ALEPE

ALEPE
ALEPE

sexta-feira, 31 de maio de 2013

CAETÉS PROSSEGUE NAS AÇÕES CONTRA A SECA

Prefeito Armando, vice Severino e secretários

A maior seca dos últimos 50 anos atingiu 1.415 municípios no Nordeste. Mesmo com o início das chuvas de inverno, que trouxeram uma nova esperança para os agricultores, colorindo de verde a paisagem do Agreste Meridional, a seca continua, passando de cinza para a chamada seca verde, pois as chuvas não têm sido suficientes para acumular água nos açudes e barragens.

O prefeito de Caetés,  Armando Duarte (PTB),  logo ao assumir o comando do município designou uma força tarefa, para combater os efeitos da seca através de ações comandadas pala secretarias de Agricultura e a de Desenvolvimento Econômico e Reursos Hídricos. Estes órgãos municipais, em parceria com o IPA, continuam desenvolvendo ações importantes que visam o enfrentamento aos efeitos da seca, como por exemplo a limpeza e ampliação e construção de novos reservatórios d’água, que já somam 39 comunidades beneficiadas em todo o município, entre elas destaque para as barragens do povoado Ponto Alegre, sítio Mulungu, Várzea de Dentro e Barriguda, e ainda, as barragens do Assentamento e Chico Branco.

Outra ação do governo de Caetés, que visa aumentar o número de reservatórios de água potável para a população, tem sido a construção de novas cisternas com capacidade de armazenar até 16 mil litros d’água e também as chamadas Cisternas Tipo Calçadão, com capacidade de armazenamento de 52 mil  d’água cada. O município já construiu 575 cisternas na atual administração, tudo isso só tem sido possível pela capacidade de formar parcerias do atual gestor municipal com os seguintes órgãos: Ministério do Desenvolvimento social, governo do Estado, Prorrural, Fetape e Diocese de Pesqueira e Caruaru.      

22 comentários:

  1. Roberto Almeida, o povo de Caetés - PE busca tb um pouco de verdade. Abre o jogo...

    ResponderExcluir
  2. Valeu Armando, hoje o homem do campo tem apoio.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns Caetés a mudança valeu.

    ResponderExcluir
  4. É assim que trabalha.

    ResponderExcluir
  5. A guarde mais obras vem.

    ResponderExcluir
  6. Hoje Caetés é referencia de trabalho.

    ResponderExcluir
  7. O povo agora tem valor, o trabalho está apena começando.

    ResponderExcluir
  8. Ponto alegre agradece a ampliação da barragem.

    ResponderExcluir
  9. Governo que trabalha é assim.

    ResponderExcluir
  10. A barriguda hoje tem Água, a comunidade agradece.

    ResponderExcluir
  11. Meu caro amigo Roberto me permita chama-lho amigo! Assim o considero. A verdade é que o prefeito Armando tem procurado se destacar com recursos federais e hora estaduais, e diante de uma classe cada vez mais informada fica difícil ser enganada.

    O que ocorre é o seguinte:

    Tenho ficado atento aos discursos do prefeito, e já ouvir ele falando que tem um monte de caminhões pipas carregando água, e ao que saiba existe sim os do exército e do ipa, a barragem em Ponto Alegre foi limpa em dezembro do ano passado, o prefeito era Aercio, tratores arando terra já tive o trabalho de verificar com os agricultores e ou o povo pagou ou foi o ipa que arou. Já ouvir em discursos inclusive que tem cinco tratores arando terra pagos pela a prefeitura a minha pergunta é onde? Pois ninguém viu ou ouviu falar desses ditos que tenha arado a terra de um único agricultor!

    Pois bem a verdade meu caro blogueiro é a política partidária é muito interessante, vc esconde o mal feito e se apega a qualquer coisa desde que se saia bem na fita, e as estradas barragens todas feitas em parceria com o ipa nada até o momento foi feito com recursos da prefeitura, estamos aguardando a primeira obra prefeito!


    Eu era feliz e não sabia!

    ResponderExcluir
  12. Você está mal informado não foi cinco tratares contratados pela prefeitura, foi 08 e mais 12 do IPA, essa é a verdade, o garantia safra hoje são mais 2300 agricultores no programa o dobro do que era antes, hoje nosso o homem do campo tem valor.

    ResponderExcluir
  13. E as maquina que estão chegando, hoje tem prefeito e secretários para ir buscar o que nosso povo precisa.

    ResponderExcluir
  14. O dinheiro de Caetés agora é gasto na nossa terra e não em Garanhuns.

    ResponderExcluir
  15. A verdade é que Caetés tem Prefeito que trabalha com responsabilidade, e povo é quem ganha, valeu Armando.

    ResponderExcluir
  16. Hoje tenho orgulho de Caetés, tem merenda nas escolas, ônibus fazendo o transporte dos estudantes da zona rural, a saúde já funciona e as famílias do campo tem o seu valor.

    ResponderExcluir
  17. Na gestão de Severino Gerino já existia 3 tratores para arar terra e bater feijão e milho, e até agora nenhum prefeito tem a coragem de um feito que Severino fez, comprou com recursos próprios uma máquina D4 para o município, para fazer barragens e abrir estradas, hoje é fácil que todos os prefeitos estão recebendo doação do governo federal, assim é fácil. E lembrando que naquela época o município de Caetés vivia só e exclusivamente do FPM, e lembrando que passamos por uma situação difícil, por termos apoiado Lula contra Collor, tivemos 40% de corte no FPM. Abraço Roberto.

    ResponderExcluir
  18. Anonimo 23:30,voce parece que nao mora em caetes,porque se morar aqui,nao conhece a zona rural,pois existem varios tratores arrando terra,contratodos pela prefeitura sim.quanto aos recursos dos governos federais e estadual,toda vida teve,o que nunca teve foi um prefeito que se preocupa-se com o munucipio e fossse buscar esses recursos,o que tinha era ums corruptos que alem de nao buscar recursos fora,ainda levava o pouco que aparecia,assim o povo nao recebia nenhum beneficio,so era benefiado aquele que fazia parte do time doze,desde que babasse toda hora,o restante vivia sem nada.pense bem e veja que o armando,nasceu,criou-se e reside em caetes,ama este municipio e estar lutando com todas as forças,para tirar caetes desse buraco que o ze e sua turma colocaram.

    ResponderExcluir
  19. Que bom o povo agradece

    ResponderExcluir
  20. É bom ver um trabalho para ajudar a nossa zona rural.

    ResponderExcluir