SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

quarta-feira, 22 de maio de 2013

GARANHUNS GANHA NOVA BIBLIOTECA

Modelo da biblioteca do Sesi em Pernambuco

Garanhuns vai ganhar mais uma biblioteca, dentro do programa SESI Indústria do Conhecimento. Será a 28ª instalada pelo Serviço Social da Indústria em Pernambuco. O novo espaço, no bairro Dom Hélder Câmara (conhecido como COHAB III) atenderá a população da cidade e regiões vizinhas, com lugar para leitura e pesquisa, acervo de mais de mil livros, CDteca e DVDteca, além de computadores com internet gratuita e cursos de empreendedorismo.

Ainda enquanto deputado estadual na Assembleia Legislativa de Pernambuco, Izaías Régis já havia pedido apoio para a instalação da biblioteca em Garanhuns. “Estamos promovendo mais acesso à educação de qualidade. É mais uma conquista para o povo de Garanhuns. Com qualificação e leitura, conseguiremos fazer cidadãos preparados para o mercado de trabalho”, comentou o prefeito.

A unidade foi construída por iniciativa da CNI, executada pelo SESI/PE, dentro do programa Educação para a Nova Indústria, numa parceria com o Governo Municipal, para promover o acesso à inclusão digital de populações de baixa renda. O centro multimídia, instalado na Rua Abdêgado Revoredo s/n será inauguração nesta sexta-feira (24), às 19h, com presença do presidente da FIEPE e diretor regional do SESI, deputado Jorge Côrte Real.

Desde 2008, o SESI e a CNI já investiu em Pernambuco mais de R$ 5,5 milhões na construção de bibliotecas. Foram entregues cerca de 200 mil livros e 170 computadores, beneficiando mais de 33 mil pessoas nas quatro regiões do Estado. “A construção da biblioteca se soma aos esforços dos governos municipal, estadual e federal no sentido de oferecer uma educação melhor, com igualdade de oportunidades. O novo Pernambuco que está sendo construído requer uma nova indústria, um novo empresariado e novos trabalhadores muito bem capacitados”, afirmou o diretor regional do SESI e presidente da FIEPE, Jorge Côrte Real.

A biblioteca de Garanhuns ficará à disposição dos trabalhadores da região, estudantes e do público em geral, com cursos à distância em breve. No Estado ainda vão ser inauguradas mais duas bibliotecas do programa SESI Indústria do Conhecimento, nos municípios de Chã de Alegria e Poção, totalizando 20 unidades. 

4 comentários:

  1. A IDEIA É ÓTIMA, PORÉM, O LOCAL ESCOLHIDO É PÉSSIMO E LONGE. MESMO ASSIM E MERECEDORA DE APLAUSOS.

    ResponderExcluir
  2. longe? longe de quem? pode ate ser longe do centro, contudo, o bacana da ideia e isso: colocar
    num bairro afastado e com dificil acesso ao centro. Por isso tem que ter la escolas e bibliotecas. Enfim, parabens aos pensadores e executores desse projeto.

    ResponderExcluir
  3. DISCORDO, BIBLIOTECA QUE NÃO SEJA PESSOAL TEM DE SER EM LOCAL ABERTO, DE PREFERÊNCIA EM PRAÇA PÚBLICA E QUE TENHA BOM ACESSO DE LOCOMOÇÃO POR MEIO QUE NÃO DEPENDA TANTO DE TRANSPORTE PARTICULAR(ÔNIBUS DA SÃO CRISTOVÃO PARA A COHAB III É DE OITO EM OITO DIAS(?)...). A MAIOR BIBLIOTECA AO AR LIVRE DO MUNDO FICA EM HAVANA E É NO CORAÇÃO DA PRAÇA DA REVOLUÇÃO, DONDE GATO E CACHORRO TEM ACESSO...

    P.S.: A prefeitura ao doar um terreno para que fosse construído um Centro de Convenções, escolheu o centro da cidade. por que não deveria ter feito a mesma coisa para se construir uma biblioteca?!?!?! Que tal em cima do COLUNATA de frente ao Banco do Brasil!!!

    ResponderExcluir
  4. Idéia fabulosa essa do cabeça pensante Altamir Pinheiro. Vinha a calhar uma biblioteca em plena Av. Sto. Antonio! O problema é que agora Inês é morta.

    ResponderExcluir