ALEPE

ALEPE
ALEPE

quarta-feira, 26 de junho de 2013

RESTAURANTE DONA ANTÔNIA PROCURA ATENDER EXIGÊNCIAS DO MINISTÉRIO PÚBLICO



O proprietário do Restaurante Dona Antônia, Fábio Barros Alencar de Almeida, informou já ter atendido a maioria das exigências do Ministério Público de Pernambuco, que solicitou a interdição do estabelecimento, com base em parecer da Vigilância Sanitária do Município.

Representantes da Vigilância Sanitária chegaram a visitar ontem o Dona Antônia, na Rua Coronel Antônio Vítor, no bairro São José, com o objetivo de fechar provisoriamente o restaurante. Fábio Almeida, porém, procurou mostrar que estava havendo algum equívoco e esclareceu já ter cumprido as adequações recomendadas pelo órgão fiscalizador da prefeitura.

O empresário mostrou todas as instalações da Casa e apresentou documentação legal, comprovando que o Dona Antônia tinha Atestado de Regularidade do Corpo de Bombeiros, comprovante de dedetização feita por empresa legalizada, prova de compromisso na mudança de acústica e instalações diversas, principalmente a cozinha, em boas condições de higiene.

Fábio informou que seus argumentos e os documentos apresentados convenceram os funcionários da Vigilância Sanitária, que devem comunicar ao promotor Alexandre Bezerra os novos fatos.

O empresário garantiu que só precisa providenciar freezers novos, pois as câmaras de resfriamento são desnecessárias para um restaurante. “Isso aqui só seria necessário se a gente fosse fazer abate o que não acontece”, explicou.

O responsável pelo Dona Antônia disse que desde o primeiro momento procurou atender às
exigências da Vigilância Sanitária e do Ministério Público e acredita que o pedido de interdição chegou a ser feito porque seus documentos não foram examinados a tempo. Lamentou, ainda, que depois da notícia divulgada no blog pessoas tenham começado a escrever inverdades a respeito do restaurante. “Disseram que nós vendemos bebidas para menores e isso não acontece no estabelecimento”, comentou.

A notícia, segundo Fábio Alencar, arranha a imagem do estabelecimento, mas ele se revelou disposto a restabelecer a verdade para que seu investimento e trabalho não sejam prejudicados. O empresário foi entrevistado ontem pela manhã no Programa Combate, do radialista Pereira Filho, quando procurou demonstrar que o Dona Antônia está legal.



*Nas imagens fotos de instalações do Dona Antônia e alguns dos documentos apresentados pelo proprietário do restaurante.

6 comentários:

  1. Roberto, eu sei que não tem nada a ver com o assunto, mas eu tenho uma informação inédita e quentíssima, com relação a atual política Caeteense...
    Vindo de fonte segura, exatamento ontém de manhã chegou mais contas do tribunal de contas rejeitadas de zé da luz, desse vez são as de 2003. As referidas contas estão a disposição da população, para prévia análise na Câmara Municipal, convido o Sr ou representante para a devida análise dessa informação.
    ...para minha segurança prefiro não me indentificar, obg. pela atenção...

    ResponderExcluir
  2. COMO AGENTE FAZ DENUNCIA A VIGILANÇIA SANITARIA TELEFONE TEM?

    ResponderExcluir
  3. Esclareço que todos os documentos do Restaurante Dona Antônia, foram analisados pela vigilância Sanitária,no dia 25/06/13, onde no momento das inspeções anteriores n foi apresentado nenhum documento exigido,fica impossível o órgão fiscalizador analisar documento inexistente, e o devido estabelecimento ainda encontra-se sem licença de funcionamento,sem alvará de funcionamento e sem responsável técnico,e falta concluir algumas irregularidades, exigências, determinada pela vigilância sanitária,ao qual,foi extipulado um prazo para as devidas providencias.
    Outro ponto, câmara de resfriamento e/ou congelamento,é usado p melhor acondicionamento dos alimentos, n se limita só em abates de animais. São apropriadas p restaurantes, supermercados,laticínio,hotéis,frigoríficos,fabricas, entre outros. A câmara não se torna inviável e sim necessária p melhor acondicionamento dos alimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhora Katharina peço a Senhora não despreze os olhares aos supermercados Ipiranga da Boa Vista , a partir do momento que a Senhora realiza comentários sobre. câmara de resfriamento e/ou congelamento,é usado p melhor acondicionamento dos alimentos, n se limita só em abates de animais. São apropriadas p restaurantes, supermercados,laticínio,hotéis,frigoríficos,fabricas, entre outros. A câmara não se torna inviável e sim necessária p melhor acondicionamento dos alimentos. Parei de comprar no supermercado Ipiranga pela a falta de higiene , então eu creio que não é só comentar sobre um restaurante e sim realizar fiscalizações

      Excluir
  4. PARABÉNS A VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE GARANHUNS, NA PESSOA DA COORDENADORA, DRA. KATHARINA ALMEIDA QUE GRAÇAS A SEU EMPENHO E PERSISTÊNCIA ESTÁ OFERECENDO A NOSSA CIDADE BONS SERVIÇOS DE RESTAURANTES, BARES, HOTÉIS, MOTÉIS,LANCHONETES E UMA GAMA DE BENEFÍCIOS PRESTADOS PELA VISA GARANHUNS.

    ResponderExcluir