SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

MÉDICO ANTÔNIO FIGUEIRA PODERÁ SER O CANDIDATO DA OPOSIÇÃO EM GARANHUNS

EXCLUSIVO - O médico Antônio Figueira (PSB), atual Secretário da Casa Civil do Governo do Estado, pode ser o candidato da oposição em Garanhuns. Socialistas do município e da capital trabalham com a possibilidade dele transferir seu domicílio eleitoral para o município e enfrentar Izaías Régis (PTB) com apoio do governador Paulo Câmara (PSB) e forças políticas adiadas.

Caso o plano Figueira vá adiante poderá ter como vice o ex-prefeito de Caetés, Zé da Luz (PHS). Este estava para mudar seu título eleitoral de volta para o município que governou, mas foi aconselhado a permanecer em Garanhuns onde hoje teria uma “boa densidade eleitoral”.

Embora Antônio Figueira não tenha vida política em Garanhuns tem suas raízes na cidade e o seu tio, Francisco Figueira, foi um dos prefeitos do município. O médico estaria se confiando também nas melhorias que têm sido feitas no Hospital Dom Moura, desde que ele foi Secretário de Saúde de Eduardo Campos e na importância que a UPA desempenha hoje em toda região do Agreste Meridional.

De todo jeito é uma jogada de risco, porque Figueira poderá ser encarado como uma nova invenção, tipo a de Antônio João Dourado em 2012.

7 comentários:

  1. Ontem mesmo houve uma tentativa de assassinato no Bairro de Heliópolis, conduziram o cidadão para o Hospital Regional Dom Moura e não tinha um médico cirurgião de plantão, foi preciso transferir o doente em estado gravíssimo para Recife, graças ao SAMU, por falta de médico cirurgião, nesse Hospital que ele diz está bem, além de material que não tem nada. Quem foi que disse a esse cidadão que o Hospital Dom Moura melhorou, ou ele sonhou, ou ele não visita o hospital faz tempo. Agora se ele quiser levar uma boa surra, venha disputar com o nosso prefeito Izaías Régis a prefeitura de Garanhuns. Tenha Santa paciência.

    ResponderExcluir
  2. Complementando, não fosse a equipe do SAMU, o cidadão teria falecido.

    ResponderExcluir
  3. Eduardo Campos no auge não conseguiu "plantar" um candidato de fora em Garanhuns, quanto mais o rascunho de político "Paulo Câmara".

    ResponderExcluir
  4. Roberto,
    A disputa seria melhor com Paulo Câmara...ele bem que podia renunciar e vim querer bater chapa com Izaias...ou que tal João Campos, Sandoval seria o candidato a vice. Os daqui de perto, Eudson, Antonio João, Zé da Luz, Paulo Lins, Ivan Rodrigues e outros integrariam a chapa de vereadores.
    Quem sabe não é melhor pedir o impeachment do Prefeito?
    Cesar Severino Campos
    Garanhuns - PE

    ResponderExcluir
  5. PAULO CAMELO, COMENTA: Mais um aventureiro, membro da Legião Estrangeira.

    ResponderExcluir
  6. É preciso se fazer uma análise fria da situação, para não correr o risco de cometer injustiças. Penso que Fernando Figueira tem todo o direito de se candidatar a prefeito de Garanhuns, embora seja muito difícil lograr êxito. Ele é um estranho no ninho, não tem relação com a nossa gente e não teria argumentos para enfrentar Izaías Régis. Não que o atual prefeito seja o melhor do mundo, mas entendo que é chegada a hora de Garanhuns mostrar o seu valor.

    Até quando iremos chegar às vésperas de eleições discutindo nomes de forasteiros para governar o nosso município? Garanhuns tem nomes capazes de enfrentar essa disputa sem precisar recorrer aos Dourado, aos Figueira, ou aos Sampaio. Cada um tem o seu valor, mas em seus lugares. Aqui é Garanhuns. E essa gente é bem vinda como turista, jamais como lideranças políticas. Acredito que essa "invenção", seja fruto de um delírio desses arraesistas históricos que nunca aprenderam a lição que Garanhuns deu em 2012, quando impediu a candidatura do importado de Lajedo.

    Imagino que Garanhuns precisa de um nome novo. Alguém com discurso novo, ideias novas, um jeito novo de pensar Garanhuns e que tenha história aqui na terra. Esse alguém deve ser um dos nomes da nova geração, mas que seja filho ou radicado na cidade. Ainda temos mais de um ano até o dia da eleição. Este nome haverá de surgir em breve. E quando ele surgir, deve ser acolhido por todos, até mesmo pelos que defendem a manutenção do governo Izaías, porque é preciso pensar adiante. Isso é democracia. Por isso, não aos forasteiros de plantão e sim aos nossos jovens e futuros líderes que estão por vir.

    Jonas Santos

    ResponderExcluir
  7. Acho que Figueira almeja vôos muito mais alto, até porque tanto ele(Figueira) como o PSB sabem muito bem que não será fácil disputar a próxima eleição com Izaias, a menos que haja um "acidente de percurso". Só não podemos é acusar-lo de forasteiro, como foi o caso de Antônio João na eleição passada.
    Sales/Garanhuns

    ResponderExcluir