Colégio Diocesano de Garanhuns

Colégio Diocesano de Garanhuns
Colégio Diocesano de Garanhuns

Governo de Pernambuco

Governo de Pernambuco
Governo de Pernambuco

PREFEITURA DE GARANHUNS PROMOVE DEMISSÃO EM MASSA E GERA ANGÚSTIA ENTRE SERVIDORES

Durante toda esta quarta-feira, dia 18, recebemos informações de demissões em massa na prefeitura de Garanhuns. Até um neto do ex-prefeito Amílcar da Mota Valença, que trabalhava no Centro de Zoonose, foi atingido pelos cortes, segundo nos informaram.

Uma servidora contratada, angustiada, nos enviou o seguinte relato, que transcrevemos tal qual ela escreveu:

Está acontecendo demissão em massa na prefeitura de Garanhuns.

O prefeito Izaías Régis não deixou nem terminar dezembro, nem passar o natal, demitiu todos os contratados em 30/11

De todas as secretarias, sem direito a décimo ou férias. Disse que não vai pagar o mês dezembro a nenhum contratado.  

Alguns já foram dispensados desde segunda, incluindo motoristas, pessoal da saúde e administração ontem e hoje

Ele não deu nem a chance de estarmos nos setores durante a transição, porque com a nova gestão talvez alguns de nós fôssemos aproveitados.

Durante uma pandemia, numa crise dessas, isso é desumano.

A gente já sabia mesmo Silvino ganhando só ficaríamos até dia 31/12,  mas pelo menos passaríamos as festas de fim de ano com dinheiro para alimentar nossa família.

Fomos pegos de surpresa e não temos a quem recorrer

Hoje os motoristas foram trabalhar e foram mandados de volta pra casa, nas demais secretarias apenas nos mandaram ir pra casa, poucas continuam com o efetivo trabalhando, mas já sabendo que só será até dia 30/11

Com a suspensão dos serviços foi descontado 30% dos nossos salários por cinco meses mesmo que gente trabalhando em home Office;

E agora não vai pagar nem décimo nem férias, dos anos anteriores também não foi pago alegavam que iríamos receber quando encerrassem os contratos, agora temos de apelar para nova gestão.

5 comentários:

  1. Iludidos quem esperava atitude honrosa desse gestor pós derrota eleitoral do sei candidato,sua vaidade e prepotência falam por si só.será que já demitiu os assessores diretos dos cafezinhos ????

    ResponderExcluir
  2. Por isso que é importante a estabilidade no serviço público, só assim se evitará a compra de votos, os esquemas de corrupção e a perseguição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Erra quem pensa que concursos não são uma forma de isonomia. O servidor fica livre dessas canalhices.

      Excluir