Governo Municipal

Governo Municipal
Juntos por uma Grande Cidade

Governo do Estado

Governo do Estado
Governo do Estado

sábado, 22 de julho de 2017

TESTEMUNHA DE JEOVÁ REALIZAM CONGRESSO

As Testemunhas de Jeová estão convidando a todos para assistir ao Congresso Regional de 2017: “NÃO DESISTA!”. O evento vai ser realizado em vários países. Em nossa região, ocorrerá no município de Caetés nos dias 4, 5 e 6 de agosto de 2017 (Primeira Edição); e nos dias 11, 12 e 13 (Segunda Edição). A programação inicia-se pontualmente às 9h20 e termina às 16h50. O endereço é: Centro Municipal de Eventos, Rua Melquíades Borrego, S/N - Caetés – PE.

Estima-se que por volta de 1.600 pessoas irão diariamente ao local em cada uma das sessões para assistir à Reunião Bíblica. No Brasil, haverá mais de 557 congressos em cerca de 170 cidades. O evento é inteiramente gratuito e não se fazem coletas.

Linaldo Biu Teixeira, um porta-voz do Congresso, diz: “Hoje muitos passam por frustrações na vida e se sentem desanimados. Os problemas que enfrentamos podem tirar a nossa paz e alguns até pensam em desistir. Mas existe esperança! A Bíblia nos mostra como ter uma vida feliz agora e uma vida ainda melhor no futuro. Este ano, o congresso das Testemunhas de Jeová vai dar atenção à mensagem de esperança da Bíblia: ‘Não desista!’ Essa mensagem nos promete dar forças para continuar perseverando e para lidar com os problemas da melhor forma possível. O congresso mostrará exemplos bíblicos de servos fiéis de Deus que no passado conseguiram mostrar em suas vidas essa qualidade da perseverança. E, nos ensinará, à base da Bíblia, como todos, independentemente de formação e religião, podemos nos beneficiar por colocar em prática na atualidade esses ensinamentos. Queremos muito que você venha e descubra porque a Bíblia nos diz: NÃO DESISTA!”

Durante os dias do Congresso, serão apresentadas diversas palestras relacionadas ao tema principal “Não Desista”, e entre elas teremos pontos altos como, por exemplo: na sexta-feira nós vamos aprender quais são as qualidades que nos ajudam a não desistir (Heb. 11:1). Já no sábado, veremos como os exemplos de José, Jó e Jeremias nos ensinam a continuar, sem desistir apesar de sofrimentos. E, finalmente, no domingo, vamos assistir a um discurso público: NÃO PERCA A ESPERANÇA (Isaías 48:17).

As Testemunhas de Jeová prepararam mais de 50 partes – discursos e vídeos – para serem mostrados durante o programa. Além disso, uma minissérie para ajudar as famílias será apresentada em três partes, de sexta-feira a domingo: LEMBRE-SE DA MULHER DE LÓ. As sessões da manhã e da tarde de cada dia começarão com um vídeo musical preparado especialmente para a ocasião.

Assim como nos anos anteriores, as Testemunhas de Jeová estão distribuindo um convite especial convidando todos para assistir ao evento. Os dias, o local e os trailers já podem ser encontrados no jw.org, o site oficial das Testemunhas de Jeová. Repórteres que quiserem fazer a cobertura jornalística do Congresso poderão entrar em contato com o representante local que cuida dos assuntos relacionados à mídia.

Contato para a mídia:

Linaldo Biu Teixeira, telefone (87) 9 8110 4261 / Rinaldo Branco, telefone (87) 9 9903 1000

Paulo Rodrigues (87) 9 9600-2193 / Mário Rodrigues (87) 9 9663.5051

GARANHUNS FICA SEM O CARISMA DE IRAN PESSOA

Em pleno Festival de Inverno Garanhuns perde um dos seus maiores comunicadores.
Morreu ontem, por volta das 19h, o radialista Iran Pessoa, contador de causos e apresentador de um programa regional, nas primeiras horas da manhã, na Rádio FM Sete Colinas.
Iran era destaque, ainda, como locutor de vaquejadas.
Aos 84 anos, querido no meio jornalístico e conhecido na cidade e região, Iran Pessoa irá deixar muitas saudades.
Quando encontrava um dos seus muitos amigos, andando pela Avenida Santo Antônio, o radialista ia logo dizendo: “Gente boa de primeira qualidade”.
No seu programa na Sete Colinas, repetia o jargão: “O Relógio tem cordas mais não amarra o tempo”.
O corpo do radialista está sendo velado na Funerária Suissa, na Avenida Simoa Gomes, em Heliópolis.

O sepultamento será hoje,  às 16,  no Cemitério São Miguel, na Boa Vista.

Vai com Deus Iran.


*Com foto e subsídios de Arlete Santos

ANGELIM SE MOBILIZA PELA DOAÇÃO DE AGASALHOS

Em Angelim, como na maioria das cidades do Agreste Meridional, faz frio nesta época do ano.

