sábado, 16 de novembro de 2019

OPOSIÇÃO CHAMA EX-PREFEITO DE PRIMEIRO DAMO


Oposição de Capoeiras divulgou agora há pouco a seguinte nota de repúdio, respondendo ao marido da prefeita:

Dúvidas permanecem:

1- Trata-se de uma perseguição da Celpe com a atual gestão? 

Entende-se que não, pois cortaram a energia do citado local duas vezes na mesma semana, tornando-se um caso recorrente tendo em vista que não é a primeira vez que um prédio público tem a energia cortada por falta de pagamento (segundo a própria Celpe). A título de exemplo, podemos citar o portal de entrada da cidade e o colégio municipal. 

2- É de uma irresponsabilidade sem precedentes não realizar o pagamento de uma conta de energia de uma repartição pública, tendo em vista que a prefeitura de Capoeiras administra uma receita mensal em torno de 5.000.000 (cinco milhões de reais).  Enquanto a população sofre com a falta dos serviços essenciais,  o primeiro damo banca marajás em farras, bebedeiras, combustível e carros de luxo, tudo às custas do erário público.

3- Quem fez a ligação irregular ou o “GATO” para que a feira de animais não fosse afetada e que depois foi novamente suspensa pela Celpe? Pedimos que os responsáveis legais do desgoverno respondam esse questionamento feito pela população de Capoeiras.

4- Caso tenha sido realizado irregularmente o corte dos serviços de energia da Feira Parque Manoel Reino da Silva, perguntamos o seguinte: A prefeitura irá acionar judicialmente a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe)?

5- O que o pré-candidato laranja, vulgo Nego do Mercado,  apoiado pela prefeita, tem a falar sobre o fato ocorrido, o corte de energia da Feira Parque, que leva o nome do pai da prefeita que está lhe apoiando para ser um pau mandado? Isso em plena véspera de feira.

6- O laranja Nego do Mercado também resgatará os pagamentos em dia, conforme se fazia na gestão do ex-prefeito Dudu, ou dará continuidade ao modelo de gestão atual,  que em oito anos gostou mais de 12.000.00 (doze milhões de reais) do dinheiro da prefeitura em seu comércio?

7- Em resposta à falsa alegação de suposta dívida deixada no governo de Dudu, será enviada, em breve, nota demonstrativa com os devidos dados e extratos bancários da época. Dessa forma, será esclarecida qualquer dúvida que possa existir acerca do tema.

8- Não obstante, enviaremos notas e comprovantes dos inúmeros débitos provenientes da gestão do ex-prefeito - hoje primeiro damo -  que foram pagas no governo sério e honesto de Luiz Claudino de Souza (Dudu).

9- O primeiro damo  deveria se preocupar em checar com a prefeita qual o motivo dos funcionários comissionados estarem com três meses de salários atrasados e dar uma resposta para eles. 

Agradecemos o espaço concedido e estamos à disposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário