quinta-feira, 21 de novembro de 2019

PREFEITO DEVE DECRETAR INTERVENÇÃO NA AESGA


O prefeito Izaías Régis (PTB) deve intervir na Autarquia Municipal de Ensino, AESGA, segundo informou ao blog o padre José Emerson, um dos professores do curso de direito da instituição de ensino superior.

Há pouco tempo, numa reunião com o corpo docente, a presidente da Autarquia, Suianne Rodrigues, admitiu que a Autarquia passava por dificuldades financeiras.

A partir de então, cortes começaram a ser feitos, atingindo inclusive os professores, que reagiram. Um ato de protesto chegou a ser feito dentro da AESGA.

Esta semana, o prefeito se reuniu com os professores,  quando admitiu a intervenção.

Primeiro passo já foi dado pelo gestor. Um edital foi publicado com o Chefe do Executivo determinando que fosse feita uma auditoria na Autarquia.

A AESGA cresceu na administração da professora Eliane Simões, quando foram criados cursos de direito e engenharia, atraindo expressivo número de estudantes de Garanhuns, cidades da região e até de outros estados.

Com a saída de Eliane, considerada boa gestora e de muita habilidade política, assumiu a presidência da Autarquia a professora Giane Lira. Esta ficou pouco tempo. Teve problemas de saúde e pediu afastamento, sendo substituída por Suianne.

Nas mãos desta última a “bomba” estourou. Os problemas vieram à tona, a Aesga “quebrou”, segundo opinião de alguns professores e tudo indica que não há outra saída senão a intervenção, anunciada pelo prefeito no encontro com os que lecionam na AESGA.

Um comentário:

  1. Vale salientar que o movimento é composto de alunos e professores. A informação que foi passada tanto na entrevista cedida quanto a qualquer pessoa que questione acerca do que vem ocorrendo, é que os alunos também fazem parte dessa busca por melhorias na instituição. Saliento ainda que na reunião que aconteceu com o prefeito, os alunos tiveram representação a partir dos representantes de sala que expuseram as indignações, reiteraram a fala dos professores e exigiram a tomada de providências. Seria de bom grado observar a participação dos estudantes, tendo em vista que a participação também compete a nós.

    ResponderExcluir