E muitas pessoas no município, por conta das condições financeiras, não têm como comprar cobertores e casacos para se agasalhar.

Pensando em minimizar a situação dos que mais precisam, o Governo Municipal de Angelim, através da Secretaria de Ação Social, realizou nesta sexta-feira (21), o Dia D do Agasalho, que teve como mote principal a frase “Doe o que você não precisa mais a quem precisa demais”.

A Secretária Municipal de Ação Social, Samille Ramos, explicou que a campanha não visa apenas arrecadar agasalhos.

Segundo ela, o trabalho tem o objetivo de inserir novamente as pessoas que vivem em situações de vulnerabilidade social em um novo contexto social, elevando a autoestima através de novas  oportunidades.

Samille informou que neste dia D equipes técnicas da Secretaria acolheram pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade. 

Ela também observou que o Dia D se constui em uma grande oportunidade para a sociedade angelinense exercer a solidariedade, doando cobertores, roupas, agasalhos e calçados, isto,  é claro,  em bom estado de conservação.

Além dos moradores de rua, muitas famílias são cadastradas e monitoradas pela Secretaria de Ação Social e também receberão atenção especial.

Para o Prefeito Douglas Duarte (PSB), a ação contribui na inserção social das pessoas e famílias inteiras que vivem muito nas ruas. “Temos trabalhado muito para melhorar a qualidade de vida da população de Angelim, mas não podemos fechar os olhos para pessoas que ainda vivem em vulnerabilidade social e que sofrem com o frio. Precisamos aquecer de forma solidária essa população. Participe desta ação social relevante”, conclamou o prefeito Douglas Duarte.

O gestor destacou,  ainda, que ações como esta contribuem no desenvolvimento da cidadania e colaboram com o município em favor das pessoas que precisam do poder público e da solidariedade dos que vivem em sociedade.

Segundo a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Angelim, no Dia D do Agasalho mais de 600 peças foram entregues à população do município.


(A partir do texto de Eduardo Neves)

CNBB INCENTIVA PARTICIPAÇÃO EM ATOS PELA DEMOCRACIA

A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), através da Comissão Brasileira de Justiça e Paz, divulgou um texto em que critica o retrocesso estabelecido no país, em termos políticos, econômicos e culturais, acusa o Judiciário de defender “interesses não republicanos” e convoca o povo a participar de manifestações como as do último dia 20, realizadas em apoio ao ex-presidente Lula.
“Que este tempo de violência e injustiças seja favorável à renovação da esperança”, prega o documento da conferências dos bispos brasileiros.
Confira o texto divulgado pelos representantes da Igreja Católica:
Confrades e confreiras,
Mais uma vez, dirijo-me por meio de circular voltada aos integrantes da Rede Brasileira Justiça e Paz com a intenção de expressar minha inquietude face aos dramas vividos na sociedade brasileira: violência, desemprego, precarização dos direitos do trabalho e humanos.

Importa lembrar que há poucos dias foi aprovada a Reforma Trabalhista, questionada pelo movimento sindical, parcelas expressivas da sociedade e da Justiça do Trabalho, que a veem como uma tentativa de jogar nas costas dos trabalhadores e trabalhadoras os custos da crise econômica, bem como aumentar ainda mais os lucros do capital.

Como se não bastasse, verifica-se o desmonte dos instrumentos econômicos do estado em benefício do mercado nacional e internacional, num claro atentado à soberania nacional.

A imprensa internacional mostra perplexidade com o país que em trinta anos foi capaz de promulgar uma Constituição moderna, garantir a estabilidade econômica, incluir milhões de brasileiros e brasileiras socialmente, respeitar a biodiversidade e, apesar dos limites, reconhecer os direitos historicamente negados aos indígenas e às comunidades negras e quilombolas, para, nos últimos tempos, tornar-se um país visto pela comunidade internacional como um "pária" no que diz respeito a segurança jurídica, respeito aos direitos humanos e das florestas, estas entregues ao jogo político de relações não republicanas entre executivo e legislativo.

O judiciário, que muitas vezes tem se revelado um "Oásis" da República, infelizmente, em algumas sentenças, deixa-se contagiar por interesses não republicanos, perdendo-se assim a necessária segurança jurídica.

Em maio deste ano, a CNBB convidou as pessoas de boa vontade para um momento de oração pelo Brasil, a ser realizado em nossas comunidades, por ocasião do Corpus Christi. Soube que as Comissões Justiça e Paz de nossa rede se irmanaram à iniciativa de nossos bispos.

Amanhã, 20 de julho, em muitos lugares haverá manifestações em defesa dos direitos sociais, da democracia e pela justiça.

Convido-os a, quando possível, fortalecer esses atos, e, tendo em vista a nossa identidade eclesial, promover momentos de oração e reflexão, evidentemente aberta ao diálogo ecumênico e a diversidade religiosa.

Acredito que o roteiro proposto pela CNBB, que pode ser acessado pelo link http://cnbb.net.br/cnbb-estimula-uma-jornada-de-oracao-pelo-brasil-por-ocasiao-do-proximo-corpus-christi/, por ocasião de Corpus Christi, adaptado às novas circunstâncias, poderá ser útil.


Que nesse momento triste, marcado por injustiças e violências, seja para nós um tempo favorável de renovação da esperança, alimentando-nos do espírito das bem aventuranças!

Brasília, 19 de julho de 2017

Carlos Moura
Secretário Executivo
Comissão Brasileira Justiça e Paz, organismo da CNBB

A LINDA ATRIZ CAMILA QUEIROZ


Por Roberto Almeida
Paulista de Ribeirão Preto, Camila Queiroz está com 24 anos e é de família humilde. Sérgio, seu pai, é marceneiro; Eliane, a mãe é manicure.
Mas desde criança que a futura atriz sonha com as passarelas e apenas com 12 anos participou de um concurso de modelo, levada pela mãe, e ficou com o primeiro lugar.
A partir daí já começou a trabalhar e se tornou bem sucedida na profissão, tanto no Brasil, quanto no exterior, viajando ainda quando adolescente para países como os Estados Unidos, a França e o Japão.
Em 2015, estreou na televisão, interpretando uma garota de programa na novela “Verdades Secretas”, exibida pela TV Globo no horário das 23h.
Fez cenas ousadas que chamaram a atenção do público e contracenou com atores consagrados, como Rodrigo Lombardi, Marieta Severo e Drica Moraes.
Numa entrevista no programa do Faustão, quando a novela ainda estava no ar, confessou ser tímida e disse que esses artistas famosos a ajudaram muito a se tornar atriz.
Drica, que fez o papel de sua mãe na novela, deu um depoimento elogiando muito a jovem atriz (na época com 22 anos), considerando Camila “um doce de pessoa” e avaliando que a garota tem muito talento.
Ainda na Globo, Camila Queiroz interpretou a Mafalda de “Eta Mundo Bom”, um folhetim divertido criado para homenagear o comediante e cineasta Amácio Mazzaropi.
No momento, a atriz faz um par romântico com Mateus Solano na novela das 19h e talvez tenha chegado ao auge da beleza.
Embora bonita desde criança, até Verdades Secretas e Eta Mundo Bom ela ainda tinha um rosto um tanto infantil, uma ninfeta ou Lolita precisando amadurecer um pouco mais.
Em “Pega Pega”,  Camila embora jovem já tem jeito de mulher. Possivelmente está mais “carnuda”, pois nos primeiros papéis na TV ainda tinha o corpo de modelo, com pernas e coxas magras, como é exigido de quem está nas passarelas.

Camila tem mesmo talento, como disse sua colega Drica Moraes. Deve evoluir bastante como atriz nos próximo anos, mas desde já pode-se dizer que esta mocinha conquistou o Brasil, com sua timidez, o jeito meigo e um rosto realmente lindo.

TRIBUTO A BELCHIOR EMOCIONA 30 MIL PESSOAS

Ednardo do Pavão Misterioso
Bom público na Praça Mestre Dominguinhos

Por DANIELA BATISTA

A primeira noite de shows na Praça Mestre Dominguinhos abriu com chave de ouro o Palco Principal do 27º Festival de Inverno de Garanhuns. Debaixo de chuva fina, cerca de 30 mil pessoas acompanharam os shows, segundo a Polícia Militar. Belchior, um dos homenageados do FIG, foi o grande aclamado da noite e,  através de suas canções, foi interpretado pelos diversos artistas. Além disso, familiares dele ainda lembraram a importância da obra do artista e foram aplaudidos quando estiveram no palco.

A garanhuense Amanda Back foi a primeira a entrar e animou o público que ia chegando ao local. A cantora pernambucana teve seu contato com a música aos oito anos de idade, cantando com sua mãe em festas infantis. Em 2015, deu início à carreira solo e no ano passado lançou o seu primeiro primeiro CD, intitulado ‘Reflexos’. “Abrir o festival, para mim, foi uma surpresa. Eu estou muito feliz em anteceder no palco de hoje tantos artistas importantes”, contou Amanda. A cantora montou o repertório do show especialmente para o FIG, incluindo “Comentários à Respeito de John”, canção do cantor cearense.

Logo após, a banda recifense Mundo Livre S/A cantou músicas já conhecidas pelo público como “Ela é Indie”, “Meu Esquema” e “Melô das Musas”. A banda, formada em 1984, teve um dos papéis mais importantes na criação do Manguebeat, movimento criado na capital pernambucana entre as décadas de 80 e 90. Geraldo Azevedo foi o próximo a contagiar o público com músicas que emocionam gerações. “Dia Branco”, “Dona da Minha Cabeça” e “Táxi Lunar” fizeram parte do repertório. O cantor de Petrolina também cantou uma música de Belchior, à quem ele se referiu como amigo.

Mesmo no frio de 17ºC, os garanhuenses e turistas aguardaram pelo momento mais especial da noite, um tributo a um dos homenageados do FIG, o cantor cearense Belchior. Lira, Ângela Ro Ro, Tulipa Ruiz, Cida Moreira, Isaar, Fernando Catatau, Renata Arruda, Juvenil Silva, Gabi da Pele Preta e Ednardo - que foi parceiro de composições de Belchior - cantaram muitos clássicos do “rapaz latino americano”.

A abertura foi feita pelo cantor pernambucano, Lira, com a canção “Divina Comédia Humana”. “Hora do Almoço”, “Coração Selvagem”, “Paralelas”, “Medo de Avião” e outras diversas canções embalaram o público fã de Belchior. As irmãs, Sandra e Solange Ramos, se consideram admiradoras do artista homenageado desde que nasceram. “Belchior é fantástico e maravilhoso, não tem como não amar. Foi uma emoção muito grande quando soubemos que ele seria um dos homenageados do Festival porque ele está sendo reconhecido. Esse tributo foi indescritível, cada cantor colocou seu próprio jeito nas músicas”, explicou Solange, que ainda destacou que a performance da cantora Ângela Ro Ro a deixou sem palavras.


Neste sábado (22), as apresentações começam cedo no Palco de Cultura Popular Ariano Suassuna. A partir das 12h, o Reisado Garanhuns Cultural vai iniciar o polo localizado no Espaço Colunata. Em seguida, se apresentam Aria Social, Coco Miudinho da Xambá, Maracatu Nação Raízes de Pai Adão, Boi Milagroso do Engenho Trapuá, Grupo Xaxado Cabras de Lampião e Ciranda Bela Rosa. As performances seguem até às 18h. A programação completa está disponível no site: http://www.garanhuns.pe.gov.br/wp-content/uploads/2017/05/FIG-2017-programacao-.pdf
 A garanhuense Amanda Back
Familiares de Belchior

*Fotos: FH Studios 

RONALDO REAGAN, UM BANDIDÃO GRANDE, FEIO E ESTÚPIDO

Por Altamir Pinheiro

Ronald Wilson Reagan Nascido em ILLINOIS, no ano de 1911, escolheu inicialmente uma carreira na indústria cinematográfica, atuando em mais de 50 filmes. Em Hollywood, ele foi presidente do Screen Actor’s Guild (SAG- Sindicato dos atores), donde conheceu sua futura mulher, Nancy Reagan. Primeiro repórter, depois ator de cinema e, entre 1947 e 1952 e em 1959, presidente do sindicato de atores, Reagan entrou em 1962 na política como membro do Partido Republicano. De 1967 a 1974, foi governador do Estado da Califórnia e, em 1981, eleito presidente da maior potência mundial, pelo partido REPUBLICANO em substituição ao DEMOCRATA Jimmy Carter e, depois, reeleito em 1984.

Por suas convicções ideológicas e carreira política, Ronald Reagan se tornou um dos atores mais massacrados do cinema. Está certo que ele não podia ser considerado um ator de grandes recursos interpretativos, mas não era também o CANASTRÃO em que a crítica implacavelmente o transformou, tendo provado isso em “Em Cada Coração um Pecado”. Reagan, que tem poucos faroestes em sua filmografia, era um cowboy perfeito, muito bom de briga e excepcional cavaleiro montando nos faroestes O CAVALO ‘BABY TAR’, DE SUA PROPRIEDADE. Reagan poderia ter se tornado um Randolph Scott menor, caso tivesse feito mais westerns, pois estampa de cowboy não lhe faltava. E como BANDIDÃO o futuro presidente se deu melhor ainda, como se vê em “Os Assassinos”, de Don Siegel.

No filme faroeste “Com a Lei e a Ordem”, Reagan contracena com a exuberante atriz DOROTHY MALONE que tinha uma  inevitável atração com sua beleza e sensualidade extraordinárias, Dorothy Malone tem em “COM A LEI E A ORDEM” um dos papéis menos relevantes e discretos de sua carreira, não passando de mero e delicioso enfeite. Curiosamente Dorothy (Jeannie no filme) tem oportunidade de dizer a Frame Johnson (Ronald Reagan) que ele “É GRANDE, FEIO E ESTÚPIDO”. Outra grande  atração do filme é a trilha musical composta por um jovem maestro contratado pela Universal chamado HENRY MANCINI que em poucos anos escreveria algumas das mais memoráveis trilhas musicais do cinema.

Em 1928, Ronald se formou na Dixon High School, e lá, além de atleta, ele também era presidente do corpo estudantil e atuava nas peças escolares. Após estudar na Eureka College, em Illinois, como atleta bolsista, Reagan se formou em economia e sociologia. Lá, ele jogava futebol americano, corria em pistas, era capitão da equipe de natação e presidente do conselho estudantil, além de atuar nas produções da universidade. Depois de sua graduação, em 1932, ele começou a trabalhar como locutor de uma rádio esportiva em Iowa. Em 1937, Reagan assinou um contrato de 7 anos com a Warner Brothers. Ao longo das três décadas seguintes, ele apareceu em mais de 50 filmes. Entre seus papéis mais conhecidos, está o de George Gipp, jogador do time de futebol americano, na sua biografia “Criador de Campeões”. Outro papel famoso é o do filme “Em Cada Coração”, de 1942, no qual seu personagem tem as pernas amputadas.

Como Presidente dos Estados Unidos, Reagan implantou uma política conservadora, destinada a sanear a economia, baseada na redução dos impostos e dos juros elevados, tendo como contrapartida a diminuição dos benefícios sociais e um aumento do déficit público. Pretendia, desse modo, financiar as despesas de rearmamento (baseado sobretudo na construção de mísseis de médio alcance e na iniciativa de defesa estratégica). 

ANTICOMUNISTA  de  carteirinha, seguiu inicialmente uma política de confronto com os Estados do bloco comunista e com os regimes revolucionários do Terceiro Mundo, especialmente na América Central (por exemplo, a Nicarágua). Contudo, com as transformações incentivadas por Mikhail Gorbachov na União Soviética, tanto na política externa como na interna, Reagan tornou-se um firme defensor do fim do confronto entre os dois blocos. Os acordos para a eliminação do armamento nuclear de médio alcance na Europa (1987) e a reunião com Mikhail Gorbachov em 1988 foram passos fundamentais para a implantação de uma nova ordem na política mundial.

Um  dos fatos inusitado nos primeiros meses de seu governo  foi quando o presidente Reagan foi vítima de um atentado. Um homem dizendo querer chamar a atenção de Jodie Foster disparou uma série de tiros que acabaram acertando o presidente americano. Reagan tinha 70 anos e foi atingido pela bala na região do tórax. Ao chegar na mesa de cirurgia Reagan teria dito que esperava que todos os médicos fossem republicanos. Reagan ficou próximo da morte e sua saúde nunca mais foi a mesma depois desse incidente. O atentado fez com que Reagan ganhasse popularidade e que ele tivesse capital político para implementar a sua tão desejada queda de impostos.

Após deixar a Casa Branca, em janeiro de 1989, Reagan e sua mulher Nancy retornaram para Los Angeles. Em 1991, foi inaugurado em Simi Valley, na Califórnia, o Ronald Reagan Presidential Library. Em 1994, Reagan revelou à população americana que havia sido diagnosticado com Alzheimer. Quase uma década depois, em 5 de junho de 2004, ele faleceu em sua casa, em Los Angeles, aos 93 anos. Assista ao vídeo da reportagem da tentativa de assassinato do presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan. Dos 4 feridos apenas 2 sobreviveram que foram o presidente Ronald Reagan que veio a falecer em 2004 e James Brady que morreu em 2014. Os que morreram nesse atentado foram Tim McCarthy e Thomas Delahanty.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

FAMÍLIA JÁ FOI BUSCAR GARANHUENSE EM CACHOEIRINHA

Maria do Socorro Filho, que nos passou a informação do senhor que se encontra sem nenhum documento no CRAS de Cachoeirinha e informou morar em Garanhuns, nos avisou agora há pouco que a divulgação no blog e no Facebook fez com que a família do cidadão tomasse conhecimento do seu paradeiro e as providências estão sendo tomadas.

“A família já foi buscar. Obrigado Sr. Roberto por divulgar e pela credibilidade do seu blog”, escreveu Maria do Socorro.

Nós é que agradecemos à garanhuense por confiar no nosso trabalho e pela oportunidade de ajudar este senhor (infelizmente não sei ainda seu nome) e sua família.


É gratificante saber que essa história teve um final feliz.

MARCOS CARDOSO VOLTA A APRESENTAR O FESTIVAL

Marcos Cardoso está de volta ao palco da Praça Guadalajara, este ano, para apresentar a 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns.  Ele fará dupla com a atriz e apresentadora de TV Nínive Caldas, que tem atuação profissional no Recife.

Pelo que o blog apurou a dupla de apresentadores foi definida pelo secretário de Cultura do Estado, Marcelino Granja, juntamente com a diretoria da Fundarpe.

Marcos, que comanda o programa “Manhã Total”, na Rádio Marano, já apresentou algumas edições do FIG nos últimos anos da década de 90 e também em 2008.

Quem mais subiu ao palco da Praça Mestre Dominguinhos (antiga Guadalajara) foi o publicitário Marcelo Jorge, que tem muito estilo como apresentador e é um pouco (ou muito) a cara do Festival.

Depois de estar presente no evento por mais de 20 edições, Marcelo optou por dar vez a outros profissionais.

Nos últimos anos, os radialistas Eduardo Peixoto (Rádio Jornal) e Samara Pontes (87 FM), foram os apresentadores.


