ALEPE

ALEPE
ALEPE

domingo, 30 de dezembro de 2012

VIDA DE PIXINGUINHA SERÁ CONTADA NO CINEMA

Alfredo da Rocha Viana Filho, o Pixinguinha, um dos gênios da música brasileira, vai ter a sua vida contada no cinema. O filme começará a ser gravado no início de 2013, com direção de Denise Saraceni, que faz sua estreia na tela grande. A cineasta trabalha num dos núcleos da TV Globo, dirigindo novelas e séries como “Engraçadinha”, de 1995

“Um Homem Carinhoso”, o filme sobre Pixinguinha, tem orçamento de R$ 13 milhões, considerado alto para os padrões brasileiros. No elenco alguns rostos novos e figuras conhecidas da dramaturgia brasileira, dentro os quais se destacam Milton Gonçalves (vive a fase mais madura do músico), Taís Araújo e Dira Paes (cada uma dela interpreta uma mulher do compositor).

No filme será feita uma reconstituição histórica do Rio de Janeiro nas primeiras décadas do século passado. Serão mostrados alguns encontros importantes na vida de Pixinguinha, com famosos como o maestro Heitor Vila-Lobos,  a cantora Carmen Miranda, o poeta Vinícius de Moraes, o escritor Mário de Andrade e até o americano  Louis Armstrong, um dos maiores nomes do jazz no mundo.

"Quero que as pessoas o vejam como um gênio negro da música brasileira, tão importante quanto Villa-Lobos ou Tom Jobim”, disse Denise Saraceni a respeito do trabalho que vai dirigir. Se ela acertar a mão tem tudo para realizar um grande filme.

Entre as músicas mais conhecidas de Pixinguinha estão Carinhoso, Lamento, Rosa, Solidão, Seresta e Sofre porque queres.

Alfredo da Rocha Viana Filho nasceu no Rio de Janeiro, em 1987, e morreu na mesma cidade, em 1973, num sábado de carnaval.

(Fotos: Pixinguinha e Denise Saraceni).

Nenhum comentário:

Postar um comentário