Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

NÃO RESTA MAIS DÚVIDA DE QUE EX-PREFEITTO DUDU TEM A FICHA LIMPA


Como o Tribunal de Justiça de Pernambuco anulou a votação da Câmara Municipal de Capoeiras que reprovou as contas do ex-prefeito Dudu, referentes ao exercício 2012, não resta mais nenhuma dúvida de que o político é ficha limpa. 

A decisão do TJ reitera o que já tinha dito a juíza Priscila Maria de Sá Torres Brandão, quando deferiu o registro da candidatura de Luís Claudino, reconhecendo que gestor não cometeu ilícitos quando esteve na prefeitura. 

Decisão do ministro Luís Roberto Barroso, que veio a público nesta sexta-feira (15), em nenhum trecho condena Dudu ou indica que ele é ficha suja. 

No documento, de nove páginas, Barroso examina tecnicamente toda a ação envolvendo o ex-prefeito. E deixa claro que a decisão fica para o pleno porque os advogados entraram com o pedido de liminar (que anulou a votação da Câmara), com um atraso de nove dias. 

Assim, se Luís Claudino perder o mandato conquistado nas urnas no pleno do TSE, por questões meramente técnicas e ingerências políticas, será uma tremenda injustiça. 

A juíza Priscila, o Tribunal de Justiça e o próprio Barroso atestam a idoneidade de Dudu. Ele teve contas rejeitadas pela Câmara Municipal, que contrariou parecer do Tribunal de Contas do Estado. 

Qualquer pessoa com um mínimo de informação sabe que os conselheiros do TCE estão mais aptos a julgar contas de que vereadores. Os primeiros julgam as contas com base em critérios técnicos, os parlamentares de acordo com as conveniências políticas. 

Dudu, prefeito eleito, num vídeo gravado ontem foi emotivo e deixou transparecer tudo que está sofrendo com toda essa história. Se o pleno do TSE não fizer justiça, caberá ao povo de Capoeiras dar a última palavra.

3 comentários:

  1. Quando eu fui eleito vereador a Câmara Municipal de Lagoa do Ouro em 1989 o meu primeiro teste de fogo foi votar a favor ou contra as prestações de contas do ex-prefeito Joaquim Ferreira do Nascimento.

    No dia da reunião eu mandei chamar o contador JOSÉ LEITÃO FÉLIX para explicar onde se tinha corrupção nas prestações de contas do ex-prefeito.0 contador fez sua explanação mostrando que tudo estava certo e correto e que por UNANIMIDADE os conselheiros do TCE mandaram aprovar.

    Mas 6 ex-vereadores com raiva do ex-prefeito votaram pela rejeição das contas alegando que o ex-prefeito não teriam terminado o calçamento da rua do galo,mas que no dia da aprovação o calçamento estava pronto a e acabado.

    Eu,José Luz de Carvalho Irmão (Zeca Barbosa), Aristeu de Almeida dos Santos e Deval Ferreira do Nascimento votamos a favor .Enquanto os ex-vereadores José Nerivone Ferreira Costa,Luiz de Carvalho Machado, José Carlos da Silva Barros, Francisco Emídio de Melo, Edson Lopes Cavalcante e Antônio Alfredo Alves votaram contra.

    0 ano que o ex-prefeito Joaquim Ferreira do Nascimento mais trabalhou foi o ano de 1988 cuja prestação de contas foram aprovadas pelos conselheiros do tribunal de contas do Estado e os 2/3 dos ex-vereadores votaram contra.Eis o dilema.Quem tem todas as condições de aprovar prestações de contas são os conselheiros capacitados e preparados ou os vereadores que não viveram a administração municipal?

    ResponderExcluir
  2. É a mais pura verdade a justiça e a democracia tem que prevalecer.É um direito de todos.

    ResponderExcluir
  3. todos nois a maioria do povo dê capoeiras sabemos que o Sr Luiz Claudino dê sausa é um dos homens mais honesto entre os honestos deste mundo é que à justiça será feita deus estará no comando de tudo é dê todos abraço

    ResponderExcluir