Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

sexta-feira, 29 de julho de 2011

SANDY ADMITE SEXO ANAL

A ex-comportada cantora Sandy, que durante muito tempo preservou a imagem de pura e virgem, surpreendeu o país ao admitir o sexo anal.  A revelação é da revista Playboy que está chegando às bancas. “É possível ter prazer anal”, disse a artista à publicação e o assunto, comentado na internet, se tornou um fenômeno no twitter. Foi o assunto que mais repercutiu no microblog em todo o mundo nesta quinta-feira, segundo divulgam os principais sites de notícia.

A filha de Chitãozinho e Chororó, que sempre teve sua imagem associada à boa menina, já havia causado polêmica no início do ano ao ser garota-propaganda da cerveja Devassa. Sandy aparece nos comerciais explorando sua beleza e sensualidade.

NOTA: Neste sábado, no blog, o terceiro da série Escritores Brasileiros. Conheça um pouco da vida e obra de Lima Barreto.

17 comentários:

  1. Que bom essa figurinha admitir isso, eu sinto prazer desde os doze anos de idade nas relações anais que tenho, até dizem que tenho uma verdadeira xxçeta, que deve ser precedida das duas letrinhas que são consideradas palavrão.
    Até homens casados já tem começado a sentir isso.
    Pratiquemos sexo anal e não teremos mais problemas como os da próstata, e não porque a Sandy fez com aquele maravilhoso gauchão e gostou, e não porque o Júnior certamente há muito já fazia, mas porque é realmente M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!

    ResponderExcluir
  2. Se ela é filha de Chitãozinho e Chororó nem um dos dois tem vagina, então ela tá certa em sentir prazer anal. Resta saber quem é a mãe da cantora.

    ResponderExcluir
  3. DEIXEM O .... da Sandy, que eu tomo de conta, que tesão que delicia!!! Ui!Ui!Ui!!!

    ResponderExcluir
  4. Ela precisa aparecer de qualquer jeito...

    ResponderExcluir
  5. Gente! no mundo de hoje nem tudo que parece ser é, muita gente se diz liberal, mas não o são, só os pobres de sabedória é que vão a público, sendo uma uma pessoa pública e escancara sua vida dessa maneira, primeiro, acho que ela não está precisando de IBOPE, muinto menos de dinheiro, pegou mau para ela, para o marido e pricipalmente para os familiares de ambos. Por ocasião da vinda do papa Bento XVI ao Brasil pela primeira vez, ela foi cogitada pra cantar para o mesmo e foi vetada pelo vaticano, se não mim engano, foi porque fez um comercial de camisinha, coisa que a Igreja é contra, e hoje nos deparamos com essa da Sande, é claro que só ela tem a perder, se é que almeija algo mais. Pra algumas pessoas são apenas besteiras, mas para grandes empresas que investem pesado em publicidade, não vão querer ver seus nomes(produtos) associados a promiscuidade. Quer fazer, pode fazer, todos tem a liberdade dada por Deus pra fazer o que bem quizer e inclusive o prazer de tornar público que dá o cuuuuuuuuuuuuuuu!

    ResponderExcluir
  6. Roberto,depois dessa vou continuar bebendo SKOL.

    ResponderExcluir
  7. Multidão se encaminha ao mato para ver o que Maria Chiquinha anda fazendo

    ResponderExcluir
  8. Muitas mulheres não têm vontade de fazer sexo anal, outras tem vontade mas morrem de medo da dor, tem as que dizem que vai "alargar" perder as pregas... algumas tem nojo e tem as que fazem por pressão, só para satisfazer o moçoilo... e tem as que adoram!

    "Ah, mas deve doer muito". Depende de como vai ser feito... os praticantes de sexo anal, costumam quase não sentir dor. O ânus (palavrinha broxante essa) é uma das partes mais sensíveis do corpo humano, e por isso, se o ato for "bem feito", pode proporcionar muito prazer para a mulher, a ponto de ela chegar ao orgasmo. Sim, a mulher pode ter muito prazer com essa brincadeirinha, tendo orgasmos só com a penetração anal. Outras precisam ter o clitóris manipulado durante o ato.

