SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

terça-feira, 18 de março de 2014

POLÍTICOS DEFENDEM NOME DE DOMINGUINHOS PARA NOVO HOSPITAL DE GARANHUNS

Ricarda Samara, Eudson, 
Elenilson e Eduardo Campos

Apesar do posicionamento político do jornalista caruaruense José Torres, que defendeu neste blog o nome de profissionais da área de saúde para batizar os novos hospitais de Garanhuns e Caruaru, muitos acham que é justa a homenagem a Dominguinhos.

Eduardo Campos quando esteve na cidade, semana passada, anunciou a compra do terreno onde será construído o hospital pelo Estado e disse que a nova unidade de saúde irá se chamar “Mestre Dominguinhos. Na opinião de Torres, o músico merece todas as homenagens, mas não vê ligação do cantor e sanfoneiro com a área da saúde e avalia o gesto do socialista como uma jogada de marketing político.

Indiferente a essa polêmica, dois políticos da região estão informando que sugeriram ao governador que o hospital recebesse o nome de Dominguinhos.

Eudson Catão, ex-prefeito de Palmeirina e atual Secretário Executivo da Comissão de Desenvolvimento do Agreste Meridional, garante através de nota que o governador atendeu um pedido da Codeam Consórcio. A Instituição, representante de mais de 40 prefeituras do Agreste enviou a sugestão através do ofício 182/13, datado de 26 de julho de 2013.

“Fizemos essa sugestão de homenagear Dominguinhos logo após o governador anunciar a construção do novo hospital, quando ele inaugurou a UPAE de Garanhuns”, frisa Eudson, que assinou o ofício.
O Secretário de Saúde do Estado, Antônio Figueira,
 e o presidente da Câmara, Audálio Ramos Filho

O presidente da Câmara Municipal de Garanhuns, vereador Audálio Ramos Filho, fez a mesma sugestão ao governador, através do Poder Legislativo.

O requerimento da Câmara foi o de número 584/2013, de agosto do ano passado.

Após a publicação da matéria com uma crítica velada ao uso político do nome de Dominguinhos, alguns garanhuenses chegaram a defender que o novo hospital recebesse o nome de médicos que prestaram muitos serviços à cidade, como Dr. Lessa e Dr. Ivaldo Dourado.

Logicamente que Dominguinhos merece ser nome de Escola, Hospital, Estrada e qualquer outra coisa importante em Garanhuns. Mas se ele já foi capaz de rebatizar a tradicional Praça Guadalajara, por que não considerar homenagear um outro garanhuense ilustre? A jornalista Cristina Tavares, por exemplo, nunca foi lembrada como merece pelos seus conterrâneos. E Dr. Ivaldo Dourado Rodrigues, médico e figura humana exemplar, por que não tem seu nome considerado?

Interessante mesmo seria fazer uma consulta à população, como foi feito no caso da localização da estátua de Dominguinhos. Seriam colocados alguns nomes, com informações sobre cada um deles e o povo escolheria democraticamente. E aí a decisão teria de ser respeitada.

13 comentários:

  1. O curioso é que a coisa tá tão na cara o uso politiqueiro do nome do ilustre músico Dominguinhos que as piadas já estão rolando na cidade. Inclusive rola também o boato que Garanhuns vai mudar o nome para LEDopolis ou Domigopolis.

    ResponderExcluir
  2. Acho desnecessária essa consulta pública pra batizar o novo hospital. As pessoas não usam a razão nessas ocasiões e sim muito mais a emoção. Garanhuns tem que ter cuidado com essa onda de homenagens ao saudoso Dominguinhos. Daqui a pouco a cidade terá até seu nome trocado. Ficaa dica. Pedro Araújo. Recife

    ResponderExcluir
  3. Roberto,

    Sem polemizar em torno do nome do GRANDE DOMINGUINHOS, que merece ser homenageado permanentemente pelos Garanhuenses, e que mui merecidamente dá nome à antiga praça Guadalajara e tem história e importância para nominar qualquer coisa em Garanhuns, vejo com simpatia as sugestões dadas na materia acima.
    Portanto, tenho opinião consolidada de que o merecedor da homenagem dos garanhuenses dando nome ao futuro hospital é:
    Dr. IVALDO DOURADO, que foi um dos pioneiros no Dom Moura e tanto trabalhou atendento o povo desta região, sem distinção de classes e com muita dignidade.
    IVALDO DOURADO, foi um médico garanhuense da gema, que muito amou a sua terra e sua gente.
    Peço que outros comentem e se possível, reforcem os motivos pelos quais o Dr. IVALDO merece tal homenagem.
    Sérgio Roberto de Melo Souto - Garanhuense

    ResponderExcluir
  4. É muito bom na hora de apagar a luz, informar que vai"fazer" hospitais, escolas, estradas e etc. Quando ficou os 7 anos e 3 mêses, nada disso foi feito, agora é 200 milhões prá um, trezentos prá outro, e outra conversa prá outro. O Estado de tacho raspado, em um futuro breve, o Governador vai ser acusado de incompetência, porque não fez, e as medidas eleitoreiras estão aí prá todos verem, ouvirem e lerem.

    ResponderExcluir
  5. PAULO CAMELO, COMENTA:

    CONSIDERAÇÕES:

    1 - Não existe regra para homenagear pessoas que se destacaram em nossa cidade;
    2 - O Hospital Regional Dom Moura, é uma justa homenagem ao primeiro Bispo de Garanhuns;
    3 - O que acontece é que o governador não perde hum minuto sequer sem fazer política. Muitas vezes em detrimento dos interesses coletivos;
    4 - Quando o governador Eduardo Campos, acena para construir um novo Hospital, já no final do seu mandato, a impressão que se tem é que o governo do Estado de PE, perdeu o interesse em fortalecer o Hospital Regional Dom Moura, podendo o mesmo perder a justa homenagem que foi feita ao Bispo Dom Moura;
    4 - O que o governador Eduardo Campos, faz é jogar para a platéia em busca de voto e nada mais. Uma vez que a política correta consiste no fortalecimento do que já existe, o Hospital Regional Dom Moura e, não, no seu enfraquecimento. Fortalecimento do Hospital, implica em melhores instalações, equipamentos, salários para os servidores e exclusividade dos médicos;
    5 - Enfraquecer o Hospital Regional Dom Moura, é uma obra da Legião Estrangeira.

    TENHO DITO

    ResponderExcluir
  6. Um absurdo já já vão querer trocar o nome de Garanhuns por Dominguinhos. Procurem outro nome.

    ResponderExcluir
  7. PAULO CAMELO, DIALOGA COM SÉRGIO ROBERTO DE MELO SOUTO:

    Caro conterrâneo,

    Faço das suas bonitas letras as minhas letras.
    Demonstras claramente que o povo de Garanhuns não é bobo, principalmente quando se trata de forasteiros que nunca sequer ouviram as músicas de Dominguinhos, em seus respectivos habitar refrigerados com ar-condicionado.
    Nem sabem o que é Forró Pé de Serra e nunca dançaram Quadrilha Junina.
    O governador Eduardo Campos, é um membro inconteste da Legião Estrangeira, uma vez que o mesmo só conhece Dominguinhos, em Garanhuns, já que Lula, hoje, é carta fora do baralho. O governador não sabe que o conterrâneo e médico, Ivaldo Dourado, in memorian, é Garanhuense e irmão de Ivan Rodrigues.
    Mas, continuo com a mesma opinião de que o correto consiste em fortalecer o Hospital Regional Dom Moura e a sua história. Vamos dar um basta em tanta politicagem.
    Enquanto nós estivermos sob o comando da Legião Estrangeira, o Progresso passará longe das Sete Colinas, digo, seis colinas e meia.

    TENHO DITO.

    ResponderExcluir
  8. este ano sem divida será o ano dos políticos,ate as eleições só é o que se ver nas redes sociais e tv, cada um que queira ser o melhor mais depois das eleições todos desaparece feito agulhas em um palheiro,

    ISTO É BRASIL

    ResponderExcluir
  9. Caro Roberto, popus o nome de Dr. Ivaldo Rodrigues Dourado para a UPAE, mas já havia sido aprovado pela Assembléia Legislativa o nome de Dr. Antonio Figueira (um grande nome aliás!), mas conseguimos aprovar o nome dele para a UPA 24 horas que está para ser iniciada no bairro Francisco Figueira, a lei já foi sancionada pelo prefeito Izaías Régis e o projeto do prédio teve a participação do Arquiteto Emmanuel Rodrigues, filho de Dr. Ivaldo. Abraço. Audálio Filho.

    ResponderExcluir
  10. Fico feliz em ter contribuído para o debate sobre a denominação do novo hospital de Garanhuns. Democracia é pra isso mesmo. Razões/contra razões e lembro a figura de Tavares Correia que edificou um sanatório na cidade das flores e que depois passou a ser o famoso Hotel Tavares Correia. A conferir. José Tôrres

    ResponderExcluir
  11. Esse povo de Garanhuns fala sem saber, só sabe reclamar. O importante é que seja um bom hospital, seja com o nome de josé , maria , joão, joaquim, bode cheiroso etc

    ResponderExcluir
  12. PAULO CAMELO, SUGERE:

    PELA REPOSIÇÃO IMEDIATA DA FOTO DO BISPO DOM MOURA, NAS DEPENDÊNCIAS DO HOSPITAL REGIONAL DOM MOURA.

    TENHO DITO

    ResponderExcluir
  13. O anseio popular sempre deve ser ouvido. Existe sabedoria nas ruas. Ambos os médicos, Tanto o Dr. Ivaldo quanto Dr. Lessa foram homens de muito caráter.
    Lembro bem do Dr. Lessa e qualquer Garanhuense que morou aqui nas décadas passadas tem alguma historia para contar desse excelente profisional.
    Sinto falta dessa epoca onde os médicos olhavam para a gente, conversavam, se preocupavam com os pacientes, não como hoje que a consulta relampago dura só cinco minutos.
    Ambos os nomes são de ótima envergadura para o hospital, quem sabe não inspire os atuais profissionais a agirem de forma mais humanitária.

    ResponderExcluir