quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

ESDRAS JÚNIOR ESCLARECE DEMISSÃO DO PAI

Em mensagem enviada ao blog, Esdras Cabral de Lima Júnior, filho do ex-vice-prefeito de Garanhuns, Dr. Esdras, esclarece os reais motivos da demissão do seu pai no apagar das luzes do Governo Joaquim Francisco (foto). Segundo ele, o motivo da exoneração foi uma entrevista do então diretor da 5ª Região de Saúde, numa emissora de rádio da cidade, quando denunciou a falta de recursos no setor que comandava. “Com isso os débitos se avolumavam. Meu pai sempre foi um homem do serviço público dando o melhor de si para todos atender. Ainda hoje sou parado nas ruas por pessoas que lembram do bem que ele fez, sempre ajudando os que mais precisavam”, salientou Esdras Júnior.
Em 1994, quando desse fato, o Jornal do Commercio do Recife publicou uma reportagem sobre uma crise no Hospital Dom Moura e envolveu o diretor da quinta região de saúde. Na capital, o radialista Geraldo Freire fez gracinha com a matéria. Dr. Esdras foi a rádio explicar o que estava ocorrendo, reclamou da falta de condições de trabalho e foi afastado pelo governador, como explica o filho. O médico Esdras Lima morreu há 16 anos.

3 comentários:

  1. Caro amigo Roberto Almeida.TIve a felicidade de conhecer e conviver com o médico Dr.Esdras na época que ele dirigia a V GERES e eu o Hospital Monsenhor Dâmaso de Bom Conselho.Sou testemunha da sua dedicação ao cargo e sua importância como coadjuvante nas ações e serviços de saúde,numa época em que a municipalização da saude dava os seus primeiros passos.Posso garantir que tratava-se de um homem compromissado com as causas púlblicas.Tenho orgulho de ter sido seu amigo.Júnior,parabéns pelo pai que teve!.

    ResponderExcluir
  2. Eita Dr.Zenício! Eu pensei que tu eras mais novo.

    ResponderExcluir
  3. O peso da idade ainda não deixou Dr. Zenício esclerozado não. Por isso tem idade de sobra para ser o futuro prefeito de Bom Conselho.

    ResponderExcluir