quarta-feira, 19 de junho de 2013

ENFERMEIROS FAZEM PROTESTO EM SÃO BENTO


Enfermeiros que são funcionários efetivos da Prefeitura de São Bento do Una, a 55 km de Garanhuns, foram às ruas hoje para protestar. Os servidores lutam por melhores condições de trabalho e salário. Eles reclamam também porque desde que começou a nova gestão não receberam nenhum reajuste, enquanto outras categorias profissionais tiveram aumento.

Os enfermeiros estão em estado de greve desde o último dia 30, mas não paralisaram os atendimentos para não prejudicar a população. Os participantes do protesto estiveram na praça central da cidade, com carro de som e foram apoiados por alguns vereadores, presidentes dos partidos e populares.

Os profissionais também distribuíram uma Carta Aberta à população revelando suas condições de trabalho e explicando os motivos da insatisfação.

14 comentários:

  1. Roberto, os enfermeiros receberam represálias da secretaria de saude de são bento - Erica filha de Zé do Saco - foram todos transferidos dos seus locais de trabalho, por favor divulgue isso - após o protesto foram ao forum de são bento falar com advogado para anular as transferencias. Por favor apure e divulgue como matéria. A prefieta sequer recebeu eles e at~e agora a maior obra dela foi empregar o marido e dar aumento a ele.

    ResponderExcluir
  2. OS ENFERMEIROS DE GARANHUNS PRECISAM SEGUIR O EXEMPLO DE SÃO BENTO E LUTAR POR MELHORES SALÁRIOS QUE ESTÃO RECEBENDO SALÁRIOS BAIXÍSSIMOS. A GRANDE MAIORIA É CONTRATADA SEM FÉRIAS NEM DÉCIMO TERCEIRO E SEM DIREITO NEM A RECEBEREM INSALUBRIDADE, QUE É UM DIREITO CONCEDIDO A TRABALHADORES EXPOSTO A AGENTES NOCIVOS À SAÚDE. ENQUANTO ISSO, OS MÉDICOS TRABALHAM BEM MENOS E OS SALÁRIOS SÃO ALTÍSSIMOS.
    VAMOS VALORIZAR O PROFISSIONAL DA SAÚDE SR. PREFEITO! PELOS MENOS CONCEDER FÉRIAS E DÉCIMO TERCEIRO SALÁRIO COMO É FEITO PARA OS CONTRATADOS DO ESTADO.



    ResponderExcluir
  3. Roberto, use sua influência e ajude os pobres enfermeiros de São Bento do Una, inclusive filhos de Garanhuns, aqui concursados entrando na vala da perseguição.

    ResponderExcluir
  4. É muito bom ver a nossa categoria unida, lutando por valorização e melhores condições de trabalho! Parabenizo à todos(as)enfermeiros(as) desta cidade e espero que não parem!
    É realmente um absurdo a prefeita não receber tais profissionais que são tão importantes na promoção da saúde do município. Que tipo de governo é esse???



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora é um caminho sem volta, e estamos no nosso auge de paciência, e nós enfermeiros exigimos respeito por parte dos gestores. Nós trabalhamos diuturnamente em prol da população,pois já temos dessa população o devido respeito. Concurso público já na secretaria Estadual de saúde e nas prefeituras, inclusive Garanhuns!!! Plano de cargos e carreiras já!!! Carreira SUS já!!!

      Robervam M. Pedroza
      Enfermeiro e Diretor do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambuco - SEEPE

      Excluir
  5. Como levar a serio uma secretaria de saude que nao liga para os problemas de saude do municipio e fica nas reuniões de discussao de saude, jogando bolinhas de papel no Secretario Jandui e trocando bilhetes e risadinhas, nao leva nada a serio, um absurdo e o povo sofrendo e chorando.

    ResponderExcluir
  6. porque a filha do vereador
    avanildo nao estava ai?

    ResponderExcluir
  7. Roberto, com sua experiência de secretário de estado, de secretário municipal, achas que é possível um funcionário público efetivo (enfermeiros) ser transferido de seu local trabalho a cada seis meses? Pois, é isso que quer a prefeita de São Bento do Una, mudá-los a cada período, dizendo ela primar pela qualidade do serviço. Essa prática tem outro nome: PERSEGUIÇÃO e pode levar a prefeita a justiça.

    ResponderExcluir
  8. Será que a prefeita de São Bento do Una, terminado seu mandato, espero daqui a três anos e meio, seja submetida a essa prática: seis meses em Caruaru, depois Garanhuns, etc? Pois é exatamente isso que quer impor aos enfermeiros.

    ResponderExcluir
  9. Caro Roberto,
    Gostaria de como enfermeira pedir se possível a opinião do Dr. Alexandre Bezerra, promotor corajoso e coerente, que acaba de se pronunciar sobre PEC da impunidade, se o rodízio semestral de funcionários efetivos, encontra base jurídica legal?

    ResponderExcluir
  10. É lamentável que uma menina que até pouco tempo, era secretária adjunta de saúde, acolhedora e simples se torne perseguidora de enfermeiros, cuidado Érica a corda só arrebenta do lado mais fraco!

    ResponderExcluir
  11. Roberto,

    Estamos organizando uma grande caminhada em São Bento do Una, no próximo dia 26/06 a partir das 13 h, para reivindicar entre outras coisas:
    Contra o aumento dos secretários municipais,
    Gratuidade do transporte universitário,
    Melhores condições de trabalho,
    Melhoria na saúde e na educação,
    Médicos nos PSF,
    Contra a corrupção.
    Nossa mobilização tem o tema ACORDA SÃO BENTO, ACORDA, O DIA ESTÁ CHEGANDO!

    ResponderExcluir
  12. Enfermeiros sem vocês a saúde não funciona, são essenciais para a população.gestores acordem e deem valor aos seus profissionais...

    ResponderExcluir
  13. Obrigado grande Roberto pela divulgação do movimento dos enfermeiros, hoje o juiz Augusto Sampaio Angelim, deu liminar favorável a categoria, derrubando a decisão da secretária de saúde, conhecida como Érica do Saco. Os enfermeiros voltarão aos seus respectivos postos imediatamente.

    ResponderExcluir