Além de radialista bem sucedido, Marcos Cardoso é mestre de cerimônias e ao lado de Nínive deve cumprir bem o seu papel de chamar ao palco os artistas que vão se apresentar no principal polo do Festival de Inverno.

O FIG foi aberto ontem à noite, no Centro Cultural, e hoje movimenta a Praça Mestre Dominguinhos com shows em que artistas renomados, como Ednardo, Geraldo Azevedo e Ângela Ro Ro, vão fazer um tributo ao compositor e cantor Belchior, que morreu em abril passado.

Serão 10 dias de evento, com apresentações artísticas e culturais na Mestre Dominguinhos, Largo do Colunata (cultura popular), Catedral de Santo Antônio (música erudita), Pau Pombo (som instrumental) e Parque Euclides Dourado (pop e forró), além de oficinas, circo, literatura (praça da palavra) e muito mais.

*Nas fotos Marcos Cardoso e Nínive Caldas.

IDOSO DE GARANHUNS ESTÁ NO CRAS DE CACHOEIRINHA

Esse Senhor encontra-se no CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) da cidade de Cachoeirinha, sem nenhuma documentação.
O mesmo relata que seu nome é CELSO, que tem dois filhos: Zé e Dra. Débora. Ele diz que reside em Garanhuns, na Rua da Areia, e que sua esposa se chama Severina.
Pedimos encarecidamente, se alguém tiver alguma informação que nos leve até seus familiares, favor entrar em contato pelo Facebook da TV Replay, ou pelo telefone: (81) 3742-1156 (Prefeitura Municipal de Cachoeirinha) e pedir para passar para o CRAS.

(Texto enviado por e-mail há meia hora por Maria do Socorro Silva).

PERNAMBUCO É UM CENÁRIO DE INCERTEZAS

Do jornalista Magno Martins:

Faltando um ano e três meses para as eleições, em Pernambuco só existe uma certeza: a candidatura do governador Paulo Câmara (PSB) à reeleição. No campo da oposição, o cenário depende ainda de negociações para definições de candidaturas. Pré-candidato em potencial a governador, o senador Armando Monteiro (PTB) começou a entrar no jogo, mas seu projeto está vinculado ainda ao formato da sua aliança.
Ele deseja criar um novo arco de forças aglutinando lideranças e partidos que estão se desgarrando da base de sustentação de Câmara, como o PSDB, o DEM e o grupo dissidente do PSB, liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho, com quem teve uma conversa, anteontem, em Petrolina. Fácil? Longe de se traduzir nisso, até porque os interlocutores não falam um português claro.
Fernando Bezerra, por exemplo, joga com uma candidatura própria, a do filho, o ministro Fernando Coelho, mas não será surpresa se aceitar a vaga de vice, para o próprio filho, na chapa de Paulo Câmara. Sua própria candidatura a governador está praticamente descartada por causa das denúncias envolvendo seu nome na operação Lava Jato.
Já o PSDB tem como interlocutor o ministro de Cidades, Bruno Araújo, que também não sabe para que lado o rio corra, ou seja, não é oposição de fato ao projeto de reeleição de Câmara nem tem a certeza de que Armando consiga agregar forças de centro-direita para montar uma chapa competitiva. Bruno quer ser senador, mas devido à falta de clareamento do quadro nacional, não enxerga se o caminho mais próximo seria abraçar-se ao PSB ou a Armando.
O DEM, por fim, sonha em ter Mendonça Filho disputando o Governo do Estado, mas o partido está isolado, só elegeu um prefeito e Priscila Krause, a estrela da legenda para fisgar o voto urbano concentrado no Recife e Região Metropolitana, não teve desempenho satisfatório na disputa pela Prefeitura da capital, em 2016. Armando gostaria de atrair Mendonça para à disputa ao Senado, mas a cabeça do ministro da Educação se move em direção ao Palácio das Princesas. Não dando certo, a reeleição de deputado federal, para ele, seria mais confortável.
Desgarrado do PT, com quem se aliou em 2014 e 2016, Armando dá margem para o partido construir voo solo numa majoritária. Este é o cenário mais provável para os petistas, que já têm uma candidata na cabeça: a vereadora Marília Arraes, líder da oposição na Câmara do Recife. Ex-PSB, brigada com a família Arraes e com o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, Marília só tem a lucrar entrando na disputa e por cima ainda contribui para o partido recuperar espaço na Câmara dos Deputados, com as candidaturas de João Paulo e Humberto Costa, os mais competitivos.

Além desses fatores locais, os nacionais se sobrepõem. A crise está no seu ápice, não se sabe se o presidente Michel Temer terá gorduras suficientes para queimar por mais tempo. As alianças dependerão, igualmente, de um projeto de reforma política, que tende a não andar por falta de tempo. O que se diz em Brasília é que se houver alguma mudança nas regrais atuais seriam o fim das coligações, a exigência da cláusula de barreira e a criação do fundo de financiamento eleitoral. Outra expectativa diz respeito ao distritão, que fragiliza os partidos e a acaba as coligações, estabelecendo como regra a eleição dos proporcionais mais votados.

NOGUEIRA BUSCA RECURSOS JUNTO AO GOVERNO

Expedito Nogueira (PP), prefeito de Calçado, esteve no Recife esta semana, acompanhado do  deputado estadual Claudiano Filho e do vice-prefeito Cal de Manezinho, tendo sido recebido pelo secretário da Casa Civil do Governo do Estado,  Antônio Figueira.

Nogueira foi à capital com o objetivo de obter recursos para diversas áreas do município que precisam dos serviços da prefeitura.

As verbas que forem disponibilizadas pelo governo serão utilizadas na recuperação de estradas, ampliação do Sistema Simplificado de Água e no Festival da Lavoura, evento tradicional do município de Calçado.

Esta semana também o prefeito visitou o povoado Riacho Dantas para vistoriar as obras de encanamento do Sistema Simplificado de Água, que irá atender 112 famílias daquela localidade.


Depois, Expedito Nogueira foi até o sítio Várzea do Gado,  na companhia do vereador Zé Mayke,  verificar os trabalhos de recuperação das estradas.

CASA DO ARTESÃO TEM 500 TRABALHOS DE ARTISTAS LOCAIS

A Casa do Artesão está se preparando para receber um grande público durante a 27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns, que começou oficialmente nesta quinta-feira (20).

Mais de 500 artigos de venda estão sendo expostos no local, confeccionados por cerca de 30 artistas que participam da Associação da Casa do Artesão. Almofadas, bolsas, esculturas, blusas, cachecóis, canecas e outros tipos de artesanatos são vendidos no local.

Segundo a vice-presidente da Casa, Maria José Alencar, a expectativa é que as vendas aumentem cerca de 30% em relação ao primeiro trimestre do ano. As peças variam de R$ 0,50 à R$ 200,00 e são produzidas com os mais diversos materiais, como palha de milho, papel machê, fios de cobre, filtro de café, madeira, barro, materiais recicláveis e outros tipos de matéria-prima.


Este ano, 30 peças do artesão garanhuense Mestre Fida, que expôs na Fenearte 2017, estão sendo expostas. O artista Genival Rufino também está apresentando peças, entre elas o “Dragão”, produzida com couro e material reciclado. Durante o FIG, o espaço estará aberto das 9h às 17h. A casa está localizada na Rua Treze de Maio, no bairro Santo Antônio. (Texto e foto: Daniela Batista).

FESTIVAL TEM BONS NOMES HOJE NO PALCO PRINCIPAL

Renata Arruda canta hoje na 
Praça Mestre Dominguinhos

Depois da boa abertura no Centro Cultural, o Festival de Inverno prossegue nesta sexta-feira, dia 21, com os shows do palco principal do evento, na Praça Mestre Dominguinhos.

a partir das 20h começa a apresentação da cantora Amanda Back. Em seguida, às 21h, tem show da banda de rock Mundo Livre S/A.

Às 22h30 é a vez do show do petrolinense Geraldo Azevedo, com seus grandes sucessos, como “Moça Bonita” e “Dia Branco.

Encerrando a programação da sexta, a partir da meia noite haverá um tributo a Belchior, com a participação de Ednardo, Angela Ro Ro, Lira, Cida Moreira, Tulipa Ruiz, Isaar, Fernando Catatau, Juvenil Silva, Renata Arruda e Gabi da Pele Preta.


É um time de artistas de primeira, que farão jus ao que Belchior representou na música popular brasileira.

FILHOS DE BELCHIOR PARTICIPAM DAS HOMENAGENS AO PAI NA ABERTURA DO 27º FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS

O prefeito Izaías Régis e os filhos de Belchior

A  27ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) foi oficialmente aberto ontem à noite, com boa presença de público.

A abertura foi realizada no Teatro Luiz Souto Dourado, localizado no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, espaço que recentemente foi recuperado pelo Governo Municipal de Garanhuns. 

O momento contou com a presença de autoridades e também foi prestigiado por turistas e garanhuenses, apresentando logo na primeira oportunidade a pluralidade cultural que é característica do Festival. 

Este ano, o FIG homenageia o cantor e compositor cearense Belchior, falecido no mês de abril. Além do escritor Ariano Suassuna, que agora dá nome ao Palco da Cultura Popular, em alusão ao seu 90° aniversário. Já a Praça da Palavra vai lembrar o centenário de Hermilo Borba Filho, também adotando o nome do escritor e jornalista.

Dando início à solenidade subiram ao palco do teatro o prefeito de Garanhuns, Izaías Régis; a presidente da Fundarpe, Marcia Souto; o secretário de Cultura de Pernambuco, Marcelino Granja; o reitor da Universidade de Pernambuco, Pedro Falcão e o deputado estadual Valdemar Borges (PCdoB). 

