SECRETARIA DE SAÚDE DO ESTADO

LÍDER DO PSB DIVULGA NOTA DE DEFESA DA DEMOCRACIA


Ministros do STF, lideranças da oposição, como os ex-presidentes Lula e Dilma,  deputados do Centrão, presidente da OAB, além de outros representantes da Sociedade Civil, criticaram o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro, que divulgou um vídeo de apoio a um ato contra o Congresso Nacional.

Atitude foi entendida como uma ameaça a democracia, como se o presidente estivesse preparando um golpe para instalar uma ditadura no Brasil.

Líder do PSB na Câmara Federal, o pernambucano Tadeu Alencar divulgou a seguinte nota oficial:

É extremamente grave a atitude do presidente da República ao compartilhar, em rede social, uma mensagem de grupos extremistas que pregam - em manifesta afronta à Constituição -  o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal. Ao se permitir tamanho ataque à Democracia, que não prescinde do funcionamento independente e harmônico dos Poderes, o Presidente Bolsonaro demonstra um desprezo pelas instituições que não pode passar em vão. É necessário enérgica resposta do parlamento, da Suprema Corte mas, em especial, da sociedade, que há muito tem minimizado os arroubos autoritários de quem jurou, mas esqueceu rápido, defender a ordem democrática. Se claudica nesse dever fundamental deve ser chamado à responsabilidade. O Presidente brinca com fogo; os democratas de todos os colores não devemos permiti-lo, sob pena de grave omissão histórica.

Brasília, 26 de fevereiro de 2020

*Foto: Diário de Pernambuco


2 comentários: