SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 19 de março de 2016

PAULO CÂMARA ERRA MAIS UMA VEZ

O governador Paulo Câmara continua sem se acertar do ponto de vista administrativo e político. Certo que existe uma crise nacional paralisando tudo, mas quando existe competência e criatividade se consegue fazer alguma coisa e até muito. Está aí o exemplo de Garanhuns: com todas as dificuldades no Estado e no País o gestor local não para de trabalhar.

Falta a Paulo Câmara o time político. Na eleição de 2014 ele apoiou Aécio pensando que ia dar a vitória ao tucano e lascou-se. Dilma teve 70% dos votos dos pernambucanos.

Ontem, depois que blogs e sites de todo o país divulgaram um documento dos governadores do Nordeste se posicionando contra o impeachment, incluindo o nome de Câmara no meio, ele divulgou uma nota curta e pobre em conteúdo negando ter assinado o documento.

Poucas horas depois do seu posicionamento dúbio, como quem está em cima do muro, Recife realizou uma manifestação gigantesca, uma das maiores da história da cidade, em defesa da legalidade. O governador ficou mal na fita novamente.

E teve muita gente que votou nele usando as redes sociais para chamá-lo de fraco.

Embora tenha sido pupilo de Eduardo Campos, o governador de Pernambuco atual, pelo menos por enquanto, não é nem ao menos um arremedo do neto de Arraes.

*Foto: O Globo

4 comentários:

  1. Torço pelo sucesso de Câmara. Mas estou com Dilma e Lula.
    Roberto Brito
    Paranatama - PE

    ResponderExcluir
  2. Um governador que teve mais de três milhões de votos no primeiro turno e no segundo não consegue levar nem a metade dos votos para o seu candidato a presidente,deve ficar de molho,olhando e espiando.

    No segundo turno ele viu as bandeiras vermelhas triunfarem e ontem (18/03/2016) viu mais uma vez as bandeiras vermelhas brilharem mais uma vez.Antigamente era um medo danado do povo em vestir vermelho,mas hoje contra o golpe paraguaio,somente falta,toda a zona rural vir pra rua e defender Lula e Dilma.Contra o golpe a pobreza,os estudantes,professores e os desdentados e bolsas família vão mesmo pra rua.

    São Paulo ontem sentiu que a Avenida Paulista não é do PSDB e PFL,porra nenhuma.O Golpe está sendo dado e os movimentos sociais vão reagir piedosamente.Cutucaram o cão com vara curta,Sérgio Moro CELETISTA E PARCIAL.

    ResponderExcluir
  3. O governador de Pernambuco mostra que ainda não disse para que veio.O governador que sabe que uma estrada (PE) é de sua responsabilidade e não consegue tampar um buraco dos mais de 5.000 existentes nela,ou está quebrado,ou sua equipe de governo é muito ruim, ou não dá a menor atenção a quem lhe apoiou nas bases municipais.Parece-me que segue os mesmos caminhos do ex-governador Eduardo Campos que privilegiou os adversários em detrimento dos seus companheiros que lhe deram apoio em 2006-2010 e 2014.Isto se chama incompetência e falta de visão do passado e do presente prevendo o futuro.

    ResponderExcluir