quinta-feira, 27 de junho de 2013

PROTESTO É PACÍFICO EM SÃO BENTO DO UNA


Cerca de 500 pessoas participaram da manifestação realizada ontem, em São Bento do Una. Os universitários que estudam fora do município não participaram, uma vez que a prefeita Débora Almeida já concedeu os 100% do pagamento do transporte escolar, que era a principal reivindicação da classe.

Mesmo assim os organizadores consideraram o movimento positivo, com a participação de estudantes, professores, lideranças populares e comunitárias que marcharam pacificamente pelas ruas da cidade. Eles pararam em frente à prefeitura, onde colaram cartazes com reivindicações.

Os vereadores Nilton, Geraldo Léo, Fátima Queiróz e Teminha estiveram presentes, além de lideranças dos sindicatos dos servidores públicos e trabalhadores rurais.

29 comentários:

  1. Caro Roberto Almeida,
    a maior parte dos estudantes universitário participaram da mobilização, uma vez que dessa vez a reivindicação é a organização do transporte universitário. a prefeita está pagando por "cabeça", e dessa vez quem está se prejudicando são os motoristas e proprietário de onibus. tem grupinho de alunos riquinhos que tem o benefício e vão em carro particular, já que nao há uma fiscalização e um respeito aos alunos das faculdades, alguns chegam a São Bento depois da meia noite, pois o motorista tem que juntar o pinga dos estudantes pra poder compensar pra ele rodar, se houvesse uma fiscalização da prefeitura ela colocaria um onibus e/ou van para cada faculdade, facilitando a vida dos estudantes e fazendo com que chegasse mais cedo.

    ResponderExcluir
  2. Quem coordena e administra o transporte universitário são os próprios estudantes, que recebem o dinheiro e tem a liberdade de escolher com que prefere ir.

    ResponderExcluir
  3. O protesto foi lindo!!!! Com educação, respeito e cidadania e, acho que é isso que está incomodando o grupo da prefeita!!! Ela está vendo que o povo tem poder e muito!!!! Quem não teve coragem de mostrar a cara ou é covarde, ou está esperando a hora certa para dá a resposta, que está se aproximando, ano que vem nas URNAS!!! Nesse momento o ELEITOR fica SÓ, não tem olheiros, babões para REPASSAR tudo para dona Débora Almeida. Ela está com medo do que está por vir. Mas vamos pra frente, pois assim é que se anda. Gostaria de parabenizar você ROBERTO ALMEIDA, por nos deixar informados de tudo que acontece aqui na nossa região!!! PARABÉNS!!!!!

    ResponderExcluir
  4. A prefeita não se pronuncia em relação a prática do nepotismo. Faz vistas grossas as denuncias do TCE e do Ministério Público.

    ResponderExcluir
  5. Os estudantes universitários foram persistentes, reclamaram, lutaram para reconquistar um direito que já haviam adquirido há anos. Não existe favor por parte da prefeitura. Eles venceram essa batalha, graças a força e união que mantiveram durante a crise. Parabéns universitários!

    ResponderExcluir
  6. Os universitários contaram com o apoio dos sindicatos, de vereadores atuantes, de lideranças comunitárias, dos pais e povo em geral, que sempre criticou a postura inadequada adotada pela prefeita. Parabéns a todos que contribuíram para essa conquista!

    ResponderExcluir
  7. Vamos lutar agora para que São Bento do Una, a exemplo de outros municípios realize concurso público urgente. A prefeitura tem hoje um contingente enorme de contratados. Que são mantidos nesta condição, porque serão úteis a administração no próximo ano, para conquistar votos, para os seus candidatos. CONCURSO PÚBLICO JÁ!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. As obras do município estão paralisadas desde o mês de janeiro, nenhuma teve continuidade. A escola ANTONIO JOSÉ DE SANTANA, no sítio Tamanduá, também foi paralisada. Mais de 300 alunos, encontra-se apertados em anexos improvisados, aguardando a conclusão da obra, que está próxima do seu término. Apelamos para o bom senso da administração, para que tenha sensibilidade e veja nossa situação.

    ResponderExcluir
  9. Outro caso grave em São Bento do Una é a distribuição de medicamentos. Idosos, crianças, pessoas que usam medicação de uso contínuo e doentes graves vivem uma verdadeira via sacra, em busca dos seus remédios. Uma das bandeiras de campanha da prefeita, era entregar remédio em casa. Nós não queremos remédio em casa não, nós queremos remédio nos postos de saúde, no ambulatório, e no hospital. Não queremos mordomia, queremos nosso direito.

    ResponderExcluir
  10. São Bento não pode esquecer que agora precisamos lutar para acabar com o nepotismo, médicos nos PSFs (alguns estão sem médicos desde o mês e janeiro), melhoria na limpeza urbana, recolhimento dos cachorros que perambulam nas vias públicas, retomadas das obras, etc!!!

    ResponderExcluir
  11. Em São Bento do Una, tem dinheiro para pagar salário de 5 mil aos secretários e não tem dinheiro para contratar médico para os PSFs da Pimenta e Gama, que estão a quase seis meses sem atendimento. A população pede socorro!!!!

