SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

O INFIEL DA BALANÇA


Por Michel Zaidan Filho*

 A sociologia dos partidos políticos no Brasil discute até hoje se existem ou não existem instituições partidárias, dignas desse nome, em nosso país. O cientista político José Luís da Silva, utilizando a chamada taxa de institucionalização dos partidos brasileiros, chega à conclusão de que ela é relativamente baixa; os partidos se confundem com seus donos, suas notoriedades políticas, não têm vida própria ou coletiva, que independa desta ou daquela personalidade. O sociólogo e ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso também se referiu às nossas agremiações como frentes, ônibus, guarda-chuva ou biombos. Palavras pouco elogiosas para nossos partidos políticos. Os críticos do sistema partidário brasileiro sempre culparam as pequenas legendas (chamadas de legendas de aluguel) pela precária ingovernabilidade do regime político. Mas o que se evidencia hoje é que a crise política (no Parlamento) não foi produzida e alimentada pelos pequenos. Foram grandes e médias legendas que detonaram o que havia de governabilidade do Governo da Presidente Dilma.

Dentre esses, destaque-se com muita ênfase o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Remanescente da época da Ditadura Militar, o PMDB se encaixaria sem mais dificuldades no conceito de “Frente política”, não de um partido propriamente dito. Nos anos de chumbo, ele reunia tendências e correntes ideologicamente muito distintas. A esquerda se abrigou generosamente na bandeira desse partido. É difícil não reconhecer também que o partido desempenhou um papel importante no período de transição democrática para o pleno estado de Direito no Brasil. Mas, o que dizer desse partido hoje, apontado por muitos como o fiel da balança do processo de Impeachment da Presidente Dilma?

Em primeiro lugar, que o PMDB nunca se apresentou unido, uníssono, obediente a um comando único, durante todo o tempo. Tornou-se uma federação de grupos, oligarquias regionais, que não seguem nenhuma orientação programática, a não ser o interesse fisiológico por cargos, recursos e nomeações. É uma anomalia partidária, que pelo seu tamanho, é sempre cortejado pela situação e a oposição. Embora, não seja nem uma, nem outra coisa. É uma noiva em disponibilidade para ser arrebatada por quem oferecer mais. Em compensação, não pode jurar fidelidade a ninguém, porque ninguém é dono do PMDB.

Desde o início do governo da Dilma, o PMDB se apresentou dividido – embora ocupe a vice-presidência da República – entre várias alas, grupos e facções. O papel de líder desempenhado por Michel Temer é mais nominal do que real. O presidente da Câmara – denunciado várias vezes pelo STF – é abertamente oposição ao Poder Executivo. O presidente do Senado, também réu, não merece confiança. Não vai contrariar os seus pares. E há os oportunistas de sempre, de olho nas oportunidades geradas pelas crises.

A decisão tomada em Brasília não manterá o PMDB unido. Reunir-se-ão os que concordam com o desembarque do partido no governo federal e o impeachment da Presidente de Dilma. Os que não concordam ficarão em casa, nos ministérios, nos mais de 100 cargos nos diversos escalões da administração federal ou procurando desculpas para aderir, mais na frente, ao carro do vencedor. Como se diz, não se perde o que não se tem ou nunca se teve. A questão é: dispõe a Presidente Dilma de 171 votos de toda a sua base aliada ou o que resta dela, para barrar o processo de impeachment na Câmara dos Deputados ou não?

Em tempo: chegou a notícia de que dois secretários do governo Paulo Câmara, Felipe Carreras e Danilo Cabral, se licenciaram de seus cargos para votarem a favor do Impeachment, ao lado de Raul Jungamm, Bruno Araújo, Jarbas Vasconcelos, Mendoncinha e outros.


*Michel Zaidan é garanhuense, cientista político, professor da Universidade Federal de Pernambuco e escritor. Colaborador deste blog, é autor, dentre outras obras de “História e Literatura: Um Olhar Intersemiótico, “Ensaios Sobre Teoria” e “A Honra do Imperador”.

12 comentários:

  1. E POR FALAR NESSE TRASTE, A FUTURA EX-PRESIDENTA DILMA, FEZ BEICINHO, BATEU O PÉ E NÃO ABRE MÃO DE ATITUDE QUE TOMOU: DESISTIU DA VIAGEM QUE FARIA AOS ESTADOS UNIDOS. ELA NÃO QUER QUE ELE ASSUMA A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. A COISA ESTÁ ASSIM, ELES NUNCA SE DERAM E AGORA ESTÃO DE MAL. BURRICE DA DILMA: DEVERIA DEIXAR O MORDOMO DE VAMPIRO ASSUMIR O GOVERNO POR DOIS OU TRÊS DIAS E JÁ SERIA O SUFICIENTE PARA ELA BOTAR TODA A CULPA NAS COSTAS DELE. NÃO PENSEM QUE O MARIDO DA FUTURA PRIMEIRA DAMA MAIS BONITA DA HISTÓRIA DO BRASIL PRECISARIA MAIS DO QUE ISSO PARA ENFIAR OS PÉS PELAS MÃOS... EM TODO CASO, SÓ QUEM SAIU GANHANDO COM ESSA PIRRAÇA FOI O OBAMA...


    P.S.: - O governo da Dilma sempre sofreu de “sonambulismo”. Até porque a caixa de ferramenta de Dilma sempre esteve vazia, senão...



    ResponderExcluir
  2. E por falar na trista da Dilma já quase ex-presidANTA, Lembrei-me do que falou o meu amigo Sérgio Sanatório, ontem, ao me advertir que, Depois que o PMDB fez a grosseria de bater com a porta na cara da Dilma abandonada ao Léo, mesmo assim, ela sacudiu a poeira e já está querendo dar a volta por cima. VAI ÀS COMPRAS. Agora é que ela vai ver o quanto dói a dor de uma inflação. Qualquer deputadinho ou senadorzinho de qualquer partidinho vai lhe custar os olhos da cara. Se bem entendo a força-tarefa da Lava Jato, cada nova manifestação de voto a favor do governo Dilma, é uma ono processo de investigação. Com direito a mandado de busca e apreensão e condução coercitiva. É que ninguém, meu caro Watson, vai virar a casaca assim no amor e de graça...

    P.S..: - O PMDB chegou a conclusão, depois de 5 anos que o governo Dilma do PT de Lula é um resumo de causas ruins com resultados bem piores...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "POR UNANIMIDADE, STF CONFIRMA LIMINAR DE TEORI CONTRA VAZAMENTO DE MORO! Chupa essa manga golpistas"!

      Excluir
  3. Acho que agora é torcer para que Temer componha uma boa equipe de governo e promova uma transição para novos tempos. Quem sabe ele repete o feito de Itamar Franco quando ele substituiu o Collor.

    ResponderExcluir
  4. Muito preparado o professor Michel Zaidan

    ResponderExcluir
  5. Não se ouviu do STF qualquer manifestação sobre o pedido de desculpas do Juiz Sergio Moro por ter divulgado a conversa Lula-Dilma, captada por um grampo realizado ilegalmente porque feito depois de sua própria ordem de suspensão da escuta à Lula. Ele reconheceu o erro, pois havia nas conversas não apenas Dilma, mas outras autoridades com foro privilegiado.

    O CNJ em algum momento examinará o caso e dirá se as desculpas polidas de Moro são suficientes. Mas nem o pedido de desculpas nem uma eventual punição ao juiz anularão os efeitos devastadores que a divulgação teve sobre o processo político nem os danos morais causados aos envolvidos e especialmente a Lula, que teve sua intimidade devassada e conversas íntimas expostas à execração, provocando até reações do próprio STF o que ela disse em desabafos com pessoas próximas, e não em público.

    Foram as conversas divulgadas que fermentaram as manifestações a favor do impeachment do dia 13, imprimindo grande velocidade ao processo de impeachment no Congresso. Foram elas que deram pretexto ao PMDB para acelerar seu desembarque do governo. Foram elas que fundamentaram a ação em que o ministro Gilmar Mendes impediu a posse de Lula como ministro, privando Dilma de sua valiosa ajuda para enfrenar as adversidades políticas que ameaçam seu mandato. Foram elas que fundamentam outros pedidos de impeachment apresentados à Câmara. Foram elas, enfim, que criaram o perigoso clima de confronto no dia 18, quando os apoiadores do governo também foram às ruas. A PM de São Paulo só conseguiu tirar os contrários ao governo da avenida paulista na manhã da manifestação dos apoiadores que são contra o impeachment.

    De tudo isso o que se infere é que o Juiz Sergio Moro conseguiu produzir efeitos políticos, com sua decisão, que nenhum dos partidos de oposição ao governo conseguiu com suas CPIs, discursos e ações judiciais. Se ele não teve este propósito, como alega, terá que explicar o que pretendia, se algum dia isso lhe for perguntado pelo CNJ.

    Por isso o pedido de desculpas é uma atitude louvável, mas absolutamente insuficiente diante das repercussões do ato do juiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SE FOSSE NOS EUA DA AMÉRICA TERIA SIDO PRESO.COMETEU UM CRIME GRAMPEAR AUTORIDADES COM FORO PRIVILEGIADO E PUBLICÁ-LOS EXAUSTIVAMENTE NA REDE GLOBO,O GLOBO,VEJA,ÉPOCA,ESTADÃO E FOLHO DE SÃO PAULO,TODOS TRABALHANDO CONTRA O GOVERNO FEDERAL E PARA DERRUBAR A DILMA DO PODER VIA GOLPE PARAGUAIO.MAS NÃO VÃO CONSEGUIR PORQUE OS MOVIMENTOS SOCIAIS HOJE DARÃO UMA RESPOSTA A ALTURA.

      Excluir
  6. A história julgará os traidores e os Pernambucanos esse Governador incompetente e falso.

    ResponderExcluir
  7. Os cara que estão chingando o TEMER são os mesmo 54 milhões que votaram nele. HIPOCRITAS!!!!!!!!!!! GOLPISTAS DILMISTAS!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. O ANÔNIMO(05:36), VOCÊ ESTÁ MENTINDO DESAVERGONHADAMENTE. TÁ PASSANDO UMA INFORMAÇÃO AOS LEITORES DESSE BLOG SAFADAMENTE ERRÔNEA. TENHA VERGONHA NESSA SUA FUÇA, ANÔNIMO!!! VÁ ENGABELAR SUA LAIA PETRALHA E NÃO VENHA PASSAR MANTEIGA NA VENTA DE GATO, SEU IMPRESTÁVEL E PETRALHA INÚTIL!!! JAMAIS O JUIZ SÉRGIO MORO GRAMPEOU O TELEFONE DA PRESIDENTE DA REPÚBLICA, JAMAIS!!! A JEGA DA DILMA É QUE TELEFONOU PRO PILANTRA DO LULA E NÃO LULA PRA VACA!!! ANÔNIMO, PASSE ESSAS INFORMAÇÕES PRAS SUAS "NEGA". AQUI VOCÊ QUEBRA A CARA, BABÃO!!!

    P.S1.: - O telefone vermelho da presidência, do seu local de trabalho, é monitorado 24 horas por dia pela ABIN. Nem Obama sabe o que sai e o que chega daquele telefone, haja vista, todo o falatório é cripitografado...

    P.S2.: - Como perguntar não estupra, então lá vai: Anônimo(05:36)?!?!?! Por você ser um petista, tem algum grau de parentesco com aquele professor de Lagoa do Ouro que é um petralha assumido e vomita um FESTIVAL DE BESTEIROL, todos os dias, defendendo um bando de barbudos que foi criador de uma sofisticada organização criminosa, é parente ou não?!?!?! Se for tem meus devidos respeitos por serem petralhas assumidos e mentirosos(proposital) também...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu és o único homem na face da terra que falas somente a verdade.Tais mentindo ou estás falando a verdade? Leia os meios de comunicações em massa a aceita passivamente as DESCULPAS do SÉRGIO MORO JUIZ FEDERAL que praticou uma CRIME DE LESA PÁTRIA,tanto é verdade que, ele PEDE DESCULPAS AO STF.Estou mentindo?

      Excluir
  9. VOCÊ SABE POR QUE ELE PEDIU DESCULPAS AO SUPREMO, BABACA?!?!?! EU VOU DAR UMA PISTA PRA VOCÊ, PERDEDOR!!! PRIMEIRAMENTE, PORQUE ELE É UMA PESSOA EDUCADA. QUANTA A SEGUNDA PARTE EU DEIXO AO SEU CRITÉRIO, SEU ESQUERDISTA ROMBUDO!!!

    P.S.: - Se não souber responder, pergunte-me...

    ResponderExcluir