SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

SÔNIA BRAGA PROCESSA A TV GLOBO


Por Altamiro Borges, em seu blog:

A mídia funciona como a máfia. Mesmo disputando mercados na venda dos seus entorpecentes, as famiglias se protegem.

A Veja cometeu um crime escancarado, tentando interferir no resultado das eleições. A presidenta Dilma utilizou até o último programa do seu horário eleitoral para criticar a tentativa golpista.

O restante da mídia, porém, fez silêncio e blindou a famiglia Civita. Já na semana passada, uma notinha de Keila Jimenez, na Folha, informou que a atriz Sônia Braga está processando a TV Globo pelo não pagamento dos direitos autorais na retransmissão da novela “Dancin’ Days”.

A notícia, porém, simplesmente sumiu dos jornalões, das revistonas e das emissoras de rádio e tevê.

Segundo a jornalista, “a exibição de ‘Dancin’ Days’ (1978) neste ano rendeu ao canal Viva recorde de audiência, liderança na TV por assinatura e uma bela dor de cabeça.

Sônia Braga, estrela da trama de Gilberto Braga, está processando a Globo, cobrando o pagamento dos direitos autorais conexos pela reexibição da obra.

Sônia, que vive a protagonista Júlia Matos na trama, entrou com uma ação contra a emissora na 10ª Vara Cível do Rio, onde cobra, entre outras coisas, uma indenização, uma vez que a novela foi ao ar sem que a rede a procurasse para pagar pelos direitos de imagem, em valores atualizados”.

A famiglia Marinho obteve altos lucros e as estrelas da novela ficaram sem os seus direitos! Simples assim! “Na visão da atriz, que se soma a outro grupo de artistas, liderados por Antônio Fagundes, o Viva é uma canal à parte da Rede Globo e, mesmo pertencendo à Globosat, deve remunerar atores por suas exibições, com o pagamento dos direitos conexos. Quando uma novela é vendida para o exterior, por exemplo, os atores recebem da Globo entre 5% e 10% do valor pago na época da primeira exibição. Procurado, o Viva diz que licencia conteúdo da Globo e de outras produtoras nacionais e internacionais e que esses fornecedores é que são responsáveis pelo pagamento”, conclui Keila Jimenez.

O imbróglio sobre os direitos autorais poderia render várias reportagens, mas a mídia preferiu fazer silêncio, mantendo o pacto mafioso!

3 comentários:

  1. Pela mãe do guarda, o que a denuncia da Revista VEJA tem a ver com o processo da Sonia Braga?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Fernandes Costa19 de novembro de 2014 19:55

      O que tem a ver?? - Se esse imbróglio não envolvesse a todo-poderosa Rede Globo, a sabuja Veja seria a primeira a fazer o sensacionalismo barato!! - Porque ISSO, estampado na capa da ignominiosa Veja, renderia grande vendagem daquele periódico de péssima qualidade!! E de péssimos antecedentes!! - (Frise-se, por oportuno, antecedentes criminais!!) /.

      Excluir
  2. José Fernandes Costa20 de novembro de 2014 12:16

    A Constituição Federal (CF), a Lei 9.610 (direitos autorais) e outros normativos sobre direitos autorais e retransmissão de imagens dos atores e autores, são bem claras (os). - E a sabuja Rede Globo sabe de tudo isso, de cor e salteado. - NÃO respeita, porque, na maioria dos países democráticos, esses periódicos que se dizem "grande" imprensa de telecomunicações, usam e abusam da concessão que recebem dos governos!! - É para isso, que existe a Justiça, mesmo capenga, para os que NÃO têm recursos. - Mas, atores e atrizes etc., podem sustentar uma batalha judicial com essa REDE DE RAPINAGEM, que se chama Sistema Globo de Comunicações. - É ISSO. /.

    ResponderExcluir