ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

domingo, 18 de maio de 2014

COMEÇA A CONSTRUÇÃO DO PARQUE EÓLICO QUE IRÁ BENEFICIAR CAETÉS E OUTRAS CIDADES DA REGIÃO

A empresa cearense Casa dos Ventos iniciou, há duas semanas, a construção de um dos maiores parques eólicos a ser instalado em Pernambuco, que ficará nas cidades de Caetés, Pedra e Paranatama, no Agreste. O empreendimento será implantado em três etapas e terá a capacidade instalada para gerar 600 megawatts (MW). Isso significa, em média, 25% de toda a energia consumida no Estado. O investimento inicial é de R$ 800 milhões e o total é de cerca de R$ 2,5 bilhões.

“A Casa dos Ventos surgiu da venda da Troller. O grupo se capitalizou e resolveu investir em energias renováveis”, conta o diretor da Casa dos Ventos, Clécio Eloy. A Troller fabricava jipes 100% nacionais, no Ceará, e foi vendida para a multinacional Ford.

Inteiro, o parque eólico vai incluir mais três cidades: Venturosa, Pesqueira e Capoeiras, também no Agreste. Na primeira etapa, o parque pernambucano terá uma capacidade de gerar 200 MW, que deve estar funcionando em setembro de 2015. O restante será instalado até janeiro de 2019. Lá, serão instaladas 350 torres eólicas.

Durante a implantação, serão gerados 800 empregos diretos. Ontem, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico fez um encontro de aproximação entre o executivo da Casa dos Ventos e os futuros fornecedores locais. “A nossa expectativa é contratar, de forma prioritária, localmente. Pelo menos 50% dos produtos usados serão fabricados no próprio Estado”, diz Clécio. As torres e pás eólicas serão fabricadas em Suape. Participaram do evento 40 pessoas representando 21 empresas. “Na construção, a empresa precisará de banheiro químico a guindastes”, diz o secretário executivo de Desenvolvimento Econômico estadual, Roberto Abreu e Lima.

As turbinas a serem usadas no empreendimento serão feitas pela General Electric. “A GE deve construir uma central de operação e manutenção na região para nos fornecer este serviço por 10 anos”, conta Clécio. Ainda no parque de Caetés, a empresa vai pagar R$ 150 mil por mês de arrendamento aos proprietários da terra. Em média, será um pagamento de R$ 3 mil mensais por família. “Isso vai trazer um grande impacto na região”, conta Clécio.

A Casa dos Ventos pertence ao Grupo Salus liderado pelo empresário cearense, Mário Araripe.O grupo está implantando um parque eólico na Chapada do Araripe, também por etapas, que será o maior investimento realizado no Piauí. O projeto se concentra em terras piauienses, mas tem uma parte menor instalado em Pernambuco e no Ceará. (Fonte: Jornal do Commercio/NE 10).

É importante frisar que esse Parque Eólico irá beneficiar principalmente o município de Caetés. O prefeito Armando Duarte (PTB) lutou desde o início por essa obra.

6 comentários:

  1. Espetacular notícia Roberto, além dos sitiantes locais toda a região se beneficia com um empreendimento como este, direta e indiretamente. Não nos esqueçamos que é uma energia limpa e sustentável, logo é um serviço ambiental onde todo mundo é beneficiado.
    Mais uma vez ótima matéria, continue assim antenado no que efetivamente é importante para o agreste, o que nos mantém sempre otimistas quanto ao dia seguinte, para nossa terra e nossa gente.
    Sérgio Roberto - Maceió / AL

    ResponderExcluir
  2. MAIS UM VERGONHA NACIONAL PARA A LISTA INFINITA DO BRASIL.

    Todos que aqui chegarem saibam que se o PT retirasse os impostos dos componentes da energia solar, os telhados das casas poderiam ser cobertos com células solares e não mais com Telhas, assim como ocorre na Alemanha.

    É vergonhosamente Impressionante que o país que tem o maior índice de ensolação do mundo, está simplesmente deixando a Energia solar de lado para investir na mentira da energia Eólica.

    O governo petralha está enrolando todo mundo com essa energia Eólica que é muito mais cara do que a Energia Solar.

    Hoje em dia a energia solar não é mais caríssima como ha alguns anos atrás a China com sua produção gigantesca barateou muito os painéis solares.

    Com 5 mil reais você pode simplesmente acabar com sua conta de luz e simplesmente mandar a CELPE para o inferno.

    Porém o PT e a rede de lobistas da eletricidade não quer deixar a gente comprar os painéis para nossas casas e ficam impondo Pesadíssimos impostos sobre a importação.

    MAIS UM VERGONHA NACIONAL PARA A LISTA INFINITA DO BRASIL.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo Ewerton Souto, não sou contra a energia solar, mais você esqueceu de alguns detalhes, não é todos que pode pagar para ter um painel solar em cima de sua casa além do mais tem que ter a manutenção periodicamente, neste pais quem ganha um salário mínimo salário de esmola que muito mal da para compra o alimento e os medicamentos não vai puder gasta ( 5 ) mil reais ou mais para instalar um painel solar em sua casa, e outra coisa você também esqueceu que os ventos seja de dia ou de noite no verão ou no inverno ele sempre vem,onde o sol no inverno aparece muito pouco,que esta energia venha sendo para baratear os custo será bem vinda.já que o governo federal não faz nada a favor dos mais humilde a não ser escravizar os aposentados com este tal de empréstimo consignado, eu vou fazer um raciocino rápido aqui o governo da um aumento de 50 reais no salário por anos somam 600 vezes 5 anos a soma da 3.000 ai empresta 5.000, mil em cinco anos o aposentado paga dobrado com 10.000, então o governo tira os 3.000, do aumento que deu, tira os 5.000, que emprestou e ainda fica com um lucro de 2.000, e os aposentados cada dia mais se afundando ficando escravizado do governo e dos bancários deste pais chamado BRASIL.

      Excluir
  3. Paranatama, já começou faz tempo, vai ser mas de 80 torres

    Prefeito José Teixeira

    ResponderExcluir
  4. Caetés terá mais de 100 torres, uma luta do Prefeito Armando que beneficiará toda a região.

    ResponderExcluir
  5. Ewerton Souto, você é um jumento.

    ResponderExcluir