    ResponderExcluir
  12. A prefeita cedeu a pressão dos universitários, ela já está com medo do resultado das urnas. Quem não foi para a rua é porque tem medo do poder. Afinal de contas eles (ALMEIDA) detém hoje o poder político e o poder econômico. Mas, na hora de votar esse município saberá responder, e votará com a consciência. Coragem São Bento!

    ResponderExcluir
  13. A presidente Dilma foi para a televisão e disse que os protestos eram legítimos, que faziam parte do estado democrático que vivemos. Porque a nossa prefeita ao ir para a rádio, não falou sobre a importância dessas manifestações para a democracia brasileira e sãobentense. Pelo contrário, resolveu voltar a pagar o transporte universitário, que havia suspendido desde que assumiu em janeiro. Pensando ela que esvaziaria nosso evento. Mas nossos jovens estão conscientes, de que o que foi feito, foi apenas retomar o que já era seu de direito. Valeu universitários.

    ResponderExcluir
  14. Não queremos prêmios para ruas enfeitadas, queremos médicos e remédios. De que nos adianta secretários ganharem cinco mil reais, se um acompanhante no hospital não pode comer!

    ResponderExcluir
  15. Na crise que o Brasil vive atualmente, onde municípios estão cortando despesas São Bento do Una, cria duas secretarias, uma delas presenteadas ao marido da prefeita. Primeiro emprego que ele conquista na vida, dado coincidentemente pela esposa. É pensar que povo é burro, se este cidadão fosse tão bom profissional já teria trabalhado em alguma coisa antes.
    Até então só sabia vender ovos.

    ResponderExcluir
  16. A prefeita não quer fazer concurso público, porque é mais fácil amedrontar os contratados. Como fez ontem, ameaçando retaliações contra quem participasse do evento. Concurso público para todas as funções imediatamente.

    ResponderExcluir
  17. Na manifestação ocorrida ontem haviam mais eleitores decepcionados com o voto na prefeita, do que pessoas que não votaram nela. O evento não foi organizado por nenhum candidato, mas sim pelo povo. Não adianta querer atribuir o movimento a um grupo de eleitores que não votaram nela. Estamos insatisfeitos com a situação que se vive em São Bento hoje.

    ResponderExcluir
  18. Parabéns estudantes saobentenses vcs orgulham a nossa terra,Roberto caro amigo ao contrário do que foi dito por motinha,na rádio sao bento fm os transportes universitários não tem fiscalização,e o que está rolando é muita cachaça,manda a prefeita fiscalizar ao invés de pagar cinco mil reais a janduizinho para ele gritar funcionário público? a escravidão acabou, desacato a funcionário público é crime a final quem é o prefeito? nem o Zé está sendo escutado, prefeita paga o salário e deixa janduizinho em casa, ele prejudica a administração. cadê vc Batitê onde andas o povo confiou em vc, e espera posição.

    ResponderExcluir
  19. Parabéns ao povo de São bento do una protesto totalmente pacifico e agora os estudantes recebem o auxilio de 100%

    ResponderExcluir
  20. o povo acordou não so em São bento mas em todo pais e que continuem protestando de maneira pacifica em busca de melhoras para sociedade.

    ResponderExcluir
  21. Batité que história é essa de olho no olho? Você botou uma venda nos olhos, ninguém lhe ver mais, nem ao lado da prefeita, nem dos universitários? Estás escondido ou sua prefeita é ruim?

    ResponderExcluir
  22. Diziam que o secretário de agricultura Cícero Vicente só rezava e tocava violão, queria saber o que faz o atual secretário Paulo Renato, cujo pai foi eleitor de Washington Cadete?

    ResponderExcluir
  23. Prefeita tenho diabete e estou em casa esperando o remédio que a senhora prometeu.

    ResponderExcluir
  24. Na eleição ela manda o remédio.

    ResponderExcluir
  25. A prefeita defendeu ontem na audiência pública do Alto Santiago a terceirização dos serviços públicos. Um grande equívoco. Vamos lutar junto com os vereadores do povo, para que São Bento realize concurso já. Ela alega que na terceirização só serão contratadas pessoas da cidade, podia começar então tirando os secretários de fora, os contratados que ela importou, e dá esses empregos ao povo daqui. Concurso público como o nome está dizendo, qualquer um pode participar, não precisa de apadrinhamento político. É isso que queremos.

    ResponderExcluir
  26. Prefeita, lembre que o poder vem do povão, ele é quem elege.
    Dinheiro ajuda, mas não ganha eleições, porque o povo está esperto.Seja humilde e fale com o povo que te elegeu.

    ResponderExcluir
  27. prefeita, a senhora disse que inovou o são joão do espírito santo, que antes era uma LATADA,não sabe a senhora que está latada era importante para aquela vila, pois havia o envolvimento dos moradores em fazer aquela latada,a cultura deles. E disse que era um são joão de muitos anos na vila, mas lembre que a pessoa que iniciou com o som no são joão foi Nilton vereador, e por perseguição política vc tirou, e ainda abre a boca para dizer que não persegue.

    ResponderExcluir
  28. Queria saber qual a posição do secretário de finanças Gleidson, pois ele sempre foi defensor da realização de concurso público, desde os tempos de presidente do sindicato, será que mudou de opinião?

    ResponderExcluir
  29. A prefeita de São Bento é procuradora federal, graças a um concurso público, como é que agora quer acabá-los. Somos contra a terceirização, concurso já!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir