ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

segunda-feira, 24 de junho de 2013

PROMOTOR ALEXANDRE PEDE QUE RESTAURANTE DONA ANTÔNIA SEJA INTERDITADO

Por conta de uma série de irregularidades no funcionamento do Restaurante Dona Antônia, o promotor Alexandre Bezerra entrou com uma ação na justiça local solicitando que o estabelecimento fosse interditado. Laudo da vigilância sanitária entregue no Ministério Público demonstra que no referido restaurante o acondicionamento de alimentos é inadequado, faltam freezers, não há higienização do ambiente e a quantidade de lixeiras é insuficiente. “Isso acarreta em um serviço sem qualidade para o consumidor, que acaba sendo submetido a eventuais problemas de saúde, posto os riscos que são causados devido às irregularidades”, registrou o representante do MP, no documento enviado ao juiz da comarca.

No laudo técnico da Vigilância Sanitária, são exigidas da administração do Dona Antônia as seguintes providências: 1 – Mesa de Manipulação de inox; 2 – Câmaras de resfriamento; 3 – Câmaras de congelamento; 4 – Lixeiras de pedal; 5 - Telar as janelas e portas na área de manipulação; 6 – Adquirir freezers novos; 7 – Material de fácil higienização; 8 – Novos utensílios; 9 – Higienização geral do estabelecimento (diariamente); 10 – Higienização dos utensílios; 11 – Apresentar Certificado de Manutenção de Combate a Pragas, ratos e insetos (Certificado de dedetização de empresa licenciada pela VISA); 12 – Apresentar Certificado de Regularidade do Corpo de Bombeiros; 13 – Apresentar Documentação do Responsável Técnico.

O promotor pediu a interdição provisória do restaurante e determinou que não fosse preparado nem servido nenhum alimento no mesmo. No caso de desobediência o responsável pelo estabelecimento comercial pagará uma multa diária no valor de R$ 5 mil.

O Dona Antônia fica na Rua Coronel Antônio Vítor, ao lado do Colégio Estadual Jerônimo Gueiros, no bairro de São José.

16 comentários:

  1. Promotor Alexandre Bezerra socorra a população da Boa Vista, a FUNASE tá um horror com muita irregularidades que ja foi denunciada a funase a presidente e ningem toma providencia

    ResponderExcluir
  2. Uma boa iniciativa do MP. Ocorre que, tem mais problemas relacionados ao Restaurante Dona Antônia, quais sejam: Som alto, acima dos limites; Venda bebida alcoolica a menores de 18 anos. Tudo isso com a conivência das autoridades.

    ResponderExcluir
  3. Deveria ter sido feito há mais tempo. Chega de "pardieiros" nesta cidade, disfarçados de restaurantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gostei disso o dona antonia e realmente um pardieiro

      Excluir
  4. Eita que caetés precisa de uma vigilância dessa,por que ainda tem gente criando porcos no muro de suas casas e acham que estão corretos,prejudicar a sua saude prejudica a dos outros também ,isso acontece na rua miriam souto maior.

    ResponderExcluir
  5. Adriano Douglas?? Você também ja foi novinho e ja bebeu muito né?? Te conheço pra vc fazer uma reivindicação dessa...

    ResponderExcluir
  6. Dona Antônia... um bar que nunca deveria ter sido aberto, roubam na conta que sempre vem a mais... caldinho com mosca! Nunca mais fui.

    ResponderExcluir
  7. Tantas coisas pra serem investigadas e esse promotor só sabe interditar bares e restaurantes, vai trabalhar e investigar as fraudes de todas as prefeituras da região ,falta de medicos no Dom Moura, garanto que terá apoio da população e estará fazendo realmente sua função.

    ResponderExcluir
  8. Doutor alexandre socorra a boa vista o bar pe de serra esta acabando com o socego de todos ele nao tem alvara de fucionamento mesmo asim estar fucionando virou ponto de trafico de drogas prostituisao infantil algasarra som muito alto brigas constantes roubos de motos e carros e ningem toma uma atitude des de ja lhe agradeso

    ResponderExcluir
  9. E cade a prefeitura que nao fiscaliza esse bar pe de serra os clientes fasem da rua miquitorio moteis as familias nao podem sair de casa nos finais de semanas pois se deparam com vendas de drogas com homems mijando na rua e casais fazendo sexo na rua isso e uma vergonha para garanhuis

    ResponderExcluir
  10. O Maior agravante, fica praticamente vizinho de um colégio se não me engano, tem uma distância mínima permitida para bares e restaurantes funcionarem.Além do barulho prejudicando as aulas.

    ResponderExcluir
  11. Ainda bem que o promotor quer so interditar.Se ele for na cozinha do restaurante do PAU POMBO ele mandava fecher na hora, aquilo é uma possilga é nogenta dimais.

    ResponderExcluir
  12. Gostaria de saber o telefone da vigilancia sanitaria de garanhuns para denunciar mei mundo de restaurante sem condição de vender comida.

    ResponderExcluir
  13. O Dona Antônia é alvo de perseguição !

    O TERRAÇO faz festa a mais de 15 anos ao lado do colégio AVANÇAR!

    O ALFORRIA faz festa a mais de 4 anos ao lado do colégio PRESBITERIANO!

    O ZANZIBAR faz festa a mais de 3 anos na frente do colégio 15

    A BOATE na frente do colégio, bares na frente de faculdades e etc..

    perseguição!

    ResponderExcluir
  14. Concordo que o Dona Antônia seja alvo de perseguição,
    mais já sei o porque, porque o Dona Antônia
    é um ambiente que atende a todas as classes,
    diferente dos estabelecimentos citados acima
    que só atendem mais, os ricos...

    E concordo com o Ricardo, vamos Promotor Alexandre
    investigar as fraudes das Prefeituras, e investigar a falta
    de médicos no HRDM que não tem mais condições de atender
    a população.
    Agora o Dom Moura sim deveria ser interditado por não
    ter mais condições alguma de prestar serviços a população de Garanhuns e Região.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido.....se interditar o HRDM, o povo vai para onde??Eu desconheço de outro hospital público na cidade de Garanhuns. O MP deve pressionar o Estado para colocar profissionais habilitados e agilizar as reformas.

      Excluir