ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

CÂMARA APROVA VOTO DE REPÚDIO AO GOVERNADOR

O blog recebeu correspondência do presidente da Câmara Municipal de Garanhuns, Gersinho Filho, comunicando que o Legislativo local aprovou um voto de repúdio ao governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), pela perseguição movida contra o professor da Universidade Federal de Pernambuco, Michel Zaidan Filho.

O vereador Audálio Ramos Filho foi o autor da proposta subscrita pelos vereadores Alcindo Correia, Carla Patrícia, Luzia Cordeiro, Nelma Carvalho e Paulo Leal.

Na justifica do voto de repúdio, Audálio Ramos escreveu o seguinte:


“Professor e cientista político, natural de Garanhuns, Michel Zaidan Filho escreve artigos para os jornais do Recife onde os mesmo trazem ácidas críticas aos líderes do PSB de Pernambuco, tudo dentro do que lhe garante o direito de liberdade de expressão, podendo o mesmo concordar ou não com o que acontece de público e de interesse coletivo, porém devido a sua posição contrária, demonstrada em seus escritos, o professor vem sofrendo uma grande perseguição por parte do governador Paulo Câmara, que vem movendo uma ação contra o educador. Dessa forma, o Legislativo de Garanhuns repudia a referida perseguição, dentro do que o nosso mandato permite, representando o povo do município, em relação a essa conduta típica de regimes totalitários e que não respeitam as liberdades individuais”.

8 comentários:

  1. José Fernandes Costa30 de dezembro de 2015 20:24

    O vereador não sabe, nem de longe, o que seja regime totalitário. - Vejam: um cidadão que se julga ofendido, vai à Justiça pedir que o suposto ofensor preste esclarecimentos! - Isso só acontece em regimes democráticos. - O governador não processou o professor. - Não há ação ajuizada. Apenas requereu que o falante professor afirme ou negue o que fica dizendo, sem consistência. - Caso o dito professor confirme o que diz, tem o dever de juntar as provas aos autos. - É livre a manifestação do pensamento; mas, pelos excessos responderá quem for além dos limites (art. 5º, inc. V, da Constituição Federal). Se não houver provas, o ofensor, aí sim, será processado criminalmente. - Portanto, essa falácia de perseguição, é só lenga-lenga, para o nome de Michel aparecer! - 2. O governador do Estado não tem como perseguir servidor da UFPE, que é serviço público federal. – E nem sei eu se Michel Zaidan é funcionário da Universidade, ou simplesmente, docente contratado. – 3. Na audiência realizada em 15.11.2015, Zaidan, o raivoso, disse que "não tinha nada a declarar". - E saiu-se com perfumarias, pela tangente, pedindo ao juiz que o governador deveria comparecer. – Ora, se o juiz do feito entendesse ser indispensável o comparecimento do governador, não teria feito a audiência. É óbvio. – O juiz já havia realizado a audiência, por saber que a presença do governador era irrelevante. – O governador estava representado e ali não havia autor nem réu. Era uma audiência atendendo a uma representação do governador, para que o senhor Zaidan fosse claro, dizendo sim ou não. – Essa de "nada a declarar", é típico de quem não tem resposta para a pergunta que lhe foi feita! – 4. Ao dar por encerrada a sessão, Sua Ex.ª, o juiz, encaminhou o esdrúxulo pedido do interpelado ao representante do Ministério Público para que este se manifeste. - 5. Onde está o regime totalitário?? – Só mesmo se voltarem os tempos dos trogloditas Médicis & Cia. – Vejo que o professor e os vereadores estão entre a cruz e a água benta!!! /.

    ResponderExcluir
  2. Eu nunca votei no PSB e sei que nunca vou votar,(esse partido quebrou o estado pela segunda vez,vide Arraes e os precatorios e agora pagamos a herança maldita deixada pelo finado Dudu ,um dos exemplos e a arena PE)mas se o que afirma o sr. José Fernandes Costa é verdade o gov.Paulo Camara tem todas a razão em processar Michel Zaidan.

    ResponderExcluir
  3. Paulo Camara é o pior governador que Pernambuco teve até hoje e nem o defunto que o elegeu tá ajudando pense num governador fraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qualquer um que tivesse sido escolhido estaria enfrentando as mesmas dificuldades.Uma coisa ele fez certo foi em falar somente a verdade.

      O Paulo Câmara vem com três experiências acumuladas: Secretário de administração,turismo e secretário da Fazenda.

      Ele herdou uma máquina muito melhor que a de Jarbas e Mendonça filho.Ele foi quem administrador com muita competência todas as negociações salariais com todos os servidores públicos estadual.

      Soube como nunca se comportar com muita competência,seriedade e trabalho perante a chefe do Brasil quando o seu partido pediu afastamento e impeachment,o que ele fez,marcou em caminho oposto.

      Pois ele sabe que Pernambuco recebeu obras estruturadoras do Lula e Dilma e que o momento requer muita responsabilidade de um administrador jovem e que tem experiência como ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco.

      Eu nunca tive contado com ele,nunca o vi pessoalmente,mas defendi como único filiado do partido o PSB em LAGOA DO OURO sua candidatura quando até 13 setembro de 2014 quase todas as lideranças políticas de nossa cidade estavam com o Senador Dr. Armando Monteiro.

      Excluir
  4. pior seria o armando que é um perdedor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não diria que o Senador Armando Monteiro seria pior,muito pelo contrário,teria e enfrentaria as mesmas dificuldades que o atual Governador está tendo.

      Às vezes Deus escreve certo por linhas tortas,às vezes as curvas e as linhas retas nos mostram caminhos apenas diferente.

      Pernambuco saiu ganhando na disputa eleitoral de 2014. Ganhou um Governador novo e ganhou um Ministro novo da Indústria e Comércio que conhece como ninguém PROJETOS ESTRUTURADORES para o desenvolvimento do Brasil.

      0 que eles precisam é esquecer um pouco as disputas paroquianas com aquelas intrigas e futricas e ajudar uns aos outros, isto é, sua Excelência o Governador ajudando a Presidente Dilma governar melhor o Brasil e por sua vez o Senador ajudando Pernambuco a conseguir mais PROJETOS para o seu desenvolvimento.

      Vamos deixar para falar em política e politicagem apenas em 2018 quando teremos novas eleições para Governador, Senador,Presidente e Deputados.

      É assim que devemos pensar grande e com estratégias voltadas para as METAS a serem alcançadas.Finalmente, precisamos de mais projetos, mais ações e de mais união em prol do Brasil.

      Feliz Ano Novo2016 a todos os leitores do Blog do Roberto Almeida e parceiros e a todos de Lagoa do Ouro e do Agreste Meridional, de Pernambuco e do Brasil.

      Excluir
    2. Eu quero fazer um elogio explícito aos VEREADORES DE GARANHUNS que antecipadamente aprovaram os aumentos dos vereadores faltando um ano para o término de seus mandatos.

      Isto caracteriza não LEGISLAR EM CAUSA PRÓPRIA como tem feito os DEPUTADOS FEDERAIS DO BRASIL que assim que passou as eleições em 2010 e 2014 se autoconcederam R$ 17.000,00 de aumentos.

      A constituição é muita clara. Os legisladores não podem e não devem LEGISLAR EM CAUSA PRÓPRIA após o conhecimento do resultado das URNAS, e é o que tem feito, a grande maioria dos VEREADORES DO BRASIL,cujo exemplo tem sido dado pelos nossos Deputados federais.

      Sou de acordo que Deputados e Vereadores deveriam ter aumentos conforme a inflação e conforme os mesmos percentuais que são dados aos trabalhadores e servidores públicos brasileiro.

      Excluir
  5. No meu primeiro mandato como Vereador por Lagoa do Ouro em 1989 tive a competência de fazer uma consulta ao Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco sobre qual percentual aplicar no salário dos vereadores de Lagoa do Ouro.

    O Tribunal de Contas do Estado de PE me respondeu a consulta dizendo que poderíamos aplicar a inflação deixada por José Ribamar Sarney de 84,32% a.m.Isto no ano de 1990 ano em que assumiu a Presidência da República Fernando Collor de Melo.Na época votei em Luiz Inácio Lula da Silva para Presidente.

    Muito diferente dos 280 Deputados Federais que em dezembro de 2010 deram 61,83% quando a Inflação acumulada em 4 anos fora apenas menos de 20%. Depois em 2014 eles mesmos se reuniram em deram mais outro belo aumento de mais de R$ 7.000,00 totalizando em 12 anos R$ 21.017,00.Eita Brasil desigual e elitizado.

    ResponderExcluir