Assembleia Legislativa

Assembleia Legislativa
Assembleia Legislativa

segunda-feira, 29 de julho de 2013

SOCIEDADE DE GARANHUNS LUTA PELA FAMEG

Setores importantes da sociedade garanhuense, como a CDL, o Lions, o Rotary, a Maçonaria e outras instituições estão se unindo na luta pela Faculdade de Medicina de Garanhuns, FAMEG. Manifestações foram feitas inclusive durante o Festival de Inverno, que terminou no último sábado. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, Fernando Couto, pretende provocar a realização de uma Audiência Pública, na cidade, para discutir a questão. Seriam convidados a participar todos os deputados estaduais, deputados federais e senadores votados no município.

O presidente da CDL está informado que a FAMEG obteve uma boa nota no MEC em todos os setores avaliados. Eles e muitos outros garanhuenses desconfiam que o entrave ao funcionamento da faculdade decorre de fatores políticos e interesses de empresários da área da saúde.

Acreditamos ser este um bom momento para intensificar a luta pela Faculdade. O Brasil está precisando de médicos e o Instituto mantenedor da FAMEG tem estrutura para tocar uma escola de medicina de qualidade.

O principal problema junto ao Ministério da Educação, referente a falta de leitos, poderá ser resolvido futuramente através do Hospital Dom Moura, que passará a ser administrado pelo município, quando o Governo do Estado construir o Hospital Regional do Agreste Meridional, anunciado pelo governador Eduardo Campos.

Pessoas de Garanhuns que consultaram o Instituto ITPAC, responsável pela FAMEG, sentiram que os diretores da entidade têm interesse em investir no Dom Moura e ajudar a Prefeitura a transformá-lo num Hospital Escola.

9 comentários:

  1. Prezado Sr. Roberto Almeida, o Brasil não precisa de mais médicos. Por contas matemáticas se vê que há uma quantidade além do que é necessária de médicos no país. O que falta mesmo é valorizá-lo, dar ao mesmo condições de trabalho e um plano de carreira digno, com o segurança de vínculo empregatício para não serem escravos e fantoches de administrações municipais que promovem o vai-e-vem de profissionais como se fossem peças de xadrez que interessam apenas quando podem ser manipuladas ao seu bel prazer.

    ResponderExcluir
  2. AS FAIXAS,AS CAMISETAS,AS PLACAS DURANTE O FESTIVAL DE INVERNO DE GARANHUNS FORAM E CONTINUAM SENDO MARCANTE NO SEIO DA SOCIEDADE DE GARANHUNS E DO AGRESTE MERIDIONAL.

    O ENCORAJAMENTO DO GRANDE ADVOGADO DR. IVAN RODRIGUES FAZENDO UM APELO VEEMENTE AS AUTORIDADES COMPETENTES E AO POVO DE GARANHUNS TEVE UM CARÁTER EXTRAORDINÁRIO.

    NADA,MAS NADA MESMO É CONSEGUIDO NA VIDA A NÃO SER COM LUTA E PERSISTÊNCIA.OS JOVENS FORAM AS RUAS E AS PRAÇAS; OS JOVENS FORAM AO ENCONTRO DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE COM FÉ,ALEGRIA,ENTUSIASMO E MUITA FORÇA.

    TEMOS QUE MUDAR O BRASIL, ACABAR COM AQUELAS FORÇAS DO ATRASO E DA MENTALIDADE MEDÍOCRE DE QUE APENAS OS FILHOS DOS RICOS SÃO QUEM TEM POSSIBILIDADE DE CHEGAR A CURSAR UMA FACULDADE OU UNIVERSIDADE DE MEDICINA.

    TALENTOS,INTELIGÊNCIA,CAPACIDADE ESSA JUVENTUDE TEM E DE SOBRA PARA LUTAR PELOS SEUS IDEAIS E SEUS PRINCÍPIOS DE VIDA.

    VIBREI AO CRUZAR NESTE SÁBADO POR GARANHUNS E VER AQUELAS FAIXAS COM PALAVRAS TÃO BONITAS EM PROL DA FACULDADE DE MEDICINA DE GARANHUNS.

    'VEM VAMOS EMBORA QUE ESPERAR NÃO É SABER QUEM SABE FAZ A HORA NÃO ESPERA ACONTECER".

    FINALMENTE, PASSAMOS POR MOMENTOS DIFÍCEIS COM MINHA MÃE AOS 82 ANOS.FOMOS A VÁRIOS MÉDICOS,ESTEVE ENTERNADA POR VÁRIAS VEZES E TOME REMÉDIOS.FOMOS A TUDO E A TODOS.

    LEVAMOS ELA UM CERTO DIA AO HOSPITAL JOSÉ JOSY DUARTE EM LAGOA DO OURO DEPOIS DE TANTAS LUTAS. NUM DETERMINADO DIA LEVAMOS PARA DR. ERALDO MÉDICO DE GARANHUNS QUE DÁ PLANTÃO EM NOSSO HOSPITAL E ELE DISSE QUE NÃO IRIA PASSAR NENHUM REMÉDIO.PEDIU UMA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA, UMA RADIOGRAFIA DIGESTIVA PARA SABER A CAUSA DE TANTAS COCEIRAS E TANTAS DORES.

    LEVAMOS ELA A GARANHUNS E LÁ FOI FEITO OS EXAMES. CONSTATOU QUE SE TRATAVA DE PEDRAS ENTRE O FÍGADO E O RIM.QUE A OPERAÇÃO SOMENTE PODERIA SER FEITA EM RECIFE.

    INDICOU O MÉDICO ESPECIALISTA.FOI OPERADA VIA RAIO LASER E RETIROU 8 PEDRAS. GRAÇAS A DEUS E A MEDICINA A MINHA MÃE PAROU DE SOFRER TANTO.

    PORTANTO, GARANHUNS LUTA AO LADO DO POVO BRASILEIRO E TODOS NÓS JUNTOS PARA QUE TENHAMOS MAIS MÉDICOS, MAIS HOSPITAIS EQUIPADOS E UMA MEDICINA VOLTADA PARA OS MAIS POBRES E HUMILDES E DE QUALIDADE.

    GARANHUNS NÃO PODE PARAR,NÃO PODE E NÃO DEVE PENSAR PEQUENA,POIS JÁ FORMOU MILHARES DE PESSOAS EM SEUS BANCOS ACADÊMICOS E ESSA GENTE QUER MAIS AÇÃO! VAMOS A LUTA BRAVA GENTE!


    ResponderExcluir
  3. Meu querido amigo Zeca Barbosa: A sua generosidade atribue ao meu encorajamento essa extraordinária mobilização de toda a sociedade garanhuense, em defesa da reabertura da FAMEG. Desculpe, mas não é nada disso. Fui apenas mais uma voz, ao incitar o nosso povo para pensar grande e não esperar por ninguém para lutar em defesa dos nossos interesses. Se, com toda a veemência, verberei alguns segmentos que se acomodam ao "complexo de vira-latas" e ficam passivamente esperando acontecer, assistimos a população reagir, correr para as ruas, assumir a luta e reivindicar o que nossa terra merece. Lembro o slogan criado por nosso amigo Calvino: Chega de blá, blá, blá! Se algumas lideranças se omitem covardemente, o povo está nos ensinando a COMBATER. Aleluia e um grande abraço de agradecimentos pela generosa referência. Ivan Rodrigues

    ResponderExcluir
  4. Muito oportuno, a mobilizacao em torno da FAMEG. Em um dos bloogs tive oportunidade de ler,que se a Instituiççao estivesse em funcionamento no proximo ana 2014, teriamos sevindo a populaçao da regiao e do Brasil 120 Medicos. Que informaçao excelente e verdadeira para a reflexao de todos. E parabens as pessoas emvolvidas no processo.

