ALEPE

ALEPE
ALEPE

domingo, 22 de julho de 2012

TURISTAS FAZEM A FESTA NO RELÓGIO DE FLORES


Passado o impacto inicial da apresentação da nova Praça Tavares Correia, vendo ela de perto e por inteiro, temos de reconhecer que ela ficou bonita. Verdade que de um determinado ângulo o espaço parece meio nu, por conta da redução do número de flores e árvores no local. O calçadão na frente do relógio também ocupa muito espaço e a gente sente saudade daquele caminho de flores que tinha antigamente.

O importante, a meu ver, é que a praça e seu relógio de flores continuam o principal cartão postal de Garanhuns. Os turistas fizeram a festa, neste período do Festival de Inverno, e hoje pela manhã muitos ainda ocupavam os bucólicos espaços da Tavares Correia.

Uma pessoa me disse que o prefeito Luiz Carlos de Oliveira está inteiramente satisfeito com a reforma. Ele até teria dito: "No lugar em que existia apenas o relógio como atrativo, hoje tem também uma praça bonita e moderna". Acho que foi mais ou menos isso.

8 comentários:

  1. A Prefeitura deveria revitalizar as praças plantando Arvores, flores e Bancos para as pessoas sentarem. Um péssimo exemplo sito a Praça Tiradentes onde foi destruída grande parte das arvores e jardins e flores. Hoje esta praça é um monte de pedra que não serve para nada. Deveria arrancar as pedras e colocar jardins e Muitas arvores para refrescar o ambiente. A moda é fazer praças de pedra e cal e não plantas, flores e arvores. Grande parte das arvores de Garanhuns foram destruídas, como ali próximas ao centro de reabilitação em uma casa de esquina quase de frente com o centro de reabilitação. A dona da casa cortou as arvores só porque os alunos se abrigavam do sol para esperar os ônibus de suas cidades, e ninguém fez nada. Esta senhora deveria ser presa ou processada..
    Jon....

    ResponderExcluir
  2. bonito ou feio vai ser sempre o maior atrativo de garanhuns. Pena que com mais coincreto do que com flores, como era o original

    ResponderExcluir
  3. Reforma muito mal planejada. Para ser ou não moderna, não precisa descaracterizar totalmente o espaço anterior.

    ResponderExcluir
  4. Pois é a reforma agradou mesmo !!!

    ResponderExcluir
  5. Na verdade, só as pedras circulando o relógio é que não combina em nada com a Praça do relógio das flores, mais bem, como sabemos em tempo de eleição se tem que arrumar desculpa para se ter obras para as campanhas.

    Cleto José

    ResponderExcluir
  6. Antes as prefeituras faziam praças sem precisar de verba federal. Para fazer jardins só precisa de tijolo cimento e fazer os canteiros e colocar plantas. Hoje tem que haver verba federal, só que a maioria R$ é destinada a outras coisas "PARTICULARES". Hoje há uma epidemia em todas as cidades de reforma de praças e todas só começada e todas estão paradas. Se andarmos nas cidades próximas a Garanhuns veremos placas de reforma de praças e todas paradas. A verba vem e as obras paradas. Tem verba pra tudo, que se imaginar. Este país é rico, só precisa honestidade e vergonha na cara, para isto não existe verba para incentivar a honestidade. Um homem sério foi o Ex-vice-presidente do Brasil José de Alencar que disse: "NÃO TENHO MEDO DA MORTE, TENHO MEDO DA DESONRA”. Hoje no meio político isto não existe é só roubo, digo, roubo mudou de nome é Desvio de verba, super faturamento, rombo e outros adjetivos.
    joanas..

    ResponderExcluir
  7. Garanhuns a cada dia perdendo o titulo de cidade das flores. Estive aí no primeiro final de semanna do festival. Na entrada logo um susto, cadê os jardins, árvores e flores na praça do relógio. Pra que tanto cimento. O susto ainda foi maior quando passei a noite por ele.Aquelas luminárias horríveis. Garanhuns , ACORDA................ antes que coloquem flores artificiais nos jardins.

    ResponderExcluir
  8. Aguardem.......o próximo prefeito muda tudo de novo. E sempre assim , um destroí o que o outro contruiu.

    ResponderExcluir