andrade (por motivos óbvios políticos) o nome seria ULISSES PEREIRA, também por motivos óbvios: CAPACIDADE e COMPETÊNCIA. Flávio Correia e Família - Garanhuns-PE.

    ResponderExcluir
  4. No Exército Brasileiro isso se chama "mijar para cima", é como se um soldado fosse o comandante do Batalhão, e o Coronel fosse o soldado. Você nomear um enfermeiro(nada contra os enfermeiros)para ser secretário de saúde em lugar de um médico que hierárquicamente, já tem pelos estudos uma graduação superior, e pode dialogar com qualquer outra profissão em saúde com autoridade. Meu Deus como pode um enfermeiro dá ordem a um médico, para mim o prefeito pisou na bola feio.Nunca vi isso em Recife e em outras capitais,é lamentável.É aquela história já falada. O homem se acha superior ao cargo, e não é por aí, o cargo é que honra o homem.Ia razoavelmente bem, diria mais ou menos, mas essa foi demais. Doeu no estômago.Marco Antonio de Q. Filho Recife

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. em que mundo vc está, enfermeiro é profissional de nível superior sim, ultimamente é cada comentário nesse blog que é para rir, procure estudar analfabeto, para falar de um cara feito o Harley.....

      Excluir
    2. Somente para lembrar de hierarquia, quem é o comandante supremo das Forças Armadas é um civil, ou seja, a presidente.

      Excluir
  5. mas tem formaçáo tecnica e conhece muito bem os meandro da pasta. Os que os antecessores fizer, além de desviarem verbas? Que o diga a lista divulgada peo Tc de Pernambuco.Tão lá,por exemplo, Dr. Dimas etc. Médico já é arrogante por si só e mal e mal entende de saúde. Comexceção e uns poucos aqui no prefeitura. É pra correr mesmo por que a saúde ta um caos, abandonada, agentes de saúde fazem o que querm; médicos atendem quando querem e quantos querem, técnico que não vacinam e manda para outros postos e ficam sem fazer nada e etc.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo 27 de dezembro de 2012 18:13,

    Senhor anônimo.
    Você tem todo direito de discordar da nomeação, mas antes tem que ter conhecimento de causa para fazer-lo.
    Existe duas formações de enfermeiros. Nível médio e superior. No caso especifico, ele é de nível superior, inclusive em seu currículo existe cursos de especialização em administração e gestão.
    Existe no Brasil uma concepção que para ser Ministros e Secretários de saúde tem que ser médico, no entanto Zé Serra que é economista, foi um dos melhores Ministros da Saúde.
    Lembre-se que o cargo é de confiança, e a responsabilidade de nomear, ou não, é do Prefeito, que será responsavel pelos erros e acertos de sua equipe.
    Sales/Garanhuns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU AMIGO, SALES.

      O JOSÉ SERRA FOI O MELHOR MINISTRO Da SAÚDE DO BRASIL,CORRETÍSSIMO.

      DR. JATENE TEVE A BRILHANTE IDEIA DE CRIAR O CPMF,QUE POR SINAL,ERA UMA ALÍQUOTA DE 0,38% E QUE O PT VOTOU CONTRA.

      OUTRA CONTRADIÇÃO FOI QUE O PT PASSOU A VIDA CRITICANDO ESSE IMPOSTO DO CHEQUE E DEPOIS QUANDO RESOLVEU PRORROGAR FOI A FAVOR.SE O DINHEIRO ARRECADO TIVESSE SIDO APLICADO EXCLUSIVAMENTE NA SAÚDE O QUDRO HOJE SERIA TOTALMENTE DIFERENTE.

      TAMBÉM ERROU FEIO O SÉRGIO GUERRA,MARCO MACIEL E JARBAS VASCONCELOS QUANDO VOTARAM CONTRA O IMPOSTO, APESAR DE QUE NÃO ERA TÃO NECESSÁRIO ASSIM.BASTA COMBATER A CORRUPÇÃO ELEITORAL QUE AS COISAS MELHORAM SUBSTANCIALEMNTE.

      DEPOIS QUANDO O LULA CHEGOU PRATICAMENTE QUASE NADA FOI FEITO NA SAÚDE PÚBLICA PRINCIPALMENTE NA CONSTRUÇÃO DE HOSPITAIS PÚBLICOS E AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS.

      FORAM MAIS DE 300 HOSPITAIS CONSTRUÍDOS NA GESTÃO FHC TENDO A FRENTE O EX-MINISTRO JOSÉ SERRA. NÃO É POR ACASO QUE O HOMEM ENFRENTANDO TODOS OS VIRA CASACAS DO PRÓPRIO PARTIDO E TODA A MÍDA E AS MÁQUINAS PÚBLICAS ESTADUAIS,MUNICIPAIS E FEDERAL AINDA TEVE MAIS DE 40 MILHÕES DE VOTOS EM 2012.

      NÃO ACREDITO QUE UM GRANDE MÉDICO ABDIQUE DE SEUS SALÁRIOS E QUEIRA SE DEDICAR EXCLUSIVAMENTE PARA SER SECRETÁRIO DE SAÚDE PARA ADMINISTRAR BUROCRACIAS.

