ALEPE

ALEPE
ALEPE

GOVERNO DO ESTADO

GOVERNO DO ESTADO
GOVERNO DE PERNAMBUCO - FUNDARPE

terça-feira, 18 de junho de 2013

FACEBOOK LIDERA MANIFESTAÇÕES

As grandes manifestações políticas do Brasil nos anos 70, 80 e 90, tiveram à frente lideranças do porte de Ulisses Guimarães, Tancredo Neves, Lula e Fernando Henrique Cardoso. Os movimentos atuais não têm políticos no meio, até porque os jovens não aceitam. O seu grito de guerra é também contra a classe política. Pesquisa do Datafolha realizada ainda ontem mostra que os protestos nascem e crescem pelas redes sociais. Espantosos 81% dos manifestantes disseram que foram convocados pelo Facebook. 84% revelaram que não têm partido político e 71% estavam numa manifestação pela primeira vez.

Em São Paulo mais de 70 mil pessoas estavam nas ruas, em diferentes partes da cidade. Os incidentes foram mínimos. No Rio de Janeiro a multidão chegou a 100 mil pessoas e um grupo radical de 200 ou 300 baderneiros participaram dos atos de vandalismo na Assembleia Legislativa do Estado. Foram criticados pela maioria dos jovens que estão nas ruas por um país melhor.

Um dos pontos defendido nas manifestações é a derrubada da PEC 37, que retira do Ministério Público o poder da investigação. A emenda é considerada um retrocesso por favorecer a impunidade. O presidente das Câmara dos Deputado, Henrique Alves (PMDB), admitiu que a força das ruas pode ajudar a inviabilizar a PEC.

4 comentários:

  1. o grito de guerra hoje da turma jovem é com a turma do pt do mesmo geito que os cara pintada era com o collor de melo

    ResponderExcluir
  2. O PT é um difunto em decomposiçao. Deje que essa Dilma tumou posse que o PT morreu. So estar faltando interrar.

    ResponderExcluir
  3. Primeiro vamos aprender a escrever a palavra JEITO, não é?
    Toda manifestação e protesto é um direito democrático, porém, não se pode misturar baderna e vandalismos com reinvindicação. Por que não fizeram isto antes de comerçar as reformas do maracanã? Será que ninguém sabia do gasto piramidal para a reforma do estádio, em detrimento da saúde esducação, moradia, etc..antes do começo das obras? Não seria mais lógico protestar antes? Quando o Brasil foi escolhido para sediar a copa do mundo, ninguém protestou, ninguém fez nada. Sabia-se que seriam gastos milionários e a população não se manifestou, não mostrou insatisfação. Só agora?
    Pelo menos a copa traz algum retorno. E a política externa que D. Dilma tá fazendo, ninguém diz nada? Alguns países tiveram suas dívidas perdoadas pelo governo brasileiro. Com tantos miseráveis que ainda temos, é justo tirar de nós para dar aos outros? O nosso dinheiro?
    Tão reclamando muito mais do que R$ 0,20. A questão não é essa. A questão é que não aguentamos mais tanta violência, descaso, corrupção, falta de saúde, de educação, de qualidade de vida. Devem incluir neste pacote esta política externa absurda.

    ResponderExcluir
  4. O Lula pidiu a copa pra ser no Brasil so pra eleger a Dilma. ele lá tava se ligando do rombo que ia ser

    ResponderExcluir