ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

MARINHO CONSEGUE VITÓRIA NO MINISTÉRIO PÚBLICO

O vereador Marinho da Estiva (PHS) conseguiu uma vitória parcial importante contra o projeto de Audálio Ramos que proíbe aulas nas escolas do município tratando da chamada “ideologia de gênero”.

Marinho foi o único parlamentar a se posicionar publicamente contra o projeto, que na sua opinião estimula o ódio e a intolerância em Garanhuns.

Disposto a lutar por suas ideias, o vereador levou a questão ao Ministério Público e conseguiu sensibilizar o promotor Domingos Sávio.

Este na prática concordou com vários pontos defendidos pelo parlamentar e também com uma nota divulgada pelo Sindicato dos Professores de Pernambuco, igualmente contrária à proposta de Audálio.

Domingos Sávio considerou que o projeto em questão pretende censurar a abordagem sobre gênero na escola, contrariando a Constituição Federal e decisões que têm sido tomadas pelo STF a respeito do assunto. 

Por isso o promotor recomendou aos vereadores que rejeitem a proposta, se esta for à votação e, no caso dos parlamentares não atenderem ao MP,  que o projeto seja vetado pelo prefeito Izaías Régis.

O representante do Ministério Público é um profissional respeitado na cidade e região, que age estritamente dentro da Lei e com sua decisão - de certa maneira surpreendente -, perante o que temos assistido no país, dá um basta na ignorância e ao mesmo tempo inibe qualquer forma de discriminação que se queira estabelecer nas escolas do município.

Há uma estimativa de que existem no Brasil perto de 18 milhões de homossexuais. É uma população superior a do norte ou do centro oeste do país.

É muita gente. Não dá para ignorar esse fato, tentar eliminar os gays através de decreto ou jogar a questão pra debaixo do tapete. 

A homofobia entre nós é uma realidade - assim como o racismo - tanto que o Brasil é o país em que mais se matam homossexuais no mundo.

Quem a pretexto de defender a família discrimina os gays termina voluntaria ou involuntariamente contribuindo com esse massacre contra seres humanos.

5 comentários:

  1. E isso aí o MP agora virou legislativo também ??? E isso mesmo? Sendo assim pra que pagar a 13 vereadores ? É um custo desnecessário, eu só quero ver se mais uma vez a vontade da maioria vai ser mais uma vez achincalhada, pois se todo poder emana do povo e os vereadores São representantes legítimos da vontade do povo o que tem o MP com isso ?? Seria a briga entre poderes ? E o que vale realmente e ser contra o legislativo mesmo que isso vá contra os interesses da maioria?? Isso tá estranho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOM DIA ! O SENHOR FALOU TUDO,O SENHOR TA CERTO!ENTAO PARA QUE PAGAR UM MONTE DE VEREADORES !SE NAO VALE NADA.

      Excluir
  2. E isso aí o MP agora virou legislativo também ??? E isso mesmo? Sendo assim pra que pagar a 13 vereadores ? É um custo desnecessário, eu só quero ver se mais uma vez a vontade da maioria vai ser mais uma vez achincalhada, pois se todo poder emana do povo e os vereadores São representantes legítimos da vontade do povo o que tem o MP com isso ?? Seria a briga entre poderes ? E o que vale realmente e ser contra o legislativo mesmo que isso vá contra os interesses da maioria?? Isso tá estranho

    ResponderExcluir