      Excluir
  7. QUERO AQUI DIZER Á ESSE IMBECIL CHAMADO FLÁVIO CORREIA QUE PRIMEIRO VÁ LAVAR SUA BOCA PARA PODER FALAR MAL DE HARLEY POIS O MESMO NÃO SABE QUEM É HARLEY.O MESMO FOI GESTOR DA V REGIÃO DE SAÚDE DE GARANHUNS ONDE REALIZOU UMA GRANDE GESTÃO NA V REGIÃO DE SAÚDE DE NOSSA CIDADE,COMO SECRETÁRIO DE SAÚDE DA CIDADE DAS CORRENTES FEZ UMA BELÍSSIMA ADMINISTRAÇÃO INCLUSIVE PARA QUEM NÃO SABE Á SAÚDE DE CORRENTES FICOU ENTRE ÁS 5 MELHORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO,QUER SABER SE É VERDADE CONSULTE SITE DA SECRETÁRIA ESTADUAL DE SAÚDE DE PERNAMBUCO.OUTRA GRANDE VIRTUDE DE HARLEY É SER HUMILDE,HONESTO,COMPETENTE,EDUCADO,NÃO É ARROGANTE É UM SER HUMANO FORA DE SÉRIE,QUER SABER QUEM É HARLEY VÁ NA V REGIÃO DE SAÚDE SABER SE O QUE EU ESTOU DIZENDO É VERDADE OU NÃO.Á RESPEITO DESSE OUTRO IBECIL QUERO DIZER AO MESMO QUE INFERMEIRO É UMA PROFISSÃO IMPORTANTE E VOU MAIS AINDA O MESMO É UM INFERMEIRO FORMADO,GRADUADO E É ESPECIALISTA PÚBLICA E GESTÃO DE SAÚDE.NÃO É PRECISO SER MÉDICO PARA SER SECRETÁRIO,POIS JOSÉ SERRA NUNCA FOI MÉDICO E FOI CONSIDERADO O MELHOR MINISTRO DE SAÚDE DO BRASIL.PARABÉNS MEU PREFEITO IZAIAS O MESMO NÃO PODERIA TER ESCOLHIDO UMA PESSOA MELHOR QUE HARLEY PARA SER NOSSO SECRETÁRIO DE SAUDE DE NOSSA CIDADE,HARLEY QUE DEUS TODO PODEROSO TE ILUMINE NESSA NOVA MISSÃO QUE O MESMO VAI ASSUMIR Á PARTIR DE JANEIRO SUCESSO MEU AMIGO POIS ESSES QUE TE CRITICAM É PORQUE TEM INVEJA DE TU,POIS ELES QUERIAM TA EM TEU LUGAR MAIS NÃO TEM COMPETENCIA PARA ISSO.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo das 19:47, primeiro não sou covarde para ser anônimo, coloquei meu nome lá, imbecil, segundo aonde é que enfermeiro manda em médico idiota, terceiro tenho dois cursos superiores e uma pós graduação anta,portanto analfabeto é você. Quando você ficar doente procure um enfermeiro para se tratar ou quem sabe um veterinário, para você seria melhor já que você,é uma anta, que me desculpem as antas.Roberto é direito de resposta.Marco Antonio de Q. Filho Recife

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso é impossivel, vc tem curso superior e pós graduação? não dá para acreditar, pois todos que cursam uma faculdade quer seja na graduação ou pós sabe primeiramente de ética que vc não tem, e segundo sabe que NÃO EXISTE HIERARQUIA entre profissionais de nivel superior, isso faz parte de cabeça imunda e imbecil como vc, que formula os pensamentos ainda no tempo da pedra ,analfabeto sim, funcional, anta é pouco, vc é desprovido de cerebro e deve estar na classe dos camarões......anônimo das 19:47

      Excluir
    2. enfermeiro é aquele que obedece o doutor ou estopu mentindo

      Excluir
    3. Primeiro seu tal de Marco, vá estudar o que um enfermeiro faz e depois venha falar merda aqui. E enfermagem não é um curso "técnico de medicina", então não existe hierarquia. Medico nenhum manda em enfermeiro.

      Excluir
  9. O fato concreto é que Silvino nunca esteve nos planos de Izaias Regis, o ex-prefeito já recebeu o que “merecia” ou o que pediu para apoiar Izaias e não Zé da Luz, ainda bem que ele mesmo sendo um tremendo de um mau caráter dessa vez tomou a decisão mais acertada em apoiar Izaias mesmo tendo cobrado caro por isso, pois a sua intenção desde o início da campanha era valorizar o seu passe, ou seja, o seu apoio e depois posar de bom moço e gravar nos anais da história politica de Garanhuns que foi decisivo nas eleições de 2012 que elegeu Izaias.

    O que se sabe na verdade é que Silvino nunca esteve cotado para assumir nem uma pasta no futuro governo de Izaias. O prefeito eleito já mais iria querer criar uma cobra dessa em seu quintal. E Silvino por sua vez orgulhoso e prepotente como é já mais iria querer se submeter às ordens do seu possível chefe Izaias Regis, de quem ele andou falando mal a campanha inteira até aquele “histórico dia” da sua renúncia.

    Já no caso do ex-vice de Silvino Duarte o Marcelo Marçal, esta nomeação foi um prêmio de consolação àquele que não tinha peso de nada na campanha de Silvino, mas como foi moeda de troca do ainda prefeito Luiz Carlos e entrou no conto de vigário e no encanto da sereia achando-se importante no processo eleitoral, Silvino pediu que tivessem piedade do rapaz que estava perdendo o seu mandado de vereador, mesmo que estivesse disputando a vereança dificilmente teria conseguido se reeleger.

    Esse Marcelo também desceu forçado de goela abaixo em Izaias, pois também não estava nos planos do nosso futuro prefeito, ele representa tudo que á de ruim nesse governo de Luiz Carlos, ele foi o seu principal representante na câmara de vereadores e era quem mais mantinha conchaves com os secretários de Luiz contra a campanha de Izaias, esse Marcelo Marçal tem prazo de validade no governo de Izaias só dura 12 meses.

    FORA A HERANÇA MALDITA DE LUIZ CARLOS DE OLIVEIRA!!!

    Aloísio Galvão Valença

    ResponderExcluir
  10. MARIA VERÔNICA FERREIRA SALGADO VITAL28 de dezembro de 2012 16:54

    PREZADO MARCO ANTONIO Q.FILHO.VOCÊ AINDA É DO TEMPO QUE SÓ QUEM TINHA VALOR ERA PADRE, ADVOGADO E MÉDICO? QUANTA IGNORÂNCIA!É POR ISSO QUE EXISTEM TANTOS PROFISSIONAIS DESPREPARADOS, CURSAM O QUE OS OUTROS ACHAM BONITO.COMPETÊNCIA NÃO TEM NADA A VER COM A GRADUAÇÃO. SECRETÁRIO DE SAUDE NÃO VAI PRATICAR A MEDICINA EM SEU GARGO E SIM ADMINISTRAR A SECRETARIA.POR COINCIDÊNCIA AS VEZES O MÉDICO É UM BOM GESTOR.UM BOM EXEMPLO QUE FOI CITADO FOI O CASO DE JOSÉ SERRA, O MELHOR MINISTRO DA SAÚDE QUE TIVEMOS.HIERARQUIA É COISA DE MILITAR, NÓS NÃO ESTAMOS EM UM QUARTEL.QUERIDO, QUANDO QUISER DESQUALIFICAR UM MÉDICO HUMANO, NÃO O COMPARE A UM MÉDICO VETERINÁRIO POIS NÓS NÃO SOMOS INFERIOR A NENHUMA OUTRA PROFISSÃO.SE VOCÊ NÃO SABE, TODAS AS DESCOBERTAS PARA CURA DAS DOENÇAS SÃO FEITAS ATRAVÉS DE NÓS,MÉDICOS VETERINÁRIOS COM MUITO ORGULHO.VACINAS,ETC.SOMOS TAMBÉM RESPONSÁVEIS PELA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL QUE CHEGA A SUA MESA.ENFIM EXERCEMOS A MEDICINA PREVENTIVA E CURATIVA.PORTANTO, MAIS RESPEITO COM A NOSSA PROFISSÃO E AS DEMAIS TAMBÉM, POIS SOMOS COMO OS INSTRUMENTOS MUSICAIS TODOS TEM SUA IMPORTÂNCIA NA HARMONIA DA VIDA.

    ResponderExcluir
  11. Espera ai vcs não podem comparar uma coisa com a outro! o médico estuda mais de 10 anos e define tudo sobre a vida do paciente! Não pode ser comparado ao enfermeiro que estuda 4 anos para obedecer o médico! Na briga do doutor com o enfermeiro, o enfermeiro só entra com as costas para levar a lapada! o médico manda e o enfermeiro que tem juízo e quer seu emprego obedece!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu bem doutor é tão somente aquele que fez DOUTORADO e para fazer o doutorado qualquer profissional de nivel superior podera fazer desde que tenha qualificação pra chegar a tanto e ai realmente tem que estudar muito e não é para qualquer um não a especifidade DOUTOR que vc vulgarmente fala foi dado a qualquer que tenha estudado um pouco mais procure os anáis da historia que vc sabera um pouco mais a propósito se o digno enfermeiro estudar para fazer doutorado somente a este deve ser chamado de doutor agora isso realmente é para poucos que tem conteudo para falar isso não lhe cabe....

      Excluir
    2. isso tudo cai no chão! teoria uma coisa realidade outra!ex: dr. fulado de tal em baixo enfermeiro! mais tem enfermeiro com doutorado! fazendeiro!juiz!advogado! ou seja Dr é apenas uma mistica para enganar o desprovido de inteligência!e outras os verdadeiros doutores estão em uma simplicidade ímpar! A própria enfermagem e outras classes tem na sua bata DOUTOR ah todos tem doutorado desculp!e quanto ao ser Doutor é para poucos, realmente é mesmo, não conheço nenhum enfermeiro doutor, mais tem, porem não aparecem porque sua inteligência a seu fator contribuindo com pesquisas para aqueles com Dr em suas batas viverem suas ilusões!e se eu for nos anais da historia eu vou achar uma profissão enfermagem massacrada pelos milhões de faculdades particulares soltando todo ano milhões de leigos, de salario de quase 1.000 como base, de uma classe desunida um debutando o outro, de erros seguidos de óbitos, de longas jornada de trabalho para ganhar mais e perdendo a criação de filho e casamento bem como, de mortes súbitas no trabalho devido a grande carga horaria e por ai vai! O que o médico tira em um dia de trabalho o enfermeiro tira no mês!e porque isso! Respondo ele decide e o enfermeiro é apenas executar não precisa pensar trabalho mecânico ganha menos! Mão de obra barata devido ao grande numero de profissionais! Quem consegui fazer um mestrado e doutorado escapa da escravidão e vai ter uma vida melhor! Os que não vão levando! Agora aprenda com medicina a ser unida ai sim, terão força de aparecer e negociar melhores salários e não apenas aparecer por causa de uma sopa feito (IV), médico erra sim e muito mais não auto destrói feito a enfermagem! Não precisa da ajuda de ninguém dá tiro no próprio pé! no final de sua explanação vc fala que não me cabe!vc devia dizer assim não cabe é a enfermagem esta em PCR rumo AO Óbito por conta de falta de união isso nao cabe a ninguém .......END

      Excluir
  12. Por mas que vcs descutam quem é o melhor, enfermeiro ou médico, hierarquia, graduação esses coisas,quem manda em quem... O secretario de Saúde de Garanhuns é um ENFERMEIRO e pra chegar onde chegou (secretário de Saúde) é bem mas competente do que muitos médicos, pra esta onde estar!!!
    Na minha opinião os "médicos" e outros graduados estão com medo ou será inveja, que nós enfermeiros ocupemos cargos "hierarquicos" maiores que o "deles". Um Ex: A nova Diretora do Hospital Regional Dom Moura É UMA ENFERMEIRA, Aqui mas uma prova que enfermeiros são competentes o suficiente para "mandar em médicos".

    ResponderExcluir
  13. Vocês deveriam se proupar mais com novo Controlador Geral do Município, Glauco Brasileiro, este sim é que temos que ficar de olhos bem abertos. Sua indole na câmara é suspeita. Teixeira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu Ivo, seu comentário foi o único relativo à matéria, seria salutar se as pessoas fizessem os comentários pertinentes a matéria em foco. Fábio - Boa Vista.

      Excluir
  14. outro exemplo de bom administrador sem ser médico foi o tenente Hudson, que botou ordem no dom moura.

    ResponderExcluir
  15. Dr Harley Davidson é um bom SECRETÁRIO DE SAÚDE,
    Eu não estou preocupado de onde ele veio. Se é Médico, ate porque para ser SECRETÁRIO DE SAÚDE não precisa ser Médico.
    O que não podia ter acontecido, aconteceu o próprio prefeito prometeu e não cumpriu, demitiu os profissionais SEM CRITÉRIOS. Os ELEITORES DO PREFEITO na sua grande maioria.
    Dr Harley Davidson: É JUSTO... É JUSTO???
    Atenção: ESTOU FALANDO DOS BONS PROFISSIONAIS...

    ResponderExcluir
  16. RESOLUÇÃO COFEN-256/2001
    Autoriza o uso do Título de Doutor, pelos Enfermeiros
    O Conselho Federal de Enfermagem-COFEN, no uso de suas competências e atribuições legais;
    CONSIDERANDO que o uso do título de Doutor, tem por fundamento procedimento isonômico, sendo em realidade, a confirmação da autoridade científica profissional perante o paciente/cliente;
    CONSIDERANDO que o título de Doutor, tem por fundamento praxe jurídica do direito consuetudinário, sendo o seu uso tradicional entre os profissionais de nível superior;
    CONSIDERANDO que a exegese jurídica, fundamentada nos costumes e tradições brasileiras, tão bem definidas nos dicionários pátrios, assegura a todos os diplomados em curso de nível superior, o legítimo uso do título de Doutor;
    CONSIDERANDO que a não utilização do título de Doutor, leva a sociedade e mais especificamente a clientela, a que se destina o atendimento da prática da enfermagem pelo profissional da área, a pressupor subalternidade, inadmissível e inconcebível, em se tratando de profissional de curso superior;
    CONSIDERANDO que deve ser mantida a isonomia entre os profissionais da equipe de saúde, e que o título de Doutor é um complemento, ou seja, um “plus”, quanto a afirmação de um legítimo direito conquistado à nível de aprofundamento de uma prática terapêutica, com fundamentação científica;
    RESOLVE:
    Art. 1º- Autorizar aos Enfermeiros, contemplados pelo art. 6º, incisos I, II, III, IV, da Lei 7.498/86, o uso do título de Doutor.
    Art. 2º- Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se disposições em contrário.
    Rio de Janeiro, 12 de julho de 2001
    Gilberto Linhares Teixeira
    COREN-RJ Nº 2.380
    Presidente João Aureliano Amorim de Sena
    COREN-RN Nº 9.176
    Primeiro-Secretario

    ResponderExcluir
  17. Cofen reconhece direito de enfermeiro usar título de "doutor"
    BRASÍLIA/VALE DO ASSU – A partir de agora a classe dos enfermeiros poderá, a exemplo de outros profissionais tais como médicos, advogados, engenheiros e outros, usar o título de "doutor". Autorização neste sentido foi dada por meio da resolução número 256/2001, do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), em Brasília. O órgão federal considerou que "o uso do título de doutor tem por fundamento procedimento isonômico, sendo em realidade, a confirmação da autoridade científica profissional perante o paciente ou cliente".
    Além disso, o Cofen entendeu que "o título tem por fundamento praxe jurídica do direito consuetudinário, sendo o seu uso tradicional entre os profissionais de nível superior".
    O organismo classista interpretou, também, que "a exegese jurídica, fundamentada nos costumes e tradições brasileiras, tão bem definidas nos dicionários pátrios, assegura a todos os diplomados em curso de nível superior, o legítimo uso do título de doutor". O Cofen observou ainda que "a não-utilização do título de doutor leva a sociedade e mais especificamente a clientela, a que se destina o atendimento da prática da enfermagem pelo profissional da área, a pressupor subalternamente, inadmissível e inconcebível, em se tratando de profissional de curso superior".

    ResponderExcluir
  18. Dona Socorro, Michelle e Fernando da Iza. AINDA NÃO É A HORA.
    Dona Socorro, Michelle e Fernando da Iza, são pessoas queridas no seu ambiente de trabalho, para ser candidatos a vereador precisa trabalhar muito e é mais sensato... ESTAMOS JUNTOS!
    Futuros candidatos a Deputados são:
    • Economista Dr. Audálio Filho - FILHO DE GARANHUNS

    • Engenheiro Dr. Paulo Camelo - FILHO DE GARANHUNS

    Realmente Garanhuns precisa de representantes que tem passado, presente e tem projetos para o futuro. PREFEITO IZAÍAS RÉGIS, PENSE NISSO, PENSE EM GARANHUNS...

    ResponderExcluir
  19. COMO ESCOLHER SEU CANDIDATO:

    OS 10 MANDAMENTOS PARA ESCOLHER UM BOM CANDIDATO NAS ELEIÇÕES

    1- CONHECER A HISTÓRIA DOS CANDIDATOS NOS QUAIS VOCÊ ESTÁ INTERESSADO EM VOTAR
    O passado é extremamente importante para analisar o perfil do aspirante ao cargo público. Se ele for corrupto, mentiroso ou responde a algum processo por improbidade administrativa, não vote.

    2- PESQUISAR O PLANO DE GOVERNO
    As propostas são extremamente importantes para saber como será o governo em questão. O futuro depende das intenções do governante.

    3- ACOMPANHAR AS NOTÍCIAS DA CAMPANHA ELEITORAL E LEVAR EM CONTA AS OPINIÕES DOS CANDIDATOS FRENTE ÀS SITUAÇÕES DO BRASIL E DO MUNDO
    O que o candidato pensa a respeito de um determinado assunto mostra sua individualidade e seu posicionamento frente às questões do Brasil e do Mundo.

    4- DESCONSIDERAR (EM PARTE) A PROPAGANDA ELEITORAL NO RÁDIO E NA TV
    Neste caso, o eleitor não deve se deixar levar pelo apelo emocional, imagens bonitas e grandes feitos do passado, pois os publicitários usam de artimanhas nestas propagandas para sensibilizar o eleitorado.

    5- ASSISTIR AOS DEBATES
    Os debates são onde os candidatos estão livres para expor o plano de governo e opiniões diversas, sem textos, sem cortes de vídeo, portanto é mais próximo da realidade do que a propaganda eleitoral.
    6- LEVAR EM CONTA O CANDIDATO A VICE, O PARTIDO E A EQUIPE DE GOVERNO
    Todo governante não está sozinho ao exercer o seu mandato. Aquele ditado tem razão: "Diga-me com quem andas que te direi quem és".

    7- NÃO VOTAR NOS CANDIDATOS QUE FALAM MAL DOS CONCORRENTES
    Quem fala mal dos outros quer esconder as suas próprias falhas. Descarte os candidatos que só querem manchar a imagem dos demais, pois este demonstra ser desonesto e mau-caráter ao querer vencer as eleições enxovalhando o concorrente.

    8- DESCONSIDERAR AS PESQUISAS DE INTENÇÃO DE VOTO
    Pesquisa serve apenas para nortear os candidatos na estratégia de propaganda. Não leve em conta a colocação nas pesquisas, já que tudo pode mudar a cada instante.

    9- NÃO ACHAR QUE O SEU VOTO É PERDIDO
    Não seja "Maria-vai-com-as-outras", faça a sua análise e escolha o candidato que achar conveniente ao cargo.

    10- NÃO VENDER O SEU VOTO E NÃO VOTAR NO CANDIDATO QUE COMPRA VOTOS
    O pior candidato e eleitor é o corrupto. Se a corrupção começa antes da eleição, imagine durante o mandato.

    ResponderExcluir
  20. 6 dicas para discutir política com seus amigos
    2013
    Se você e seus amigos têm opiniões ideológicas diferentes, siga essas dicas para não transformar uma discussão em uma briga sem sentido
    Depois de alguns anos de intensa convivência, é estranho perceber que vocês discordam tanto quanto a assuntos morais, políticos ou religiosos. Porém, não faça disso um drama

    Estamos esperando as eleições municipais de 2016 e isso significa que, provavelmente, você e seus amigos vão discutir sobre política. Como ninguém pensa de maneira igual, é provável que você acabe discordando com um colega. Por uma besteira, você pode criar uma briga sem sentido. Portanto, siga essas dicas e evite atritos desnecessários.

    » Geopolítica e liderança de cara com 2016
    » II Fórum pela Inovação Universia Brasil discute limites institucionais e políticas governamentais
    » Redação da Fuvest tem política como tema

    Confira 6 dicas para discutir política com seus amigos:


    Como discutir política com os amigos - 1. Não tente mudar a opinião do seu amigo
    Grande parte das brigas que acontecem com os amigos nesse tipo de situação ocorre porque um quer mudar a opinião do outro. A discussão começa calma, porém termina com um ofendendo o outro. Por isso, deixe-o acreditar no que ele quiser. Não tente mudá-lo. Entenda que cada um tem uma opinião diferente de acordo com o que passou na vida. Em vez de focar em "por que meu amigo não vota no mesmo que eu?", concentre-se em "eu quero entender o que meu amigo pensa". Tente compreendê-lo mesmo que você não concorde. Imagine se todos pensassem da mesma forma? Ninguém aprenderia. O aprendizado e a maturidade vêm da diferença.


