SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

domingo, 17 de março de 2013

PREFEITO REIVINDICA QUADRAS E PROPÕE ATERRO SANITÁRIO COLETIVO EM BOM CONSELHO

Danilo com o ministro Mercadante e a secretária Claudete Matos

O prefeito de Bom Conselho, Danilo Godoy (PSDB), tem se movimentado bastante buscando recursos e obras para seu município. Há poucos dias esteve na capital pernambucana conseguindo, dentre outras coisas, a garantia da construção de uma escola técnica na cidade. Passado menos de uma semana, lá estava o gestor bonconselhense em Brasília, num encontro com o ministro da Educação, Aloízio Mercadante. Solicitou a liberação de verbas para a construção de três quadras cobertas para atender Rainha Isabel, Logradouro dos Leões e o Alto Santa Terezinha, além de cobertura já existente no São Geraldo.

Ainda em Brasília, com o ministro Mercadante, Danilo pediu também recursos para construir três creches em Bom Conselho: no bairro Vavá Colatino, na cidade, e nos distritos de Rainha Isabel e Logradouro dos Leões. O prefeito apresentou ainda uma proposta ousada ao Ministro da Educação: a instalação da Universidade Aberta do Brasil (UAB) no município de Bom Conselho.

ATERRO SANITÁRIO

De volta a Pernambuco, já na sexta-feira passada Danilo Godoy participava de uma reunião importante no plenário da Câmara Municipal de Bom Conselho. Com ele estavam os prefeitos Alexandre Martins (Terezinha), Ronaldo Ferreira (Brejão), Padre Jorge (Iati) e Ricardo Alves (Saloá). Os cinco gestores discutiram a possibilidade de construção de um aterro sanitário de uso coletivo, beneficiando os cinco municípios.

A reunião contou com a presença de um engenheiro de uma grande empresa interessada no projeto e durante a conversa alguns pontos foram levantados. Bom Conselho cederá o terreno e a localização do aterro sanitário. Será feito o estudo do impacto ambiental e de outros fatores para que a ideia concretize-se o quanto antes. 

Padre Jorge, Alexandre, Danilo, Ronaldo e Ricardo

8 comentários:

  1. Cesar Galvão Capitó17 de março de 2013 09:27

    Parabéns pela iniciativa e visão, isso mostra que as gestões da região estão mudando, dando as mãos as prefeituras ficam mais fortes para desenvolver a região, vamos crescer o bolo e teremos fatias maiores para todos. Parabéns Danilo Godoy

    ResponderExcluir
  2. O discurso é belíssimo. Queria ver mesmo esse prefeito de bom conselho trabalhamdo

    ResponderExcluir
  3. É necessário esclarecer algumas coisas com relação a essas ações do PAR(Plano de Ações Articuladas) que foram disponibilizadas para Bom Conselho, ainda na gestão da ex-prefeita Judith Alapenha e que foram assinados os Convênios e Contratos correspondentes pela mesma, como resultado do seu trabalho, junto à Secretaria de Educação.
    Isso pode ser comprovado, basta o leitor acessar http://simec.mec.gov.br/par/carregaTermos.php. Aí podera ser verificado o Termo assinado pela prefeita, referente às três creches, aquisição de ônibus escolares e ainda a cobertura da quadra da escola São Geraldo. Tudo isso pode ser comprovado por todos.Na verdade,se a questão for mérito, esse deve ser atribuído à gestão da ex-prefeita Judith, por justiça. Porém, o que deve ser focado são os benefícios que essas ações trarão para os estudantes do Municipio. Mas que todos esses benefícios foram resultado de um trabalho desenvolvido por Judith Alapenha, isso é certo. É comprovado. E contra fatos não há argumentos!

    ResponderExcluir
  4. O consórcio intermunicipal do lixo urbano é uma saída corretíssima. Proporciona maiores ganhos na escala na operação e possibilita uma distribuição dos custos operacionais. Parabéns aos prefeitos.

    ResponderExcluir
  5. com a União cada vez tirando recursos dos Municípios com o argumento falso de apoiar a sua política econômica, só restam aos Municípios se unirem através de consórcios públicos, vejam belos exemplos como Minas Gerais. Parabéns aos gestores.

    ResponderExcluir
  6. Parabens Pelo Q Vc Está Fazendo Por Nós Jovens Deus te Abençoe Danilo (Y) !!!

    ResponderExcluir
  7. Marivaldo Gonçalves17 de março de 2013 19:54

    Sugiro que os gestores deveriam também propor e projetarem grandes obras para minimizar os problemas da seca. Que tal um projeto para construção de grandes barragens na regiã. Sendo, um sistema integrado de barragens para armazenamento de grandes quantidades de água. Essa água deveria ser encanada para as propriedades rurais e os produtores devem pagar um preço adequado pelo seu uso. Lembrem-se temos precipitação suficiente para encher quantas barragens forem feitas. Isso traria uma mudança radical para a região. Todos ganhariam com um projeto desses, a economia local seria a principal beneficiada. Vamos trabalhar pessoal, os prefeitos precisam se unir para cobrar isso dos administradores centrais. Defendo a idéia de que o sistema de abastecimento de água deve ser de prioridade e pago, igual o sistema de distribuição de energia eletrica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Podemos considerar uma grande iniciativa, afinal essa região realmente precisa de investimentos, em todos os setores, principalmente Bom Conselho e Iati. espero que essa união inter municipal continue e possa se desenvolver e oferecer mais qualidade de vida aos seus habitantes.

      Excluir