    Se a menina te ofereceu o “precioso”, trate-o com carinho. Nada de ir afoito, introduzindo o seu amigo de uma vez. Delicadeza nessa hora conta e muito!
    E por favor, cuidado com a forma que você vai lubrificar o danado (ânus), afinal, ele não tem lubrificação natural... eu NÃO recomendo manteiga, vaselina, creme condicionador, óleo de cozinha, doce de leite, nutella, requeijão, nada disso... o ideal é que você use gel à base de água, que não danifica o preservativo ou em caso de emergência, a própria saliva. Isso facilita a penetração, eliminando a dor. Porque "a seco" ninguém merece!

    Preliminares: As preliminares são importantíssimas, beijos, abraços, mordidinhas, língua, lambidas, sexo oral, tudo para que a mulher fique trepando pelas paredes de tão excitada. E aí, depois disso, comece com as carícias na “portinha”, você pode introduzir um dedo, dois, fazer movimentos circulares, deslizar... assim a musculatura anal fica mais relaxada, facilitando a penetração do pau (pênis).

    Posições: O homem geralmente se imagina fazendo sexo anal, com a garota de quatro. Essa costuma ser a posição que mais causa dor (a princípio). A melhor posição é aquela em que a mulher fica no comando... ela pode ficar em pé, com o corpo um pouco curvado para frente e o rapaz vir por trás... você encaixa a glande (a cabeça do pau) no “precioso”, e a mulher vai empurrando o quadril, controlando, penetrando o quanto ela agüenta. Outra posição que facilita, é a garota ir por cima... dessa forma, ela também está no comando. De ladinho também é aconchegante (ui). Na verdade, a posição boa é a que seja confortável para os dois!
    E seja paciente, querido... não tenha pressa! Quando você sentir que está (com o pau, pênis) todo penetrado dentro dela, deixe que ela comece os movimentos. Não vale você fazer igual cachorro, fingir que vai deixar a garota no controle e de repente, introduzir de uma vez e começar num vai e vem alucinado. Isso é covardia!
    E agora o mais importante... sempre, sempre mesmo, use preservativo. E se depois do sexo anal você for introduzir o pau na vagina (outra palavra broxante) dela, troque o preservativo para não haver contaminação. Algumas bactérias que tem na flora anal podem trazer certas doenças para a mulher e para o homem também. Por isso é importante o uso e a troca da camisinha.

    É isso, minha gente... sexo anal não é nenhum bicho de sete cabeças, tem mulheres que até preferem dizendo que o prazer é maior. Mas só vale fazer se ELA realmente quiser!
    Forçar a barra não é legal!

    ResponderExcluir
  9. Fico contente com todos os disCUrsos aqui escritos; é bom saber que a CUltura de emprestar o expelidor de flatulências está na moda, em verdade, quem já emprestou, não para mais de emprestar e quem ainda não emprestou empreste o quanto antes e verá como é tão bom emprestar. A Sandy já assumiu que empresta e que sente prazer nisso, cabe agora ao Júnior assumir o mesmo, sendo solidário com a mana. Viva a AgayCap com todos os seus sócios que assumem que não existe CUlpa para quem não se preoCUpa em emprestar...

    ResponderExcluir
  10. Qual o escândalo de uma mulher fazer sexo anal??? Os cuecas de plantão não acreditam mesmo nessa história de que "mulher direita" não faz isso.... ou acreditam??? Se sim, lamento informá-los, mas elas fazem sim... apenas, não admitem!!! Mas vamos deixar o prazer anal da Sandy pra lá e aproveitar o gancho que isso deu: as pessoas pensam de você o que você diz às pessoas, e não o que você faz de fato.


    Na Mesopotâmia, por exemplo, os assírios faziam sexo anal até em cultos religiosos. Na Roma Antiga, na noite de núpcias, muitos maridos preferiam o sexo anal a tirar logo a virgindade da esposa. Na Grécia Antiga, onde já começavam muito bem por não julgar a sexualidade de ninguém, a prática era bem comum quando o intuito era o prazer, não a reprodução. Depois, não preciso nem dizer, né? Veio a Inquisição e resolveu queimar todo mundo que fizesse sexo como se deve…

    Na eterna guerra dos sexos, as mulheres se dividiram em dois grupos: as que fazem de tudo e precisam abrir o bocão para provar que podem tudo... e as que fazem de tudo do melhor jeito mineiro: caladinhas.
    Nunca vi alguém ser mais ou menos santa por conta do uso que faz das nádegas (BUNDA)!!!

    Se levássemos o prazer em consideração para avaliarmos se uma pessoa pode ser confiável ou não, só poderíamos confiar nas frígidas, o que não faz sentido, pois até elas traem! Sendo assim, a capacidade de sentir prazer até pode, mas não deve ser usada para enquadrar alguém dentro de um rótulo.

    Nada gera tanta preocupação nas pessoas do que a sexualidade alheia. Por que querer saber do outro??? empregar rótulo, e nunca se conformar se você responde "eu sou eu". Ninguém tem o direito de apenas ser, é preciso se definir a todo momento, e mesmo que você não se decida é melhor olhar bem para as suas costas, pois alguém já pregou uma plaquinha te definindo por você. A verdade é que a maioria se esconde porque de outra forma não encontrariam espaço nesse mundo de hipocrisia e de repressão no qual, infelizmente, vivemos. Afinal ser uma pessoa que assume uma posição e pensamento antagônico ao da maioria certamente desagrada a muitos. Como diz a música a luz de Tieta de Caetano Veloso:
    Quem não finge
    Quem não mente
    Quem mais goza e pena
    É que serve de farol...

    Todo mundo quer saber
    Com quem você se deita
    Nada pode prosperar...

    Isso parece travessura de adolescente querendo aparecer para dizer que se tornou adulta. Deve estar muito desesperada por não estar mais tão na mídia assim para dar uma entrevista destas para aparecer. Mas serviu de alerta pra discutir a sexualidade de um povo tão frustrado e hipócrita como ela mesma representa tão bem que é a sua família tradicional!!!
    Afinal filha do conhecido e todo pomposo da dupla chitaozinho e xororó deve ter surtado por ter saído da esfera hipócrita dos pais( que lembra aqueles beatos católicos e os doidos evangélicos querendo ser santos)!!!

    Butterfly

    ResponderExcluir
  11. o primeiro comentario com certeza foi do einstein,aqule de caetes.

    ResponderExcluir
  12. Eu soube que a Sandy dá com as mãos na cabeça pra não perder o juízo. Ela faz tudo e mais alguma coisa. - E mais: Quem tem o SEU dá a quem quer!! Ou empresta a quem quer!! Depois de usar e gozar, lava e fica novinho em folha!! FOI ISSO QUE ELA QUIS DIZER!! E DISSE!! - Novinho em folha, que nem folha de flandre ou folha do flandre desfolhado. - E vamos deixar o flandre ou o fiofó da mocinha em paz, tá??!! Que ela é uma mocinha que merece muito respeito! E se é filha de Xitãozinho e Xororó, está justificado por que ela dá o traseiro. Aliás, empresta o traseiro a quem bem quer!! Eu também quero!! - Ora pois, pois...

    ResponderExcluir
  13. minha gente, deixa Sandy dá o cuzinho dela, que bonitinho!! isso pode ser uma doença; pois nesse país nojento ainda há quem valorize essa figura que tem um procedimento desses!!

    ResponderExcluir
  14. de repente o blog se transformou numa escola de sexo.

    ResponderExcluir
  15. Este blog aqui NÃO se transformou em "escola de sexo", NÃO! Mas... e se tivesse? E daí! - Pois, informação sobre sexo é tão necessária e importante quanto informação sobre DSTs! - Porque sexo é bom e deve ser também ABUNDANTE! E, muitas e muitas vezes, é PERICLITANTE! - Certa vez uma "grande" mulher me disse que, fazer sexo com o "boca justa" é dolorido! Mas ela fazia quando o companheiro é muito competente e merece ser presenteado. - Quanto aos que falaram das diversas posições etc., faltou falar da posição de "frango assado". Isto é, a mulher deitada na posição "papai e mamãe", com um travesseiro debaixo do bumbum, com as perninhas levantadas na direção do abdome. Aí a coisa parece, mas não é! - Termina sendo o que todos estão pensando mesmo. Ou seja, penetração ABUNDANTE!

    ResponderExcluir
  16. J.F BUTTERFLY sabe de tudo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    silas/magano

    ResponderExcluir
  17. Se é estratégia de marketing ou não, não sei, mas a cantora tocou num tabu (e, pelo que andei lendo, tocou em mais tabus ainda) e isso incomoda hipócritas, medíocres e pseudocristãos (ou seja, quase todos os que se dizem seguidores de Cristo)...

    E também pelo que ando lendo, a revista está vendendo a entrevista como se fosse cheia de revelações, quando me parece ser uma "aula" genérica sobre sexo (que quase ninguém tem coragem de tecer).

    ResponderExcluir