Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

BIANCA BIN PARA MAMÃE NOEL

Bianca Bin é paulista de Jundiaí, mas se criou mesmo foi em Itu, também no interior de São Paulo. Aos 12  anos começou a fazer teatro e já mocinha mudou para a capital, pensando em se profissionalizar. Sua próxima parada: o Rio de Janeiro, onde ingressou na Oficina de Atores da Rede Globo. Daí foi o roteiro de outros rostos bonitinhos da TV: Malhação, Cordel encantado, Joia Rara, Passione, Guerra dos Sexos até chegar ao seu papel atual, a Vitória de Boogie Oogie.

E aí você poderia se perguntar, como eu me perguntei? “O que é isso,  essa ou esse tal de “Boogie Oogie”?. 

Boogie Oogie é uma corruptela (deformação) de boogie-woogie, estilo de blues americano tocado ao piano com uma batida forte e rápida.

Há também uma canção, com o mesmo nome da novela.

Independente desse blablablá todo em torno do nome esquisito do folhetim, a Bianca de cabelos loiros está exuberante, na pele da inquieta Vitória. Bonita de rosto e de corpo, a atriz já posou nua para as revistas Vip e Playboy. Ela que abre o desfile de beldades deste final de semana. 

Até que não seria má ideia trazê-la para o “Natal Sonhos das Crianças” de Garanhuns. Vestida de “Mamãe Noel” ou de ursa, por que não?

(Foto: Revista Vip).

3 comentários:

  1. José Fernandes Costa28 de novembro de 2014 23:01

    Roberto: - NÃO precisa explicar o que é “Boogie Oogie”!! - Basta dar um abraço na Bianca Bin. - E dizer que eu perdi o sono hoje... - Por causa dela. - E agora, que faço eu, sem saber nem o endereço da Bianca Bin. - Se você puder, por favor, traga-me, ao voltar do Rio. - Agradeço de antemão. - E faça bom PROVEITO. - Abraço. /.

    ResponderExcluir
  2. Eu José, prefiro não saber nem do endereço, vai que ela aparece ou vou lá. Como já estou esquecido, devo perguntar e agora? O que vou fazer com isso. Já não me lembro tanto assim, e se me lembrasse, também não resolvia muito. Falta algo que outrora era excessivo, farto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Fernandes Costa29 de novembro de 2014 20:02

      Ô Edmar, pra tudo sempre há um jeito... - Nem que seja na terceira tentativa... - Depois de duas desistências!!! - Vai ver, o "bicho pega" no arranque!! - Aí, sim... - Valeria a pena. /.

      Excluir