ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

domingo, 30 de junho de 2019

JORNALISTA GLENN GREENWALD JOGA PARTIDA DE XADREZ, TENDO MORO E PROCURADORES COMO ADVERSÁRIOS

Reportagens publicadas pelo site The Intercept, pelo jornalista Reinaldo Azevedo, pela Revista Veja e o jornal Folha de São Paulo, mostram, até agora, uma prática ilegal, vedada pela Lei, da parte do ex-juiz Sérgio Moro e procuradores que fazem parte da Operação Lava Jato.


 

Neste domingo a Folha trouxe mais uma matéria baseada no acervo que recebeu do americano Glenn Greenwald. A revelação da vez é que os procuradores do Ministério Público a princípio não queriam saber da delação do empresário Léo Pinheiro, pois o que ele tinha a dizer não levava a nada, não comprometia o ex-presidente Lula.

 

Somente depois de várias versões contadas por Pinheiro, em mais de um ano de investigação, os procuradores acataram as informações do delator, que, enfim, comprometeu o líder petista e o levou posteriormente à prisão.

 

Juntando tudo que já foi revelado, Moro investigou, indicou testemunhas, vetou uma promotora no depoimento de Lula por julgá-la “fraca”, orientou Deltan Dallagnol, vazou informações para a imprensa, “pintou e bordou” para atender seus interesses políticos.

 

Tudo leva a crer que o principal objetivo político da Lava Jato era não combater a corrução e sim colaborar com a derrocada da presidente Dilma e depois prender Lula.

 

Pessoalmente, Moro jogou (e ganhou) para ser Ministro da Justiça de Bolsonaro e depois ser indicado para o Supremo Tribunal Federal.

 

Nunca imaginou que suas práticas ilegais fossem descobertas e agora chama de criminosos quem descobriu suas traquinagens.

 

Ex-juiz e procuradores dizem que foram hackeados, mas se recusaram a entregar seus celulares para que fosse feita uma perícia.

 

Moro é o Ministro da Justiça, manda na Polícia Federal, porém não consegue descobrir os supostos criminosos.

 

Enquanto isso, Greenwald vai ditando os rumos do jornalismo no Brasil, a cada revelação desmoraliza mais o Judiciário e o Ministério Público, instituições que deviam estar a serviço da sociedade, contudo, se vê claramente, servem somente à classe dominante e aos seus próprios interesses.

 

Tanto a Folha quanto a Veja, veículos da imprensa conservadora, investigaram a documentação que lhes foi repassada pelo jornalista americano. Comprovada sua autenticidade, deram início a publicação das reportagens.

 

Até o momento, todavia, não saiu na imprensa nenhum áudio ou vídeo e os que fazem o The Intercept dizem que são centenas deles.

 

Jornalista Glenn Greenwald controla os cordões de forma inteligente, desafia suas vítimas, parece jogar uma partida de xadrez tendo como adversários juízes e procuradores.

 

Tudo indica, ele sabe a hora do xeque-mate. Deve ter alguma carta na manga, algum vídeo ou áudio arrasador. Caso isso não venha pela frente todo esse jogo poderá ser frustrante, embora, de uma maneira ou de outra, o povo brasileiro continue bestializado, principalmente depois que a democracia entrou em vertigem. (Leia o artigo logo abaixo).

4 comentários:


  1. O GRINGO GLENN GREENWALD GLENNORRAGIA ACABOU VAZANDO FOFOCAS (ADULTERADAS) DE PROCURADORES QUE NEM INTEGRAVAM A LAVA JATO. A PUTADA PETRALHA ESTÁ RASPANDO O FUNDO DO TACHO. A POLÍCIA FEDERAL VAI FAZER PICADINHO DO VAZADOR DE FOFOCAS ADULTERADAS GLENN GREENWALD GLENNORRAGIA... ARRUMA A MALA GREENWALD QUE A POLÍCIA FEDERAL ESTÁ A CAMINHO!!! ARRUMA A MALA GLENN QUE A PF CHEGA CEDINHO, ÀS SEIS DA MANHÃ!!!

    P.S1.: - O gringo Glenn Greenwald Glennorragia é daquele tipo de jornalista “BUFA DE ANUM” que merece ser deportado pro Paraguai ou então para Guantánamo!!!

    P.S2.: - Para quem não sabe, em geral, MAGISTRADOS não gostam de mentiras. JORNALISTAS também deveriam não gostar...


    ResponderExcluir
  2. Eu assisti a entrevista do LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA na TVT e as entrevistas com outros jornalistas.

    0 Lula tem uma bagagem de conhecimento acima da média da maioria dos brasileiros.Enfrentou por 2 vezes as prisões e as condenações ilegais,imorais,absurdas e estúpidas do ex-juiz Moro e do procurador Deltan Dallognol com força e coragem. Do cárcere falou e escreveu as verdades e taxou de mentirosos os seus algozes e carrascos.

    ResponderExcluir
  3. Meu caro Roberto Almeida, costumo não participar de discussões bobas, ingênuas e desprovidas de argumentos, evito a verborragia de alguns que, falaciosos e se auto intitulando donos da verdade, declamam e decantam seus próprios argumentos. mas entendo ser inconcebível a qualquer jornalista sério, de formação de cátedra ou de exercício, se abraçarem aos argumentos pífios do Moro e Dallagnol e pretenderem desmoralizar as reportagens do The Intercepton. A folha de São Paulo, jornal de grande conceito no país, vem publicando as revelações do Jornalista Glen, especulam os mais informados que o tiro de misericórdia será a revelação da fonte, que vem da própria Procuradoria, e, os defensores da tese do hacker ficarão à deriva. O tolo sempre fala muito, enquanto que o sábio escuta e com poucas palavras faz o tolo calar.

    ResponderExcluir
  4. Eu disse lá em cima que, em geral, MAGISTRADOS não gostam de mentiras. O mesmo não se pode dizer de algumas classes de profissionais que militam na justiça.

    P.S.: - Alguém já disse que, o bom do Juízo Final é que será sem advogados...

    ResponderExcluir