SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

domingo, 22 de março de 2015

POLÍCIA PRENDE RAPAZ QUE DECAPITOU JOVEM EM ANGELIM

Policiais do 9º BPM prenderam na noite deste sábado, 21 de março, na Rua Sergio Loretto em Angelim, Renato Guilherme da Silva, 24 anos. Ele foi encontrado na casa da mãe, que fica na mesma rua onde  assassinou de forma grotesca sua companheira Patrícia Pereira da Silva, 20 anos arrancando totalmente com uma faca a cabeça da jovem.

O crime ocorreu na madrugada de 19 de março em Angelim e chocou o Agreste. O homicida foi levado para a delegacia de Lajedo e posteriormente deve ser encaminhado a um presídio já que havia sido expedido um mandado de prisão preventiva contra ele. Em uma conversa informal com policiais, Renato teria dito que cometeu o crime porque suspeitava que Patricia estaria tendo um caso com um outro homem.

5 comentários:

  1. EU QUERO PARABENIZAR A POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO E ALAGOAS POR TEREM PRENDIDO OS DOIS MONSTROS QUE MATARAM UMA JOVEM NA FLOR DA VIDA EM ANGELIM E O COVARDE QUE MATOU A MULHER NA FRENTE DOS FILHOS TODOS DE MENORES EM LAGOA DO OURO, EM TEMPO RECORD.

    ESSE É O TRABALHO DA POLÍCIA NA ELUCIDAÇÃO DE CRIMES BÁRBAROS E COVARDES.PARABÉNS,POLÍCIA!

    ResponderExcluir
  2. ROBERTO, O QUE ESTÃO FAZENDO COM A IMAGEM DESSA GAROTA É NO MÍNIMO REPUDIANTE, NOJENTO E TRISTE. VEM SENDO VINCULANDO NAS REDES UMAS FOTOS ALEGANDO SER PATRÍCIA FAZENDO SEXO ORAL COM UM CARA. QUEM CONHECE ELA SABE PERFEITAMENTE QUE NÃO SE TRATA DA PESSOA DELA, A PESSOA POSTADA NÃO É DAQUI É DO PARÁ E ISSO VEM CAUSANDO CRÍTICAS DE PESSOAS MAL INFORMADAS E NOJENTAS QUE GOSTAM DE COLOCAR AINDA MAIS MALDADE NAS PESSOAS. PESSOAS DE FORA ACREDITAM QUE É ELA A PESSOA DAS FOTOS E COMO A MALDADE É MAIOR QUE TUDO FICAM CRITICANDO ELA. A FAMÍLIA DE PATRÍCIA VIVEM AINDA MAIS COM A DOR DA FALTA DE HUMANIDADE, GENTE QUE QUEREM JUSTIFICAR O QUE É INJUSTIFICÁVEL, NO CASO UM ASSASSINATO TÃO BRUSCO E SATÂNICO. ANTES DE JULGAR A VIDA DAS PESSOAS CADA UM REFLITAM A SUA PRÓPRIA VIDA E OS ATOS QUE ANDAM PRATICANDO SÓ ASSIM SEREMOS JUSTOS. QUE DEUS NOS ABENÇOE INFINITAMENTE. OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  3. Em casos como este que aconteceu em Angelim e que acontecem por todo o país, a justiça deveria agir contra o autor do crime a altura, ou seja, já que no BRASIL não existe a pena de morte ele (o criminoso) tinha que ser preso pelo resto da vida, e sem nenhum tipo de auxilio, só assim a justiça iria conseguir inibir a criminalidade que assola nosso país !!!

    ResponderExcluir
  4. O Brasil não tem pena de morte, contudo uma prisão prepétua numa cadeia do Brasil é pior que dez penas de morte. O crime brutal e covarde cometido por esse pulha, não merecia nunca liberdade por dez encarnações.

    ResponderExcluir
  5. o cara mostrou que ainda existe homem no brasil.ele esta de parabens,so falta a policia deichae que ele faça a mesma coiza com o amante tambem.mulher safada tem que morrer assim mesmo para aprender respeitar homem,agora ela vai chupar no enferno.

    ResponderExcluir