    Como discutir política com os amigos - 2. Fatos e contextos
    Uma das coisas mais frustrantes sobre discutir política é que as pessoas, não importa de qual lado estejam, dificilmente têm noção dos fatos. Nem sempre a culpa é deles. A mídia, em geral, foca em aspectos ínfimos sobre a candidatura de um político e não passa um panorama geral aos espectadores. Resultado: as discussões são sempre baseadas nos mesmos argumentos com pouca sustentação teórica ou prática. Outro resultado: quem quiser entender realmente o que se passa no cenário político nacional não pode se basear apenas nos grandes meios, mas analisar bem as propostas de cada candidato (averigue até se eles têm propostas concretas!) e ler livros ou textos mais acadêmicos, de pessoas que estudaram anos alguém ou uma situação. Quando você estiver discutindo, atenha-se aos fatos e se seu amigo entender você equivocadamente, explique-se calmamente. Se, mesmo assim, eles não compreenderem, esqueça. Pelo menos, você sabe os fatos.


    Como discutir política com os amigos - 3. Não julgue seu amigo
    Se estamos falando do seu amigo, é natural que você tenha diversas coisas em comum. Depois de alguns anos de intensa convivência, é estranho perceber que vocês discordam tanto quanto a assuntos morais, políticos ou religiosos. Não faça disso um drama. De fato, escolhemos amigos porque eles são semelhantes a nós, mas não se pode esperar que ele concorde com tudo o que você pensa. Deixe seu amigo falar e não fique chateado de escutar opiniões diferentes. Não vale a pena perder um amigo por causa disso.
    Continua...

    ResponderExcluir
  21. continuação
    Como discutir política com os amigos - 4. Evite o assunto
    Amigos deveriam poder discutir sobre qualquer assunto, porque, como já dito, mesmo discordando, podemos aprender. Entretanto, às vezes, vocês são tão irredutíveis que nem escutam o que o outro tem para dizer. Foque sua amizade em outros aspectos. Se a maioria das coisas na qual sua amizade é baseada é positiva, pense nelas em vez de tentar chegar a um denominador comum quando o assunto é política.


    Como discutir política com os amigos - 5. Concorde discordando
    Não adianta, haverá uma hora em que você terá que escutar seu amigo. Mantenha a calma, faça com a cabeça que "sim", mesmo que não concorde com nada do que ele esteja falando. É necessário que vocês sejam civilizados para que a conversa mantenha o nível. Tenha a paciência de escutar e, quando a discussão estiver muito acalorada, saiba a hora de mudar de assunto.


    Como discutir política com os amigos - 6. Cuidado com o Facebook
    O Facebook revolucionou o modo como nos comunicamos com nossos amigos e, às vezes, isso não é bom. Principalmente quando seu amigo fica postando diariamente opiniões com as quais você não concorda - o que está no direito dele. É inevitável que isso afaste você do seu amigo. Amizades podem acabar, sim, por meio das redes sociais, porque você pode achar que ele está bombardeando você com mensagens contrárias quando, na verdade, ele está apenas se expressando. Não leve as postagens dele tão a sério. Lembre-se que não vale a pena perder um amigo por causa de política. Pense que ele não votar no mesmo partido que você é uma questão semelhante a dele gostar de brócolis e você não. É uma opinião, apenas isso.

    ResponderExcluir
  22. Dicas para ter sucesso em dinâmicas e entrevistas de emprego
    Detalhes podem significar seu sucesso ou fracasso em um processo de seleção. Confira o que pode e o que não pode fazer em uma entrevista.

    Daniel Limas, da Reportagem do Vida Mais Livre
    Entrevistas de emprego e dinâmicas são motivo de muitas dúvidas de grande parte das pessoas que se candidatam a uma vaga de emprego. Essas práticas comuns também são unanimidade quando o assunto é causar ansiedade e nervosismo. Nesses quesitos, pessoas com e sem deficiência provavelmente devem empatar.

    Vale lembrar que alguns detalhes podem significar seu sucesso ou fracasso em uma entrevista de emprego. Nesse momento tão importante, além do seu conhecimento, as roupas que você veste na hora da seleção, o perfume ou mesmo uma frase dita de forma errada podem representar o ponto final naquele processo de seleção.

    O Vida Mais Livre, em parceria com a i.Social *, consultoria focada na inclusão social e econômica de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, reuniu as principais perguntas e trouxe respostas às dúvidas mais frequentes das pessoas com deficiência na hora de participar de um processo de seleção. Confira:


    - Quais são os erros mais comuns cometidos pelos candidatos durante as entrevistas?

    1) atender celular;
    2) chegar atrasado;
    3) sentar-se com postura inadequada;
    4) falta de higiene;
    5) fazer perguntas inadequadas e incovenientes, como querer saber sobre a vida pessoal do entrevistador;
    6) fazer piadas;
    7) vestir roupas inadequadas. Exemplo: decotes grandes em mulheres e bermudas em homens;
    8) utilizar gírias;
    9) ser impaciente;
    10) recusar-se a escrever a redação;
    11) não explicar sobre sua deficiência;
    12) falar mal das empresas anteriores;
    13) falar mal dos chefes;
    14) mentir sobre as habilidades;
    15) solicitar café;
    16) não trazer currículo e laudo médico;
    17) trazer o currículo salvo em pen-drive.

    - O que o candidato não deve dizer ou fazer nunca?

    Falar mal da empresa anterior e do gestor. Não se deve nunca falar mal de outras pessoas ou de empresas.

    - O que mais atrapalha na hora da entrevista: nervosismo e ansiedade ou despreparo?

    Certamente o nervosismo e a ansiedade, pois o momento da entrevista é desconhecido para qualquer entrevistado. Isso gera uma situação de irritabilidade pelo desconhecido, o que é normal nos seres humanos.

