terça-feira, 17 de abril de 2018

O HOMEM QUE FOI MORTO POR PULGAS


Júnior Almeida tem contado histórias incríveis de Capoeiras através de sua página no Facebook. A última foi sobre um mendigo que andava pelas ruas, décadas atrás e que pelo seu tipo físico, os trapos de roupa o olhar meio perdido, perturbava os adultos e assustava as crianças.

Era chamado de “Zé Grelado” e muitas mães usaram a imagem do pobre homem para tentar acalmar filhos inquietos.

Quando a menina ou menino incomodava muito ou não queria dormir era só fazer medo com a frase mágica: “Fica quietinho senão o Zé Grelado vem te pegar”!

Outro bom texto falando da terrinha lembra uma Festa de São José de 60 anos atrás, quando dois moradores da então vila de São Bento do Una, Batista e Valdemar,  se matam numa bodega por um motivo banal, numa imagem que ficou na memória dos mais velhos por muito tempo, qual uma cena de filme faroeste.

Mas, dos relatos recentes escritos por Júnior, o que mais impressiona é o que conta da história de um miserável do vilarejo que morreu infestado de pulgas.

O fato aconteceu numa rua que ainda hoje é chamada por alguns de “Rua da Palha”.

Na época do acontecimento,  era uma das poucas fora a avenida principal, esta conhecida como Praça João Borrego.

Na ruazinha só tinha casas de palha mesmo, a pobreza era total e um dos moradores da área de tão miserável teve o seu cantinho tomado por pulgas, que dominaram seu corpo todo até levar-lhe a morte.

Júnior Almeida narra que depois da morte e do sepultamento do homem outros moradores do lugar tocaram fogo na casinha de palha, com o objetivo de eliminar os parasitas de vez.

Isso aí foi na década de 30 do século passado e fico a imaginar a pobreza e a ignorância daqueles tempos nas cidades pequenas.

Hoje muita gente ainda vive uma vida miserável e nas trevas da ignorância, mas pode estar certo de que já foi muito pior.

Mesmo os moradores mais antigos de Capoeiras não lembram do nome da pobre vítima dos terríveis insetos.

*Para acessar os textos citados na matéria é só clicar no título. Estão "abertas" no Facebook.

ZÉ GRELADO

TRISTE FESTA DE SÃO JOSÉ

DE RUA DA PALHA A QUIRINO CORREIA



Um comentário: