terça-feira, 20 de outubro de 2015

LAJEDO REGULARIZA ESCOLAS DE PEQUENO PORTE

Mais 11 escolas de Lajedo conquistam a regularização do Ministério da Educação que dá suporte para receber reformas, e dar continuidade à rotina escolar. O documento exigido pelo MEC vem sendo regularizado desde 2013 quando assumiu a gestão a então secretária Neide Félix. Em setembro, todas as escolas do campo de pequeno porte receberam as portarias.

Um identificador da regularização é a nomenclatura diferenciada, incluindo o "municipal" no título. A exemplo, de novembro a janeiro de 2014, 6 escolas receberam o aval para funcionamento (http://zip.net/bjrCxX), e em fevereiro mais 11, e em julho mais 3 escolas tiveram os itens entregues à Secretaria Executiva de Desenvolvimento da Educação, e aprovados através da GRE (Gerência Regional da Educação). Contabilizaram-se então, 20 escolas regularizadas até a metade de 2015 (http://zip.net/blscQF).

Neste segundo semestre, a Secretaria Municipal de Educação divulgou as 11 portarias: Escola Municipal Pedro Gonçalves de Melo no sítio Prata, Escola Municipal Vicente Fernandes Cadete no sítio Laje dos Cadetes, Esc. Municipal José Domingos de Melo no sítio Lagoa do Salobro, Esc. Municipal José Cosme da Silva no sítio Salgadinho, Esc. Municipal Pedro Cosme da Silva no sítio Gameleiro, Esc. Municipal Gregório Batista da Silva no sítio Lagoa da Jurema, Esc. Municipal José Quintino da Silva no sitio Jureminha, Esc. Municipal Professora Marlene Cosme no sítio Olhinho D'água, Esc. Municipal Vereador Manoel Rosendo Fernandes no sítio Santana, Esc. Municipal José Fausto Batista da Silva no sítio Mocós e Escola Municipal José Julião de Sobral no sítio Lagoa do Meio.

Para estar de acordo com as exigências, a Secretaria de Educação deve enviar uma documentação de cada escola com itens como plantas das escolas, laudo de engenheiro, certidão de comprovação de pertencimento ao município, regimento escolar, propostas pedagógicas da educação infantil e fundamental, atestado de acessibilidade, entre outras. Após isto, é feita uma vistoria para a entao aprovação e aval de funcionamento, pois todas as referidas escolas acima corriam o risco de serem interditadas.

Com relação às 11 escolas do campo, todas estão regularizadas, garantindo o funcionamento do 1º ao 5º ano. (Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Lajedo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário