Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

MORTE INESPERADA DE PROFESSORA DEIXA MORADORES DE CAETÉS CONSTERNADOS


Professora Maria Sônia da Silva, conhecida como Sônia Silvino, morreu hoje pela manhã, no hospital Monte Sinai, em Garanhuns.

Ela tinha 55 anos e estava na ativa, era uma das pessoas no comando do Colégio Municipal de Caetés.

Sua morte rápida deixou a maioria dos moradores do município chocados.

Inicialmente foi divulgado que ela foi mais uma vítima da Covid, mas como ela sentiu-se mal, vomitou, foi trazida para o hospital de Garanhuns e no dia seguinte morreu, está sendo feito um exame para comprovar se a causa foi realmente a Covid.

As informações foram passadas pelo Secretário de Cultura de Caetés, Wando Pontes, que confessou estar atordoado com a morte inesperada da servidora.

Prefeito Nivaldo Tirri hoje mesmo assinou decreto decretando luto oficial por três dias em todo o município. O gestor expressou seu pesar pela perda brusca da funcionária da Secretaria de Educação.

O pai de Sônia, Pedro Silvino, foi vereador em Caetés. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário