quinta-feira, 26 de setembro de 2013

NÁUTICO É ROUBADO NA VILA BELMIRO

A diretoria do Náutico cometeu inúmeros erros e 2013 tem sido um ano inteiramente perdido para o velho Timbu.

Lanterna do Campeonato Brasileiro, praticamente rebaixado para a segunda divisão, embora ainda tenha muitos jogos pela frente, o time pernambucano jogou ontem contra o Santos na Vila Belmiro. E foi melhor em campo do que o quinto colocado. Fez um gol aos 37 minutos da segunda etapa e não saiu com a vitória porque o juiz não deixou. Inventou várias faltas para a equipe paulista e numa delas veio o empate.

Conversa de torcedor do Náutico? Não todo mundo viu pela televisão. O alvirrubro foi “garfado” na Vila, como escreveu o respeitado cronista Juca  Kfouri:

O Náutico deve ser encarado com respeito, alertava o técnico santista Claudinei Oliveira.
Mas parece que os jogadores não acreditaram, porque deixaram o Timbu criar as melhores oportunidades na Vila Belmiro, com 5.108 pagantes.
E aos 37 minutos do segundo tempo, Maikon Leite, ex-santista, assustou o alvinegro que buscava o quinto lugar no Brasileirão, abrindo o placar.
Para sorte dos donos da casa, o apitador inventou uma falta na entrada da área em William José e Cícero cobrou com perfeição para empatar um jogo que o Santos tinha de vencer e ficou num péssimo empate, um 1 a 1 injusto para o time pernambucano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário