SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 29 de junho de 2019

FISCAL DO POVO DENUNCIA QUE ESCOLA DO DISTRITO DE SÃO PEDRO ESTÁ SEM TELHADO HÁ SEIS MESES


Gênio Ventura, o “Fiscal do Povo”, critica os gastos com a festa de São Pedro, no distrito do mesmo nome, quando no povoado existe uma escola com mais de seis meses sem telhado e as crianças, na hora do recreio, ficam totalmente expostas ao sol ou a chuva.

“Se esses políticos tivessem  vergonha  na cara e dessem prioridade ao que deve ser cuidado  no distrito, a escola seria mais importante do que a festa”, comentou Gênio.

Segundo ele, na região de São Pedro e em outros locais de Garanhuns  existem muitas escolas rurais  abandonadas e de portas fechadas há muito tempo.

Essa situação também foi denunciada nas redes sociais, principalmente nos grupos de WhatsApp de Garanhuns.

2 comentários:

  1. Não é só em escolas rurais,nas urbanas também. No entanto, os ilustres vereadores do munícipio só se ocupam em reconhecer publicamente pessoas ou entidades que contribuíram com a cidade por meio de seus trabalhos ou ações, que também é uma obrigação da Câmara Municipal e uma das atribuições legais dos vereadores. E as outras como estão? Fiscalizar e cobrar ações do governo. – Verificar se os recursos do município estão sendo devidamente aplicados pela prefeitura para a promoção do bem-estar da população. – Elaborar projetos de leis municipais para serem aprovadas na Assembleia Legislativa, etc.

    ResponderExcluir
  2. Não é só em escolas rurais,nas urbanas também. No entanto, os ilustres vereadores do munícipio só se ocupam em reconhecer publicamente pessoas ou entidades que contribuíram com a cidade por meio de seus trabalhos ou ações, que também é uma obrigação da Câmara Municipal e uma das atribuições legais dos vereadores. E as outras como estão? Fiscalizar e cobrar ações do governo. – Verificar se os recursos do município estão sendo devidamente aplicados pela prefeitura para a promoção do bem-estar da população. – Elaborar projetos de leis municipais para serem aprovadas na Assembleia Legislativa, etc.

    ResponderExcluir