ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

sábado, 30 de abril de 2011

MARIA GADÚ

Maria Gadú é uma das grandes revelações da Música Popular Brasileira dos últimos anos. Embora cante desde os 7 anos, começou a aparecer quando sua versão de "Ne Me Quitte Pas" foi incluída na mini-série sobre Maysa. Passou a fazer sucesso mesmo com "Shimbalaiê" (uma canção que compôs quando criança) entrou na trilha sonora de "Viver a Vida". Independente do empurrão da Globo e de Jayme Monjardim, a artista, hoje com 24 anos, tem talento e capricha no repertório. Elogiada por nomes como Milton Nascimento e Caetano Veloso, Maria brilha especialmente no DVD gravado ao vivo, em São Paulo (em 2010), numa produção do canal Multishow. São 22 músicas interpretadas pela cantora e parceiros - como Leandro Leo - todas elas de muito bom gosto. Algumas canções são da própria artista paulista, a exemplo da bela "Altar Particular",  e outras são grandes clássicos da MPB que receberam versões inovadoras de Gadú. Quando você pensa que Os Demônios da Garoa e Gal Costa esgotaram todas as possibilidades com "O Trem das Onze", de Adoniram Barbosa, Maria dá um banho de interpretação e faz a gente gostar novamente da música. O mesmo acontece com Filosofia, de Noel Rosa, em que ela superou a interpretação de Chico Buarque no final da década de 70. A nova estrela da música nacional ainda passeia com desenvoltura pelo repertório de Paralamas do Sucesso e Renato Russo. A não ser que aconteça um desvio de percurso, ou uma tragédia, essa é uma cantora de muito futuro.

Um comentário:

  1. Pois é amigo, o dificil é superar Adoniram Barbosa, Noel Rosa e outros mais, faça alguma coisa sólida que dure por muito tempo, não só a Mª Gadú, mas todos os outros que aí estão!!!

    ResponderExcluir