JOÃO GUIDO SE AFASTA DE RODOLFO E VAI COORDENAR CAMPANHA DO PL

O engenheiro João Guido, que foi secretário municipal em Garanhuns, nas gestões de Silvino Duarte, se afastou do deputado federal Fernando Rodolfo (PL), mantém sua candidatura à Assembleia Legislativa, mas a dobradinha será com André Ferreira, também do Partido Liberal.

João explicou que foi convidado para o PL por Rodolfo, que no final de maio passado lançou sua candidatura a deputado estadual. O fato foi amplamente noticiado na imprensa local e também em Caruaru.

Segundo o engenheiro, o deputado federal garantiu que ele (João) teria amplo apoio para sua campanha, com material de campanha, despesas com o marketing, comitê e verba do fundo partidário.

Nos meses seguintes ao lançamento da candidatura, Guido esperou que as promessas fossem cumpridas, mas nada aconteceu. Então o parlamentar e o então pré-candidato à Assembleia tiveram uma conversa, quando a dobradinha para a eleição foi desfeita.

"Ele me disse que tinha pesquisa dando 70% para Lula em Garanhuns e 30% pra Bolsonaro. Por isso queria se desvincular da imagem do presidente", informou João Guido. De acordo com o ex-secretário, nesse momento Rodolfo o liberou para fazer campanha dobrando com outro candidato e assumindo a bandeira do PL.

O engenheiro chegou a pensar em retirar sua candidatura, porém quando foi ao Recife, conversar com o deputado André Ferreira foi estimulado a continuar com o projeto. O parlamentar federal, que é irmão do candidato a governador do partido, não somente assumiu o compromisso de dar a estrutura mínima de campanha como lhe entregou a coordenação do projeto do Partido Liberal em Garanhuns e no Agreste Meridional.

Assim, João é candidato a deputado estadual e irá coordenar a campanha de Anderson Ferreira em 22 municípios do Agreste Meridional. Embora tenha evitado se estender sobre o deputado, ele admitiu ter ficado decepcionado com as atitudes dele.

Depois de tudo isso, deputados do PL com mandato ainda tentaram fazer com que o engenheiro retirasse sua candidatura, parlamentares de outros partidos fizeram ofertas mirabolantes para dobrar com ele em Garanhuns, contudo ele se manteve firme porque já assumiu compromisso com André Ferreira.

João não é o primeiro a se decepcionar com Fernando Rodolfo. Isso também aconteceu com o Coronel Campos, Alfredo Gois, Charles Gomes e principalmente Zé da Luz.

O ex-prefeito de Caetés apoiou o deputado do PL na campanha passada e contribuiu bastante com a campanha no município em que governou, em Garanhuns e outras cidades.

Zé da Luz, que readquire seus direitos políticos no mesmo mês da eleição, é candidato a deputado federal e também não esconde o seu desapontamento com Fernando Rodolfo.

Na conversa com o ex-secretário municipal, perguntamos como o deputado federal conseguirá se desvincular de Bolsonaro. "Ele vai tentar passar a imagem que está com Lula através de Zaqueu, que já revelou seu voto no petista", informou João.

O engenheiro, que irá assumir todas as candidaturas do seu partido em Garanhuns e região, já disputou uma eleição para deputado federal, 12 anos atrás, tendo conquistado somente na Suíça Pernambucana mais de 8 mil votos.

3 comentários:

  1. PAULO CAMELO: É uma discussão entre representantes da burguesia, a qual não deve sequer ser citada, uma vez que não interessa aos nossos conterrâneos. Em tempo lhes informo que sempre voto nos progressistas e na esquerda. Deste modo a chapa será formada por: Fernando Ferro (Dep. Fed pelo PT) + Pedro Falcão (Dep. Est pelo PCdoB) + Eugênia (Senadora pelo PSOL) + João Arnaldo (Governador pelo PSOL) + Lula (Presidente pelo PT). Também não voto na Centro Direita, a exemplo de Marília Arraes (Governadora pelo Solidariedade). Ok, Moçada!

    ResponderExcluir
  2. André Ferreira, o puxador de voto do PL, também será apoiado pelo deputado estadual Álvaro Porto. André, haverá de bater de frente com Maria Arraes (lrmã de Marília), e os dois têm tudo para desbancar e ultrapassar a casa dos 200 mil votos.

    P.S1.: - O evangélico André Ferreira (irmão do candidato a governador Anderson Ferreira) será o PORTO SEGURO do garanhuense Fernando Rodolfo. Em 2018, Rodolfo teve 50 mil votos e se elegeu. Este ano se tiver 40 mil se elege com uma certa facilidado em razão da avalanche de votos que terá André Ferreira e com certeza irá puxá-lo em razão da forte coligação do PL.

    P.S2.: - Na eleição passada, Fernando Rodolfo obteve 11 mil votos em sua terra natal. A perspectiva que temos pelo bom trabalho que ele fez em 4 anos é que ele atinja 15 mil votos somente em Garanhuns e, quiçá, chegue ao montante de 20 mil!!!

    P.S3.: - Por ter sido um baluarte nos PRECATÓRIOS DO FUNDEF, o deputado garanhuense vai ser muito bem votado em todo o Estado pelo professorado pernambucano. A expectativa é de Fernando Rodolfo atingir ou chegar ao placar de 80 mil votos.

    ResponderExcluir
  3. 0 Deputado Federal Fernando Rodolfo precisa se aproximar do professorado em todo estado de forma inteligente que les deve esse favor de ter lutado incansavelmente em prol dos precatórios dos professores,projeto esse vetado pelo presidente Bolsonaro e depois os deputados federais derrubaram o VETO dele e no final ter farrapado mais uma vez.Entretanto,o mérito do Fernando Rodolfo tem sido comentado com alguns colegas de Profissão. PROFESSOR ZECA BARBOSA -LAGOA DO OURO-PE..Em, 20 de agosto de 2022.

    ResponderExcluir

SUBSÍDIO PARA COMPRA DE CASA

SUBSÍDIO PARA COMPRA DE CASA
FINANCIAMENTO PARA CASA PRÓPRIA