SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

domingo, 27 de dezembro de 2015

DESTAQUES DA SEMANA

Alcymar Monteiro
SEGUNDA 21- Começamos a semana com a reclamação dos moradores de Capoeiras sobre a situação de abandono da rua da Cacimba do Pau. Nesta matéria foi ouvida a prefeita Neide Reino, que falou do problema, divulgou suas realizações e alfinetou a oposição.

Depois Paulo Camelo escreveu um artigo comparando Garanhuns com Campos do Jordão e criticando a administração municipal.
Em seguida postamos um texto que discute a adoção dos parques municipais pela iniciativa privada, e depois reproduzimos um texto da jornalista Eliane Catanhêde defendendo a proibição de manifestações políticas nos dias úteis. Teve ainda a mensagem de fim de ano da GRE, noticiamos o lançamento da biografia de Dr. Márcio Quirino e encerramos o dia com nossa matéria mais polêmica, quando o cantor Alcymar Monteiro revelou ter levado um calote do Governo do Estado, por suas apresentações nas festas juninas.

Rosa Quidute
TERÇA 22- Começamos o dia com a crônica natalina do pesquisador de cangaço José Bezerra Lima Irmão, que fala que o sentido da festa está apenas comercializado. No outra postagem, um texto irreverente de Junior Almeida, que elogia a decoração de natal deste ano em Garanhuns, mas diz que sente falta de temas nordestinos. Depois disso, a boa notícia da inauguração de mais uma etapa da transposição do "Velho Chico". Dilma veio à Floresta para a solenidade. 
A notícia de destaque desse dia, com certeza foi que a vice-prefeita Rosa Quidute, mesmo rompida com Izaías, assumirá a prefeitura de Garanhuns por 17 dias. Nesse dia, o governador Paulo Câmara foi infeliz ao tentar justificar a falta de pagamento a Alcymar Monteiro. Fechamos o dia com a notícia de mais um ataque de idiotas intolerantes a um simpatizante do PT. Dessa vez a vítima foi Chico Buarque.



QUARTA 23- O dia começou com uma postagem do jornalista Kiko Nogueira, que traçou um perfil de jovens ricos que agrediram Chico Buarque no Rio. Depois falamos do apoio que Lula e Dona Marisa deram ao cantor Chico Buarque, criticando a quem Lula chama de analfabetos políticos. Postamos também sobre um mutirão contra a dengue em Lajedo e a mensagem de fim de ano do deputado Romário Dias. Em seguida Michel Zaidan escreveu sobre a falta de critério do Estado, em pagar em dia a Arena Pernambuco, e atrasar o pagamento de artistas. Falamos da apresentação de um coral natalino em São Bento do Una, e também da doação de brinquedos para crianças carentes em Garanhuns. Encerramos o dia mostrando a limpeza da rua da Cacimba do Pau em Capoeiras.



QUINTA 24- Na véspera de natal começamos com a mensagem de Danilo Godoi, prefeito de Bom Conselho. Um esclarecimento da Prefeitura de Garanhuns, sobre o Natal Luz do município. Em seguida, duas crônicas: Uma do empresário Givaldo Calado e outra do jornalista Alexandre Acioli. Mais uma nota da PMG, avisando da mudança do acesso do centro administrativo, e em seguida mais um texto sobre a polêmica agressão a Chico Buarque, por Paulo Moreira Leite. Fechamos o dias com a boa notícia das chuvas em todo o Agreste Meridional.



SEXTA 25- O dia de natal, feriado. Dia preguiçoso, de quem não viajou fica em casa sem fazer nada. Portamos a mensagem de natal do prefeito de Caetés Armando Duarte. Que amanhã (28) estará inaugurando o novo prédio da prefeitura. Falamos também de Arlete Santos, que depois de vinte e dois anos de Rádio Jornal, agora é nossa colega de blogosfera.



SÁBADO 26- O dia começou complicado. Um problema no computador e depois com a internet nos deixou meio que de mãos atadas. Começamos com uma postagem falando que uma agência de markentig cobra na justiça uma dívida do PSDB de 17 milhões de reais e já à noite foi que postamos uma matéria do jornalista Paulo Nogueira, em que ele diz que Aécio Neves foi o pior brasileiro de 2015. Depois de tudo ok com nossa internet, falamos do mutirão realizado aqui em Garanhuns contra o famigerado mosquito aedes  aegypti, onde cerca de 1,3 toneladas de lixo foi tirado das casas. A última postagem do dia foi um texto do deputado federal Jean Willys, em que ele alerta para o perigo das informações nas redes sociais. Coerente, Willys, faz parecer que defende o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, mas ao final entendemos que ele defende o cuidado com postagens apressadas, que caluniam muitas pessoas, inclusive o bandido Cunha, segundo ele. 

5 comentários:

  1. o detalhamento da última pesquisa Ibope sobre a popularidade de Dilma Rousseff. Mulheres, jovens e pobres são os que mais querem o impeachment da petista.

    ResponderExcluir
  2. Na dura realidade, no País conflagrado pelo socialismo petista, as chamadas instituições oficiais afundam na desídia e na dissolução, o desemprego ultrapassa a casa dos 10%, a inflação galopa em dois dígitos, o PIB desaba, o descrédito externo avança e a dengue, a zika e a chikungunya massacram a população carente. Numa reação previsível, a maioria indignada, mesmo descrente, manifesta nas ruas sua repulsa contra o governo corrupto ostentando o boneco ladravaz de Lula, símbolo da miséria física e moral que estigmatiza a nação.

    ResponderExcluir
  3. O IBOPE foi cheirar o meio fio para ter ideia de como anda o impeachment na cabeça dos brasileiros. 67% dos entrevistados querem o impeachment, 28% são contra e 4% enfiaram a língua no devido fiofó.

    Mulheres 79% - Homens 65%
    16/24 anos 75% - acima de 55, 57%

    Na turma do minimo são 68% - Os mais abastados 66%.
    Tudo muito bonito. Mas a maioria destes cretinos são responsáveis pela permanência desta Anta estragando o Brasil e fornicando os brasileiros. Estão arrependidos? Ocupem as ruas, bundões!

    ResponderExcluir
  4. O que queremos realmente é mudança dos eleitores, e não é só os mais carentes, as pessoas para votar querem levar algum tipo de vantagem, é preciso mudar a cabeça dos eleitores, só assim o Brasil poderia mudar... Eleitores corruptos, políticos corruptos.

    ResponderExcluir
  5. A prefeita manda os babao ovo para fica passeando e cortando fogos mas não se lrebou de paga as os funcionários para eles começa o ano com dinheiro.

    ResponderExcluir