    - Existe alguma técnica ou prática que possa ajudar no preparo para uma entrevista de emprego?

    Sim. Em primeiro lugar, o candidato deve pesquisar sobre a empresa na internet, e procurar entender mais sobre a vaga em questão, para um maior preparo no momento da entrevista.

    Outras recomendações são:

    - observar como agem outros participantes durante as dinâmicas;
    - responder somente ao que o entrevistador perguntar durante a entrevista. Após o término da entrevista, o candidato pode tirar as dúvidas apenas quanto ao processo seletivo;
    - trocar experiência com colegas é muito importante para aprimorar o desempenho.

    Além disso, o candidato deve responder às informações solicitadas de forma clara e objetiva, sem se prolongar nas respostas. Deve, também, responder às perguntas sem ler as respostas em seu currículo e, caso não compreenda alguma pergunta, vale dizer que não entendeu e pedir para o entrevistador explicar.

    Também é permitido pensar um pouco antes das respostas, ou pedir para o entrevistador reformular a pergunta.

    Continua...

    ResponderExcluir
  23. Continuação


    - Há muitas diferenças em um processo seletivo de pessoas com e sem deficiência? Quais?
    Não, na verdade a pessoa com deficiência deve participar do processo seletivo como uma pessoa sem deficiência. A principal diferença é quando se pergunta sobre a deficiência do candidato, suas limitações, adequações e acessibilidade, que devem ser ressaltadas no momento da entrevista.

    Já as atividades propostas em dinâmica de grupo devem ser adaptadas para este público, assegurando que todos consigam participar.



    - Os profissionais que trabalham dentro das empresas nos processos de seleção de pessoas com deficiência estão bem preparados para atender esse público? Como eles podem se preparar melhor?

    Infelizmente, falta conhecimento sobre as deficiências e sobre como lidar com esse público. Para se aprimorar, devem primeiramente conhecer a Lei de Cotas e, posteriormente, entender como receber e entrevistar pessoas com cada tipo de deficiência.

    - O que os candidatos devem fazer para lidar com a ansiedade da espera pela resposta da empresa? O candidato pode ligar para saber a resposta? Há algum limite de contatos?

    Primeiramente, o candidato deve seguir as condições impostas pelo processo de seleção: fases do processo, entrevistas e feedbacks, respeitando o que o entrevistador informou no momento da entrevista.

    Caso essas condições não ocorram, o profissional pode fazer apenas um contato, para não demonstrar ansiedade demasiada.

    Muitas vezes, o entrevistador disponibiliza o telefone e e-mail. Ambos devem ser utilizados com bom senso, pois o processo seletivo, muitas vezes, depende de dados, datas e informações que ficam em poder do gestor.

    - O candidato pode questionar os motivos de uma resposta negativa à sua contratação?

    Sim, pois é de seu interesse para aprimorar-se nas próximas entrevistas. Porém, a pessoa não deve questionar caso o entrevistador informe que não pode dar mais informações por tratar-se de um procedimento interno da empresa.

    - Hoje em dia, a roupa com a qual o candidato vai à entrevista conta pontos?

    A apresentação pessoal, sim, conta pontos.

    O candidato deve fazer sua higiene pessoal (cabelos, unhas, bigode, barba), as mulheres devem evitar decotes e roupas curtas e os homens não devem utilizar bonés e bermudas.

    O perfume e a maquiagem devem ser moderados para não causar irritabilidade no entrevistador. Vale o bom senso!

    - A concorrência entre os candidatos é grande. Como não desanimar após receber um "não"?

    O profissional deve buscar vagas que estejam dentro de seu perfil - não considerar propostas apenas pensando nos salários. Também é importante sempre tentar se reciclar e absorver dicas dos próprios entrevistadores, para maior assertividade nos próximos processos seletivos.

    ResponderExcluir
  24. É VERDADE ! ! !

    Realmente Garanhuns precisa de representantes que tem passado, presente e tem projetos para o futuro. PREFEITO IZAÍAS RÉGIS, PENSE NISSO, PENSE EM GARANHUNS...

    ResponderExcluir
  25. MANOEL TENÓRIO LUNA


    Do terraço do cel. José Abilio saíram grandes discípulos políticos.
    Um deles foi Manoel Tenório Luna. Como bom aluno, aprendeu a nuanças da política partidária do passado.
    Vindos de quebrangulo-Al, seus pais e irmãos, gozavam de prestigio, pois como pertencem a família Tenório fazem parte da cúpula administrativa do município.
    De todos da família apenas este tinha pretensões políticas, ingressando logo no serviço municipal.
    Após o primeiro mandato de vereador, resolver partir para o sul do país,onde se fixa por um determinado tempo, voltando logo á terra do Papacaça,candidatando-se novamente a vereador e cumprindo o seu segundo mandato.
    Em novas eleições é apoiado pelo cel. José Abilio e se candidata a prefeito. Eleito, cumpre seu primeiro mandato a partir de 68. Em 1976 é reeleito, passando administrar a cidade até 1983.
    A ele são atribuídas muitas obras, apesar de modesto e não falar em seus feitos. Chegou a ser deputado pela nossa cidade em 1986,filiado ao `PMDB.
    Atualmente “a velha raposa”, encontra-se recolhido, quase em retiro na sua fazenda, próxima á cidade, assistindo a tudo o que se desenrola no cenário público da velha Papacaça, apoiando quem goza de sua amizade.
    Na eleição de 92 apoio o candidato ligado á coligação PTR, PMDB e PDS, saindo vitorioso, resgatando junto a seu povo a fé e alegria de ser bonconselhense.

