SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sexta-feira, 27 de maio de 2011

FREIRA DANÇA E PAPA FECHA O CONVENTO

O papa Bento 16 mandou fechar um famoso convento em Roma. Segundo os jornais italianos o monastério da Basílica da Santa Cruz de Jerusalém estaria encerrando suas atividades devido a irregularidades litúrgicas, financeiras e morais.

O abade Simone Fioraso, um ex-estilista de modas tinha restaurado o convento, que estava muito danificado, e aberto um hotel no local, em que realizava concertos. Ele também realizou uma maratona de leitura da Bíblia que foi transmitida pela televisão e constantemente atraía celebridades para visitar o mosteiro, em que promovia uma abordagem menos convencional da religião. Esse religioso já tinha sido transferido por suas "extravagâncias".

Uma das freiras do mosteiro, Anna Nobili (foto), ex-dançarina erótica, fez várias apresentações de dança com outras freiras durante cerimônias religiosas.

Tudo isso levou a uma investigação do Vaticano que descobriu provas de irregularidades litúrgicas e financeiras e de estilo de vida. O papa mandou fechar o convento e agora a freira Anna vai ter de dançar em outro lugar. (Adaptado de um texto da BBC Brasil).

2 comentários:

  1. Corretíssimo o papa Bento XVI, Já dizia minha mãe, não devemos confundir liberdade com libertinagem, lugar de dança é em varios lugares, menos em um convento, convento é lugar de oração, de servir a Deus a través do próximo

    ResponderExcluir
  2. Não sei que mal há em uma freira dançar. Ainda mais sendo uma dança sacra. É ver maldade onde não há. Sensibilidade, ritmo, boa coordenação motora fazem parte da criação de Deus. Não foi porque a freira dançava que o Papa fechou o convento e sim por outras irregularidades que haviam por lá. A freira "pagou o pato" por que é MULHER. Por isso que as Igrejas Evangélicas estão ganhando cada vez mais fieis, pois lá se acolhe pecadores convertidos.

    ResponderExcluir