SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

IVETE - GRANDES NOMES DA MPB - 66º

IVETE SANGALO

Juazeiro, na Bahia, cidade que está separada de Petrolina, em Pernambuco, apenas por uma ponte, é terra natal de Ivete Maria Dias de Sangalo Cady. Mônica, Ricardo, Cinthia, Jesus, Marcos Sangalo... A família toda gosta de cantar, são músicos respeitados na Bahia, quase todos iniciaram seu trabalho no campo artístico antes da vocalista da Banda Eva tornar-se um fenômeno no Brasil e no mundo. Um dos irmãos, o Marcos, já faleceu.

A vida é feita de alegrias, momentos felizes, mas também de grandes tristezas. Além de perder um irmão ainda jovem Ivete Sangalo perdeu o pai com apenas 16 anos de idade. Mudou tudo em sua vida. Cantava no Colégio, lá em Juazeiro, a vida seguia normal quando veio esse baque e transformou tudo.

A família saiu do interior para morar em Salvador, Ivete foi trabalhar como vendedora num Shopping Center, enquanto a mãe, Dona Maria, comercializava marmitas. Por um bom tempo essas mulheres viveram dessas atividades humildes e de pouca visibilidade.

A cantora, que nasceu em 1972, começou a virar o jogo aos 17 anos, tocando em barzinhos no bairro de Ondina, na capital baiana. Pouco tempo depois, a jovem abriu um show do pernambucano Geraldo Azevedo no Centro de Cultura João Gilberto, em sua cidade natal.

Na volta a Salvador, conheceu Jonga Cunha, o fundador do Bloco Eva, que desfilava durante o Carnaval na capital da Bahia. Foi aí que nasceu a banda que projetou Ivete Sangalo nacionalmente. Foram cinco anos de parceria, muitos sucessos e milhões de discos vendidos.

Flores, Beleza Rara, Pegue Aí, foram algumas músicas que caíram no gosto do público, aumentando o sucesso da Banda Eva e de sua charmosa vocalista. Ainda fazendo parte do grupo, Ivete receberia o troféu Dorival Caymi como melhor intérprete do ano, em 1992.

Ivete Sangalo partiria para carreira solo em 1999, quando lançou seu primeiro CD com 14 músicas e foi um estouro. Vendeu 100 mil cópias só para começar, deu disco de ouro à artista e recebeu um novo impulso de comercialização com a inclusão de uma das canções na trilha sonora de uma novela global. “Se não te amasse tanto assim”, uma música romântica, em que a cantora troca a energia pela doçura.

No segundo disco a estrela mistura axé com outros ritmos, abre espaço para o pop e novamente para a música romântica. Gilberto Gil, seu ídolo na juventude, participa do trabalho, novamente bem recebido pelo público. Pererê e A Lua que te Dei, estão entre os principais hits.

Em 2001 outro mega sucesso. O CD Festa sacode o Brasil e a música título vira hino da seleção brasileira, a caminho do penta campeonato mundial de futebol. Ivete é convidada a se apresentar com o grupo Roupa Nova e depois tem participação especial no programa Criança Esperança, da Rede Globo.

No ano seguinte, com a conquista da Copa, a artista baiana é convidada a receber a seleção brasileira, em Brasília, e o faz em grande estilo, cantando Festa, naturalmente.

Ao longo da década passada, a carreira de Ivete Sangalo foi sempre crescente. Boa venda de discos, shows lotados, micaretas, estrela no Carnaval da Bahia e parcerias no palco com grandes nomes da Música Brasileira: Maria Betânia, Daniela Mercury, Carlinhos Brow, Marcelo Carmelo (Los Hermanos), Lulu Santos, Roberto Carlos, Gilberto Gil, Caetano Veloso...Até Aviões do Forró, imagine como a garota é eclética.

Dois anos atrás a baiana de Juazeiro gravou o DVD “Pode Entrar”, numa produção do Canal Mutishow. O álbum, que saiu também em CD, teve a participação de alguns dos grandes artistas citados no parágrafo anterior e se tornou segundo seu próprio site oficial “o DVD mais vendido do mundo”, emplacando só em 2009 mais de 750 mil cópias comercializadas. Uma das músicas, “Cadê Dalila”, foi considerada a melhor do Carnaval daquele ano e recebeu até o troféu Dodô e Osmar.

O êxito na carreira de Ivete Sangalo extrapola as fronteiras do Brasil. Ela já se apresentou em grandes cidades americanas, no Canadá, em diversos países da Europa e da América Latina. Em Portugal tem um fã clube equivalente ao do país de origem.

Simpática, carismática, voz sensual e rouca, Ivete Sangalo transmite uma energia boa, faz a gente querer dançar e acompanhá-la em suas acrobacias num palco ou num trio elétrico.

Garanhuns, quando tinha o seu Carnaval fora de época, trouxe mais de uma vez para animar a micareta local a eletrizante cantora baiana. Ivete Sangalo, em cima do trio, gosta de exibir o seu belo par de pernas, mas não fica só nisso: canta, encanta, contagia...

Não importa se é MPB pura, se é pop, axé. A mistura de ritmos de Ivete tem raízes na Bahia, tem influências africanas, do tropicalismo, da bossa nova, do iê-iê- iê, é um pouco de tudo. Não é uma cantora para se ouvir deitado no sofá, como Maria Betânia, Gal Costa ou Nana Caymi. É uma cantora das ruas, do povo, que expressa muitas das mudanças do comportamento do jovem brasileiro nessas últimas décadas. Deixemos o preconceito de lado e reconheçamos Ivete Sangalo como uma grande estrela no universo da Música Popular Brasileira.

AMOR - Ao clicar na palavra ao lado, toda em maiúsculo, você acessa um vídeo do youtube com Ivete e Sandy interpretando a romântica "Se eu não te amasse tanto assim".

SÉRIE GRANDES DA MPB - O último artista publicado nesta série, Chico Sciense, saiu como o 61º da relação. Estava errado. Feita uma revisão, já publicamos 66 nomes, incluindo a Ivete. Dentre os que já traçamos o perfil estão os seguintes:

1. Nélson Gonçalves
2. Vicente Celestino
3. Eliseth Cardoso
4. Simone
5. Gal Costa
6. Gilberto Gil
7. Noel Rosa
8. Chico Buarque
9. Ana Carolina
10. Vanessa da Mata
11. Ednardo
12. Fagner
13. Marisa Monte
14. Adriana Calcanhoto
15. Raul Seixas.
16. Alcione
17. Zeca Baleiro
18. Maysa
19. Renato Russo
20. Elis Regina

*Qualquer um deles pode se encontrado facilmente pelo nome no espaço de busca do blog.

3 comentários:

  1. Belíssimo perfil, lindas fotos, na primeira parece o que é, uma deusa...

    ResponderExcluir
  2. Preço Justo Já - Participe desse manifesto, faça valer os seus direitos
    Confira clicando no link

    ResponderExcluir
  3. parabéns. bela homenagem a melhor cantora que existe: ivete sangalo!!!

    ResponderExcluir