ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quinta-feira, 28 de maio de 2015

UM LIVRO IMPERDÍVEL

Tenho lido muito e bons livros, como confessei aqui outro dia. No momento estou terminando “Onde está o meu filho”?, um presente que para mim valeu mais do que um carro, dado pelo meu compadre blogueiro Ronaldo César.

O livro tem vários autores, dentre eles os jornalistas Jodeval Duarte e Cristina Tavares, ambos garanhuenses, naturais ou por adoção. A primeira edição é de 20 anos atrás, mas a atual está mais perto de nós, tendo sido lançada em 2012, com prefácio do então governador Eduardo Campos.

Os textos são emocionantes e nos fazem refletir sobre a ditadura militar, a opção da luta armada de jovens esquerdistas, a covardia que é a tortura, ainda mais quando adotada como prática por um estado terrorista que violentava, mentia e matava.

HISTÓRIA - “Onde está o meu filho?” conta a história do sequestro e morte do estudante pernambucano Fernando Santa Cruz, aos 26 anos, sem que até hoje os militares tenham dito o que fizeram com o rapaz. Tantos anos depois o militante ainda é tido como desaparecido, apesar do empenho da família para desvendar o caso. Dona Elzita Santa Cruz, mãe de Fernando, chegou aos 100 anos lutando para saber do paradeiro do filho.

Além de ter dois autores garanhuenses, o livro em questão traz nas suas páginas outros personagens da Região do Agreste Meridional. Um deles é o advogado José Arnaldo Amaral, de Bom Conselho. Ele fala de quando deixou Garanhuns e foi morar no Recife, conhecendo na época o jovem Fernando, de quem se tornou amigo. Zé Arnaldo, na capital, se formou pela Universidade Federal, entrou na política e se tornou prefeito de Olinda. Atualmente, mora novamente em sua Bom Conselho.

“Onde está o meu filho?” é um livro imperdível.

2 comentários:

  1. Irei comprá-lo e ler, depois comento. Obrigado. A indicação é o bastante. Quanto a Zé Arnaldo sou seu amigo, e fui visitá-lo em sua residência, na Av Barão de Souza Leão, junto com meu ex cunhado Eremildo que faleceu já faz tempo.

    ResponderExcluir
  2. José Fernandes Costa29 de maio de 2015 14:34

    Eu NÃO sabia da existência desse livro. - Soube agora. - E vou comprá-lo pra ler, consoante vai fazer o Edmar. - AGRADEÇO ao Roberto pela informação!! - Com abraço. /.

    ResponderExcluir