SEBRAE

SEBRAE
SEBRAE

sábado, 22 de dezembro de 2012

WASHINGTON CRITICA SECRETARIADO DE DÉBORA

O vereador e advogado Washington Cadete (PR), que disputou e perdeu a eleição de São Bento do Una, em outubro passado, já começou a fazer oposição à prefeita eleita, Débora Almeida (PSB). Em artigo enviado a este blog, o republicano cobra compromissos da futura gestora e faz uma dura critica as pessoas que foram escolhidas para o secretariado do governo que se instala a partir do dia 1º de janeiro de 2013. Textos assinados como este abaixo não expressam necessariamente a opinião do blog, que democraticamente está aberto à réplica dos governistas.

 E O COMPROMISSO?

Aprendi muito cedo, ainda em tenra idade, com meu velho e querido avô que a palavra, o compromisso cumprido é o atestado de idoneidade de cada um.

Fui candidato a prefeito nas últimas eleições, apresentei um programa de governo à população, assumi compromissos, dentre estes o de compor um secretariado técnico, competente, sem distinções pessoais, políticas ou de natureza familiar.

Em data de 19 de dezembro, a prefeita eleita no ato da diplomação apresenta seu secretariado, e para surpresa de todos, que esperavam o cumprimento do compromisso de um secretariado técnico, anuncia um corpo desprovido de tecnicidade, e praticamente de natureza política, familiar e de amizades pessoais, foi decepcionante e um péssimo começo.

Dentre os anunciados nenhuma novidade, na educação - repete uma secretária que se destituiu do governo anterior, deixando um relatório no Tribunal de Contas de Pernambuco, com aplicação de multa por descumprimento na aplicação do percentual Constitucional de 25% do orçamento na educação. Teve um voto de aplauso derrotado na Câmara de vereadores.

Na saúde - repete o dentista que se demitiu da pasta, também no Governo anterior, entregou à saúde um caos, em abandono, nada resolveu.

Ação Social - traz o nome de uma contratada do Governo anterior, trabalhou na secretaria de ação social e foi outro caos, deixou o doente tratado fora do domicilio em petição de miséria, por vezes deixados na madrugada nas calçadas, ou abandonados em outros municípios, inclusive na capital. Tudo se definia por interesses políticos.

Finanças - assume o esposo de uma sua tia, este “ficha suja”, com contas rejeitadas no Tribunal de Contas de seu exercício quando vereador teve seus direitos políticos cassados. É a velha prática do nepotismo.

Administração - vem com a filha de um ex-prefeito, advogada sem exercício profissional, sem qualquer experiência em administração pública, aliás, nunca exerceu nenhuma espécie de função pública ou privada na área de administração, exceto a administração de um recente restaurante instalado na cidade.

 Agro desenvolvimento - repete a mesmice, um zootecnista que no governo passado foi secretário de agricultura e posteriormente substituído por um violeiro e servente de pedreiro, sem qualquer formação técnica e o agricultor não percebeu a mudança. Diz-me com quem andas que eu te direi quem és, mostra-me como fazes e eu te direi se sabes. Quantos técnicos da área, que praticam boas técnicas, de vários órgãos públicos poderiam contribuir com o município.

Planejamento - esta é a novidade, antes professora no município, depois funcionária da Caixa Econômica Federal, que se despediu, abandonando uma carreira numa instituição como a Caixa. Estudante de direito, com atividades comerciais na venda de material de construção e em construção civil. É esperar para avaliar.

Cultura - vem um atual secretário do derrotado Governo municipal de Lajedo, secretário por anos e em duas gestões naquele município. Governo que perdeu as eleições por péssima avaliação na gestão, acusando a população que pesou muito o secretariado.

Infraestrutura - repete o secretário de obras da gestão atual, secretário sem nenhuma capacitação ou formação profissional, desprovido de conhecimentos técnicos na área, incapaz de ler e compreender o Plano Diretor do município. A razão da nomeação é a predileção do genitor da prefeita eleita.

Articulação - é puro nepotismo, emprega o próprio esposo, trata-se de cidadão de nenhuma experiência, não há notícias de nenhuma atuação na área pública ou privada ou na atividade política. É nepotismo mesmo. (nepotismo = empregar parentes).

Procuradoria jurídica - não nos falta advogados, neste município, jovens que com enormes dificuldades cursaram direito, nenhum destes teve o reconhecimento de suas capacidades, temos quase trinta advogados deste município e recai a nomeação sobre um ex - estagiário do gabinete da prefeita eleita em Garanhuns. Acredito nos nossos.

Controle interno - cargo de livre nomeação pelo prefeito, necessário curso superior nas áreas de direito, administração, economia ou cursos correlatos, além de advogados temos administradores, economistas, mais se repete a nomeação de amigos da procuradoria. Não nos surpreende as escolhas, afinal vencer eleições pelas velhas práticas permite este tipo de conduta.
Resta-nos então aguardar, esperar e fiscalizar, estaremos atentos, somos a oposição, nossa função é contribuir fiscalizando, cobrando e lembrando os compromissos de campanha.

 Washington Cadete - A FERA

40 comentários:

  1. Independente de predileções políticas o texto acima reflete o pensamento de grande parte da população, entenda-se: aliados e oposição. É fato que nomeações do secretariado sempre provocam incomodo, mas esta...
    Acredito que a escolha dos secretários reflete um pouco do que veremos nos próximos anos. Quando a equipe estiver pronta para gerir um município, já terão se passado os quatro anos. É fato que mudanças estruturais ocorreram em São Bento do Una nos últimos anos, o desafio é fazer com que a estrutura ora montada funcione: Academia das Cidades, USF (PSF), Hospitais e outros são apenas concreto, necessitam de trabalho humano, de empenho e da aplicação real dos recursos que são enviados pelos gestores estadual e federal.
    Estamos de olho...

    ResponderExcluir
  2. Importar um secretário de lajedo parece uma piada, tantos nomes da cidade como Expedito Valença, Ailson Campos, Leone Valença entre outros, isso é um afronto a nossa cultura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, eu acho é pouco, babaram tanto esperando essa secretaria.

      Excluir
  3. Roberto, ESte Washington é mesmo o fera, mais do que fera, o besta fera, mas separadamente, pois é um besta que näo entende que perdeu a eleição porque o povo não quer ele e também é um fera, pois é um animal, um bicho. Vou encomendar a Pe. Aldo uma missa para ver se recupera o juizo do bichinho. Fabinho da Maniçoba.

    ResponderExcluir
  4. Fera mesmo é Débora que venceu com mais de 5 mil votos de frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EU JÁ FUI VEREADOR,SECRETÁRIO DE GOVERNO,PROFESSOR E TENHO LIDO MUITO SOBRE A ATUAÇÃO DA MÁQUINA PÚBLICA.

      NÃO SE DEVE FAZER UMA CRÍTICA A TUDO E A TODOS DE FORMA PREMATURA E PRECIPITADA.

      ERROS,CLARO QUE A DOUTORA VAI COMETÊ-LOS, ASSIM COMO TODOS OS ADMINISTRADORES PÚBLICOS DESTE PAÍS QUE JÁ GOVERNARAM.

      AGORA,POIS, É PRECISO DAR UM VOTO DE CONFIANÇA E AGUARDAR OS PRAZOS DETERMINANTES PARA SE FAZER UM JULGAMENTO CORRETO.

      PALAVRA DE UM PROFESSOR.

      Excluir
  5. Besta fera é quem fica defendendo politico como se fosse a propria mãe

    ResponderExcluir
  6. José Fernandes Costa22 de dezembro de 2012 11:37

    CONCORDO com o Fabinho da Maniçoba (8h27) e com o Valença (8h28). - E o Fabinho ainda deu aula de português, quando fez a distinção entre BESTA FERA, que quer dizer FERA BESTA. - Diferentemente de BESTA-FERA, que significa animal feroz, SELVAGAM. - É ISSO./.

    ResponderExcluir
  7. esse rapaz se mete em tudo até em sao bento

    ResponderExcluir
  8. O CARGO DE SECRETARIO TEM NATUREZA DE CARGO POLÍTICO E SEGUNDO O STF ESTÁ LIVRE DA SUMULA VINCULANTE 13, QUE FALA SOBRE O NEPOTISMO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que Washington precisa estudar um pouco mais, quem sabe se torna um melhor político.

      Excluir
  9. Nossa, as palavras de um P.E.R.D.E.D.O.R, que só reflete a angústia de ter perdido (com 5 mil votos de diferença) para uma mulher e iniciante na política. Aparentemente ele não sabe que esses cargos, além de competência exige confiança. Tenho certeza que todas as escolhas da prefeita foram pautadas em ambas. Washington CHORA pq sabe que com essa equipe a LAPADA da próxima eleição vai ser ainda maior!

    ResponderExcluir
  10. Sou morador de nossa querida São Bento do Una, votei e fiz campanha para a Prefeita Débora, infeslizmente, acho que ela poderia ter montado uma equipe melhor, pautada no trabalho, empenho,dedicação, técnica e outros atribuitos necessárioa para se fazer uma boa gestão. O povo de nossa Cidade não está entendendo porque a mesma anunciou os nomes de ANTONIO DE HOLANDA, PAULO RENATO, BIDODA, CRISTIANO LESSA, JANDUIR E JOANA DARCK, nomes com altos indices de rejeição e que se fomos olharmos os curriculos dos mesmos, não são tão satisfatórios,deixando de valorizar pessoas que estiverão sempre ao seu lado, antes, durante e depois da campanha, trabalhando por uma São Bento cada vez melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez o povo não conheça tão bem essas pessoas como ela. Bidoda por exemplo, por mais que a população de São Bento o rejeite e invente duras críticas, é um dos nomes mais bem vistos para ocupar uma secretaria de cultura no agreste pernambucano, com inúmeras ações de cunho cultural (que não se resume a festas). Cristiano Lessa, como ela mesmo falou, é uma pessoa que está ao seu lado desde que era estudante, portanto alguém de confiança e quem sabe, com um caráter moldado por ela desde o início da vida profissional, excelente nome se olhar por esse ângulo. Janduir, seu marido, formado em administração de empresas, não existe pessoa mais próxima para administrar a secretaria, é o mesmo que ela mesma está pessoalmente ali, trabalhando diretamente na secretaria.

      Excluir
    2. BIDODA É TÃO TRABALHADOR E ESFORÇADO QUE MUITA PESSOAS DE LAJEDO CONHECEM ELE POR OUTRO NOME TROCANDO O PRIMEIRO D POR UM F.

      Excluir
  11. Como bem citou em seu texto, o candidato PERDEDOR,"Diz-me com quem andas que eu te direi quem és..." Não sei que seria o seu secretariado, pois é só olhar a biografia dos gênios e grandes técnicos que andam ele. Se conforma PERDEDOR, o povo é livre e te rejeitou. Até daqui a 4 anos para tu levar outra lapada.

    ResponderExcluir
  12. Roberto é lamentável que a Dra. Débora não convidou o Fabinho da maniçoba e o Zé Fernandes para o secretariado, e o besta fera disputou a eleição com oito dos nove vereadores, o prefeito bem avaliado, o vice tido como o milionário do Agreste, (gastou uma fortuna na campanha), secretários, diretores, e aproximados quinhentos contratados, com todo o poder político e econômico da cidade e teve mais de dez mil votos, este é fera. Há uma ação proposta pelo Ministério Público Eleitoral, pedindo a cassação da prefeita e do vive por abuso de poder econômico. A fera é fera mesmo, cumpre seu papel e vai fiscalizar, afinal é a maior liderança individual do município. É respeitado e os conceitos de Fabinho e do Zé Fernandes é de nenhuma significância.

    ResponderExcluir
  13. Fabinho, Padre Aldo deixou o PMDB (desfiliou-se), após o pleito procurou Washington, rompeu com o grupo de Débora, e você não tem nem ideia o que é ter dez mil votos sem comprar nenhum. Outra coisa, Washington discute político sem ouvir gente da sua espécie ou do tal Zé Fernandes, é respeitado no município, no agreste e no estado. Tem liderança e o grupo da Débora nutre respeito por ele, pergunta a todos os adversários dele. Sua genialidade política e as idiotices do estrangeiro não dizem respeito à discussão política que se faz.

    ResponderExcluir
  14. Fiquei muito animado quando a Dra. Debora, antes mesmo de ser diplomada, já estava falando em reeleição, e logo veio a mente que ela iria formar uma grande equipe, pois uma reeleição passa necessariamente pelos os acertos no primeiro governo. Fica aqui a grande pergunta, que entendo que é também da grande maioria do povo de São Bento, inclusive dos aliados: "O que agrega politicamente falando, estes secretários forasteiro"? Como ninguém tem esta resposta, faço minha aquela expressão popular que diz: "O tempo é o Senhor da razão!"

    ResponderExcluir
  15. Não concordo com as afirmações deste Washington, que é nada mais que um ADVOGADO SABIDÃO

    Porém concordar com estas indicações de nossa querida Prefeita Débora Almeida, seria um puro absurdo.
    1-Exportar um Secretário de Cultura de nossa querida Lajedo, um cidadão muito mal avaliado lá, e cá suma família foram todos contra a nossa prefeita (seu sogro Mário chamava de boneca filinha de papai durante a campanha) e o que é pior deixar de fora nomes de perfil admirável e capaz como: Ailson Campos, Expedito Valença e tantos outros sãobentenses ilustres e com grande capacidade;
    2-Colocar ANTONIO DE HOLANDA, este cara é reprovado por quase 100 % da população, há os GARIS e demais Funcionários da Secretaria de Obras odeiam o mesmo;
    3-Janduir (não há o que falar, apenas como ele mesmo fala, vai tentar reduzir seus prejuisos com as apostas perdidas durante a campanha);
    4-Joana Darck (perguntem porque foi que ela foi expulsa da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DE BELO JARDIM);
    5-Devemos perguntar a Dr. Paulo Renato, porque o mesmo saiu na primeira gestão de Pe. Aldo e só quis retornar agora (minha visão é que na primeira Gestão de Pe. Aldo o Salário era apenas R$ 1.700,00 e agora será de R$ 5.000,00, então esse cara mostra que não tem compromisso nenhum com os agricultores (as) e produtores (as) deste Município
    6- Saúde-Dr. Carlos Manoel, este é muito pior, pois só pensa em si próprio, ele e sua esposa são contratados atualmente na prefeitura, mas só quem vai trabalhar é ele.

    Até mais tarde. teremos mais.

    ResponderExcluir
  16. Bidoda num é mal pessoa o problema é que nunca fez nada em Lajedo a não ser vivê na cola dos dourado muita gente aqui em Lajedo acha ele um secretário morto meio preguiçoso

    ResponderExcluir
  17. Confio plenamete na senhora,conheço seu perfil fico muito tranquilo em relação aos seus secretários,quanto ao derrotado se ligue no fim do mundo pois pra ele já acabou! eleição só daqui a 4 anos,um abraço Dr uochituuuu...vamos ver São Bento crescer pense positivo,deixe a dra trabalhar com sua equipe se não presta pra o serviço agente pede que ela muda,mas querer indicar o secretariado e pra lascar,quando o senhor for prefeito ai o senhor bota os seus inclusive me chame que eu vou.UM BOM NATAL a todos Sãobentenses.

    ResponderExcluir
  18. tu fica calado que tu perdesse. vai dar opinião na tua casa. gloria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O pior de tudo é empregar o marido. Ela não dizia que não precisava de Prefeitura? Mas com um salário desses é difícil resistir!

      Excluir
  19. Passei por aqui e vi alguns comentários. Alguns acho até justo outros injustos. Por exemplo o que vi acima falando sobre DR. Carlos, dentista que vem de família humilde sem expressão politica e riqueza estudou em escola publica formou-se em odontologia com muito esforço de sua irmã, Luciana, que foi minha colega de trabalho qdo ensinava no Rodolfo Paiva, foi secretário, por 2 anos de Pe. Aldo, onde fez uma bela gestão, inclusive, dito por todos, como o responsável, pelo a vinda do SAMU para o município, construiu 02 belíssimos postos de saúde e é só perguntar aos funcionários da saúde que todos estavam torcendo para ele voltar a secretaria de saúde. Além de tudo era um secretario com humanidade no coração,pois certa vez, eu e um grupo de amigas o procuramos para tentar resolver a situação de uma merendeira, que está acometida de um câncer no seio e a 3 meses não conseguia fazer a cirurgia. Ele de imediato ligou para o secretário de saúde de Caruaru em 15 dias a senhora foi operada e hj está viva para contar está história. Por último, o comentário do Sr. (ARISTOTELES) comete mais uma injustiça contra este cidadão de bem, tanto ele como a esposa são funcionários de carreira do município aprovado em concurso público. Qto a Sua esposa Dra. Luciana, é ótima pessoa, sou testemunha do carinho que atende as crianças da escola de referência do Sto. Afonso, além de ser um ótima dentista pois fiz o meu tratamento no centro odontológico com ela. Roberto gostaria de mim identificar mais não é possível, infelizmente, familiares devem favor a DR. Washington, e tenho medo de prejudica-los. Porém, por favor publique este meu comentário. Que é pura verdade.

    ResponderExcluir
  20. Oh idiota eleição teremos daqui a dois anos e o Dr. vai derrotar esta laia, porque vamos lança-lo candidato a deputado estadual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo de Dr. Washington em 90%, mas ele está certo em 10%, é gravissimo dar emprego a marido e a mulher, São Bento já viu isso antes. E se esse rapaz é competente, porque esse é o primeiro emprego de sua vida? Quantos aos outros secretários temos que esperar o trabalho de cada um.

      Excluir
    2. Amigo Roberto será que a exemplo de São Bento Marcantonio Dourado emplacou algum secretário em Capoeiras? São Bento do Una, jamais perdoará essa traição ao berço de cultura agrestina. Um secretário que tem o nome de Bidoda? Isso é nome?

      Excluir
    3. E um presidente com o nome Lula?! Ninguém merece, eu como lula na praia.

      Excluir
  21. Gostaria de perguntar a Drª Débora se o jeito de governar do PSB sugere nomear o marido como secretário. Realmente é um grande avanço para São Bento do Una! Além de levar os votos de São Bento do Una e não dar nada em troca, o que é que Débora Almeida, Zé Almeida e Avanildo ainda vão dar a Marcantonio Dourado? E Zé Almeida não gosta tanto de Antonio de Holanda porque não deu emprego a ele na Granja Almeida?

    ResponderExcluir
  22. Infelismente, aqui em São Bento do Una, eleições se vence na base do dinheiro, e é notório que houve um abuso economico por parte da prefeita eleita, pois, o seu pai é o homem mais rico da cidade, e quem perde com isso é a sociedade local. Já era esperado um secretariado medíocre, uma vez que a prefeita eleita não tem compromisso com a nossa cidade, e sim com o seu restrito grupo de sangue-dinheiro da Máquina Pública Municipal.

    ResponderExcluir
  23. Como é que Débora Almeida, permanece com a Secretária de Trabalho e Ação Social Sueli Maciel, rejeitada por mais de 80% dos funcionários dessa secretaria, além do mais, perseguidora e que não sabe atender a população sambentense, desprovida de qualquer educação, nota "0". Outro, Infra-estrutura, Antonio de Holanda, o pior secretário da gestão de Pe. Aldo, sem comentários e pra terminar, o secretário de Cultura, forasteiro e sem nenhum conhecimento da cultura de nosso município.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo qd fala da secretária de trabalho e ação social não apenas no que vc descreveu mas, foi a mais desagregadoura da gestão de Pe.aldo. Sempre mentindo ou queimando alguém para poder se dar bem. Nunca conheceu o que significa respeito ao companheiro de trabalho e nem tampouco a quem lhe deu a mão, que o diga Fátima Queiroz. Sueli, inveja mata. Cresça pelo seu mérito e não fazendo o que vc faz. Te cuida Dr Débora, serás a próxima vítima a ser traída.