Em seu pronunciamento, Izaías ressaltou a importância da participação de artistas de Garanhuns dentro da programação. "Desejo que todos sejam bem-vindos a este grande evento. Costumo dizer que este é um dos grandes festivais multiculturais da América Latina. Aqui tem cultura para todos os gostos, somada à tradição e à história do que há de melhor em Garanhuns. Tenho muito orgulho dos artistas daqui que vão se apresentar, que também são responsáveis pela grandeza do evento; em conjunto com os grandes nomes da cultura popular brasileira que recebemos", afirmou o prefeito.


Logo após, uma nova homenagem aconteceu com a entrega da placa do FIG aos filhos do cantor cearense, Camila e Mikael Belchior. 


O início do grande circuito de shows musicais foi com a apresentação da cantora pernambucana Isadora Melo, que lançou em 2014 seu primeiro disco, intitulado "Vestuário". Além de canções autorais, a artista teve as participações de Maurício Tizumba, Lui Coimbra e Mona Gadelha, com homenagens ao cearense, como na canção "Galos, noites e quintais". Outras participações foram o músico Juliano Holanda; o bandolinista Rafael Marques; o baixista Rogê Victor; o acordeonista garanhuense Julio Cesar e um dos instrumentistas mais reverenciados da música brasileira, o violoncelista e arranjador carioca Jaques Morelenbaum.

O gerente do Instituto Nacional do Seguro Social em Garanhuns, Francisco Alencar esteve acompanhado da esposa Analice Alencar e afirmou ser um espectador assíduo do evento. "Há 17 anos a gente sempre gera uma expectativa sobre as atrações que vêm. E esse Festival para mim é um dos melhores, já que a programação está muito cultural. São talentos que precisam dessa integração que acontece aqui", declarou.


O mesmo teatro onde ocorreu o show torna-se também, a partir do próximo domingo (23), o espaço destinado às artes cênicas do evento, recebendo grupos de todo o país em uma programação diversificada.



(Texto: Aquille Soares. Fotos: Camila Queiroz).

DANNILO GODOY SE REÚNE COM O GOVERNADOR

Nesta quinta-feira (20), o prefeito Dannilo Godoy (PSB) esteve em Recife e teve reuniões com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), secretários estaduais e com o Deputado Federal Danilo Cabral.

No encontro, Dannilo Godoy tratou com o governador sobre novos investimentos para Bom Conselho, como novas pavimentações e sobre obras que estão próximas de serem retomadas, a exemplo da Escola Técnica e a estrada de Rainha Isabel.

Outra importante obra que está em fase de conclusão é o Matadouro Público Regional, que está sendo construído na região do cinturão verde, zona rural de Bom Conselho. O deputado federal Danilo Cabral (PSB) acompanhou o prefeito nas reuniões, dando um grande apoio nas solicitações que trarão grandes melhorias para o município.


“Não medimos esforços para deixar a nossa cidade cada dia melhor. A reunião que tivemos com o Governador e com o nosso amigo, o Deputado Danilo Cabral foi muito proveitosa e logo as obras do estado que estão paralisadas em Bom Conselho serão retomadas. Também solicitamos novos investimentos”, declarou o prefeito Dannilo Godoy.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

GARANHUNS ESTÁ NO CLIMA DO FESTIVAL DE INVERNO

Garanhuns já está no clima do Festival. Chove desde a madrugada sem parar, o frio aumenta e as ruas do centro já apresentam um movimento acima do normal.

Quem foi no comércio hoje à tarde e entrou na Estação Doçura, Pastello ou Chocolate Sete Colinas, deve ter percebido que os estabelecimentos estavam com bom movimento e quase todas as pessoas fazendo um lanche eram de outras cidades.

A ocupação nos chalés do Sesc é de 100%, outros hotéis estão com 80% dos leitos reservados e alguns poucos ainda têm bastante vagas.

A procura deve aumentar a partir a partir de hoje e amanhã, pela divulgação nos blogs, redes sociais, rádios e emissoras de TV.

A TV Asa Branca, de Caruaru, mandou mais de uma equipe para fazer a cobertura do evento.

O Festival de Inverno será aberto daqui a pouco, no Centro Cultural, com as presenças do prefeito do município, Izaías Régis, e do governador do Estado, Paulo Câmara.

A cantora pernambucana Isadora Melo será a primeira a se apresentar, numa noite que conta ainda com a cearense Mona Gadelha. Prestem atenção neste nome: é grande compositora, excelente intérprete e tem tudo para agradar.

Como escrevemos no início, Garanhuns está no clima do Festival. Está chovendo, fazendo frio e quem tiver coragem de deixar os cobertores pode começar a se divertir e tomar um banho de cultura.


A foto que ilustra o post é do Adriano Tenório. Estava estiado quando foi tirada, mas a Praça Tavares Correia está linda, especialmente decorada para mais um FIG.