SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

sábado, 23 de janeiro de 2016

ESTUDANTES E ESCOLAS DO NORDESTE SÃO OS MELHORES NAS PROVAS NACIONAIS DO ENEM

Nordestinos de diferentes Estados brilharam nas últimas provas do Enem, tirando a nota máxima (1.000) nas provas do Exame Nacional de Ensino Médio.

Discriminado frequentemente por moradores do Sul e Sudeste que se acham o máximo, o Nordeste também provou o seu valor, em termos de Educação, quando o Inep divulgou que as 10 melhores escolas públicas do Brasil estão em nossa região, seis delas em Pernambuco.

As escolas da relação do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira são as seguintes:

1.   Escola Estadual de Educação Profissional Padre João Bosco de Lima, do Ceará;

2.   Escola de Ensino Fundamental e Médio Dep. Cesário Barreto Lima, do Ceará;

3.  Escola de Referência em Ensino Médio Coronel João Francisco, de Pernambuco;

4.   Escola de Referência em Ensino Médio João Pessoa Souto Maior, de Pernambuco;

5.     Escola de Referência em Ensino Médio Barão de Exu, de Pernambuco;

6.     Escola de Referência em Ensino Médio Padre Antônio Barbosa Júnior, de Pernambuco;

7.     Colégio Estadual Pedro Calmon, da Bahia;

8.     Colégio Estadual Dr. Milton Dortas, de Sergipe;

9.  Escola de Referência em Ensino Médio Senador Nilo Coelho, de Pernambuco;

10.  Escola de Referência em Ensino Médio Manoel Guilherme da Silva, de Pernambuco.

ESTUDANTES BRILHANTES - Dentre os “feras” nordestinos que “arrebentaram” nas provas do Enem estão a estudante Vanessa Feijó (foto 1), de Fortaleza, que alcançou a nota máxima na redação, com pontuação 1000. A garota também se saiu bem na prova de múltipla escolha e agora sonha em conseguir uma vaga no curso de medicina da Universidade Federal do seu Estado.

Outro que brilhou no Exame Nacional foi Antônio Ivan Monteiro Júnior, de 18 anos, que estudava uma média de 10 horas por dias e fez o máximo de pontos possíveis no Enem.

Ivan também é do Ceará e como Vanessa está de olho numa vaga do curso de medicina na Federal.

Fábio Constantino (foto 2), do Rio Grande do Norte, assim como os cearenses, fez bonito no Exame Nacional do Exame Médio. Ele foi um dos 104 estudantes de todo Brasil a conquistar a nota máxima.


Fábio é de Assu e com a nota conquistada nas provas aplicadas pelo Ministério da Educação já começou a cursar engenharia na UFRN. Mas também sonha em fazer medicina.

Um comentário:

  1. Eu quero fazer justiça a dois ex-governadores de Pernambuco que acreditaram nas ESCOLAS DE APLICAÇÕES OU DE REFERÊNCIA,Jarbas Vasconcelos e Eduardo Campos.

    O primeiro começou com a primeira Escola aqui em Garanhuns e o segundo ampliou para outros municípios incluindo o EREM Dr. ABÍLIO MONTEIRO em Lagoa do Ouro, primeiro médico de Lagoa do Ouro.

    Hoje nós estamos tendo a possibilidade de colocarmos os nossos filhos muito jovens nas Universidades graças também ao grande estímulo que foi dado pelo ex-presidente Lula e a Presidenta Dilma que vem investindo muito na Educação brasileira.

    Graças também ao estímulo dado aos Professores com a chegada do Piso Nacional de Salário do Magistério sancionado pelo ex-presidente Lula.

    Hoje é muito bonito lermos pelos jornais e pela internet em geral milhares de jovens pensantes tentando um vestibular numa concorrência espetacular e que leva essa juventude a acreditar que este país tem futuro.

    É profundamente lamentável que jovens do nosso agreste meridional não tenham acesso as Universidades de Química e Física duas áreas carentes de bons Professores.

    Professor Zeca Barbosa -química e matemática.

    ResponderExcluir