    ResponderExcluir
  26. Cinco anos sem Manoel Luna, mas as marcas permanecem.

    Era final de outono, e naquela época, o tempo era bem definido. Assim como eram também as pessoas. Não haviam tantos porém, talvez ou quem sabe. O diálogo existia com palavras determinantes. Valia a honra e cumprimento da palavra. Foi assim que nasceu em primeiro de dezembro de 1924, Manoel Tenório Luna, um dos baluartes do desenvolvimento e da política da então terra de Papacaça. Sua história começou efetivamente aos 14 anos, trabalhando com seu pai Antônio Tenório Luna no comércio de tecidos. Aos 20 anos foi para o Rio de Janeiro, mas o seu amor pela terra e vocação política o trouxe de volta. Formado em Direito em Caruaru, seu Mané Luna, como era carinhosamente chamado pelos amigos, decidiu por lutar por ideais políticos e que trouxessem benefícios ao povo sofrido do Agreste. Foi eleito, vereador, prefeito e deputado Estadual, e em seus discursos, na Assembléia Legislativa sempre se reportava a momentos vividos em sua terra natal. Hoje, Bom Conselho lembra do seu filho amado ao celebrar 5 anos de sua partida celestial. No dia 25 de março de 2008 faleceu Manoel Tenório Luna, um dos maiores líderes políticos que esta terra já teve. São atribuídos a ele grandes feitos como o calçamento de 70% das ruas da cidade, o aperfeiçoamento da distribuição domiciliar de água e o pioneirismo da implantação da rede de esgotamento sanitário. Neste dia 25 de março de 2013, a rádio Papacaça homenageia Manoel Tenório Luna, o homem, político, empreendedor, mas acima de tudo o filho que marcou efetivamente a história de Bom Conselho.

    ResponderExcluir
  27. Parabéns! Parabéns! Parabéns!

    BOM SENSO da Presidenta DILMA ROUSSEFF dá vitória e a SAÚDE Venceu!!!

    Dilma sanciona Ato Médico, mas veta exclusividade nos diagnósticos
    Médicos continuam a ter competência exclusiva para fazer procedimentos como cirurgias, biópsias e anestesia geral. Mas dez trechos da lei foram vetados.

    Foi publicada nesta quinta-feira (11) no Diário Oficial a lei que disciplina o exercício da medicina no Brasil. O chamado ‘Ato Médico’.
    A presidente Dilma Rousseff sancionou a lei, mas vetou pontos polêmicos como a exclusividade dos diagnósticos.
    Os médicos continuam a ter competência exclusiva para fazer procedimentos como cirurgias, biópsias e a sedação profunda de pacientes, como a anestesia geral. Mas dez trechos da lei foram vetados.
    Caiu, por exemplo, o item que dava aos médicos a exclusividade para formular diagnóstico de doenças e fazer a prescrição do tratamento; o que permitia somente aos médicos prescrever e aplicar injeções e fazer acupuntura; e também o que garantia só a eles os cargos de direção e chefia de serviços médicos.
    O principal argumento do governo para fazer os vetos foi de que a lei como estava iria prejudicar vários programas do SUS. Como os de prevenção à malária e tuberculose e até as campanhas de vacinação. Isso porque impossibilitaria a atuação de outros profissionais de saúde que não fossem médicos.
    O Conselho Federal de Medicina disse que vai fazer campanha pela derrubada dos vetos no Congresso Nacional.
    “Para a proteção e segurança da população. As pessoas querem ser atendidas por médicos e merecem ter médicos, então não há porque não ser ter isso escrito em lei”, disse o conselheiro do CFM, Roberto d’Ávila.
    Mas as entidades que representam outros profissionais de saúde comemoraram.
    “Acho que toda profissão necessita da sua regulamentação, isso não é diferente para medicina. Só que essa regulamentação não pode se sobrepor à autonomia das demais categorias de saúde que já têm a sua regulamentação garantida”, acredita a presidente do Conselho Federal de Enfermagem Dr. Márcia Krempel.

    É VERDADE: Representa uma grande vitória da saúde brasileira e da valorização dos profissionais de saúde.

    ResponderExcluir
  28. Os 10 MANDAMENTOS DOS DOUTORES: MÉDICOS E ENFERMEIROS

    1 - Se você não sabe o que tem, dá VOLTAREN;

    2 - Se você não entende o que viu, dá BENZETACIL;

    3 - Apertou a barriga e fez 'ahhnnn', dá BUSCOPAN;

    4 - Caiu e passou mal, dá GARDENAL;

    5 - Tá com uma dor bem grandona? Dá DIPIRONA;

    6 - Se você não sabe o que é bom, dá DECADRON;

    7 - Vomitou tudo o que ingeriu, dá PLASIL;

    8 - Se a pressão subiu, dá CAPTOPRIL;

    9 - Se a pressão deu mais uma grande subida, dá FUROSEMIDA!

    10 - Chegou morrendo de choro, ponha no SORO.

    ...e mais...

    Arritmia doidona dá AMIODARONA...

    Pelo não, pelo sim, dá ROCEFIN.

    ...e SE NADA DER CERTO, NÃO TEM NEUROSE...
    ...DIGA QUE:

    É SÓ ESSA NOVA VIROSE!!!

    Parece brincadeira, mas... É verdade!

    ResponderExcluir