      Excluir
  24. Roberto Almeida, é esperar prá ver, o secretário de educação Gleidson Virães, fez curso de direito e nunca conseguiu aprovação na OAB, foi vereador e teve suas contas de verba de gabinete reprovadas no Tribunal de Contas, é ficha suja, tem seus direito políticos cassados,sua única credencial para as funções públicas, é ser casado com uma tia de Débora assim teve secretário no Governo Padre Aldo e terá no Governo Débora Almeida. Sueli, na ação social é a maior piada do município, conversa dez minutos com ele a e avalia o português, fala sobre ações ações, discute qualquer projeto social dos Governos Estadual e Federal e depois nos diz, o Bidoda, secretário de cultura, sobre este pesquisa em Lagedo, e pensar que vem para S.Bento a terra da cultura dos Valenças, de Gilvan Lemos, de tantas personalidades ilustres, porque não Ivone, esposa de Ailton Valença, Ailson Campos, Expedito Valença, Leucio Mota ou mesmo Leone Valença e Pedrinho? Marcantonio deveria ter respeitado nossa gente, afinal Débora não tem este compromisso. Antonio de Holanda, é impressionante para quem dizia que teria um secretariado técnico, um analfabeto, sem qualquer formação, odiado no município por suas grosserias. E para arremate final o esposo da prefeita, esta é dose para elefante. É Washington você tinha razão, seus argumentos venceram, conta comigo para a próxima, arrependo-me do meu voto.Débora estive em suas reuniões, ouvi seus compromissos, assisti ao seu guia eleitoral, li seu programa de Governo. O que é isso? Afinal será, como dizia o Dr. Washington, o Governo do papai? Ainda é tempo corrige este secretariado, tira o ficha suja, tira teu esposo, nomeia gente mais credenciada.

    ResponderExcluir
  25. Roberto consulta o TV SBUNA tem uma enquete onde 92,24% diz ter sido péssimo o conceito para o secretariado. E considerando que se trata de um órgão com enormes tendências para a Débora.

    ResponderExcluir
  26. Ótimo! Vamos realizar prejulgamentos e continuar definindo as ações da proxima prefeita. É assim que se constrói uma cidade cada vez melhor.

    ResponderExcluir
  27. Ql seria o secretariado do washton? Junio? Pade fera? Sergio? Raissa? Confio em debora e sei que esses secretraio vao trabalha supervizionado por ela.

    ResponderExcluir
  28. Mari Tenório Brito24 de dezembro de 2012 18:52

    Dr. Washington assumia e transmitia a todos que teria um secretariado técnico, essencialmente técnico, na agricultura pretendia um técnico com especialização em recursos hídricos, nas finanças anunciava que iria ao Tribunal de Contas do Estado pleitear um auditor para o cargo, no planejamento vinha articulando um técnico da secretaria de turismo, com graduação em planejamento, estes eram seus rumos. Sempre afirmou que nenhum familiar teria função pública, em que pese ter o filho Washington Júnior, advogado militante com graduação em direito administrativo, quanto a insinuação da Dra. Raissa é bom esclarecer a este analfabeto que a mesma é advogada, tem cursos de pedagogia, tem pós-graduação nas duas áreas e atualmente é professora de duas cadeiras na favipe em Caruaru, assim teria todas as credenciais para uma função pública em cargo de confiança. Secretários devem ter preparo suficiente nas respectivas áreas, mais o secretariada da prefeita está mais para a escolinha do professor Raimundo.Discutam política sem paixões, sem clientelismo, sem servilismo, afinal o bom administrador é aquele que está bem assessorado, e me parece que a assessoria da prefeita é bastante despreparada.

    ResponderExcluir
  29. tudo isso acima citador é verdade pois a prefeitura de são bento senpre foi é e sempre sera dos ricos e dos incapacitados de asumir um gestão publica .parabens fera por sua coragem de não se calar diante dos poderosos .

    ResponderExcluir
  30. É verdade tudo isso a cima citado sao bento voi é e sempre sera realsada a esses tulha de pessos que nao sabem trabalhar e nem tem compromiso neum com o povo parabens fera por sua coragen de nao se calar diante das injurias.

    ResponderExcluir