ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

PT AGILIZA PROCESSO CONTRA OS TRAIDORES

O Diretório do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco (PT) divulgou uma resolução esta semana autorizando a abertura de processo disciplinar que permite a expulsão de quadros importantes da legenda. De acordo com informações da presidenta petista em Pernambuco, Teresa Leitão, em torno de 100 filiados vão ser desligados da agremiação política, dentre eles quatro prefeitos que apoiaram as candidaturas de Paulo Câmara para governador e Fernando Bezerra Coelho ao senado.

Apesar do resultado favorável ao Partido no segundo turno da eleição presidencial, quando Dilma Rousseff conquistou mais de 70% dos votos dos pernambucanos, a direção do PT Estadual entende que a infidelidade ou traição de prefeitos, vereadores e filiados não pode ser esquecida e por isso eles devem ser punidos.

A resolução dos petistas está muito bem elaborada. Abaixo transcrevemos um trecho, para conhecimento dos leitores:

Enfrentamos um peculiar desenho eleitoral em 2014, com o PSB, aliado histórico do PT desde a eleição de 1989, reorganizando as forças da direita pernambucana e desfigurando a Frente Popular com o DEM e o PSDB, dentre outros, posição aguçada no 2º turno com o apoio a Aécio Neves e o acirrado esforço para fazê-lo vitorioso.
As urnas mostraram posição contrária a esse movimento e deram a Dilma mais de 70% dos votos pernambucanos. Esta retumbante vitória no 2º turno, entretanto, não apaga a derrota do PT no estado no 1º turno, que deve ser profundamente avaliada pelas instâncias do partido. Neste sentido sugerimos que os filiados/as e grupos políticos do PT escrevam seus textos para contribuição ao debate que continuará no Diretório Estadual.
Somando-se a toda essa complexidade do quadro eleitoral, o PT de Pernambuco deparou-se, em plena campanha, com casos de explícita infidelidade partidária, como declarações de apoio e voto à coligação adversária e dissidência pública devidamente documentada. Tudo o que o PT não precisava e muito menos merecia, diante dos ataques propagados por esses mesmos adversários contra nosso partido, nosso governo e nossa presidenta. No panorama da disputa política em que ocorreram as eleições não cabem, em absoluto, tais posições e elas não podem ser consideradas um caso menor. Indisciplina partidária não é uma reação de desgostosos, é um ato político e como tal deve ser tratado.
GARANHUNS – A Executiva do PT em Garanhuns está convocando uma reunião para o próximo sábado, dia 22, quando serão discutidos os rumos do partido e a resolução que trata da expulsão dos infiéis da agremiação política. Possivelmente será debatida a situação do ex-prefeito Bartolomeu Quidute e sua esposa, a vice-prefeita Rosa Quidute, que também foram dissidentes e apoiaram as candidaturas do PSB na eleição estadual.
Chico Alencar, presidente do Diretório Municipal, esclarece que todos os envolvidos nos casos de infidelidade partidária receberão uma carta e terão amplo direito de defesa. Aqueles que conseguirem justificar a dissidência poderão evitar o constrangimento da expulsão. Quem não fizer sua defesa estará automaticamente desligado do PT.

5 comentários:

  1. Esse PT de Pernambuco parece sofrer de miopia. 0 que de gente do PSDB,PMDB,PSB-PR,PDT,PTB,PPS,PSC, que traiu os seus partidos para votar na DILMA DO PT não besta cigana que conte.

    A maior traição que o PT cometeu em Pernambuco foi apoiar o PTB de Dr. Armando Monteiro quando esse partido se coligou com O PSDB no Brasil.

    E agora como se explica? O PT a nível de Brasil se juntou a todos os partidos para eleger a Dilma do PT e, afinal, isto é fidelidade? Ainda que toda essa gente não encontrará nenhum para se filiar? São mais de 30 deles pelo Brasil afora. Fidelidade partidária já era depois das eleições de 2014!!KKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  2. E Bartolomeu quidutes, e rosa quidutes vão ficar no PT, isso Prova que o partido é mesmo uma corja.
    PAULO SOUZA - BOA VISTA -GARANHUNS

    ResponderExcluir
  3. O PT PRECISA É ACORDAR POIS SE A PRESIDENTA NÃO TIVESSE SE REELEGIDO VIRARIA UM NANICO NO BRASIL, E PRECISA MUITO DE SEUS MILITANTES PRA TENTAR RECUPERAR SUA CREDIBILIDADE QUE DIANTE DE TANTOS ESCÂNDALOS ESTÁ CADA VEZ MAIS DESACREDITADO ESSE DIRETÓRIO ESTADUAL TA DE BRINCADEIRA ENTÃO QUEM VOTOU NO USINEIRO É SANTO

    ResponderExcluir
  4. OS PETISTAS QUE TRAÍRAM O PARTIDO EM RECIFE FORAM OS MESMOS QUE SOFRERAM A TRAIÇÃO QUANDO JOÃO PAULO E HUMBERTO COSTA TOMARAM A FORÇA O DIREITO DE JOÃO DA COSTA SER O PREFEITO.

    E COMEÇOU ALI QUANDO FORAM AS PRÉVIAS E TOMARAM O DIREITO DE OUTRO PETISTA EM DISPUTAR AS ELEIÇÕES DO RECIFE MAURÍCIO RANDS. ESSE PT DE PERNAMBUCO É FEITO OS XIITAS, PRATICAM A TRAIÇÕES E DEPOIS QUEREM QUE OUTROS SEJAM FIÉIS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O MAIOR ERRO DO JOÃO DA COSTA FOI FICAR NO PT.TERIA SAÍDO NAQUELE MOMENTO EM QUE PERDEU O DIREITO SAGRADO DE DISPUTAR A REELEIÇÃO.

      EU NUNCA ENTENDI PATAVINA NENHUMA COMO É QUE O PARTIDO TEM A PREFEITURA DE FABRICAR VOTOS E DESTRÓI O PREFEITO E O CANDIDATO QUE GANHOU AS PRÉVIAS E JOGAM NO LIXO? ISTO SE CHAMA MIOPIA E BURRICE.

      Excluir