    ResponderExcluir
  5. Temos checimento que o dr, Ivan Rodrigues, tem ajudado muito a garanhuns, nesta empleitada.Nos garanhunenses so temos que AGRADECER.

    ResponderExcluir
  6. Uma faculdade de Medicina em garanhuns , representa um progresso economico e social relevante. Gostriamos de saber do emvolvimento da famigerada classe politica em defesa do projeto.

    ResponderExcluir
  7. Nao podemos perder esta grande oportunidade de defendermos esta bandeira acorda Garanhuns vamos em frente. A nacora do progresso esta no conhecimento. Parabens aos emvolvidos na luta.

    ResponderExcluir
  8. VAMOS APOIAR SIM, A FAMEG AJUDARÁ MUITO GARANHUNS
    FAMEG JÁ.

    ResponderExcluir
  9. Franklin Stem Santos da Silva11 de fevereiro de 2014 18:11

    22/dez/2013 . 12:43
    MEC AUTORIZA CURSOS DE MEDICINA EM FACULDADES PRIVADAS DE 49 MUNICÍPIOS - See more at: http://www.pimenta.blog.br/2013/12/22/mec-autoriza-cursos-de-medicina-em-faculdades-privadas-de-49-municipios/#sthash.T7JuKPf7.dpuf
    O Ministério da Educação autorizou a criação de cursos de graduação em medicina em instituições particulares de 49 municípios brasileiros. A relação foi divulgada na edição de sexta-feira (20) do Diário Oficial da União.
    No início do mês, uma lista parcial com 42 cidades foi divulgada e, após análise de recursos, o MEC aceitou o pedido de outros sete municípios. Outros 65 pedidos acabaram indeferidos pelo ministério, segundo a assessoria de imprensa da pasta.
    A lista de cidades que, a partir de 2014, entrarão no processo de abertura de novos cursos de medicina, estão em 15 estados:
    Bahia: Alagoinhas, Eunápolis, Guanambi, Itabuna, Jacobina e Juazeiro
    Ceará: Crato
    Espírito Santo: Cachoeiro de Itapemirim
    Goiás: Aparecida de Goiânia
    Maranhão: Bacabal
    Minas Gerais: Contagem, Muriaé, Passos, Poços de Caldas e Sete Lagoas
    Pará: Ananindeua e Tucuruí

    PERNAMBUCO: JABOATÃO DOS GUARARAPES

    Piauí: Picos
    Paraná: Campo Mourão, Guarapuava, Pato Branco e Umuarama
    Rio de Janeiro: Angra dos Reies, Itaboraí e Três Rios
    Rio Grande do Sul: Erechim, Ijuí, Novo Hamburgo e São Leopoldo
    Rondônia: Vilhena
    Santa Catarina: Jaraguá do Sul
    São Paulo: Araçatuba, Araras, Assis, Bauru, Cubatão, Guarujá, Guarulhos, Indaiatuba, Jaú, Limeira, Mauá, Osasco, Pindamonhangaba, Piracicaba, Rio Claro, São Bernardo do Campo e São José dos Campos
    De acordo com o MEC, no início do próximo ano, esses municípios serão visitados por uma comissão de especialistas encarregada de verificar a estrutura de equipamentos públicos e programas de saúde existentes, além das propostas de investimentos no Sistema Único de Saúde (SUS) apresentadas pelas instituições de ensino interessadas em abrir os cursos. A assessoria de imprensa do ministério estima que essas instituições criem cerca de 3.500 novas vagas de medicina. Informações do Portal G1.
    - See more at: http://www.pimenta.blog.br/2013/12/22/mec-autoriza-cursos-de-medicina-em-faculdades-privadas-de-49-municipios/#sthash.T7JuKPf7.dpuf

    Meu DEUS! Muda Garanhuns... É Verdade: Quem ama Garanhuns precisa votar em Deputado Federal e Estadual de Garanhuns.
    Pense grande, precisamos de representantes na assembléia e na câmara.
    Pense nisso: Ta chegando a hora... Só depende de NÓS!

    ResponderExcluir