Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

PALAVRA DO PROMOTOR

Com respeito as interpretações do repórter sobre a posição do promotor Alexandre Bezerra no caso do "escândalo da ponte", o representante do Ministério Público fez o seguinte comentário, que faço questão de registrar hoje em destaque:

"Amigo Roberto, ao que me consta nunca lhe disse que a Judiciário poderia inocentar algum dos envolvidos no episódio da ponte. A ação do MP, assinada por mim, apresenta todas as provas necessárias à condenação dos agentes públicos e privados. No mais, a devolução da importância obtida irregularmente só reforça a idéia da irregularidade. De qualquer forma, como exige a lei e o Estado Democrático de Direito, vamos aguardar a defesa dos réus e o pronunciamento do Poder Judiciário, a quem cabe decidir o fato."
Alexandre Bezerra

Um comentário:

  1. O Promotor Alexandre Bezerra tá de parabéns!!! Fez o seu trabalho, cabe agora ao Judiciário julgar, condenar ou absolver os elementos envolvidos nesta QUADRILHA. Basta! Garanhuns não aguenta mais tantos escandalos com o dinheiro público. Essa defesa bolada de ultima hora de devolver o dinheiro desviado não convence a ninguem. Assim era bom... Vamos a um simples exemplo: Uma quadrilha assalta um determinado banco,depois é descoberta, devolve a grana roubada e pelo simples fato de devolver o dinheiro furtado ao banco é automaticamente inocentada? Os ladrões vão ficar impunes? Um outro exemplo: Um bandido rouba um carro, depois é descoberto devolve o carro ao seu legitimo dono e por isso se livra do crime? Temhamos o minimo de bom senso. Justiça e os rigores da lei nesta cambada de ienas do dinheiro público.

    ResponderExcluir