ALEPE

ALEPE
ALEPE

domingo, 10 de fevereiro de 2013

A PIRATARIA A SERVIÇO DO BOM CINEMA

A boa revista Piauí publica em sua última edição uma pequena reportagem muito interessante. Revela que Paulo Silva, vendedor de CDs piratas em Niterói (RJ) tem uma clientela toda especial de filmes cults ou de arte. Produções “cabeça” como A Separação (iraniano), O Melhor de Eva (espanhol) e Cairo 678 (egípcio) podem ser compradas ao trabalhador carioca por apenas R$ 5,00 em cópias de boa qualidade.

Paulo disse que vende 100 DVDs somente nos finais de semana, faturando uma boa grana. Comercializa filmes populares também, mas o seu filão são as obras consideradas cult. É um público fiel, que exige qualidade e faz pedidos até pelo telefone.
Niterói é uma cidade grande que tem apenas dois cinemas localizados nos Shopping Centers e as salas são dominadas pelas grandes produções americanas. Como em outros centros do país, os cinemões do passado viraram supermercados ou igrejas evangélicas.
Assim, quem não se contenta em ver apenas os produtos comerciais americanos recorre a Paulo Silva. Ele e seu pai baixam os filmes pela internet e através da pirataria estão contribuindo com a cultura do país.
Certamente não é só em Niterói que temos esses vendedores trabalhando com obras de arte do cinema. Nas grandes cidades brasileiras devemos ter muitos Paulinhos com atividades semelhantes.
Aqui mesmo em Garanhuns adquiri o excelente A Separação, a produção iraniana citada no início deste post.
Outra opção para ver filmes cult em casa é ter TV por assinatura. Atualmente existem pelo menos três canais especializados na exibição de obras de conteúdo artístico: O Cult, da Rede Telecine, o Max e o HBO Signature.
Quem não pode ter acesso a TV fechada e gosta de coisa boa tem a opção do DVD pirata. Apesar da prática ser considerada criminosa os vendedores se multiplicam por todo o país. Em Garanhuns mesmo estão por todo lugar, se bem que é difícil encontrar por aqui um filme de arte e com boa qualidade na gravação. (Na ilustração a capa original do DVD com o filme A Separação).

Nenhum comentário:

Postar um comentário