SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

ALEPE

ALEPE
ALEPE

quinta-feira, 31 de maio de 2018

NOTA DA CNBB SOBRE O MOMENTO NACIONAL



Jesus entrou e pôs-se no meio deles e disse: A paz esteja convosco”(Jo 20,19)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, solidária com os caminhoneiros, trabalhadores e trabalhadoras, em manifestações em todo território nacional, e preocupada com as duras consequências que sempre recaem sobre os mais pobres, conclama toda a sociedade para o diálogo e para a não violência. Reconhecemos a importância da profissão e da atividade dos caminhoneiros.

A crise é grave e pede soluções justas. Contudo, “qualquer solução que atenda à lógica do mercado e aos interesses partidários antes que às necessidades do povo, especialmente dos mais pobres, nega a ética e se desvia do caminho da justiça” (CNBB, 10/03/2016). Nenhuma solução que se utilize da violência ou prejudique a democracia pode ser admitida como saída para a crise.

Não é justo submeter o Estado ao mercado. Quando é o mercado que governa, o Estado torna-se fraco e acaba submetido a uma perversa lógica financista. “O dinheiro é para servir e não para governar” (Papa Francisco, Evangelii Gaudium, 58). 

É necessário cultivar o diálogo que exige humilde escuta recíproca e decidido respeito ao Estado democrático de direito, para o atendimento, na justa medida, das reivindicações.

As eleições se aproximam. É preciso assegurar que sejam realizadas de acordo com os princípios democráticos e éticos, para restabelecer nossa confiança e nossa esperança. Propostas que desrespeitam a liberdade e o estado de direito não conduzem ao bem comum, mas à violência.

Celebramos a Solenidade do Corpus Christi, fonte de unidade e de paz. Quem participa da Eucaristia não pode deixar de ser artífice da unidade e da paz. O Pão da unidade nos cure da ambição de prevalecer sobre os outros, da ganância de entesourar para nós mesmos, de fomentar discórdias e disseminar críticas; que desperte a alegria de nos amarmos sem rivalidades, nem invejas, nem murmurações maldizentes (cf. Papa Francisco, Festa do Corpus Christi, 2017). O Pão da Vida nos motive a cultivar o perdão, a desenvolver a capacidade de diálogo e nos anime a imitar Jesus Cristo, que veio para servir, não para ser servido.

Conclamamos, por fim, todos à oração e ao compromisso na busca de um Brasil solidário, pacífico, justo e fraterno. A paz é um dom de Deus, mas é também fruto de nosso trabalho.
Nossa Senhora Aparecida interceda por todos!
Cardeal Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília (DF)
Presidente da CNBB
Dom Murilo S. R. Krieger, SCJ
Arcebispo de São Salvador (BA)
Vice-Presidente da CNBB 
 
Dom Leonardo Ulrich Steiner, OFM
Bispo Auxiliar de Brasília (DF)
Secretário-Geral da CNBB

2 comentários:


  1. Qualquer democrata de verdade sabe muito bem que, a Petrobras, para o PT, é MONOPÓLIO DO CRIME. Violento ou não!!! Isso é óbvio e ululante... TALVEZ A SANTÍSSIMA IGREJA CATÓLICA DO BRASIL NÃO SAIBA DISSO!!! Daí, pergunta-se: quem ganhou e quem perdeu com essa greve criminosa dos fanáticos NÃO católicos bolsonaristas e lulopetistas, quem?!?!?! Na verdade, o ex-vice da Dilma escolhido por Lula, MICHEL TEMER, arrombou-se em bandas!!! Tomou na tarraqueta!!!

    Agora, se houve um ganhador foi o duro, porém, prudente que sempre rezou(mesmo sem Bíblia) nas sagradas escrituras da prudência foi o pernambucano RAUL JUNGMANN. Este sim, saiu-se vitorioso e com todos os méritos!!! Ele foi de longe a voz mais sóbria em meio ao caos instalado. Agiu com sobriedade e transparência nas coletivas de imprensa. Conforme anunciou em primeira mão o Jornal Gazeta do Povo de Curitiba, a respeito do brilhante pernambucano.
    Quem acompanhou o desenrolar desta greve criminosa distinguiu muito bem que o JUNGMANN Foi o primeiro a falar sobre a suspeita de LOCAUTE no movimento, quando empregadores safados e gananciosos patrões fazem greve, o que é proibido por lei. Destacou a Gloriosa Polícia Federal para investigar empresários e incentivou a atuação das Forças Armadas nos comboios para transportar medicamentos e outros produtos essenciais. E ainda acompanhou de perto as ações da Polícia Rodoviária Federal a desobstrução de estradas e nas negociações com os motoristas em greve.

    Internamente, Jungmann saiu mais forte desse episódio, principalmente após o fracasso do setor de inteligência do governo, subordinado ao Gabinete de Segurança Institucional, do general Sergio Etchegoyen(General Chá de Chuchu), que foi incapaz de prever a crise. Então, em nome da arcebisparada a nossa santa bênção ao pernambucano RAUL JUNGMANN!!!

    P.S.: - OUTROS QUE SE SAÍRAM MUITO BEM PERTENCEM AO PSB: O GOVERNADOR DE SÃO PAULO, O INSOSSO MÁRCIO FRANÇA, QUE FOI O PRIMEIRO CHEFE DE EXECUTIVO ESTADUAL A ASSUMIR SUA RESPONSABILIDADE NA TENTATIVA DE ENCONTRAR UMA SOLUÇÃO E PAULO CÂMARA LENTA, O GOVERNADOR DA INSEGURANÇA, OUTRO DE PERNAMBUCO QUE SE SAIU, DIGA-SE DE PASSAGEM, MUITO BEM!!!

    ResponderExcluir
  2. O pai ou mãe de família que já percebeu que atire a primeira pedra: depois que sacudiram o Lula na cadeia, aumentou o BULLYING nas escolas?!?!?! Será que nas universidades católicas do Brasil inteiro, na Pontifícia Universidade Católica ou PUC, em Colégios de Freiras(todos eles sendo dirigidos por reitores bispos, padres ou madre superiora) está havendo DOUTRINAÇÃO?!?!?! Ou seja, compartilhamento de valores, crenças, ideais e disciplina, tidos como princípios que devem ser seguidos pelos respectivos alunos, como também atitudes agressivas, verbais ou físicas, intencionais e repetitivas aos seus concernentes frequentadores, principalmente os adolescentes...

    POIS BEM!!! Já há estudos ou pesquisas que, educadores independentes constataram que, depois da prisão da “ALMA MAIS HONESTA DESSE MUNDO”, o ativismo político dos professores petralhas da estrelinha e os inúteis “incarnados” da foice e do martelo e assemelhados dentro das escolas e universidades recrudesceu. Quer dizer, intensificou-se, aumentou!!! A coisa vai muito além da criação de curso universitários sobre “o golpe de 2016”. Sob o pretexto de defender direitos salariais dos docentes, eles intensificaram a doutrinação nas salas de aula e mesmo em atividades extra-curriculares. ATENTAI BEM!!! As madraças, como ociosidade e preguiça da esquerda não podem parar de lavar os cérebros das crianças e jovens, sob pena dos seus partidos deixarem de existir a médio e longo prazos. OLHA A LAVAGEM CEREBRAL AÍ, GENTE!!!

    É preciso ter coragem de dizer que boa parte do professorado brasileiro é a classe mais “criminosa” que existe nesse país, principalmente o docente universitário, pois são verdadeiros aliciadores de dogmas que se apresentam ou impõem na marra algo indiscutível ou inquestionável. Os chamados forçadores de barras!!! Na verdade são piores que os POLÍTICOS BRASILEIROS e noventa e nove por cento e mais uma coisinha usam e pregam à dialética do materialismo histórico socialista comunista ateu de Marx e Paulo Freire que é tão adorado pelos petralhas e comunas... E o que é mais grave: cem por cento são sindicalizados e vivem socados nos sindicatos mamando nas tetas do trabalhador otário que pagava um dia de serviço por ano a esses picaretas que desfilam de cabines duplas movidas a diesel com desconto de 49 centavos por litro...

    P.S.: - A gente (principalmente a estudantada) só vai ser um país decente e ter um povo com vergonha no fucinho quando militantes comunistas travestidos de professores forem expulsos de sala de aula por desvio de função. Isso mesmo, DESVIO DE FUNÇÃO!!! Enquanto não vencermos esta luta cultural, “TAMULASCADU”!!! O professor Olavo de Carvalho fala que VALE MAIS tirar um professor comunista da sua função ou fechar uma redação de esquerda do que derrubar um presidente...

    ResponderExcluir